You are on page 1of 3

Pescaria

Um homem
que se preocupava demais
com coisas sem importncia
acabou ficando com a cabea cheia de minhocas.
Um amigo lhe deu ento a ideia
de usar as minhocas numa pescaria
para se distrair das preocupaes.
O homem se distraiu tanto
pescando
que sua cabea ficou leve
como um balo
e foi subindo pelo ar
at sumir nas nuvens.
Onde ser que foi parar?
no sei
nem quero me preocupar com isso.
Vou mais pescar.

Mamezinha
~~~~~~~~~~~~~~
Mamezinha, conta,
conta um histria!
Mamezinha agora
est no fogo
fazendo quitutes
para o seu nenm.
Mamezinha, conta,
conta uma histria!
Mamezinha agora
est no tanque
lavando as roupas
do seu nenm.
Conta, Mamezinha,
conta uma histria!
Mamezinha agora
est no seu sono
cansado, sem sonhos.

Menininho doente, Mrio Quintana


Na minha rua h um menininho doente.
Enquanto os outros partem para a escola,
junto janela, sonhadoramente,

ele ouve o sapateiro bater sola.


Ouve tambm o carpinteiro, em frente,
Que uma cano napolitana engrola.
E pouco a pouco, gradativamente,
o sofrimento que ele tem se evola...
Mas nesta rua h um operrio triste:
no canta nada na manh sonora,
e o menino nem sonha que ele existe.
Ele trabalha silenciosamente...
E est compondo este soneto agora
pra alminha boa do menino doente.

TEU NOME
Montevidu , 1962

Teu nome, Maria Lcia


Tem qualquer coisa que afaga
Como uma lua macia
Brilhando flor de uma vaga.
Parece um mar que marulha
De manso sobre uma praia
Tem o palor que irradia
A estrela quando desmaia.
um doce nome de filha
um belo nome de amada
Lembra um pedao de ilha
Surgindo de madrugada.
Tem um cheirinho de murta
E suave como a pelcia
acorde que nunca finda
coisa por demais linda
Teu nome, Maria Lcia...

Teu nariz
Teu nariz, Z Lus.
Tem alguma coisa engraada.
Parece o de um juiz.
Em meio a uma boa jogada.
Porm, quando est meio torto.
Sinal de que esteve nervoso.
Tem a ponta bem fina.
Que s vezes costuma brilhar.
um grande nariz.
um nariz diferente.
H quem diga atraente.
No sei se para te agradar.
Ou ser para te gozar?
Sente o cheirinho de tudo.
Mesmo a grande distncia.
S quero te ver logo mais.
Em torno dos 20 ou 30.
E esse nariz Z Lus, ser que cresce ainda?

Maria Eunice Barbosa