You are on page 1of 1

Como escolher Óptimos Cônjuges?

1) Escolha óptimos namorados. No mínimo você tem uma cabeça para pensar, um
Deus a quem pedir e um livre arbítrio para decidir.

2) Torne-se você mesma uma pessoa de Deus. Pessoas que são de Deus atraem
outras que são de Deus (I Ts.4:3 - é a vontade de Deus que sejamos santos).

Parábola da maratona de 50km: Não posso esperar as pessoas que estão lá atrás
(ou ao meu lado) na corrida prá Deus.

"Ah, não tem ninguém, nenhum rapaz em minha vida...". Tenho que prosseguir, e
não baixar o meu ritmo ao dos que gosto ou quero ao meu lado. Se o fizer, corro o
risco de nem mesmo chegar ao fim da corrida! Cada um tem seu ritmo, conforme
sua consagração particular a Deus.

Como na maratona, um dia virá para me acompanhar alguém que está no mesmo
ritmo (espiritual) que o meu (ou até mais, quando então correrei mais ainda!)

Lei da gravidade espiritual: Se estou num nível mais alto, é mais fácil cair de nível
tentando ajudar alguém a subir para o meu, do que fazê-la subir ao meu. É uma lei
natural! Experimente, de cima de uma cadeira, ajudar uma pessoa a subir nela!

"Namorando, vou convertê-lo a Deus" - namoro não é lugar para evangelismo! Não
caia nessa cilada do inimigo!