You are on page 1of 1

Diário do Minho

SEXTA-FEIRA, 25 de Abril de 2008 Opinião www.diariodominho.pt 21

Salvador de Sousa
Professor da Escola Monsenhor Elísio de Araújo (Pico de Regalados)

Cartas
ao

Os professores 25 de Abril
nunca tiveram receio da avaliação V ivi esta data histórica com
entusiasmo total, porque pen-
sei que esse facto ia mudar
L i a entrevista da Senhora Ministra cente deixou de ser automática. Por 4) Toda a avaliação tinha em conta delo não acrescenta muito ao mo- Portugal…
da Educação, no Correio da Manhã do exemplo, o Decreto-Lei n.º 43/2005 o bom relacionamento com os alu- delo anterior e os professores sem- Volvido, porém, pouco tem-
dia 20 do corrente mês, em que fala, de 29 de Agosto, que determinou o nos, a assiduidade, o desempenho pre o aceitaram, mesmo assistin- po comecei a desalentar, por-
sobretudo, nos alunos que chum- congelamento das progressões auto- dos cargos, a avaliação dos alunos, do, por vezes, a acções de forma- que muito oportunista dele se
bam e na avaliação dos professores máticas na carreira, não podia abran- as acções de formação, todo o res- ção no fim-de-semana e fora do quis aproveitar…
e não posso concordar, de forma al- ger, na minha modesta opinião, os tante trabalho da actividade lectiva seu horário normal de trabalho. O Corremos então o risco de
guma, quando lá refere o seguinte: professores, porque eram avaliados e não lectiva… Por exemplo, quem principal e que está mais em cau- nova ditadura surgir. Porém,
«O que está estabelecido no decreto como podemos ler a seguir: não tivesse as acções de formação sa, com o actual modelo, é a divi- o povo sensato, nunca disso
regulamentar é que a avaliação, que 1) O n.º 1 do Artigo 9.º do De- correspondentes aos créditos não são da carreira e as limitações esta- quis ouvir…
no anterior modelo não tinha qual- creto-Lei n.º 409/89 refere que «a subia de escalão, sendo o docente, belecidas para se chegar a professor Hoje, passados tantos anos,
quer consequência em termos de progressão nos escalões da carrei- nestas acções, sujeito a uma outra titular. Não concordo, embora eu já sinto a grande verdade, sei
progressão na carreira e contagem ra docente faz-se por decurso de avaliação, através de um trabalho seja titular, que haja esta divisão e que o 25 de Abril é hino à Li-
do tempo de serviço, neste modelo tempo de serviço efectivo prestado final que poderia resultar em men- ver excelentes professores impedi- berdade…
tem consequências… o que aconte- em funções docentes, por avaliação ção negativa; dos de ultrapassarem essa barreira.
António Fernandes Ferreira
ce é que Governo nenhum, na mi- de desempenho e pela frequência, 5) A lei vigente de então não re- Existir uma carreira única de pro-
nha opinião, estaria disponível para com aproveitamento, de módulos fere, em caso algum, que um do- fessor com os respectivos escalões
abrir uma excepção aos professores de formação»; cente pudesse progredir automa- e com uma avaliação rigorosa esta-
num quadro em que toda a Admi- 2) Era obrigatório apresentar um ticamente, mas submete o profes- mos todos de acordo, mas impedir,
nistração Pública está a ser avalia- relatório crítico de toda a activida- sor a uma avaliação rigorosa. A pró- por via administrativa, de se ascen-
da e tem condicionamentos na sua de docente, respeitante ao respecti- pria menção qualitativa de excelen- der ao topo da carreira por razões, a
progressão em função dos resulta- vo módulo de tempo de serviço em te, que estava prevista no estatuto, meu ver, meramente economicistas
dos da avaliação…» cada escalão, para ser avaliado por era decidida pelo próprio Ministério já não tem justificação. Onde é que
Fiquei mais uma vez revoltado, uma comissão especializada; da Educação; nós encontramos, na Administração
pois são palavras que, na minha opi- 3) A avaliação ordinária era feita, 6) O Decreto Regulamentar Pública, a denominação de funcio-
nião, vão fazer crer que os professo- normalmente, dentro dos prazos le- n.º 11/98 pode ser consultado para nários e funcionários titulares? Ava-
res nunca foram avaliados e pode- gais e o professor poderia ter a men- fundamentar melhor tudo o que re- liação sim, divisão não!
rão espalhar ainda mais a ideia de- ção de satisfaz ou de não satisfaz, feri, chamando a atenção para o ar-
turpada que os docentes rejeitam sendo esta impeditiva na progressão tigo 13.º que veio regulamentar a
qualquer tipo de avaliação e isso é na carreira. Vejam só as consequên- menção qualitativa de bom que po-
completamente errado. Respeitan- cias de uma avaliação com a men- deria ser já obtido, desde que o do-
te aos chumbos também há afirma- ção de não satisfaz: o tempo de ser- cente o requeresse no prazo de 60
ções que eu não concordo, atenden- viço naquele escalão deixava de ser dias subsequentes à sua avaliação
do à minha experiência de dezenas contado para a progressão na carreira com a menção de satisfaz e para o
de anos de trabalho como docente, e concurso; duas menções seguidas conseguir teria que ser constituída
mas ficará essa abordagem para um ou três interpoladas determinava a uma comissão de avaliação forma-
próximo artigo. instauração de um processo discipli- da pelo presidente do órgão peda-
Com a entrada em vigor do De- nar que poderia resultar na aposen- gógico, um docente exterior ao es-
creto-Lei n.º 409/89 de 18 de No- tação compulsiva e para um docen- tabelecimento de ensino designado
vembro que aprova o Estatuto Re- te na pré-carreira determinava a ces- pelo respectivo órgão pedagógico e
muneratório e Estrutura da Carreira sação da respectiva nomeação. Bas- um docente ou alguém de reconhe-
e do Estatuto da Carreira Docente de tava recusar um cargo pedagógico cido mérito designado pelo docen-
28 de Abril de 1990 (Decreto-Lei n.º sem justificação para estar sujeito à te em avaliação.
139/A), a progressão na carreira do- menção de não satisfaz; Se formos analisar bem, este mo-

Inquérito DM on-line Todas as semanas, no nosso site, uma pergunta diferente.

Manuela Ferreira Leite é a melhor escolha para suceder a Luís


Filipe Menezes na liderança do PSD?
www.diariodominho.pt www.diariodominho.pt www.diariodominho.pt www.diariodominho.pt