You are on page 1of 1

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (Workshop) – Tarefa 2

Enunciados Gerais Análise dos enunciados Enunciados Específicos


(fragilidades) Propostas de alterações

3- Iniciativa de um projecto (parceria O termo «iniciativa» é muito vago; o Definir um projecto de leitura:
com a Câmara Municipal) de âmbito projecto deveria ser especificado – - em conjunto com a Câmara Municipal,
nacional. que projecto?; com quem?, mais Associação de Pais e Docentes ;
especificamente; como irá ser - inserido num projecto de âmbito nacional (por
desenvolvido? e quando? exemplo, Concurso Nacional de Leitura);
- aplicado no 1º e 2º períodos;
- aberto a toda a comunidade.

4- Aproximação estimulante às Como vamos fazer essa aproximação Envolver a Associação de Pais no sentido de
famílias e seu envolvimento no às famílias? Como vai ser feito o seu sensibilizar as famílias para o projecto
projecto da BE, com o projecto envolvimento no projecto da BE? «Leituras em família» através de palestras
“Leituras em família”. Quando? com especialistas, dirigidas aos encarregados
de educação.

Com a colaboração dos Directores de Turma,


produzir instrumentos de apoio a ser usados
pelos pais e seus educandos em casa, para
posterior análise e avaliação.

Desenvolvimento do projecto:
1º período: sensibilização
2º período: operacionalização do projecto
3º período: avaliação

Enquadrei esta reflexão no Domínio B – Leitura e Literacia (B.2 Trabalho articulado da BE com departamentos e
docentes e com o exterior, no âmbito da leitura).

1 DREC – Turma 4 Formanda: Fátima Carreira


Dezembro 2009