You are on page 1of 5

Práticas e Modelos de Auto- Avaliação das Bibliotecas Escolares DREC – Turma 4 - 2009 1

Domínio D – Gestão da BE
Subdomínio D.1 - Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE.
Práticas e Modelos de Auto- Avaliação das Bibliotecas Escolares DREC – Turma 4 - 2009 2

D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE

Indicadores Factores críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos


Evidências sugeridos Instrumentos, a integrar no Relatório
de Auto-avaliação
D.1.1 Integração/acção A escola inclui a BE na formulação e Tanto no PEE, como no PCE, RI e O professor bibliotecário participou na
da BE na escola. desenvolvimento da sua missão, PAA, documentação que define os elaboração dos documentos seguintes:
princípios e objectivos estratégicos e objectivos e regula o funcionamento da PEE, PCE, RI e PAA (excertos dos
de aprendizagem. escola, há referências à BE. documentos em questão,
O professor bibliotecário tem assento O RI contempla os aspectos nomeadamente a parte que toca a
no conselho pedagógico. seguintes: biblioteca).
São desencadeadas acções com - Missão e objectivos da BE; A BE elaborou o Manual de
vista à partilha, discussão e aprovação - Organização e gestão dos recursos de Procedimentos, o Regimento e os
da missão e objectivos da BE nos informação Guias de Utilizador para os alunos e
órgãos de administração e gestão - Gestão dos recursos humanos, afectos professores.
(conselho geral, director, conselho à BE; A BE reuniu com o Grupo de
pedagógico) departamentos - Serviços prestados à comunidade; Trabalho Concelhio das BEs e
curriculares e demais estruturas de - Regimento do funcionamento da BE; Biblioteca Municipal.
coordenação educativa e de A BE rege-se por procedimentos
A BE reuniu com a Equipa
supervisão pedagógica. normalizados, para dar continuidade ao
Coordenadora, os professores
O regulamento interno da escola seu funcionamento/organização, mesmo
Colaboradores, os Directores de Turma
contempla os seguintes aspectos: que a Equipa Coordenadora mude
e o Conselho Pedagógico.
- Missão e objectivos da BE; (Regimento, Manual de Procedimentos,
- Organização funcional do espaço; Guia de Utilizadores para alunos e A BE realizou visitas guiadas aos
- Organização e gestão dos recursos professores); alunos novos na escola (7º e 10º) e
de informação; A BE tem o registo informal das sessões de formação aos alunos do 7º
- Gestão dos recursos humanos reuniões da Equipa Coordenadora, com ano.
afectos à BE; os professores colaboradores, com os A professora bibliotecária reuniu
- Serviços prestados à comunidade directores de turma e o registo formal com os coordenadores de
escolar no âmbito do projecto das reuniões do Conselho Pedagógico, departamento e dos projectos para a
educativo; com o Grupo de Trabalho Concelhio das elaboração final do plano anual de
- Regimento do funcionamento das BE. BEs e Biblioteca Municipal; actividades da escola.
A BE adequa os seus objectivos, Além de participar nas reuniões do
recursos e actividades ao currículo Conselho Pedagógico e de
nacional, ao projecto curricular de Departamento de Línguas , a professora
escola e aos projectos curriculares das bibliotecária mantém contacto com os
turmas. restantes departamentos;
O plano de desenvolvimento da BE O Plano de Acção e de Actividades da
acompanha, em termos de acção BE relacionam-se, em termos de metas,
Práticas e Modelos de Auto- Avaliação das Bibliotecas Escolares DREC – Turma 4 - 2009 3

estratégica, o projecto educativo da objectivos e alguma articulação entre as


escola e outros projectos. actividades, com o Plano Anual de
O plano anual de actividades da BE Actividades da Escola, fazendo parte
relaciona-se, em termos de objectivos integrante do mesmo;
operacionais, com o apoio ao currículo, A BE tem o registo de todos os
com o plano anual de actividades da contactos feitos, para a concretização
escola e com outros projectos em das actividades previstas.
desenvolvimento.
D.1.2 Valorização da BE Os órgãos de administração e gestão O director acedeu ao pedido da A BE reuniu com o director, no
pelos órgãos de direcção, (conselho geral, director, conselho professora bibliotecária, quanto à sentido de dar as orientações oriundas
administração e gestão pedagógico) apoiam a BE e envolvem- constituição de uma equipa da Rede de Bibliotecas Escolares,
da escola. se na procura de soluções promotoras coordenadora da BE, de quatro necessárias à distribuição do serviço
do seu funcionamento. elementos; na BE, nomeadamente o horário da
Os órgãos de administração e gestão O director respondeu ao pedido de biblioteca, a constituição da equipa
põem em prática uma política de uma equipa constituída por professores coordenadora e dos professores
afectação de recursos humanos colaboradores de áreas disciplinares colaboradores.
adequada às necessidades de várias; O professor bibliotecário participou na
desenvolvimento da BE. O director elaborou uma «mancha» elaboração dos documentos seguintes:
Os órgãos de administração e gestão horária da biblioteca, de forma a que os PEE, PCE, RI e PAA (excertos dos
(director, conselho pedagógico) e os seus serviços funcionem de forma documentos em questão,
departamentos curriculares contínua; nomeadamente a parte que toca a
estabelecem estratégias visando a A BE está reconhecida de forma biblioteca).
articulação entre a BE e as demais explícita nos documentos da escola O director responde ao questionário
estruturas de coordenação educativa e (PEE, PCE, RI e PAA), sendo encarada CK1 – Resultados: por exemplo,
de supervisão pedagógica. como um recurso pedagógico quanto ao 1º ponto. A BE está
A escola contempla a BE e os seus fundamental; reconhecida de forma explícita nos
recursos nos projectos e actividades O director apoia todo o processo de documentos normativos (regulamento
educativas e curriculares. auto-avaliação, respondendo interno, projecto educativo, plano anual
Os órgãos de administração e gestão inclusivamente ao questionário (CK1); e plurianual de actividade) da
atribuem uma verba anual para a O plano de acção e de actividades da escola/agrupamento, sendo encarada
renovação de equipamentos, para a BE são apresentados e aprovados em como um recurso pedagógico
actualização da colecção e para o conselho pedagógico, para fazerem fundamental – o director respondeu
funcionamento da BE. parte integrante do PAA da escola; «Implementado, mas a requerer acções
A escola encara a BE como recurso A Direcção afecta uma verba anual à para melhoria»
fulcral no desenvolvimento do gosto biblioteca para o seu funcionamento e Em reunião com o director, a
pela leitura, na aquisição das literacias para a renovação de equipamentos e professora bibliotecária solicitou uma
fundamentais, na progressão nas actualização da colecção; verba da escola para a biblioteca (cf.
aprendizagens e no sucesso escolar. Excertos de actas de apresentação de PAA da escola).
Os docentes valorizam o papel da BE projectos/relatórios ao conselho A BE planeou projectos/actividades
e integram-na nas suas práticas de pedagógico; determinações/ em conjunto com outros
ensino/aprendizagem. recomendações do conselho professores/departamentos;
Práticas e Modelos de Auto- Avaliação das Bibliotecas Escolares DREC – Turma 4 - 2009 4

pedagógico; A BE divulga os concursos de âmbito


Registos de projectos/actividades da escola, como os nacionais
envolvendo trabalho na/com a BE; (Concurso Nacional de Leitura – PNL)
Estatísticas de utilização da BE. …% de alunos e professores usou a
BE para determinada Área Disciplinar
ou Área Não Disciplinar.
…% de alunos usou a BE para a
requisição de livros de contrato de
leitura ou leitura orientada em sala de
aula.
…% usou a BE para desenvolver
trabalhos específicos dos diferentes
clubes da escola
D.1.3 Resposta da BE às A BE funciona num horário contínuo e O horário da BE responde às Resultados dos questionários aos
necessidades da escola. alargado que possibilita o acesso dos necessidades da escola; alunos, por exemplo: …% alunos
utilizadores no horário lectivo e Estatísticas de utilização da BE (a BE considera que o horário da BE
acompanha as necessidades de tem fichas de observação de leitura responde às suas necessidades; …%
ocupação em horário extra lectivo. presencial, de utilização dos considera que os computadores têm
As BE no agrupamento são geridas computadores, da requisição de material respondido às suas necessidades, etc;
de forma integrada, rentabilizando audiovisual); A BE tem uma média diária de 130
recursos, possibilidades de acesso a Estatísticas das requisições alunos;
programas e projectos. domiciliárias; Por exemplo, …% dos alunos do 8º
Os recursos e serviços da BE Quando necessário, a BE promove ano requisitou livros de leitura
respondem às metas e estratégias formação aos seus utilizadores, recreativa, ao longo do ano; …% usou
definidas no projecto educativo, nomeadamente no que diz respeito à os computadores para trabalhos de
projecto curricular e outros projectos. pesquisa no acervo da biblioteca e na aula;
A BE cria condições e é usada como internet;
A BE desenvolve acções formativas
recurso e como local de lazer e de A BE tem o registo dos contactos (número, calendarização) a alunos de
trabalho. feitos, para a concretização das Área de Projecto, Formação Cívica, etc,
A BE apoia os utilizadores no acesso actividades previstas; no sentido de os orientar na sua
à colecção, aos equipamentos, à A BE tem o registo informal das pesquisa;
leitura, à pesquisa e ao uso da reuniões da Equipa Coordenadora, com
informação. os professores colaboradores, com o
A BE planifica com docentes, director e com outros professores
departamentos curriculares e demais implicados nas actividades
estruturas de coordenação educativa e desenvolvidas na/pela BE;
de supervisão pedagógica. A BE tem os registos de
A BE desenvolve projectos com a projectos/actividades, a desenvolver
escola/agrupamento. com as turmas/professores;
A BE assume-se como pólo de A BE prepara com antecedência o
fomento e de difusão cultural. material necessário ao desenvolvimento
Práticas e Modelos de Auto- Avaliação das Bibliotecas Escolares DREC – Turma 4 - 2009 5

do trabalho dos alunos; Questionário aos alunos, por


Questionário aos docentes (QD3) e exemplo, …% dos alunos encontra
aos alunos (QA4); facilmente os documentos que
A BE possui uma Caixinha de
procura.
sugestões/ reclamações.
A BE desenvolve acções, no sentido
de satisfazer os pedidos dos seus
utilizadores .
D.1.4 Avaliação da BE na A BE implementa um sistema de A BE tem registos de todo o trabalho A BE elabora fichas de registo de
escola. auto-avaliação contínuo. desenvolvido e vai mantendo observação do trabalho desenvolvido
Os órgãos de direcção, administração actualizada essa informação (registos no espaço, registando por exemplo a
e gestão são envolvidos no processo de observação, questionários, frequência dos utilizadores, a faixa
de autoavaliação da BE. entrevistas ou outros realizados no etária dos mesmos e o que os levou à
Os instrumentos de recolha de âmbito da avaliação da BE); biblioteca.
informação são aplicados, de forma Apresentação de um power-point em A BE faz uma revisão periódica do
sistemática, e no decurso do processo Conselho Pedagógico; planeamento de todo o processo.
de gestão. A informação é recolhida com recurso A BE apresenta um power-point em
A informação recolhida é analisada e ao sistema automatizado de gestão Conselho Pedagógico, a fim de que
os resultados da análise/avaliação bibliográfica e a instrumentos de recolha toda a escola se sinta implicada no
originam, quando necessário, a fornecidos pela RBE ou criados pela BE; processo de auto-avaliação da
redefinição de estratégias, sendo É feita uma análise da informação biblioteca, e verificou que os
integrados no processo de recolhida, com vista à elaboração de um professores passaram a utilizar e
planeamento. plano de acção, tendo em conta os participar mais activamente nas
Os resultados da auto-avaliação são aspectos a melhorar; actividades conjuntas.
divulgados junto dos órgãos de Integração dos resultados da Auto- Resultados dos inquéritos aos
direcção, administração e gestão Avaliação da BE na Auto-Avaliação da professores: por exemplo, …% dos
(conselho geral, director, conselho escola. professores considera que o impacto da
pedagógico), estruturas de BE na vida da escola e no apoio ao seu
coordenação educativa e de trabalho enquanto docente, é bom.
supervisão pedagógica, e da restante
comunidade, com o objectivo de Feita a análise dos dados recolhidos,
promover e valorizar as mais-valias da a BE elabora uma lista de pontos fortes
BE e de alertar para os pontos fracos e fracos e delineia um plano de acção,
do seu funcionamento. com vista a traçar linhas orientadoras
de melhoria dos resultados.
São realizadas actividades de
benchmarking. A BE divulga os resultados obtidos a
A auto-avaliação da escola integra os toda a comunidade e integra-os na
resultados da auto-avaliação da BE. Auto-Avaliação da escola.

Formanda: Fátima Carreira