You are on page 1of 223

c 

A guilda mais çagaz do universo


[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À  m
mmm

m
  mm  m mmm mm   m m

mm m

 mmm mm m
m

m
  m mm

 m m mm m mm! m
m
  m
" #  m m$m%m m  m m  mm& 'mm &m

 m
m
(((m
m
  m
)mm*+m  mmm , m-. m
m
"m"

mmm  m
m  mm/
 mm& m m
,&m0m m m m  & m
mm  m , m mm  m
 mm mm*1m  .m*23m.mm*.m4m5 m 
mm

 m & m
m m  m 'mm
&& mm mm'm
m 'mm mm m$& 6m
m
)m$7m4m8 m&9:m m 
7m;;m
m
m
m m m" #  'mm & m m" m3
mm mm 'm
m m$m1<
 m
m5 m0m m) 'm
'mmm  m m
 5 'm9 m m  #m
m
)mm
)m m 
mm
)m mm
)m 
7m
)mm
m
)m m  mm8 m&m m8 m  m m5 5 mm m8 m&m m
 m
  m
m
1=>m?>m?/0>m
m
)m
 m5m8 mm
 m/  m m9mmm
m
>  'm m" #  'm
mmm
  @A'm
)m m mm m
 mm
& mmm
 m 5 mm m m* 
m.m0m
m  & 'mm mm 0 Bmmmm&
 'm#m m
mm
&
m m m'mm 
m
 m
m
>5 
'm m
mmm m
m 
mm4mm  m
m& m5
 mm5 m   )m
m m>m m m 
m
 m mm mm m

m mmm3 m mmm
m m mm 'm

mmC5m  m  mm   m
m
)m?)m m
 m :
 m3 mm &m m m 
, m

m"
m
m
)m$  'm/
m
)m5m
)m
m& mm&:m mm
m
)m$'mm &'m mm  m
m  m?  mm m&m!m
m
)m8m
)mm
)mm
)mm
m
)m0
 m&9:m & 'm
7mm
m m

  m  'm
m 
m
m
)mm

 m 5 mm ! m
m !m 
m m
m &
'm
mmm &m  mmm 'm  m  m m mmm m
'm  
m  ,&mm

mmD
& m'mm  m m m
 #m
 mmm
 m" mm m
m m  mm5
'm
m
m
m 
mD
 mm mm ! 'mmm  mm m
 m #m
mm
 m
m
)m1mm m m  'm  

m
mE
!mm"
 m
m
)mm m
 mm mmm
m 
m&  m m+mm

mm
 5mmm #m  m  'm 
m
  mmm5 mmm m
m
)mF m9 m9m
m
)m mm
m&m
m
)m1m;;m
m
)mDm
)m/
m
)m mm  mm
)m m m
 m
)m
m m
m
)mGm m m

mm 5 mm ! m
m  m m
 m  'm
 m 
m 

m  mHmmmm m mm   m
m m

# 'm  mmm 
m @Am
m
0m mm m" #  'mm  m & m mm
'm   m  'm

m9ImC m
mm
5m@Am  m m mmm
  m
m m
 m m m m Bm
m
)m05& 
mmm 
 m/
  
m
mm 
mm
 
mm

mHm

 m m
 
mmm
m
)mmm mm m
m
)mmm m m" #  'mm0 m3  
m
m
)mmm mm
mm&:mm
&  m  m
 m
7m
m
)m m
)mm
 mmE6 
m
)m  m
)mm m
)mm m
m9m
m
)m m9
9m(JJJJJJ(m
m
)mGm m 
 m  m
 m
mK m Hmm
m
m
)m m
)m m m   mm
m  m
)mm  m m
)m  m
m
)mGm
mmm5 m
m &mmD
m   
m
m
5mm  m
m 8mmm &mm 'm 9 'm&:m  m


 mE'm
'm m9 m  
m  mmm
m # mm$mm  m  7m
m
)mLBmMCm)mL5mmmmm#m m  mm$

m&m   m
m>  m$ BBBm
m
)m7m
)m  7m
)mm m5 7m
m
)m+ BBmNJ!mm m>  6
m 5 m m
 m9
 BB m
m
)m m
)m@-Omm
)m
7m
m
)m" 'm55 Bm?BBm
m
)mm
m
0m  m
m
m m m m0m m  mm

 mm
 m mm  m3 m
m  & mmm m  mE6 
m
m
410mG01>m?/0>m
m
)m m

 m m m mE6 
BmK:m 5mm m'm
7m
m
)mPmm m m
7mOJm
m
)m+Bm%mG01m?m/ 1Bm
m
2  
'mm  mmm1H mm 'm m  m
m 
m
m mm/
 m
m
m  'm  m m m # m
 mm 5 mm m
m
*"Qm/ mE6 
mm-88mR m  S.m
m
?4>mG01>m?/0>m
m
0mm# & m m
m  mm1
)3  m/
m& m mm
 'm 
m
m
)m3  m$ m 
 mTm&m
m 'mm  m>>mm m/ m23'm m

m
 m

m

m 5 m  m>>mm 5 m 8 m 
'm
'mm

 'm  mmm 
mmm ! m 
m5m5 m3 mm

5m
m m
  mmm m m m  mE6 
mm
m  mm
 m m/  m:m9  m 7m
m
)mm
m
)mm  m 
m  mm
& #m m m+ m& 'm  mT88mm

 m3 m
m m mmHm  mm !mm mm ! m ! m

  'm
m5 mmH mm 'mm m mm mmH'm

m 
mm
mm 5 m mm3>+m'mm
 mmmm
m9m&   mmm/5m m
 mm &m mm m  Bm

mm5m m& mC Bm
m
)m ,m
)m& m
)mm m m m
)m&m mm m
)mmm m m m
)mm
m
! m
)m 7m
m
)m Bm

m m 'm/
Bmmm  7mCUm
m
)m Hm5m mHmm
m m&'m
7m
m
0m  m  m mm
m& 
mm /
 'm
mm 5 mm
 m

m m m 

mmm & m$VmL5m+  m

 'm m m m m mm m  m  m   'm mm m
  mm Im m  m> m5 m m mm & m 
m
#
m
m
$& 6m m
L5m+  m 
m

c m
A guilda mais çagaz do universom
mm
 m m m  m   m
m
À m
mmm

m
  mm  m mmm mm   m m

mm m

 mmm mmmm m m  m  mmmmm
5 m
m

m
  m mm

 m mm m mm
m
mm
m
m m5'm
 'm m5 mm m&  m  m
m
 m
" #  m m$m%m m  m m  mm& 'mm &m

 m m m!mm
mm
mm mm 
mm m  m
m
m
  m
4m
m m m$  mmW mm 5 m+m 5mmm m
1 
8m/m 'm
m m
m
  m
2 m3  m m  mmE
'm mmm m   mm
m
m
 m
D    

m
m
L5m+  m
m
m
)m :Bm/
7m m 7mm
m
0m  m
m
m mm m

'mm m

 & m 5 'm
5mm  m mV  m m& 
 m m  m>m m  m*$V.m/  m
  m m
 mmm m  'mm
mmmm m*mXmD 6m$m
V65 .'mm m m
m  m m*>m 

.m
m
$ m , m  m m" #  m

 mm  'm m m   m m Ym m
  & m mm
&m

mm  'mm m m
mV  'm& mm  m

m>m m  
'm#m m
mm&
mm mm
m
$ m
m
 'm mmm>m>  m  m
m
)m m m
)m5m
)m7m
m
)mG7mm mL5'm
mmC7m

m  & m 
 
m
m
m  mmD56mm mmm m
m m  m$7m
m
)mm
)m&mmm
8m
)mm
m
)m m&m 5m 
m8 m mmmm
mm7m
m
)m m m
)m$& 6m> mm
)mm m
)mmm m m mE6 
m
m
)m/ m m m
m  9m
m
)m m m
)m5m
m
0m>m>  m  mm  m& m m m m
mm&
mm

mm mm  'm mmm

m mm" m
m
)m/
m(JJJJJJJJ(m)m9 mL5m
   mm m
 m  'mm 5 mmm mm'm

m  & m mm  m
m
)mEm 'mm
m  m  m
m
)m m
)m'm mmE6 
m
)m
m m m
m
)m/#mm m 'm m

mm  & m m m
mm mm
!m
mm
 58'm
 mmm 'mm& mm 
m m
,&m
m
)m 'mm877mJm)mL5m 
m mmmm   'm  'mm
m mE
 m
m 5# m m
m
m
)mm mm m9  
m

mm
&&mm   m
Z mm
  
m
m
m1 
8m0

m3m
mm&  'mm m m m
2 & 6'm& m m 
m m mm'm

m5 m&   mm
m m

mmm m
[ mm5 !mm>m
  m
m
)m>m
 BBBB---BB-BBm
m
L5mm&
'm 
 'mm#m mmm& mm  m
'm

m #Im  ! m
m
)m> mm & mm m3 mm   m m m
m 5 m43m
3+40m?/0>m4m4m0m 'mm mm m   Bm &mm  5 m
 
mmm
m 'mHmmm
m 5m  'mm
 m 9 m
  # mm
8m  mmm m$ mm mmm3>+m'm
 mm
 mmm m  m9m&   mmmm
m
)mm
)m m
)m m m m
m
)mm m&:7mmm  m&
'm
 
m+m
mm
mm
 m
 
m
m
)mmm'mm$& 6m
)m Dm mm m m  m
)m m m mE6 
m
)m m
m
)m BmA9mm>'m!7m mm& m5mPOBm mm  mm m  m
  mmC\'m 
m m  mm m
 
#m
m
)m m& m
)m mm
m
)mm m m@]m m Dm
)m m mE6 
m
)m m
m
)m@]7m>m5mm
m
L5m&
'm
mmC 'mm mm mm>m/
m& m m
 5# 'm
 
mm & m
m mV  m
m
)m3 m5'm  m mmmm3m m
mm mmm


mmm 5 m08'm$'m
 )
m  mE6 
m m
m
)mDm
)mm mm 6m
)m7m
m
)m/m 'm m
m
0m>m>  mm&
m>m5 #m  m mm 'm
)m
mm
& m  m m
 m,  mmmm & m&  m m

m0m  m  m m 
'mm mm m&'m
mmm 5m
m m
m
)m/010BB-BBB-B-BBBBBBBBm
m
m
mmm9 m
m 
m'm
 
mm 
m  m m  mm
E6 
m
m
)m9m
)m
 m m
)mm
)m7m
)m m
)mCm
m
0m :m
  'mmmm
mmm
m mmm  
mm
 & m
m  m  &   m
  mmE6 
mL5mmm m  mm
 mm m
 'm
m"
 mm m" mm ,@A'm   m
m
)m6mmBmm,&Bmm 'm
m
 m
m
m m& m m & m"
m
 & 'm  & m m  m+m & m


m mm&
 mm  mG  mm$
m/m&  'm m23m & m

 m  mm  m
m
)m"  'mL5m+mm
m
)m6m 
mm m3 mmmJm
m
)m"  'm  Bm
m> m" 8mm 'mm m&m  m
m m   m
m
$& 6m
m
m
)m m
)m m(((m
m
m&m  m
 
 mm m m  m0mm mm & m m
  mm m>m
 'mmm
'm m
m
m
)m m  m55:7mmL5'mm & m 
m
mm@-Om>  m$ mm m
@-OmE m$ 'm  mmm  m
m&'m
'm  m
m
)m Dm
)mm mmm mm
)m
 m&m m m
)m Dm
)mmm&m m  m
)mCm
)mA7m
)m(7m
m
0m :
 m m
mm+
 m
 m
 m
mm m 'm
mHm5 9 m0mmm  m m & m  m  m Hmmmm
&  m
m m$ m+mm/ 'm

 m  m  m Hm
m
+
 m
m
/
m
mm 5 m> m
m5 
m#m m 
 
mm
m
 m  m5  m m m
m
)m$'m&m  mm>7m
m
)mm
m
)m? mm
m m&:m
m m 7m
m
)m Dm
)m3m  m& m m 8 m m#m
)m  m
)m4 mTm m
)m
m,
m
)m5mPOm
m
)m0 m5mPOm3 m
m m mm5mK:m& m
m m m
mm mL5'm  H'mL5mm'mm m m  m mm
mm 'm& m^m
/
 'mm m
m mK:m mm  m

mm
7m
m
)m m
)m m Dm
)m&m mm  
mm m
)m7m
)m m   m m  m
)(  m
m
)m? mK:m  mm 'm
 m m
m mHmm
&m,m m m  mm

mm  
m
m
)m6m&mm m  m/
Bm(JJJJJJ(m
m


mL5m & m5 m
m  'mm
& #mm 9 mm 'm
m 9 & m 
m  
m
mV  m
m
)m"m 
# 'm$& 6m
m
)mm
)m7m
m
)mK:m m m mm/
'm
7m
m
)mm
m
)mmmm m
m m 5 m m m'm mm1 m  &m
m
)m7m
m
)m 'm&:m
 m  mm m mE6 
7m
m
)mm
m
)mm  mm  7m
m
)m m m  R Sm  R Smm
)mm
)m m m D      m
)m3
 m!mm m
)mm
m
0m mm 5 mmm 'mm m mm/
 mm mmE6 
m
+ mmm  m & m mCT'm

mm m 
 mm

 'm mC m & mm m   
m
m
)mDm
)m m
)m5 mm m$'mm m m  m
m
4mmm 'mL5m m m3H  mmE
 m mmm   'm

 mm 'm
  m
m mm   m  5#mm
E6 
m
m
(((m
m
$& 6m
m
/
m
m
L5m+  m
m
m
$ m m &
 m   mm&
mm
m
 'm/
m  
m :m23m
 
'mm mATm&H& m5 mm mm
m
 m m

 
'm
 & m
 #Immmm
m  & m
 m
mmm
m m 
m
m  m
 m
m
>
m$& 6'mm mm  & m
m
 mm$
mm" & )3 
mm
5 & 
'm
m5 mm
'mm :m  m mm m+m
m 'mmm mmm" 5m5
m 'm mm
 'm  m<
 mm$ 9 mm$
 m & mm8 mL5'm 
  'm
mmm  
mmm
m
)m0H'm9mm m/
'm 9 
)mm m m  m5 'm
7m
m
)m 'm mm
BmYSm
m
m m 'mmm  )m0m :m   mm
m
m
)m& m
)mm  mm m m
)m
m m  m  m
)mm m
m
)mGm 

mm m m
m  'mmm  'm 
m%m
m
mm
 :
 'mmm m m? 
m mm
m
"
m/ 6mm& m
m
m
m
)mm mm"
mJm
m
)m?'mL5'm  m+m m
   m3 m m9 
mmm
mm mm mmmmmm
!mK m mm
&m
 m
m
"m m&  mmm # mm m  m$mm  'mm :m 'm
m

 mm
& 
'mmm5mm Im+& 
mm  m
m 
m
m
)m3m   mm&:m m9mm m/m
& 7m
m
)m 'm mm
BmYSmmm
& 
m  'm
mm5mm  mm
/
m
m


m 
 & 'mm  m
m5mm
m

m
m
)mGmmmm H Bmm m m
m
  mm 5 'mm
mm
mm
  m
 mm  mm  m
 m m m
  'mm m
m ! mm  m

m5mm
mm 5m
+!'m& mm5'm/1">30>mm
m  m
m
)m Dm
)m9 m
! m
& m 5m
)m m
m
/
m
m?m m  mm
mm1 m>mm  mm
m mm5'mm :m   mm#  m m mm mm
m  & m m 5 'm
m m m mm 
m
$   m m  'm mmL5m
 m   
H)m
m  'm

mm
 & m
m
m
)mLmm m 'm 
m 
 
'mm m" mm
$@m
m
)m Dm
)m& 9mAm
)m  m
m
)m7mmmm  m  m
m
)mmm/
'mm
&m 'mmm ['mV m 
m
m
)mm  mmm m
 mmm
m m 7m
m
)m]m m55m(JJJJJ(m)mL5m
'mm_mm>  m
m
>mmm 'mm   m m m  & m
m
)mm
 m  m
 m
  m #  'mm>>mm & m?&m m
m&:m
mm m5 m
  'm m
 m m&:m
m
)m Bmm
mm

 7mKmm 'm&m  mmm m Bm
m
)m7m
)m Dm
)m m 
m m mDm
)m&mm
! m
)m m
m
)mmL07mK:m & mm
m m 7m
m
)m> m/  mm m 7mm/
m
 m m
m
)mm
 m/
 mm m  m  m08m? 9 mm&mm032Bm24 ?m
K mP7777m
m
0m :
 m m
m m+
 mm m&  mm   m
mm m

m  m m& mm&
m
,&mP'm 
mmmm

m
 mm
 mm[ m
,&m m  m>m #'m mm/
m m
 m Ym
m
)mm6'm6m  m
m


mL5m  & mm3/mmm'm 'm m
 m 
m
0m m  m  m
m
$& 6m m
L5m+  m m
/
m m
V m 
m m
m
(((m
m
$& 6m
m
L5m+  m
m
/
m
m
V m 
m
m
m
m  m m
m 5 & m m m  mm/
 'm m
m & m , m
"
'm   m  m m m&m    mm5 )   m  mmm
m
)mE m 'm &
 mmmm`23a1
m
m
)m23m
)m9B-B-BBm
)m m
)m
& mE m m
)mm
m
$& 6mm&
m4mAm/#Im m$[ m>& 'mATm/#ImE
 'm
 
m mmE mm mm#m m m 
  
m m
C mL5mm  mm mm m
m"

 #'m m
mm
&m
m
)m0mm>/Bm1m
m

m/
m
m m #m & m  &
m
&
 mmm

& m&m m
 :
 m'mm
m m mm[ m
,&m m   m
m
)m
& m m
)mm
)m5 mm
m
)m?'m
mm
& m
 m  m"  )m  mmm &m
 m
m
0mm
)m/  m m
 mm  m  #mm m


)m m
 m
mm23m  mm m 
'm
mm  m
 mmH  m  m
m
)m>
mV m 
mm
&m  m
m
)mm
m
)mDm
)m
& m5 m m
)m& mDm
)mm
m
0m`23a1
m 
m>
)m m mmmm& m m 5# m  mm
m
)m+m 
mmm mmm
m
 7mm&:m
m m
 mm

m m  m  7m


m
)mDm& m
)mm5 
mm
)m  m m
)mb
 mE/G03m-m
)m& mm
)mm
m
/  m
  mm 
m m mmE  'm$m#m mm
m& mm23'm  

m & m/#Im m$[ m>& m
m
)mV 'm&:m 5mmm& m 
mm&:m  'm
7mm
  m1
m
m
)m> m mm mm'mm
  m mmPOm
,& m m
'mm 
mm
6m
m
$& 6m  m m Hmm23'mm#m m&
mm
m
m
)m m
)m m
9
mm23m
)m       m
)m9m
)m  m
m m
m
$ mm mmmm m&

mm

mm  m/
'm

m   
mm m'm
m3/m  mmm
m
)mF'mm
m m&:m&  mmm
&7m
m
)mm
m mKm 9 m  m  mmm 'mm&m mTPm m
m 'mm  m
m
)m3m
 m3/'m  H'm
)'m m
mm# m  mm m
5,m
'm
)m3/mm 
m 
m m@m
 mm m
m m& m m mmmK:mHmmm
!mK:mm
m
)m>  7m m5  Bm
m
)m+mm  # m%mm,
mmm m m
 m m  mm[ mm
 m
 m  mK
m
m
)m m
)m
m m
 m23m
)m    m
)m m  m
)m  m
m 5 m
)m Dm
)mm m
)m
m& mm m
)m m
m
$& 6m m
V m 
m m
m
(((m
m
L5mm/
m & mm/
 m0m 'm9 
m mmm  
'm

 m m m 5 Ymmm  m  m*  'm
mm
.m
0m m" #  m  m*" m  Qm-88m'm   mJ.m
m
$& 6m
 m& m-m mm
mm 
 m m23mV m 
m
 m
 m
 mm
m
 m& m
 m3 m
m m mm
 & mm
  m/m m  
mm23m
m  m  mmm m
  
mm m
'm m  m  m  mmmPm
,& m m  m
 mm
m
)mL5m&:m
m m7mKm m H'm&m  m
m !mm
 m
m
)m/9Hm55mKm mm m m3K/mm m
m
)m08m$
 m&:m m m  mmm
& m m
m
!m& m m
 m  m>m  m m # m3K/m
m
)mLmMCm m5m5Bm
m
L5m  m 
m m mV  'mm m3 #mm2 m@Ammm m
  m
 m5 mm mm
)'m
'm

mm &m m
5
& )mm!m
m
*Qm2Em" mmmm3>+.m
m
/
m m

óó Primeira Temporada óó Parte 3 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. Carrega muitos Frutos de Ygg.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; apenas carrega a fama de líder que mais ninguém
tem sabedoria para levar.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos.
Carrega pelo menos 36 hats diferentes por hora.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. Carrega marcas
de não conhecer o jogo direito.

***

Capítulo 54

- ou ³O segredo de Pane´

³...e assim, como dito no parágrafo 12, eu confirmo a sua total inaptidão para questionar
sobre esse assunto. Você não sabe do que está falando, e é triste que alguém como você
freqüente esta comunidade. BTW, IMO, OMG, @topic, use o pesquisar LOL V>
Dicionário´.

Panelão olhou orgulhoso. Era impressionante como sua mente produzia respostas
destruidoras e originais tão rapidamente. Tudo isso fazia parte de um projeto muito
maior, mas que ele não se dedicava agora, por estar procurando uma imagem.

- Cadê o link daquela corujinha engraçada com o ³orly´? Não usei nenhuma imagem
nesse post... hmmm... não, não tá na pasta ³chats de sexo virtual´... hmmm será que
joguei na ³prints de piu-pius de fracassados na cam´? Droga, deixa pra lá. Vamos ver se
a Web criou a guild.

***

- ae
- Pnae
- *Pane
- bele?

O Arquimago olhou para o Lorde, sentado ao lado da Caçadora, que usava um Laço
Sagaz+10 e Canduras. Apenas soltou um /... e foi adicionado na guilda novamente.

Panelão saiu
Panelão entrou

- Ah, ótimo! Sem guilda eu me sentia pelado! Deixa eu ver... nível 25 ainda?

- Ai disculpa foi o k deu pra pegah! ^^

- Tudo bem. Hoje vamos upar a guilda caçando MVPs. E sabem o que isso sigifica, né?

-s
- um tank
- um suport
- um damage
- lol

- Nhaaaaa! Dexeu ser damage! Dexa!! Plzzzzz!!!!\o/\o/\o/\o/

Web começou a levantar e sentar e repetir isso alucinadamente, até levar um mute
automático de 5 minutos. Os dois soltaram um /heh e começaram a conversar.

- Muito bem, Fu. Deixa ela ser damage. Eu tanko e você dá suporte, ok?
-s
- tpw
- preciso de frutos
- tenho soh uns
- 2500
- axo

Os três foram para a Kafra e se equiparam. Pane suspirou, pois da última vez quase que
ele teve que assumir o papel de damage ± coisa que ele evitava ao máximo. Não queria
chocar o servidor com sua técnica refinada, e evitava usá-la até mesmo perto de seus
amigos.

- ow
- vamo mvpa qual
- bapho neh
- ahuhua
- parece bafomé
- bapho neh
- rox

- Bafomé é para amadores. Vamos matar Amon Rá.

- ae
- Amomrrá rox
- vamo mata ele

- Temos que ir para Morroc...

- ow
- dessa veiz eu fiz direito
- tpw
- spera aqui

Fuvity saiu

Um Mestre Ferreiro surgiu no mesmo lugar. Seu nome era sugestivoó Fuvity
Whitesmith Temp.

- ow
- adivinha quem eh
- fala ae
- huahuahaua
- Hmmm... Fu?

- XD
- hauhuaauhauhauahaua
- tpw
- fiz esse white rapidão
- soh pra pegar vale
- vale tele
- lol

- Como? Ficou apagando ele e pegando grátis?

- lol
- claro k
-n
- fiz ele pra forjah
- tpw
- dá /blacksmith

- Hmmm... primeiro lugar. Muito bom.

- tpw
- vendi tudu e comprei
- tudu d vale tele
- rox

- Perfeito! Dê alguns para nós e vamos para Morroc.

Fuvity conectou-se
Panelão saiu
Web Nacam saiu
Fuvity saiu

***

Fuvity conectou-se
Panelão conectou-se
Web Nacam conectou-se

O trio andou pela pirâmide, determinado. O mute de Web terminou e, feliz, ela começou
a cantar, levando mais um mute de 5 minutos. Para disfarçar sua tristeza, colocou uma
Máscara Feliz, que combinava com seu Laço Meigo.

- ae
- fazia tmepo q eu
- n mobava minos
- rox

- Já te falei para tomar cuidado, Fu. Pode ter mais gente querendo treinar.

-s
- to procurando alguem
- pra solta pro kra

Primeiro o Lorde viu um gatuno. Correu até ele e usou seu Colar da Invisibilidade. O
gatuno morreu em 2 golpes.

- veio
- tpw
- aumenta vit
- e compra loki
- oquei

Sempre prestativo, continuou seu caminho e viu um noviço e uma mercadora. Soltou o
mob neles e ficou olhando. Os dois morreram em 2.3 segundos.

- ahuahua
- tem q cura
- novisso eh pra isso
- aff
- otra rima
- hj to rox d+

E entre uma caridade e outra, eles chegaram ao andar do Amon Rá. Demoraram tanto
fazendo caridade que passou o mute da Caçadora.

- Muito bem, lembrem-se da estratégia. Eu tanko, Fu dá suporte, Web damage.

-s
- rox
- bora lah

- Weeeee mata bixinhus!!!!1!!!11

Quando chegaram, uma dupla com um sacerdote e um bruxo estava enfrentando o


monstro. O bruxo mantinha o mob separado com barreira de gelo enquanto soltava
magia, e o sacerdote o mantinha vivo.
- Aaaaaaaaaaay! >_< Abuse skill!11!!! ± berrou Web três vezes, furiosa, com um Elmo
Angelical+10.

- Senhor bruxo low level ± disse pacificamente Panelão ± sugiro que parece de usar sua
barreira de gelo, para nossa amiga poder atacar o MVP, ou serei obrigado a chamar um
GM para denunciá-lo. O senhor está impedindo que ela se aproxime do monstro para
atacar, técnica proibida. Se o senhor leu o tópico ³Ajuda para fazer a quest da copa´, na
página 23, depois de provar que a LUG errou na tradução de dois itens, sabe que eu
deixo bem evidenciado que MVP é Free for all, ou seja, livre para todos, e que não é
permitido abuse skills para prejudicar outras pessoas que o estejam caçando.

- Cara, - disse o sacerdote, com dificuldade para bater papo enquanto matava o MVP
com o amigo ± ela é Caçadora! Pra que precisa ir lá?

- eu so suporte
- tpw
- melhor que vosse

Panelão estava quieto, procurando algum GM online. Web sentou e começou a soltar
diversos /snif, enquanto Fu estava indignado. Saiu correndo pelo mapa, sem dar
explicações. Voltou alguns segundos depois, com Vigor acionado e um mob
inacreditável de Múmias Anciãs, Arclouses e Mímicos.

- ae noob
- tpw
- segura esse mob aki tb
- hauahauahuahau

Fu teleportou. Quando voltou, orgulhoso de seu plano, viu que tinha matado não apenas
a dupla, mas também Pane e Web. E o mob do Amon Rá, acumulado com o que ele
tinha trazido, tentava matá-lo.

- hauahuahuahauhauahua
- rox!1!1!!!
- pq nao parou o
- meu mob tb
- noob

- Desgraçado! Isso é anti-jogo! Vou te denunciar! ± berrou o bruxo, indignado.

- x 1 pra vc
- agora
- noob
- ahuahuahauahua
- Bebe tah com a Fen aih? ± disse Web, girando morta no chão.

-s
- no anel
- ahuahuahau

O Lorde ressuscitou a Caçadora com uma folha de Ygg, mas o mob matou ela de novo.
Ressuscitou o bruxo, que usou um Fruto de Yggdrasil. Depois, ele ressuscitou a
Caçadora.

- Certo, agora temos a situação sob controle. Fu, tudo bem aí com o mob? Joga em mim
que eu que sou o tank.

-s

O Lorde soltou o mob em cima do Bruxo, que parou de falar, apertando seu atalho de
Frutos de Ygg quase quebrando o teclado. A Caçadora foi até o MVP e, usando uma
Faixa de Fantasma+9, começou a atacar com uma Adaga Sinistra+10.

SETE HORAS DEPOIS

- Joga mais Fruto aí, Fu. To quase sem.

-s
- tpw
- soh ten mais 1000
- pra vc

O mob que o Arquimago segurava era ridículo o suficiente para dar lag nas placas de
vídeo deles. A tela demorava infinitos momentos para atualizar. Um aprendiz tinha
chegado e parado ao lado deles, olhando a gloriosa batalha.

Web Nacam saiu

- wtf
-?

Os dois esperaram. Esperaram. E esperaram. Web não voltou. Pelo visto, alguma coisa
tinha acontecido, tipo ter amanhecido.

- Pane
- Joga o mob
- em mim
- mata o Amom
- tpw
- ele dv ta no fin
- jah

O Arquimago suspirou. Aquele aprendiz suspeito presenciaria algo que ninguém via
com freqüência. Em todo caso, pensou Pane, ele não seria capaz de compreender e
repetir a build.

- Droga... ok! Segura!

- aeeeee
- ahuahuahauhauaha

Feliz, Lorde acionou Vigor e dando Provocar em todos os monstros que funcionava.
Enquanto isso, Pane andou até a frente de Amon Rá.

- Muito bem, Amon Rá. Vamos resolver isso da maneira mais rápida possível. Que isso
não saia daqui.

+10 Faca do Cefeiro da Fúria Letal Bi equipada

A poderosa faca, com uma carta Bafomé, uma Doppelganger e duas Esqueleto Soldado
foi equipada. Determinado, o Arquimago avançou e atacou. Sua impressionante
velocidade de ataque tirou repetidos acertos críticos no monstro, debilitando seu HP.
Era apenas uma questão de tempo agora.

TRÊS HORAS E MEIA DEPOIS

O símbolo MVP pulou em cima de Panelão. Suado, ele caiu. Fazia tempo que ele não
tinha que usar suas forças para atacar diretamente um monstro.

- ae
- dropo o q
-?

- SR, Elu e OCA.

- aff
- otro SR
- tpw
- meus chars todos
- jah tem
-2
- vende e compra de potz
- ou Ygg

O misterioso aprendiz, morto no chão por um Mímico desgarrado, começou a falar.

- Parabéns. Sua técnica de combate é refinada, Panelão.

- Obrigado. Mas você jamais será capaz de reproduzi-la.

- Eu tenho certeza que não. Mesmo porque fiquei ausente muito tempo e estou voltando
só agora.

- Ah é? Parou de jogar faz tempo? ± perguntou interessado o Arquimago, enquanto


Fuvity usava seu Rosário do Envenenamento para atacar alguns monstros.

- Na verdade, eu parei assim que o bRO passou a ser pago, como forma de expressar aos
membros da comunidade a tolice deles enquanto seres humanos a participar dessa forma
capitalista de dar dinheiro.

- Estou te ouvindo. ± Pane sentou ao lado do Aprendiz.

- Eu jogo um outro MMORPG que é muito melhor que Rag.

- E qual é?

- Uôrd of Uorcréfiti. Mas você não quer saber como é, ou irá para ele também!

- E como ele é?

- Feche seus olhos e prepare-se para estragar sua vida. Imagine um mundo 3D quatro
vezes maior que o de Ragnarok, onde um PC de última geração só agüenta rodar com
todos os efeitos ligados por 2 meses antes de ficar obseleto.

- Bom começo.

- Isso não é nada. Imagine 680 servidores, com pessoas espalhadas entre eles, o que
torna praticamente impossível encontrar alguém diferente de um NPC nas cidades.
Imagine calabouços que precisam de 40 pessoas para entrar!

- Hmmm... imagino que reunir essas 40 pessoas já seja uma quest grandiosa em si!

- Sim! Até hoje, ninguém entrou nesses tais calabouços, mas pessoas já se ameaçaram
de morte tentando montar um grupo para entrar neles!
- Uau.

- lol ± disse Fu, mostrando que estava participando da conversa, dando Impactos
Explosivos em cima do aprendiz morto.

- Mas essa não é a melhor parte. Imagine que esse mundo recebe atualizações anuais a
cada 3 meses! E você PAGA por elas! Assim como mensalidade, que equivale a três
meses da mensalidade de Ragnarok! Em dólar!

- Meu deus... ± o Arquimago se levantou, olhando para o nada ± Você parou de pagar o
bRO, que existe no Brasil e traduziu o jogo para nós, paga o triplo de mensalidade, em
dólar, com um cartão de crédito internacional, para ficar perdido em uma comunidade
que não existe, em mapas gigantescos e vazios, sem suporte oficial para jogadores
brasileiros, e paga cerca de 30 dólares por atualização anual que sai a cada 3 meses?

- Sim.

- Você... você PRECISA voltar para o bRO e propagar essa linda história! É a coisa
mais bonita e inteligente que eu já ouvi! Aaaaaah! Quem me dera existissem mais
jogadores como você por aqui! QUEM ME DERA! Aliás, como se chama? - disse,
ressuscitando o Aprendiz.

- Meu nome completo é Talrein Drui et Uórson, mas pode me chamar apenas de
Uórson.

- Eu sou Panelão.

- Não precisa me dizer quem você é. Seus feitos o antecedem. E ninguém seria capaz de
matar o Amon Ra na faquinha assim.

- ³Na faquinha´... você também jogava Counter-Strike?

- Sim.

O arquimago começou a soltar seguidos /snif. Era muita emoção. Fu, emocionado, foi
até eles e deu uma força.

- bibas
- cs jogo de biba
- x 1 pros 2
- agora
- ;pif
- µpif
- aff
- /pif

Web Nacam conectou-se

- Oie! Discupa! Meu pai tinha k manda uns e-mails malz ae

- Web! Adicione esse aprendiz na guilda agora!

Uórson saiu
Uórson conectou-se

- Bem-vindo, Uórson!

- /dance ± respondeu o Aprendiz

- hehehehe ± riu o Arquimago

- rsrsrsrs ± sorriu a Caçadora

- lol bibas pvp agora


- go go go ± disse Fuvity

- Ei, xabem kem mando MP agora?

- ???

- Vamo Prontera! ^^

Fuvity saiu
Web Nacam saiu
Panelão saiu
Uórson saiu

***

Fuvity conectou-se
Web Nacam conectou-se
Panelão conectou-se
Uórson conectou-se

Um Algoz estava sentado, esperando o grupo. De braços cruzados, cabelo branco,


Sakkat, Óculos Escuros e Folha Romântica. Mandou um CTRL 1 ao reconhecer o
grupo.
- Killer Assacino! ± gritou Web, correndo ao lado dele, soltando diversos /e3 e /bj.

- Não mais. Eu pesquisei no fórum e...

- PESQUISOU NO FÓRUM? ± Panelão quase teve um Orgasmo. Finalmente o grupo


começava a ficar coeso e inteligente.

- Sim, eu pesquisei no fórum e encontrei um guia de nomes bem legais e originais.


Então fiz remake pra mudar o nome.

- lol
- fico rox, gostei

- Obrigado. De agora em diante, serei o Matador_of_darquinés_+10

- nussa veio
- tpw
- muito fodz
- tem q ignorar os
- nubs

- Er... eu... já ignoro.

- Adiciona ele na guilda, Web ± ordenou poderosamente Panelão, ainda descrente com o
grupo perfeito que tinha.

Matador_of_darquinés_+10 saiu
Matador_of_darquinés_+10 conectou-se

- Viu... posso pedir algo para vocês? ± disse o Algoz, envergonhado.

- lol?

- Assim... se eu conectar e não falar nada, e não responder vocês, nem MPs... assim, faz
parte do meu treinamento. Quando eu jogo não paro pra fazer nada. É concentração
total, 24 horas por dia.

- Eu também gostaria de pedir algo. ± completou Uórson.

- Claro, diga. ± falou o curioso Arquimago.

- Pode mudar minha tag para ³Uórson rox´? Acho legal manter aqui no Ragnarok uma
referência ao MMORPG que jogo 1 hora por dia, mesmo ficando 7 horas online aqui.
- Guilda! ± disse Panelão ± Hoje eu sinto que começa uma nova era em nosso grupo.
Vamos nos preparar para nossas próximas metas.

- Pegar castelo? ± disse Uórson.

- Depois! Antes, precisamos de um sacer...

- VAMUZ VUAAAAAAAAAR! NU INFINITU SÉU AZUUUUUUUUUU! VAMUZ


VUAAAAAAAAAAAA ± berrou sem nenhuma razão aparente, Web.

- omgwtflolfag? ± dessa vez, o enter de Fu falhou.

- Ueh naum acabo a aventura di hj? ^^ eh a musica pra acabah ueh!

- tpw
- pvp
- agora
- biba

- Ai naum so biba ç_Ç eu so minina!

- ahuahuahauauh
- bora pvp

- Depois... vo almossa bjs fui

Web Nacam saiu

- ow
- seu aprendiz ta q level
-?

Uórson saiu

- aff
- Pane
- tpw

Panelão saiu

- ... carai
- ei
- Matador
- Darq
- ow
- tah treinando veio
-?
- vo mija perai
- voltei
- ae ta ae
- responde ae
- ow
- awopkdapwa
- aosdasdoapska
- 12ok12
- 123123op1211
- biba
- responde ae
- carai veio
- fala comigo
- darq!1111!!!!!111!!1

Você não pode falar ou usar habilidades por 10 minutos.

Fuvity saiu

óó Primeira Temporada óó Parte 4 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. E seu teclado bugou.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; os outros é que são inaptos mentalmente.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E
adora casamentos.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Por isso, não erra. Mas errou ao ouvir o coração.
 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E pagar em
dólar é legal.

***

Capítulo 7 e ½

- ou ³OP R> sarce´

Panelão entrou

- Boa tarde, caros amigos.

- Olá! ± responderam Uórson e Web.

- Salve! ± disse o Matador_of_Darquinés+10, ou apenas darq.

- E aí, já conseguimos um sacer?

- Nha... ;_; - resmungou Web ± Nada! Só noob se apresenta.

- Verdade ± completou Darq, que estava online ± só gente full +8... aí não rola.

- Se fosse no UoU, era só acessar um servidor de sacers e pronto. Aí você pagava a taxa
de 80 dólares de transferência de servidor e já era! Odeio Ragnarok! ± obviamente,
acrescentou Uórson à discussão.

- Bem, vocês viram o Fuvity? Ele me falou pelo MSN que ia convidar uma amiga dele.
Talvez funcione.

- Iiih, ele foe da boot. O PC dele t[a com bugue nu tecladu ^^

- O jeito então é esperar ele voltar e...

Fuvity entrou

- Ah, maravilha! Olá, Fu!

- Boa tarde, amigo Panelão. Senhorita Web, Uórson, Darq... é uma satisfação imensa em
revê-los.

O silêncio imperou na guilda por 45 segundos e meio. Ninguém falou nada. Aquilo era
bizarro. Panelão, assumindo sua liderança natural, adquirida após uma tarde de conversa
no parque com pracinhas de 44, tomou uma atitude.

- Olha, senhor ³eu hackeei a conta do Fuvity´, é bom que saiba que eu possuo métodos
e contatos fortes o suficientes para impedir que as próximas três gerações da sua família
nunca mais sequer acessem a internet. Recomendo que desconecte agora e abandone a
conta do nosso amigo, se não quiser sofrer as conseqüências ± apenas lembrando que eu
namoro, faço artes marciais, jogo bola e tenho vida social. Todos os dias.

- Perdoe-me, Pane ± disse Fuvity ± mas sou eu mesmo, Fuvity. Algo aconteceu com o
meu teclado, e ele está com esse bug. Não estou conseguindo digitar corretamente.
Garanto que estou deveras inconformado com essa constrangedora situação, e gostaria
de resolvê-la o quanto antes.

- Hun... certo.

- E perdoe-me por ter demorado para responder. Eu esqueci de segurar ALT, e minha
frase saiu fora da guilda. Agora uma senhorita está conversando comigo, e não posso
deixá-la sem resposta. Seria completamente falta de cortesia da minha parte.

- Tudo bem. Quer nos apresentar sua amiga, que tem a tal sacer?

- Olha, ela está agora em Al De Baran, a cidade da torre do relógio, e chama-se


Maryjohn. Vocês podem ir para lá usando os Vale-Teleporte que eu providenciei. Tenho
que fazer sala para esta mocinha agora. Não poderei acompanhá-los.

- ._. Trokou minha companhia? ± comentou Web, esboçando uma crise emo.

- Risos! ± foi tudo que Fu respondeu.

- ³Risos´? 0______o Meu deus... vamos para Al De Baran logo!

- Eu não lembro... é Geffen > Al De Baran né? ± disse Uórson, soltando seguidos
comandos que não existem no Ragnarok.

- Yeah ± falou Darq, parado ao lado dele.

- Ah. Se fosse no UoU, teria um guia NPC em 4D que usaria um dirigível baseado no
meu carro de verdade para me mandar para lá.

Panelão saiu
Matador_of_darquinés+10 saiu
Web Nacam saiu
Uórson saiu

***

Panelão entrou
Matador_of_darquinés+10 entrou
Web Nacam entrou
Uórson entrou

***

Panelão saiu
Matador_of_darquinés+10 saiu
Web Nacam saiu
Uórson saiu

***

Panelão entrou
Matador_of_darquinés+10 entrou
Web Nacam entrou
Uórson entrou

- Hmmm... vamos nos separar? ± sugeriu Pane, olhando ao redor.

O grupo se separou. Pane, na verdade, foi para o MSN. Web abriu um chat dizendoó
³P> pessoa, ajuda ± tenho cam´. Darq entrou na torre para matar HOs. Apenas o
pequeno Uórson ficou rodando a cidade, procurando a tal sacer.

***

- E então, senhor cavaleiro... como disse que se chama mesmo? *_*

- Meu nome é Fuvity, mas meus amigos me conhecem como Fu.

- Você escreve muito bem!

A arqueira estava encantada com o educado cavaleiro. Fuvity soltou um /e5. Aquela
situação o estava deixando extremamente envergonhado.

- Veja bem, meu teclado desconfigurou, senhorita. Assim sendo, estou falando desta
maneira estranha. Peço-lhe adiantado meu sincero perdão. Isso não é linguagem para se
usar diante de uma jóia como ti.

- Aiiiiiiiiiiii! Que lindo! Jóia! Adorei!!!

- Senhorita, dê-me 5 minutos. Preciso reiniciar minha máquina para tentar arrumar o
teclado.

- Claro, Fu! Tem todo o tempo do mundo! Todo ele!

- Okay. Eu voltarei. Até breve! /bo

- Até! Estou esperando!

Fuvity saiu

***

- Hmmm... aqui parece bom. Vamos ver...

Darq parou na entrada dos HOs e começou a falar sozinho, sem razão plausível.

- Vamos ver... ligar KS, sim. Ligar teleporte, sim. Descarregar com 90% de peso, sim.
Teleportar se alguém falar comigo, sim. Definir resposta-padrão... hmm... ³Aff, claro
que não ;)´. Pronto... agora vou dormir, porque...

Nem concluiu seus pensamentos, uma Suma Sacerdotisa passou correndo em sua frente,
soltando /hlp. Foi mais forte que ele ver aquela moça em perigo, e decidiu ajudá-la.

O algoz não teve dúvidasó matou os Alarmes que a perseguiam em poucos golpes. Ela,
porém, tinha corrido para dentro do mapa dos HOs. Preocupado, ele foi atrás.

Killer_of_darquinés+10 saiu
Killer_of_darquinés+10 entrou

- Ei, moça!

- Socorro! ± berrou ela, mobada, se curando.

Em toda sua escuridão dark sombria emo of trevas, equipando seu Óculos Escuros
Sagaz, Darq avançou contra o mob. Eles não foram páreo para sua força ímpar.

- Hmmm... obrigada, gatinho! ;) Você é forte! Como se chama?

- Eu? Como eu me chamo? Você ta falando comigo?

- Sim, paixão... com quem mais seria?

Darq achou aquilo estranho. Ser chamado de gatinho e paixão no mesmo dia era algo
que ele não esperava. Ainda mais por uma Sumo Sacerdotisa tão linda, mesmo que ela
fosse exatamente igual a tantos outros sprites de personagens femininos da mesma
classe.

- Eu... eu sou o Darq. Prazer.

- Prazer? O prazer vem... depois! Está sozinho?

- Sozinho? Aqui em casa sim.

- Não, gracinha... sozinho aqui no mapa.

- Ah, assim, no caso, sim.

- Quer treinar comigo? Você parece forte... vigoroso... /e2

O algoz ficou parado. Já tinha sido um trabalhão andar pelo mapa ± coisa que ele não
costumava fazer. Como seu segundo choque, agora tinha que CONVERSAR ingame
com uma pessoa. E para piorar, agora ela o chamava para treinar. Treinar junto, ou seja,
JOGAR.

- Eu... nunca fiz isso antes. ± falou, envergonhado.

- Não? Você é muito engraçadinho. Então... deixa que eu te guio... /e2


- omg

***

(- E aí você tá caída pelo cara?)

(- Tô sim, Leafar! Nossa, ele é muito educado!)

(- Hehehe legal!)

(- Ele foi reiniciar, parece que deu pau no teclado e... olha ele ali! Aquele Lorde 99!)

Fuvity conectou-se

- tpw
- test
- ahuahuahauhauahu
- rox
- arrumei essa m.er.d
- caraleo

- Bem-vindo de volta, nobre Lorde! ± disse a risonha arqueira, acompanhada de outro


Lorde, louro.

- ae gata
- arrumey o tecaldo
- agora s
- rox
- tpw
- tem MSN
-?

(- Er... tenho, mas faz mais RP, está tão legal ;_;)

- lol?

(- Era esse o seu amigo?) ± perguntou o outro Lorde.

- ow
- pq
- vcs uzam parentes?

(- É que fazemos RP, interpretação de personagens) ± disse o Lorde.

(- E entre parênteses são os jogadores falando, não os persoangens!) ± completou a


arqueira.

- lol?
- tpw
- meio de biba isso
- rsrsrsrs

(- Mas vc não sabe fazer RP? Não estava sendo educado até agora?) ± insistiu a
descrente arqueira.

-n
- ow
- vamos pvp

(- Bom, vou sair. Tchau pra vocês) ± falou o Lorde.

- ow
- laefer

(- Leafar)

- oquei
- lafear
- vamos pvp
- x1 agora
- go

(- Desculpa, eu não fico lutando assim à toa)

- ow
- eu fasso RP entaum
- oquei
-?

(- Bom, tudo bem. Me desafia em RP então e vamos lá!)

-s
- ops
(- s_
(- hauahuahuaa rox fala assim)
- ow
- lafaer

- Sim? ± disse o Lorde, levantando-se.

- tpw
- vamos pvp
- x1 agora
- go
- seu n00b du inferno
- ahuahuahuhauahuahua

- Eu não me sinto insultado o suficiente para lhe dar o gosto de uma luta comigo.
Recuso.
- tpw
- arrego biba
- pwnei vc
- oquei
- ow
- da hora rp
- depois nóis faz mais
- flw

- Er... falou 0_o

- ae
- gata
- passa MSN depois
- me add
- goztosa
- bjs
- vo Alde
- flw

O Lorde e a arqueira ficaram quietos, olhando Fuvity falar com a Kafra e sumir.

***

- Você é forte mesmo, hein? Estou apaixonada.

Darq estava descrente. Era tudo novo para ele, um personagem Transclasse 9x, conviver
com alguém enquanto joga, ter companhia e ter que jogar. Suas mãos tremiam. E, em
dado momento, um Orc derrubou uma carta.

- Noooossa! Uma Guerreiro Orc! Nossa!!!! Você viu?????

- Vi sim, gostoso.

- NOOOOOOOOOOOSSA! Muito legal! Você viu caindo? Viu como é?


Nossa!!!!1!!11! Que da hora!!!

- Você nunca viu uma carta cair, Darq?

- .................................................. er... claro que sim. Muitas. Todas.

- Ah...

- Olha, linda, eu preciso voltar. Estou me sentindo meio mal de ficar aqui treinando com
você. Meus amigos estão procurando uma pessoa na cidade. Tenho que ajudar eles.

- Eu tenho portal pra cidade. Você quer?

- Eu quero sim!
- Hmmm... mas só abro se você me der um beijinho.

Nem bem a sumo sacerdotisa terminou de falar, o Algoz já estava do lado dela, soltando
diversos /bj, /amor, /bj2 e /e3. Ficou assim por quatro minutos, até levantar e abrir o
portal.

***

Killer_of_Darquinés+10 saiu
Killer_of_Darquinés+10 entrou

O pequeno aprendiz Uórson estava causando nas mesas do lado direito da torre de Al
De Baran.

- Cara, vocês usam MERCADORES! ± falou, orgulhoso.

Um Mestre Ferreiro, indignado, começou a dar Mammonitas nele, enquanto respondia.

- Nós somos uma das classes mais poderosas do Ragnarok!

- Sei. Pelo visto você leu o mangá do Ragnarok brasileiro, que tinha no final aquelas
dicas ridículas, falando que Ferreiro é a classe mais poderosa do planeta!1!!1!

- Mas é!!!!

- Bah! Se fosse no UoU, você não precisaria ser mercador ou ferreiro. Você entra em
um mercado e deixa um preço estipulado pro seu item! E aí você deixa lá vendendo e
vai automaticamente pra sua conta! Fora que enquanto você fica desconectado, aumenta
sua taxa de XP para a próxima vez que você jogar!

Os jogadores se entreolharam. Um Sábio se aproximou e perguntou.

- Deixa eu ver se entendi. Você paga o triplo da mensalidade do Ragnarok para colocar
itens para vender de modo offline?

- Sim! ± disparou orgulhoso Uórson.

- E você paga em dólar para não jogar, para quando, ocasionalmente jogar, ter uma rate
de XP alterada?

- Isso mesmo! O jogo te premia por não jogar!

- Cara, você é burro?

- Ei! ± Uórson sentiu-se ofendido com aquela constatação.

- Uórson! Uórson! Ei! Achou já a tal sacer?

O aprendiz olhou para o Algoz, acompanhado da Sumo Sacerdotisa. Soltou um /hmm.


- Por que me pergunta isso? Você já está com ela.

- Estou?

- Ué, coloca o mouse em cima dela.

- Dá pra ver o nome passando o mouse em cima, é?

O ³Maryjohn´ pôde ser lido. Feliz, o Algoz soltou mais alguns /amor.

- Então você vai entrar na nossa guilda?

- Vou? Não sei. Por que entraria? ± disse Mary.

- Nosso amigo recomendou você, o Fuvity.

- Aaaah! Comédia ele! Ok, me add ae, gato. Miau.

Explodindo de felicidade, Darq adicionou a Sumo na guilda. Nem Web nem Panelão
respondiam suas perguntas. Apenas o pequeno Uórson os acompanhava.

- Ei... ± falou o algoz ± tive uma idéia! Que tal se nós nos casarmos? E adotarmos o
aprendiz ali?

- Hmmmm... ótima idéia, gato! Vamos para Prontera!

Killer_of_darquinés+10 saiu
Uórson saiu
Maryjohn saiu

Killer_of_darquinés+10 entrou
Uórson entrou
Maryjohn entrou

***

Fuvity entrou

- ae
- web
- Pane
- ces tao ae
-?

- Axu que o Pane nun tah cerve euzinha? ^^

- tpw
- kd os cara
-?
- Parece ki foram pra Prontera, na igreja. Eu to indo pra lá agora.

- lol?

- Axu ki foram casar e adotar, algu assim

- o q?????????
- ksa?
- tpw
- o darq
- com a mary
- e adota o
- uelsom?
- eh?
- ashuahduas shdaushdauhsduaihsdauihduiahsdua
- saDJAISJD AId aDJAI DAJSI AJDSA

Você não pode falar ou usar habilidades por 10 minutos.

- Ficou mudo! Ki munitinhu!!! Ei, vamos pra Pront! Quero ver! *___*

Fuvity saiu
Web Nacam saiu

Fuvity entrou
Web Nacam saiu

- Fu, pega algo na Kafra pra levar de presente para eles!

O Lorde foi até a Kafra e pegou algo. Acompanhado da Caçadora, que usava um Laço
Grande, encontrou o trio na frente da igreja.

- Oies!!!! o/

- Web! Fu! Olhem! Me casei!

O Algoz se divertia soltando Eu te Amo e Saudades de você.

- E não é só isso! Também adotamos o Uórson!

Agora ele ficava usando sem parar o ³Cadê você filhote?´.

Fuvity andou até o lado da Sumo Sacerdotisa e pediu negociação. Deu seu presente de
casamento para eles.

- Oh! ± exclamou a sacer ± Um elmo com a carta Abelha-Rainha! Que lindo! Obrigada!

O Lorde apenas soltou um /ok. Darq foi até o lado dele e sentou-se. Começou a mandar
MPs então.
- Cara, eu sei que você não pode falar, mas quero te agradecer.

Fuvity começou a rodar, como se dissesse ³lol?´. O Algoz continuou.

- Por sua causa, de chamar essa sua amiga, eu descobri o que é amor. Eu treinei com ela
um tempão agora, vi que ela é muito linda, deve ser gatinha fora do jogo... eu vou
investir nela. Já casei logo pra garantir. Cara... eu to apaixonado. Obrigado, de coração.

O Lorde 99 ficou parado por muito tempo. Não houve nenhuma reação do personagem
por muito tempo, até finalmente sair o balão vermelho de cima dele.

- ow
- Darq

- Sim?

- tpw
- se fodzu

- Eeeeeeeei Fuuuuu!!! \o/ - disse a sacer, levantando e sentando várias vezes.

- aeeee
- biba
- ksou com o kra
- ahuahuahuahuahuahaua

- Hehehehehehehe ± riu a sacer.

- Acho que perdi a piada... ± questionou-se de maneira emo o Algoz.

- ae
- faal seu nome ae
- pro
- Dareq

- Eu me chamo Romeu Jalásca. Prazer. ± disse a sacerdotisa ± Tenho 37 anos, gato! ;)

- ...................... ............................eu... vou tomar um ar. /snif

- ahusahuahsuahudhasudhaudhaushausda

Matador_of_darquinés+10 saiu

- XDDDDDDDDD
- tpw
- veio
- c naum flaou
- pro kra q vc era
- h veio
- muita mancda
- ahuhudahsuahdashudhausa
- lol
- pwned by ximêiou

Você não pode falar ou usar habilidades por 10 minutos.

Enquanto o Lorde 99 corria, levantava e sentava, Panelão voltou de sua ausência. Na


verdade, no MSN, Pane fazia sexo virtual com um noob tolo do fórum, que tinha
comentado que os pseudo-moderadores não deviam tratar os usuários como se eles
fossem doutores, já que a maioria ali mal tinha a sexta série completa. Panelão achou
isso um absurdo, já que todo ser humano é um ser humano, e que todo garoto que
produzia esperma podia ser execrado por cometer erros de português ou ter dúvidas.

- Senhores, digo para que se preparem. Vejo que adicionaram a sacer. Seja bem-vinda,
Mary.

- Romeu, 37.

- Que seja. Logo iremos para a WoE, pegar alguns castelos. É bom que as guildas se
preparem para perder.

- Weeeee! E qdo a gente vai? óD

- Depois que nos conhecermos pessoalmente. Jogaremos nosso primeiro período de


guerra em uma LAN House, para agilizar minhas ordens durante a invasão!

- Weeeeeeeeeee passeiuuuuuuuuuu *_________*

- Sim, querida Web... passeio!

Panelão saiu
Matador_of_darquinés saiu
Uórson saiu
Fuvity saiu

- Hmm! Passeio hoje! Vou até comemorar!

³V> Web ± hj c desc de 25% ^^´

Web Nacam saiu

***

PSó capítulo dedicado pros caras que me mandaram MPs mal-educadas por eu estar
usando ³informações erradas´ sobre o World of Warcraft e estar escrevendo esses
³textos ridículos, generalizando e estereotipando o jogador de WoW que freqüenta a
comunidade do Ragnarok Online´.

PS2ó o PS anterior 
 para os meus amigos emo que saíram do Ragnarok para jogar
WoW e que também me mandaram MPs chorando por eu estar usando ³informações
erradas´ sobre o World of Warcraft e estar escrevendo esses ³textos ridículos,
generalizando e estereotipando o jogador de WoW que freqüenta a comunidade do
Ragnarok Online´. Seus feios. /dance

óó Primeira Temporada óó Parte 5 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. E tem pai.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; só a professora do seu filho que não entende.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E ela
não devia se segurar em canos com a mão melada de gel.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Mas conseguiu achar a LAN House.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E veste-se de
preto no calor.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E adora seu bigode.

***

Capítulo WWI

- ³É guerra!!1!!´

O homem gritava. Gritava muito. A mulher na sua frente estava ruborizada com os
gritos, que lançavam ocasionalmente perdigotos em sua face. Ela retraia os lábios,
contendo o nojo, tentando ouvir com atenção o que ele dizia, enfurecido.

- ... e por isso que eu digoó é preciso, sim, ter rates alterados! Como uma pessoa pode
evoluir na taxa normal? Hein? Fala pra mim? Eu nunca tive esses problemas, porque eu
sou uma pessoa extremamente bem dotada intelectualmente enquanto ser humano
pensante! Mas é preciso pensar que milhares de pessoas não são! E elas precisam sim de
taxa alterada! Um incentivo, um double!

- Senhor, - disse a mulher, ajeitando um óculos de aro redondo, que protegeu seus olhos
da saliva voadora do homem ± deixa eu ver se entendi. O senhor sugere que em um dos
bimestres da pré-escola as notas das crianças nas provas valham o dobro?

- Isso! Elas precisam de um incentivo! Um período de Duplo XP!

- Senhor, veja bem, talvez isso seja bacana nesses jogos online, que tem muita gente
viciada, mas na vida real...

- Vida real? A senhora está sugerindo que eu não tenho vida real? É isso? Eu sou
desquitado, mas eu namoro! Faço academia todos os dias! E não sou nada bitolado em
tecnologia!

- Olha, eu não disse que...

- Um segundo. Chegou mensagem no meu celular.

Os olhos buscaram rapidamente o visor, e leram um texto. Na verdade, tratava-se de um


lembrete, não de um SMS, mas ele jamais diria que se enganou. Colocou o aparelho no
bolso e levantou-se.

- Eu tenho um compromisso, preciso ir. Até mais.

- Senhor... o seu filho. Não vai pegá-lo?

- Filho?

- É. O senhor está na escolinha dele, lembra? Veio buscá-lo...

- Ah, é verdade. Lol. Até mais!

O homem levantou-se. Foi até a frente da escola e viu seu filho ali, sentadinho. Deu um
abraço carinhoso nele, e sorriu.

- Ei, campeão, - disse o homem ± o que você faria com esses 50 reais?

- Gastaria com prostitutas? ± respondeu a criança.

- Não. Vai pegar um táxi e vai para casa. Papai tem um compromisso inadiável.
Sem perder muito tempo, deu um tapinha nas costas do filho, entrou no carro e partiu.

***

LAN HOUSE MACACO CIBERNÉTICO DA UNIDADE PEDRA

O homem estava nervoso. A LAN House estava toda ocupada. A Macaco Cibernético
da Unidade Pedra era uma parceria de quatro LANs famosas do passado, que faliram e
se uniram para reacender a velha chama dos negócios. Ali seria o encontro real da
guilda OverPower, mas, pelo visto, não haveria lugar para todos.

Súbito, uma garotinha se aproximou do homem. Aparentava ter 12 anos. Vestia uma
sandália da Xuxa, saia e top Bicho da Cara Preta, e estava fedendo a maquiagem da
marca Sandy.

- Oie tiu! ^^ - disse ela, inexplicavelmente fazendo emoticons em sua fala real.

- Hmm? Lol?

- Você é o Panelão, né?

- Quem gostaria de saber?

- Ah pára hihihihi naum me conhesse?

- Não...? ± falou desconfiado, usando uma interrogação descabida.

A menina levantou o top rapidamente. Os olhos do homem se esbugalharam.

- Oh my god! ± falou ele, com os olhos esbugalhados ± O sinal das sete estrelas em
forma de pintas! Web! Web Nacam!

- Weeeeeeeeeee \o/

- Mas... mas... você tem quantos anos?

- Quase 13! Hihihihihi ^^

- Nossa... pela Internet você parecia mais velha.

- É ki eu so muito madura! Hehehehe!

- Lol! Nossa, pelo visto só você chegou. E não vai ter máquina pra todo mundo.
- ai o Fu ligou no meu cel ele ia conseguir as makinas pra gente e tem maes gente ali

Os dois foram até o barzinho da LAN House, e viram uma dupla conversando. Um
deles era um homem por volta dos 40 anos, de camisa social desabotoada em cima,
revelando um peito cabeludo, com pizzas de suor nos sovacos, barba por fazer, gravata
folgada e calvo. Faltavam-lhe alguns dentes na boca. O outro tinha uma camiseta preta
da banda [insira sua banda aqui], cabeludo, por volta de 17 anos, ± apesar de jurar que
tinha mais de 25 ± segurando uma latinha de cerveja vazia. Cabelo comprido, sobretudo
(apesar de estar sol), coturnos nos pés e alguns random anéis metálicos completavam
sua aparência.

- Migus!1!1! Esse é o Pane!

- Graande Pane! Satisfação em conhecê-lo! ± falou o homem de camisa social


entreaberta.

- Opa! Você é o...?

- ³A´, não ³o´! Maryjohn! Hahuahauhauahuahuahua!

- Certo! Então você que sobrou é o...

- Uórson! ± disse o cabeludo, fazendo o sinal do deus metal com as duas mãos.

- Prazer, Panelão!

- Bebe com a gente, amigo? ± ofereceu Mary, com o bigode sujo de espuma de chope.

- Obrigado, primeiro o dever. Depois a diversão. Temos uma guerra pra ganhar.

- Guerra... ± o cabeludo Uórson se levantou e ficou olhando para o meio da rua, onde
um ônibus passava - ... se fosse no UoU, seria diferente. A Horta enfrentaria a Alidança,
sem meio termo, sem dia marcado, sem nada. Guerra pura, de verdade. Não essa guerra
de playboy, com dia e hora marcados. O mundo real não é assim.

Sem motivo aparente, o cabeludo começou a fazer uma coreografia sem sentido,
segurando sua latinha de cerveja. Os três se entreolharam, até Uórson olhar para eles,
virando os olhos.

- Barra dance, seus burros! Der...

Eles riram por alguns segundos, e o ônibus que passava na rua parou. Sua porta se abriu.
Uma infinidade de garotos começou a descer dele. Tinha de todos os tiposó altos,
baixos, orientais, mestiços, adolescentes, pós-adolescentes, alguns de boné, outros de
iPod, outros menos abonados de walkman e fita-cassete. Foram em direção ao grupo
que bebia ± ou tentava ± e o abordaram.

- ow
- ces que sao do Rag?

- Sim. ± respondeu Pane ± Quem é você?

- tpw
- nóis é o Fu
- eh ± disse outro
- Fuvity tah ligado ± disse outro
- con certeza ± disse outro
- tamos ae ± disse outro
- rox ± disse outro
- show ± disse outro
- demoro tru ± disse outro
- carai, zerei pokemon ± disse outro, com um Nintendo DS
- pwned ± disse outro

E assim foram sucedendo-se as respostas, por longos minutos. Panelão, tomando as


vezes de líder, tratou de organizar a confusão. Apresentou Web, Uórson, Mary e
agrupou aquela torcida organizada que respondia pelo nome de Fu.

- Estamos com um problema, senhores. ± disse Pane ± Não há máquinas disponíveis


para nós cinco. Por isso, teremos que...

- ow
- Pane
- tpw
- onde num tem makina
- ? ± os garotos ficaram olhando com cara de interrogação para o homem.

- Você está vendo algum lugar na LAN House, Fu?

- ahuahuahuaa
- ahuahuahauhau
- awhaudhausdhausa
- uahduahsduahsuda
- heuahauehauehauea
- hauishaudhsaidhaa
- huahauhdauwhada
- rs
- ahusahsueahuea

Um deles levantou uma placa dizendo ³Você não pode falar ou usar habilidades por 10
minutos´, depois que dez deles riram.

- ow
- Pane
- jah peguei lugar
- se liga soh

Um dos Fu deu um sinal. Na LAN house, vários outros Fu estavam sentados. Ao verem
os amigos que chegaram de ônibus, começaram a rir alucinadamente. Liberaram
algumas máquinas para a guilda que tinha chegado.

Já estavam se sentando, quando um rapaz se aproximou. Tinha algo em torno de 25


anos. Bem vestido, parou um carro importado no estacionamento. Saiu de óculos
escuros, camiseta preta baby look, calça social e sapato polido. Usava correntes e anéis
de ouro.
- Ei, com licença. Podem me dar uma informação?

- fala moxu! ± disse Web, interessada no rapaz.

- É aqui que tem aquele joguinho, que tem umas paradinhas de clicar e matar uns
bichos, ganhar nível... esqueci o nome.

- Ragnarok Online? ± disse a menina.

- Isso, Ragnarok, isso aí. Eu tenho que encontrar um pessoalzinho aí.

- Vosse... é u Darq? XD

- Eu? ± respondeu o rapaz.

- Weeee \o/ - a menina abraçou-o ± Eu sou a Web!

- Web? A menina que come banana com Nutella na webcam?

- Xim! Lol mor *____*

- Ah, prazer! Então, ia rolar uma parada aí, não ia?

- Xim! Vamo pras makina! O Pane vai ajuda nóis a pega castelu!! \o/

Os dois foram com os outros até um corredor, especialmente reservado para eles. Seis
máquinas estavam ali. Chegava o momento de consagrar o grupo na Guerra do
Emperium. O objetivo era dominar o feudo de Payon.

- Bem, - começou Pane - nosso objetivo será, inicialmente, furar a def...

Darq interrompeu Pane, indignado.

- Ah não! Mudaram o jogo?

- Que foi? ± perguntou Mary, comendo paçoca, que estava sujando seu bigode, já sujo
de chope.

- Que parada é essa de login?

- É onde você digita seu nome de usuário e senha, querido.

- Aaah ta! É que alteraram isso faz pouco tempo, né?

- Bom, como eu ia dizendo, - retomou Pane ± temos que furar a defesa do...

- ow
- Pane
- tem batlefield auqi
- bora x1

- Depois, Fu. Primeiro temos que pegar os castelos aqui no Rag.

- ahuahuaha
- bele

Pane repassou a estratégia para os amigos. Todo ouviram com atenção. Como parte de
seu ritual, todos sentaram-se em frente aos micros. Fizeram seus logins, e prepararam-se
para escrever seus nomes para sempre nos anais da guerra do servidor.

***

Panelão entrou
Fuvity entrou
Web Nacam entrou
Uórson entrou
Matador_of_darquinés+10 entrou
Maryjohn entrou

- Muito bem, senhores. Vamos lá! Parte 1. Fu?


- ok
- pera

Na LAN House, o garoto se levantou e começou a gritar com outro.

- ei veio
- fala
- tpw pega o White
- oquei
- to em Pay
- oquei

A seguir, se virou para outro, e também gritou com ele, que respondia na mesma
velocidade que ele perguntava.

- ow
- pera
- carai
- pera carai
- aff
- fala
- pega o sarce
- qual
- o 9x
- sarce ou sumo
- sumo
- fala certo carai
- malz
- oquei

Junto ao grupo, que esperava na Kafra, apareceram um Mestre-Ferreiro e um Sumo


Sacerdote. Seus nomes eram WS Temp Woe quinta e FS Temp Woe quinta
respectivamente. O sumo começou a distribuir poções compactas, enquanto o mestre-
ferreiro começou a curar eles usando uma carta Vitata em uma Luva.

- Paaaaaaane ± gritou Web, sentada de lado na cadeira, olhando uma TV que exibia
algum desenho animado random ± q q eh pra faze mesmo?

- Eu vou invadir o castelo e quebrar o pré-cast deles. Você entra logo em seguida, com a
Boa Ventura, e mata quem estiver na frente, pro Uórson passar.

- Tah! ^^
- Enquanto isso ± falou Maryjohn ± eu vou desestabilizar as defesas deles, tá bom?

- Positivo e operante. Vamos lá!

O Arquimago correu para a porta do castelo. Passou pelo portal e não viu o que
aconteceu.

Panelão saiu
Panelão entrou
Panelão saiu
Panelão entrou

- wtf? ± disse ele, indignado.

- veio
- foi pwnado
- ahuwhauwhauwa

- Como isso?

- tpw
- eu falo
- sobe vit
- agi sux
- lol

- Não! Foi lag! Só pode ser!

De fato, a rede parecia lenta. Só ficou melhor quando alguns dos Fu pararam de ficar
dançando na webcam uns para os outros.

- Pane! Ce num sabe o k eu vi! *__*

- O que, Web?

- Akeles mininus ali taum na guerra tb!! Vo distrair elis!!

A garota se levantou e foi até um grupo que jogava concentrado a guerra. Deu uma
reforçada no perfuminho da Sandy e começou a dançar Cara Caramba Cara Caraô, atrás
deles. Inicialmente eles ficaram confusos, até parar para ver o que a menina estava
fazendo. Um dos Fu afastou um dos garotos do seu PC, empurrando a cadeira de
rodinhas dele, e sentou-se no lugar dele.

- carai
- full vit +9
- ta robano minha bild
- aff
- vo fodz tudu
- ahuahauahua

Fu, por sorte, tinha pego a conta do líder da guilda ± alguma coisa ³em ação´. Começou
a expulsar membros então, e a atacar eles pelas costas.

- Ei, não sei o que estão fazendo, mas está funcionando! Vamos lá! ± disse Pane,
eufórico.

O Arquimago entrou com o Super Aprendiz em um rush insano. Estranhamente, na


LAN House, começou a tocar uma música de Tina Turner, com o refrão ³We don¶t need
another hero´, enquanto eles invadiam.

- Ei, Mary. Chega mais ± falou Darq, com uma expressão confusa e seus óculos Rayban
na testa.

- Fala, chuchu!

- Mudaram várias coisas aqui do jogo. Preciso de ajuda.

- Tem toda que você quiser, lindo ± respondeu Mary, comendo um sorvete de casquinha
e sujando seu bigode, já sujo de chope e paçoca.

- Eu apertei F12 sem querer, e meus atalhos sumiram. E apareceu um 2. Aí apertei de


novo e apareceu aquele 3. Tipo, ele ta contando quantas vezes eu erro?

- Ai, paixão! Nada disso! É que tem 3 barras de atalho! Você sabia disso, não sabia?

- ........................claro que sim. Eu só queria ver se você sabia!

- Hahuahauauahaua! Vamos logo então, bonitão!

Darq correu atrás de Pane, para sua jornada alucinante até o Emperium. Mary, porém, se
distraiu vendo Web, e teve uma idéia.

- Água! Eu to virando ÁGUA, corredera abaxuuuu ± cantava a menina, parodiando


Sheila Mello em seu clipe horrível, que causava epilepsia. De fato, os meninos que a
assistiam começaram a se debater freneticamente.

- Tá gostando, chuchu? ± perguntou Mary, passando o bigode sujo de chope, paçoca e


sorvete na nunca de um menino. O cheiro e a visão fizeram com que ele desmaiasse.
Empolgado, Mary continuou sua estratégia, desmaiando um por um.

- ae
- os cara taum
- tpw
- dismaiano
- ow
- vamo pega eles
- as account
- ahuahuahuahau

Panelão, Darq e Uórson correram, agora acompanhados pelo Fu original. Os quatro


pararam na porta antes da sala do Emperium.

- Muito bem, sem a Web aqui, que está distraindo aquela guilda, junto com a Mary,
precisamos de outra estratégia.

- veio
- tpw
- eu entro
- tanko geral
- do impacto explosivu
- jah era
- ces entram
- ae
- pega essas Ghostring
- equipa ae

Fu começou a dropar cartas Ghostring. Todos os presentes na sala do castelo pararam de


brigar na guerra e começaram a se debater pelas cartas que ele soltava.

- aff
- noobs
- eh pros meus amigos
- carai para
- aff
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
- perae
- vo xama GM
- ces taum ferrado

Pane, Uórson e Darq conseguiram pegar uma carta cada um, e equiparam-nas em +10
Paletós[1] que tinham de reserva. Entraram então, prontos para lutar.

Ou foi o que pensaram.

Todos os personagens da guilda inimiga lutavam entre si. Estranhamente, quando


alguém morria, risadas ecoavam na LAN House. Pane estranhou e levantou-se. Foi até
algumas fileiras de máquinas, e percebeu os Fu, usando as contas dos adversários,
expulsos da guilda, se batendo.

- ahuahuahua
- ow Pane
- ce liga soh
- x1 geral
- pvp rox
- awhuawhauwhauwa
- ae, toma

Ficaram se batendo assim por muito tempo. Sempre que alguém entrava na sala, eles
atacavam, usando os personagens dos garotos, que ou estavam desmaiados, ou olhavam
Web, que agora dançava a dança do maxixe, usando um salame, uma mortadela Ceratti
e Gel para cabelo Bozzano cor azul.

Nisso, Uórson andou até o Emperium. Ficou olhando ele girar ali.

- Cara... isso é a coisa mais feia que eu já vi, nesse pseudo-universo 2D mesclado
porcamente com 3D. No UoU, seria possível ver esse Emperium em todos os ângulos
possíveis, transparente, vendo os caras do outro lado. E ele iria rachar com cada golpe.
Odiei. Toma isso, desgraça!

A guilda OverPower conquistou o castelo Palácio Escarlate

Um grande ³ow carai´ foi ouvido dos Fu que usavam as contas dos donos antigos do
castelo. Todos foram expulsos quando o Emperium foi quebrado. Apenas Uórson, Pane,
Darq e Fu estavam na sala.

Fu começou um pré-cast de Impacto Explosivo, mas parou quando viu que Web e Mary
entraram na sala do Emperium.

- Fofuxos a guerra cabo \o/


- tomamo o castel
- csatle
- castle
-?

- Nós... nós... tomamos! É nosso! É NOSSO!!!

Os seis se abraçaram, pulando alucinadamente, deixando as máquinas livres, que foram


rapidamente tomadas por outros Fu, que foram rapidamente para o PVP. Nos fones das
outras máquinas, podiam se ouvir várias vozes, pelo TS, reclamando algo como ³Ow!
Vocês nunca mais vão jogar guerra em LAN´.

- E agora, Pane? ± perguntou Mary, comendo agora Doritos, sujando sua barba com ele.

- Agora podemos fazer um brasão para a guilda! Tem Paint aí?

- ow
- deax eu faze
- tpw
- usa um pokemno
- muda a cor
- rox

- Ai usa um tuelinho! \o/\o/\o/ - exclamou Web, tirando gel do corpo com uma espátula.

- Ei, Fu... ± Darq chamou de canto um dos meninos que jogava Trauma Center no
Nintendo DS, alheio a tudo aquilo.

- pera
- carai
- ta morreno o cara
- hmmm
- aff
- iskeci
- sem anestesia naum rola
- ahiahuahua
- fodz-se
- fala

- O que foi isso que a gente fez agora?

- lol?
- Essa parada aí do castelo...

- tpw
- woe
- war of emperium
- guerra no rag
- tpw
- eh pra isso que eh o jogo
- pra fica fortaum
- rox no pvp
- rox na guerra
- ae entra em guild
- pega castle
- treina gd
- pega tesoro
- guild fraca, sai dela
- entra guild fort
- pega otro castle
- e vai
- tendeu?

- Mas e toda essa paradinha da gente ter saído, se conhecido... falando por MSN... isso
não conta? Até que esse jogo ajuda no círculo social, né?

- ow
- tpw
- sai fora
- biba
- ahuahauhauhauahua
- carai
- ow
- x1 battlefield
- vamo ae

- Meninos! ± Mary se aproximou, abraçando os dois, carimbando-os com suas pizzas de


sour ± Papai aqui precisa ir embora! E eu preciso de uma carona! Darq, me dá uma
carona?

- Hã... tudo bem. Você vai pra onde?

- Pra onde você for, meu querido! AHUAHAUAUHAHAAHAUHAHAU! Ei, tchau,


Fu!

Mary deu um beijo na bochecha de Fu, com o bigode sujo de chope, paçoca, sorvete e
doritos. Saiu beijando Web, Pane e Uórson também. Dando de ombros, pensativo e
abalado, Darq levou Mary para seu carro.

Web se distraiu com os balconistas da LAN House, e estava trocando MSN com eles.
Uórson, a essa altura, já tinha ido embora sem falar com ninguém, para mostrar como
era misterioso e cool. Na saída, cruzou com um homem alto, cabelo liso e tigelinha.

- ei
- garoto
- tipo
- aqui é a Macaco Cibernético
-?

- Sim senhor... ± falou sem olhar para ele, indo embora.

- ah
- obrigado

O homem entrou e abriu um sorriso. Deu um assobio, e os Fu olharam para ele.

- ei
- filhos
- hehehehehe
- vamos embora
- o ônibus precisa ir
- ok
-?

- aeee
- pai
- rox
- hauahaua
- ow
- vamo x1
- gol a gol
- na quadra do perdio
-?

- hehehe
- ok
- filhos
- demorou
- noobs
- ahuwahuwhauwahwa
- ahwuahwuahwauwha
- meu pai
- rox

O bando de Fu foi embora da LAN House, como um verdadeiro arrastão eclético


pseudo-adolescente. Em questão de segundos, a LAN parecia um palco pós-guerra, com
embalagens de salgadinhos no chão, latinhas amassadas, papéis de bala e cheiro de
chulé.

Subitamente, o celular movido a semente de papoula de Pane tocou.

- Alô.

- Pai?

- Pane Jr?

- Tem como você me pegar?

- Onde você está?

- Tô na Rua Augusta.

- Filho! Não falei pra você ir pra casa?

- Lol.

- Caramba... peraí que estou indo.

- Rs. Não demora pai.

***

NAQUELA NOITE, MAIS TARDE

- Hihihihihihi!

Web estava feliz. Com um extensor, ela tinha levado sua webcam, microfone e caixas
de som para o banheiro.

- Entaum vosse gosta de chuvero neh? XD ± disse ela.

- Adoro... ± disse a voz do outro lado.


- E o que vx ker, gatuxo?

- Quero ver o Pico do Jaraguá na chuva de outono, gatinha!

- Tah bom ^^ peraí... hmmm cadê meu rodo? Ah tah aki. O gel... certo... passar o gel no
rodo... pronto. Agora o banquinho. Vo me apoia no cano do chuvero pra alcanssa perai

- Ei, linda, cuidado para não escorregar. O cano do seu chuveiro parece meio fra...

O cano do chuveiro quebrou. E a webcam, ligada, registrou tudo que pode antes do
sangue voar em sua lente.

***

óó Primeira Temporada óó Parte 6 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. E encontrou uma banda que combina com todas.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; e o abismo olha para ele.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E
seus pais sairam de férias.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
E conheceu uma sauna.

***

Capítulo 24

- ou ³os enimigos´

O sol banhava a cidade de Prontera àquela hora. Na verdade, banhava Prontera a


qualquer hora, já que nunca anoitece no Ragnarok, segundo Uórson. Mas o fato é que
bandeiras tremulavam na praça central da cidade. E sentado na frente de uma delas
estava um Lorde 99 orgulhoso.
- da hora
- castel nosso
- aff
- axo k nem vo sai daki
- aahuahuahu

O pobre Fu nem imaginava que aquele não era seu dia de sorte. Das sombras, um par de
olhos femininos ± ou um par de olhos ridículos de um sprite feio, nas palavra de Uórson
± o observava.

Panelão entrou

- Olá, Fu!

- aew
- paen
- blz
-?

- Tudo bem, caro amigo. Onde estão os outros?

- n sei
- qdo eu connetc
- soh tinha eu
- ta ligado

- Hmm... faz um tempinho que a Web não conecta.

Matador_of_darquinés+10 entrou

- aeew
- darq
- firme?

- Ae! ± respondeu o algoz.

- Ei, por onde andou? Aliás, tem visto a Mary?

- Eu... eu dormi na casa dela esse final de semana. A gente foi a uma sauna, depois num
clube de dança. Gente boa pra caramba!

- Hmmm certo. E ela entra hoje?

- Não. Tinha uma convenção em Porto Alegre, precisou viajar. Acho que foi pra casa de
uns parentes.

- Tudo bem. Precisamos nos distrair. Querem caçar MVP?

- ae
- se liga so
- olha que musica rox
- eu so rebeldi
- qdo n sigo os d+
- eu so rebeldi
- ahuahua
- RBD rox veio
- pane
- nosso simbol
- pd ser RBD
-?

- Não sei, me manda o mp3 depois, pra eu ouvir no meu iPod Nano Extra Special
Edition, que um dos meus colegas de pós-graduação meu deu quando eu venci um
embate filosófico sobre a necessidade de... ah, deixa. Você não entenderia.

- lol

- Mas me mande o arquivo, para eu ouvir a letra e ver se bate com os nossos ideais.

- Ei, Pane ± interrompeu Darq ± qual MVP nós vamos caçar?

O arquimago parou e pensou. Refletiu por longos 3 segundos e meio.

- Maya.

- fmz
- bora la
- go go go

Panelão saiu
Fuvity saiu
Matador_of_darquinés+10 saiu

***

Panelão entrou
Fuvity entrou
Matador_of_darquinés+10 entrou

O trio correu selvagemente pelo Formigueiro Infernal. Prestativo, Fu tentou tankar a


Maya macho para alguns espadachins e magos, mas eles não tinham muita Vit. Morriam
no primeiro ataque do monstro. E entre uma formiga e outra, chegaram no segundo
andar.

- Bem, eu tenho o time de todos os MVPs do jogo, e pelas minhas contas ± falou o
arquimago ± ela deve nascer em...

Nem completou a frase, um grupo passou por eles. Uma sacerdotisa parou na frente da
Maya, que acabara de surgir, enquanto um templário, um caçador e um cavaleiro
deitaram o monstro em poucos segundos.

- É! Pwned! ± disse a sacerdotisa, que sentou ao lado do Arquimago, como se quisesse


provocá-lo.

- Mais ou menos ± disse Panelão, soltando um /ok ± matar um MVP como a Maya em 7
segundos, tendo um caçador no grupo, mostra a ineficiência de vocês, falta de
equipamento apropriado e, o melhor, player skill. Nossa amiga Web detém o recorde de
1,23, com um arco cuja construção jamais irei lhes dizer.

- Seus tempos de sucesso estão contados, pequeno Arquimago. Você pensa que essa
conquista fútil de castelo será eterna? Vocês em breve cairão no limbo do
esquecimento! Sua glória é passageira, pois apenas os verdadeiros combatentes do
Ragnarok é que prevalecerão após a onda de Crunch Players que nos assola!

Fora do PC, Pane levantou uma sobrancelha. Aquela moça parecia saber escrever e
discutir. Seria interessante o duelo de e-penis que começaria ± apesar de Pane estar
desapontado por ela ser mulher e não ter um e-penis.

- E, no caso, quem são vocês?

- Ora! Nós somos os...

WannaBe!1!

A guilda mais legal de todo o cosmos

[não inserir logo aqui. Não te mandei semana passada, pois essa piada é velha]

‰ !"#
Sacerdotisa 9x, líder mega-suprema desconhecida de uma guilda cujo nome foi
esquecido.

$%&
Templário com build de sacerdote FS que errou o teste para mudar de classe.

 
Um humilde jogador que tem humildes 400kk na conta, ganhos limpos, jogados em seu
PC de última geração com tela de 49 polegadas, que ele ganhou em um concurso de
poesia búlgara, depois de doar 1000 dólares para a ONU, mas que evita falar isso nos
fóruns, para não parecer que está se exibindo, conforme orientou sua psicóloga, cujas
consultas custam cerca de 300 reais cada.

#'  (&Um poderoso Caçador que já tirava 100 do Rocker mesmo quando
era aprendiz 1/1, só upa matando MVP e que nutre um romance secreto com a... a
menina lá, a da semana.
- Ora, ora, ora! ± disse Pane ± Então vocês COPIARAM nossa apresentação?

- De modo algum! ± respondeu a sacerdotisa ± Você não pode falar nada de cópia, pois
vocês copiam diversos jogadores com suas falas e estilos.

- Errado, Rainha. Nós somos apenas estereótipos. Não se sinta especial, achando que
somos uma sátira direta feita a você ou a alguém em particular. Certo, Fu? Fu?

- Ele disse que já vinha ± disse Darq, sentado.

Fuvity saiu
Fuvity entrou

- Não importa. O que importa, meu caro Panelão, - disse a sacerdotisa, ainda sentada ± é
que vocês, RPers, ou RPGistas, como diz um cara por aí, estão invadindo um território
que não lhes pertence. Voltem para seu mundinho de mentiras e cartas marcadas.

- Eu pensei que isso fosse o que vocês, de guildas de guerra, faziam... mas em todo
caso, querida, não sei de onde tirou que somos role players.

- Ora! Todos sabem que RP não vence nada. Não tem castelo, não tem char para PvP,
para x1... para NADA!

- Nós NÃO somos guilda de RP. LOL.

Fuvity saiu
Fuvity entrou

Os dois ficaram se encarando durante longos momentos. Apenas o Algoz estava junto
com eles. Os pensamentos de Darq estavam longe dali. Seus conceitos estavam
abalados desde que ele começou a freqüentar mais o jogo.

Fuvity saiu
Fuvity entrou

- Ora, Panelão... eu esperava mais de você. O que você acha que é?

- Eu não acho nada. O fórum acha por mim. Ou melhor, eu acho por eles, que acham
que acham por mim. E você acha que eu acho que você acha que eu não acho nada.

- Não tente me enganar com essa linguagem tola! Você não é o único que sabe escrever
direitinho e sem erros bobinho.
- Faltou uma vírgula no final da sua sentença, minha cara!

Fuvity saiu
Fuvity entrou

- Do mesmo modo que faltou mais hombridade a você, Panelão. Tem certeza que não
sabe quem sou eu?

- Seu modo de falar, querendo escrever certo, mas com algumas falhas, não me é
estranho.

- Rá! Se lembra do movimento ³Eu peido na farofa para incrementar o bRO´?

- Apesar de você começar uma frase com sujeito oblíquo, sim, eu me lembro. Por quê?
Vai me falar que foi você quem o criou?

- Não! Mas fui eu que acabei com ele!

- Lol?

- Você certamente conhece o Conselho de Chubaca... ± a sacerdotisa soltou um /mal.

Fuvity saiu
Fuvity entrou

- ...............................lol? ± Pane realmente estava curioso.

- PARE DE SER IGNORANTE!!!! ± a sacerdotisa se levantou e soltou uma Luz Divina


no arquimago ± PARE! PARE COM ESSE COMPORTAMENTO ARROGANTE,
TÍPICO DE QUEM QUER TODA A ATENÇÃO DO MUNDO PARA SI!!!

- Olha, eu realmente não sei do que está falando, moça.

- Droga! Se diz um rato de fórum, o mestre da ownagem, conhecedor de todas as leis,


juiz do céu e da terra... e não conhece? Só falta me dizer que não acessa o fórum
Lamentos Ostensivos Obrigam Suas Esposas a Renascer, ou L.O.O.S.E.R bRO fórum!

- .............................. lol?

- AFF! ± a sacerdotisa, antes de responder, torrou seu SP soltando Luz Divina em Pane.
± O fórum que... hmmm pera. Minha mãe vai usar aqui.

A sacerdotisa saiu. Pane pegou seu celular, observando sua tela de última geração.
- É... vou ter que fechar meu mini-browser brasileiro free, o Cramulhão 2.0 e parar de
monitorar o fórum. Estou preocupado com a Web.

Ficou tentando ligar para ela. Só caía na caixa-postal.

³c   
           
     

    
               !"#
     $   %  &' 
 (!      )$  * +,
-
- ´

Fuvity saiu
Fuvity entrou

A sacerdotisa voltou. Pane viu que ela estava lá novamente. Conectou novamente o
Cramulhão 2.0 e voltou sua atenção para a tela do jogo.

- Estou te ouvindo ± disse ele.

- Então, seu ignorante! O L.O.O.S.E.R. bRO fórum mostra a supremacia do Homo


Superiores, nós, sobre o dito Homo Sapiens, vocês, cuja idade é baixa e é seu crachá de
inaptidão para estar vivo ou conviver em grupo sem a tutela de alguém mais velho. E
dessa união de mentes brilhantes, de talentos únicos, em um lugar que nós mesmos
programamos...

- Configuraram, você quer dizer? ± cutucou o arquimago.

- Whatever. Deja vu. Carpe Diem. Konichua. Kaiserslautern. O que for. Nesse lugar que
é nosso, surgiu o Conselho de Chubaca, um grupo de seres únicos, mestres de todas as
verdades, que já testaram todas as builds, com todos os equips, em todos os servidores,
oficiais e privados, e que conhecem mais do jogo do que a Level Up... quiçá mais que a
própria Gravity!

- E qual o ponto disso?

- O ponto é que somos melhores que você, RPers!

Fuvity saiu
Fuvity entrou

- Garota, nós não somos role players! Preciso repetir quantas vezes? E eu nunca ouvi
falar de você! É sério!
- Sua arrogância me tira do sério! Para mim, você merece ser tratado como...

O Lorde 99 surgiu ao lado deles. Sentou de costas pra eles e saiu do Peco Peco.

- aff
- pesei
- mto equip
- ow sarce
- x1 tb ae
- go

- Lamento, pequeno Fuvity. Mas nosso combate no PVP terá hora e lugar marcado. Será
o dia titânico onde os WannaBe vão ownar completa e eternamente os OverPower!

- tpw
- já fui PVP agora
- c seus amigo
- tpw
- 2 impacto explosivo
- ress eles
- tyr sem arma
- deitou d novo o hunter
- o sader deu redemption
- no kina
- deito tb
- o kina depos
- vixe
- mto noob
- pike c hidra e sw
- n funfa em vit kina
- oquei

- Não cante vitória antes da hora, Fuvity. Não é porque pegou meus amigos
desprevenidos que... pera, já venho. Meu pai vai usar aqui.

Novamente a sacerdotisa saiu.

- carai veio
- matei eles ovino RBD
- veio
- duce maria mto rox
- carai veio
- to apaxonado
- ta ligado
-?
- ;lv
Comando inválido
Comando inválido
- ué
- ah mudo
- ;amor
- aff
- amor
- /amor

A sacerdotisa voltou. Fu foi atrás dela e começou a levantar e sentar alucinadamente.

- Então, - continuou ela ± não é porque pegou meus amigos desprevenidos que você é o
mais poderoso, seu RPer nojento!

Por alguns momentos, Fu parou de levantar e sentar, para responder.

- ow
- nun so rapper naum
- oquei
- oço RBD
- carai
- som rox
- eu so redelbi
- qdo num paro de upa
- eu so rebeldi
- qdo soh kro mvpa
- aaaaff
- to melhorando a letra
- carai veio
- ow pane
- quale a da sarce ae
-?

- Acho que eles querem nos destruir, sei lá. Pelo que eu entendi, os WannaBe pensam
que somos uma sátira direta a eles, ao Conselho de Chubaca ou a esse tal fórum que tem
20 usuários registrados.

- 25 ± disse a sacerdotisa, mandando um /e5 desafiador.

- Que seja. E eu estou explicando que somos apenas estereótipos pululantes, que
surgiram espontaneamente, sem homenagear ninguém em especial.
- MENTIRA! VOCÊS NÃO PASSAM DE...

- ow
- d boa
- sarce

- O QUE, MOLEQUE?

- tpw
- pega trans primero
- dps nois vai x1
- dps conversamo
- oquei
- eu so rebeldi...
- ahuahuahaua

- Bem, creio que não será difícil para ele pegar transclasse, Fu. ± alfinetou
venenosamente Pane ± afinal, para um garoto de 13 anos que tem tempo, isso não é
nada.

- Quem disse que eu tenho 13 anos, cara-pálida? ± disse a Rainha.

- Ué... toda hora seus pais precisam usar aí! Isso mostra que você não tem poder
aquisitivo ou sequer posses. Você mora com eles, provavelmente.

- Eu moro com eles, mas deixo eles usarem por respeito. Eu não tenho 13 anos. Já
passei dos 30, se quer saber. E trabalho também.

Pane recuou. Uma adversária intelectual de mais de 30 anos que ainda morava com os
pais era uma inimiga em potencial para longas discussões filosóficas que não diziam
absolutamente nada para ninguém. E fora aquela citação de Homo Sapiens e Superior,
que mostrava que ela devia ser fã incondicional de quadrinhos e devia ter lido algum
exemplar de X-Men antes de se conectar.

- Sei como é... mas eu sou melhor que você. Afinal, eu fui casado e tenho um filho. ±
vangloriou-se Pane ± Quanto a você, aposto que não tem nem namorado...

- NamoradO? Eu teria namoradA, se tivesse... o que te faz pensar que sou mulher?

- Você ser uma SACERDOTISA? LOL.

- Tolo. Eu sou homem. Uso uma personagem feminina porque... ... ... ... não interessa.
Mas não pense que você é melhor. Eu não possuo a fraqueza do relacionamento, do
namoro, do que quer que for. Nunca beijei, nunca fiquei, nunca nada. Logo, não perco
tempo me frustrando com isso, imaginando cenas, situações, nunca fiz sexo virtual...

- o... m... g...

- Isso mesmo, Panelão! Eu não penso com a cabeça errada! Sou um ser altamente
centrado eu meus objetivos, sem as fraquezas do coração, sem nada disso!
rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs! Ops, minha mãe precisa usar de novo... mas nós nos
encontraremos de novo, OverPower! Nós nos encontraremos!
Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs~

A sacerdotisa novamente desapareceu. Fu se levantou e foi para trás de Darq, e


começou a levantar e sentar atrás do Algoz.

- ow
- paen
- nois vai tpw
- espera respawn
- da maya
-?

Não houve resposta. Pane estava realmente apreensivo. Será que uma nova e lendária
guerra dos mil dias começaria novamente? Teria ele que fortalecer seu cosmo para uma
batalha poderosa de egos? Sem saber o que viria, tudo que sua mente absorvia era um
cântico antigo, poderoso, um mantra de poder...

- eu so rebeldi
- qdo num paro de upa
- eu so rebeldi
- qdo soh kro mvpa
- eu so re beldi
- no x1 eu vo sem pota
- eu so rebeldi
- varias carta vo pega

- FU!

- opa
- malz ae
- to MSN
- fui

Fuvity saiu

***
- Alo? ._. Tein alguem aih ainda? ._. Putz... naun concigo sai daki. Ai... dói ._. cerá k
minha mae vouta qdo de ferias? C eu pudéssi alcanssa ali o trinko... aaaai! Droga de
rodo ._.

***

(Capítulo dedicado pro pessoal que me mandou tópicos em MP para eu ler e me inspirar
com mais episódios. Obrigado! E só frisando, ³$ % )
"
*    + '+ )
+, % ) -$‰ 
./0.0(1.0 
 2  3´. Sério! É uma fic de  ! Dessas pra rir!
Os personagens são % ! LOL)

óó Primeira Temporada óó Parte 7 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. E incrivelmente conseguiu mandar um ticket.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; incrivelmente, ele é incrível.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E por
motivos desconhecidos, está incrivelmente sumida.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Por isso, é incrivelmente forte.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E
incrivelmente ele parou de graça e está jogando o outro jogo - por isso sumiu.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E incrivelmente não voltou de
viagem ainda.

***
Capítulo IV

- ou ³Web!!! Omg!1!!1!´

- Então é esse caminho que eu devo seguir, senhor Lorde?

A pequena aprendiz olhava emocionada para Fuvity, a lenda. Com seus Óculos Escuros
Sagaz, ele ficava mexendo a cabeça freneticamente para os lados, parando apenas para
responder para a menina.

-s
- vit ateh o talo
- dps des
- senao da mto miss
- oquei
- ae for

- Ai, obrigada! Tenho certeza que vou me dar bem! Obrigada, senhor! Obrigada!

- lol

Darq, o Algoz, se aproximou, pegando o final da conversa. Sentou-se do lado do amigo,


curioso.

- Ei, Fu. Tava fazendo o que com a menina?

- tpw
- ela veio prgunta
- sobre bilds
- tava ajudano

- Ah... e ela vai ser o quê?

- wiz
- rox

- Sabe, eu estou com saudades da Mary. Ela não voltou de Porto Alegre ainda. Sinto
falta de sair com ela, passear... essas coisas, sabe?

- lol
- ow
- num concigo mais GD
- ta com bugue
- axo
- Na verdade, acho que esquecemos de um detalhe sobre o castelo.

- lol?

- Tem que defender ele mais vezes. Senão a gente perde.

- AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
- carai
- agora to ***
- lug sux
- veio
- vo abri t...
- cmo chama?
- o bagui la
- ah
- ticket
- brb

- E eu vou treinar. Olha, eu vou me concentrar MUITO no treino, ok? Pode ser que eu
fique uns dias sem falar nada. Não quero perder o foco no que estou fazendo, beleza?
Olhos de tigre! Abraços!

***

Um telefone celular podia ser ouvido. Ele chamava incessantemente. Seu toque era um
MP3 com uma das aberturas de Malhação tocada ao vivo. Nos corredores da casa quase
vazia, com exceção de um cômodo, a voz de Chorão podia ser ouvida, emanando
daquele aparelho rosa.

³DibidibiDJÁ! Tiárli... bráun! Dididididí-í! Tcha-an! Vooooah! Ti levá! Iééééa! Ti


levaá daquiaaaaa! DibidibiDJÁ!´

Há alguns dias na mesma posição, Web tentava alcançar a porta do banheiro. A posição
não a favorecia. Sua pele estava sem cor. Seus olhos estavam fundos e marcados pelo
cansaço. A fome a assolava. E sua mão apenas se esticou, em uma vã tentativa de sair
dali.

- Waaaah! Dibidibi! Tiárliiiii... ± insistia o celular.


- b..b-bráun... wee x___X()... ± respondeu Web, desmaiando pela quinta vez naquele
dia.

***

Em sua casa, Fu estava decidido. Abriria seu primeiro ticket para a Level Up!.
Minimizou o jogo e acessou o site. Era apenas uma questão de tempo até mostrar toda
sua indignação para a empresa.

- carai
- enbroche novembro
- rox
- hmmm
- aff
- gata essa mina do mes
- serah q tem MSN
- aff
- nem motsra aqui
- lixo
- hmm gms
- xo ver
- ue
- lol?
- nem dah par fala com eles
- aff
- ond abre ticket
-?

***

Panelão entrou

- Salve, Darq, Fu.

Nenhum dos dois respondeu. O Arquimago não se abalou, e começou a andar pela
cidade. Seu dia estava entediante. Seu filho tinha ido para a casa dos avós. A academia
estava fechada, e sua namorada tinha ido participar do Ultimate Bingo Champioship
2006 - Spring Mega Edition. O feriado prolongado tinha afastado muita gente do fórum,
e tudo que conseguiu fazer para se divertir foi intimidar um garoto de 8 anos que queria
saber como mudava a cor do cabelo antes de começar o jogo. Pra piorar, Web ainda não
atendia ao celular. Panelão estava começando a ficar preocupado.

Tentando não morrer de tédio, começou a andar por Prontera, procurando itens
interessantes. E encontrou uma arma que encheu seus olhos.
- Nossa! Eu PRECISO dessa pra minha coleção! Nossa! Nossa!

Rapidamente ele adquiriu a preciosidade, e foi estreá-la em Glast Heim. Aqueles


Andarilhos chatos veriam QUEM batia forte de verdade, e sem errar! Poucas criaturas
agüentariam os golpes de Pane, usando uma faca com duas André e duas Múmias!

Panelão saiu
Panelão entrou

***

- carai veio
- cicareli rox
- xo ver de novo
- aff
- home beringela o kra
- huahuahua
- q q eu ia faze memo?
- ah
- abri ticket
- ond eh
-?
- uia
- concusro de loads
- xo ver
- ahuahuahahaua
- o kra fico pelado
- ahduahdaudhauhda
- q desemho legal
- rox!1!!1!

***

Glast Heim estava sendo totalmente demolida. Os Andarilhos tombavam mortos, um a


cada doze minutos, ao custo de 35 Frutos de Yggdrasil cada. Panelão mal estava com
70% do peso, e destruía inimigos sem piedade, com sua nova arma.

Súbito, assustou-se com um Menestrel. O homem desferiu um ataque violento em um


Pesadelo que quase acertou o Arquimago desprevenido.

- VULCÃO DE FLECHAS!!1!1!1!!1!!!!

O monstro foi pulverizado. Destruído. Não sobrou nem pó. Pwned. Lol. Rs. Era como
se ele nunca tivesse existido. "Definitivamente ± pensou o Arquimago ± os coreanos
gostam muito de personagens que usam Arco e Flecha."

- Golpe legal, amigo. ± disse ele, sem se abalar.

- Disponha! Ei, você está mesmo matando andarilhos na mão? ± perguntou o bardo,
sentando-se ao lado de Panelão.

- Sim. Comprei agora pouco essa arma... uma pechincha! Devo ter pego a loja assim
que ela abriu, pois não daria outra sorte dessas de novo tão cedo! Acho que o cara errou
o preço... /mal

- Posso ver?

- Claro.

O Menestrel pediu negociação. Pane notou que ele era nível 8x. ³Notável, mas nem
tanto´, gabou-se em segredo, sabendo que ele estava vendo seu 9x ali.

- Nossa... é uma faca poderosa. Parabéns, senhor!

- Obrigado! Ei, como se chama?

- Me chamo Legal. Nick Legal. E você?

- Eu sou Panelão. Você deve me conhecer do fórum. Essa semana eu postei um estudo
que realizei sobre a importância do jelopy no processo de aprendizado do pré-
adolescente enquanto ser humano a nível de conhecimento econômico.

- Acho que li isso... não foi em tópico sobre qual carta usar em um elmo com slot? Que
foi fechado por flood?

- Mero detalhe... esses moderadores são uma pândega, mora? He he he!

- É... são mesmo. Ei, você quer treinar junto? Aí você me mostra como mata os
monstros com essa faca!
- Claro, vamos lá! Será um prazer!

***

- aff
- achei
- vamo ver
- jogo
- ragnaork
- user
- aff
- nao vo dexa user
- nem e-mail
- regras
- vamo la

 
 .  / 0 1   1
      
 /
    
 1    /   
  
  2
2     
 
 /
1 1    
2  
  
   
 
.  
     3
 1  

   /    1  1   

    


2     
 1  2

        
  
  
      . 

(  0 


2     
/   
 01        2   

 
  1 

- pronto
- hmm
- vamo ve e-mail
- aff sem resposta
- carai
- 3 minuto ja e nda
- e aogra
-?
- hmm
- so um genio
- vo pro fourm!11!!!
***

Foram horas de diversão. Panelão mal acreditava que tinha encontrado um jogador tão
poderoso e inteligente. E sem guilda. Certamente, era um forte candidato a se tornar um
membro da OP.

Depois de um bom tempo, onde conquistaram dois Álbuns Velhos de Cartas, voltaram
para a cidade de Prontera. Pane achou um pouco amador o Menestrel pagar um
sacerdote pelo portal, mas aceitou assim mesmo.

- Bom, Pane, eu agora preciso ir.

- Claro, claro. Espero que possamos treinar novamente um dia desses. Ei... quer entrar
na nossa guilda?

- Hun... não, obrigado! Prefiro ficar sem!

- Tudo bem então, Nick!

- Beleza! Até mais! E eu sinto muito pelo que houve com a Web! Espero que ela já
esteja bem! Abraços!

O Menestrel sumiu. Pane foi até a florista vender seu loot, mas precisou esperar na fila,
até alguns jogadores aprendizes de cabelo igual saírem dali. De repente, teve um estalo.
Seus olhos se arregalaram com o que passou em sua mente.

Panelão saiu

***

- ahuahauhaahua
- veio
- a cicareli eh rox d+
- nun canso de ve
- carai
- vamo ve esse froum da lug
- aff
- mto topicp
- ond eu vo posta
-?
- achei
- pergutnas e repostas
- vamo la
d d 
   
       / 
 1  

 /34  


2   
    
 /
      
     

2
   1  1
     
1
  1  
  

              
     
 / 1   .  
 0     1 /1      

***

A porta da casa foi aberta com um chute. Panelão corria desesperado. Um poodle
branco mordia seu tornozelo direito, e um chiuaua mordia sua canela esquerda. Mesmo
sofrendo esse ataque selvagem, começou a procurar, cômodo por cômodo.

- Web! Responde! Weeeeb!

Um caminho de fios chamou a atenção do homem. Começou a segui-los, enquanto o


chiuaua agora brincava de namorar com sua batata da perna. Acompanhou eles até a
porta do que parecia ser o banheiro.

- Web! Você tá aí?

Uma voz fraca vinha de trás da porta. Preocupado, o homem deu uma ombrada na porta.
Duas... três! A porta finalmente se abriu!

- Santa tartaruga... Web!

A menina estava caída dentro do box do chuveiro, vestida com um pijama da Turma do
Bairro. Parecia estar ferida, e um rodo a deixava em situação constrangedoraó ela estava
caída no chão, com o rodo pressionando-a contra os azulejos, calçado em um canto da
parede, segurando a porta do box fechada.

- wee... ± a menina fez um V com os dedos, quase desmaiando de novo.

Panelão deu outra ombrada, agora na porta do box. A pancada abriu a porta, e fez a
menina ter a cabeça prensada contra a parede. O ponto de impacto foi sua boca. Alguns
dentes ficaram amolecidos. Uma lasca do rodo, que quebrou com a pancada, fincou-se
na coxa da menina.

- Web! Você está toda ferida! Que horror!

- Ui... meos dentyneos... ;_;


- Preciso te levar para um médico! Venha!

Pane pegou ela pela perna, fincando mais a lasca de madeira em sua coxa. Jogou-a
sobre um dos ombros, segurando-a pela coxa, com a mão em cima da lasca.

- Aaaaaaaaaaaaai! Minha pérna ;_;

- Calma! Logo a dor terá fim! Logo, tudo isso vai acabar! O que você estava fazendo?

- Ai... só conversando com um amigo, mas não conta pra ninguém que eu tava aqui
plz!!1!!

- Web, você contou para alguém que estava aqui?

- Ai claro que não!

- Eu sou a primeira pessoa que fala com você?

- Sim... ç_ç

- Com quem você estava falando antes de acontecer esse acidente com você?

Pane virou-se para analisar a webcam. Fez Web bater a cabeça na quina da parede,
abrindo um corte. O sangue começou a escorrer entre o cabelo da menina.

- Hein? Web? Quem era? Droga... desmaiou. Está muito fraca.

Com o poodle mordendo sua perna, o chiuaua brincando de namorar com sua batata da
perna e a menina sobre o ombro, Pane foi até a sala do PC. Viu que o MSN ainda estava
aberto. Começou a rodar a tela da conversa. Ficou pasmo quando viu com quem ela
estava conversando.

- Oh... meu... deus!

O barulho da menina caindo de seu ombro o fez voltar ao mundo real. Precisava correr
até o hospital com ela o mais rápido possível.

óó Primeira Temporada óó Parte 8 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo


[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3. E ele fica bravo hoje.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; tudo que faz é de propósito. E ele passa o sinal
vermelho.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E ela
passa dessa pra uma melhor?

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Por isso, não erra. E ele passa pela igreja hoje.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E pagar em
dólar é legal. E passa vergonha hoje.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E passa para o time dos
casados.

***

Capítulo 2

- ou ³to iradu!!11!!´

O carro seguia em disparada pela avenida. Panelão dirigia a toda, passando por sinais
vermelhos, fechando motoqueiros e fazendo um monte de outras coisas legais que só
seu carro super tunado incrementado podia fazer. No banco de trás, Web, ia batendo nas
paredes do carro.

- Agüenta aí, garota! Estamos quase lá!

- aaaaaaaaaai x_x

Súbito, o carro deu uma freada repentina. Aliviado, Panelão abaixou o vidro, colocando
um braço para fora. Era incrível a sensação de vitória.

- Boa tarde, senhor. Qual o seu pedido? ± disse a voz eletrônica, por trás de um
interfone.
- Eu quero um número 4, fritas e refrigerante grande. Guaraná. Light. Sem gelo.

- No caso, o senhor aceita tortinha de maçã como sobremesa por mais 25 centavos?

- Sim. Ei, Web, quer comer algo? Ainda falta um pouco pra chegarmos ao hospital.
Podemos ir comendo no caminho.

- .... por favor... alguém me mate... -____________ -

- Acho que ela não quer nada não.

- Então, no caso, o senhor pode estar vindo a estar pagando na próxima cabine.

O carro avançou e parou na cabine de pagamento. O homem sacou a carteira de dentro


do porta-luvas do carro. Calmamente tirou uma nota de 100 reais.

- Senhor, no caso nós vamos estar sem troco, mas podemos estar vindo a providenciar.
O senhor pode vir a estar aguardando com seu carro ali?

- Claro, sem pressa.

O atendente colocou uma almofada com imã com o número 24 em cima do carro de
Pane. Ele parou atrás de outros cinco, e ligou o som.

- Web, pode me passar o porta-CDs aí? Está embaixo do banco do passageiro.

A menina, tombada atrás do banco do passageiro, sangrando por todos os ferimentos


possíveis, não respondeu nada.

***

- nosa veio
- carai
- inda bem q
- tpw
- ja era os cirstais
- veio
- mta p noel
- aogra tem vareos rico

Darq, sentado ao lado de Fu, no meio de Prontera, virou a cabeça para ele. Os dois
estavam batendo papo há algumas horas. Estavam enjoados de treinar sem os amigos.
Pane tinha desconectado. Web estava sumida há um bom tempo. Mary não tinha
voltado de viagem. E Uórson também não dava as caras fazia uns dias.
- Fu, eu acho que não tem vários ricos não. Com tanta carta assim, ninguém tem grana
pra comprar todas. Não tem como.

- xiu nub
- vareos rico
- ahahuahau

Vindo do norte, um aprendiz sentou entre eles.

- Fala, bibas ± disse ele.

- aff
- x1 ae
- biba eh vc

Rapidamente Fu estava de pé, dando seguidos Impactos Explosivos no Aprendiz,


soltando muitos /e1 sem piedade.

- Sou eu, idiotas. O Uórson.

- aeee
- orson rox!1!!
- blz
-?

- Tudo bem. Eu vim para ver o evento novo que a LUG tá fazendo. Deve ser muito
escroto.

- lol?

A voz de deus interrompeu a todos eles. Aquelas frases douradas, diretamente do céu,
chamaram sua atenção.

$45/ $‰$0‰/!6 !.0( ($!$!5/!/7  *$6


/$8 $$/./$4/69 ‰: ($‰$0(8 ‰(6
./‰‰  ‰  !/ ; !6#$$! !#/< ! ‰  #7$‰ 6

- aff
-?

Nem bem se perguntava o que tinha acontecido, a cidade de Prontera foi tomada.
Centenas de monstros invadiram, chacinando todos que passavam. Uma verdadeira
onda de ataque arrebentou todos os mercadores, e começaram a se dirigir na direção
para o trio. Uórson tombou em menos de 1 segundo. Darq mal conseguiu ficar invisível.
Apenas Fu, sendo atacado, soltou uma exclamação.

- Veio!
- carai
- lug oviu minhas presses
- da hora11!!

O mob foi dilacerado em segundos pelo Lorde. Não sobrou um de pé para contar a
história. Rapidamente ele usou uma Ygg em Uórson. Darq reapareceu.

- Fu... você matou todos sozinho??????????

- veio
- m ajuda
- bora Karfa

- Tinha uns duzentos monstros... como você conseguiu?

- vit no talo
- oquei
- bora m ajuda

Sem perder tempo, o Lorde correu até a Kafra. Uórson e Darq o acompanharam. Os
olhos do algoz brilharam. Notou o sprite único e inconfundível de Maryjohn!

- Mary!111!!

- Aeeeeeee queridão! Estragou a surpresa! To de volta! ± bradou a sacerdotisa, soltando


uma bandeirinha do Brasil.

O Algoz parou na frente dela, de costas para ela, e começou a levantar e sentar sem
parar. Ficou assim sem parar, por muito tempo.

- Fu, bonitão! Cadê o Pane, a Web...

- tpw
- n sei
- ow
- jauda ae
- c tem ress
-?

- Tenho sim. Só preciso de gemas azuis.


- ok
- pera

Fuvity saiu

O Algoz andou até o lado de Mary. Sentou-se ao lado dela e pediu negociação. Colocou
um item no inventário.

- Nossa! ± berrou como um hipopótamo Mary ± Grevas[1]+8! Mas eu nem posso usar!

- É que ele me lembrou de você...

- Graaaande garoto! Adorei o presente!

- Mary... sei que posso estar me adiantando em relação aos meus sentimentos, eu digo,
com relação a este joguinho, Lineage II.

- Hauahuauahauhaua! Ragnarok Online, chuchu!

- Isso... Ragnarök. É que os dois têm line no nome. Mas então... eu não quero me
entenda mal, mas aquele final de semana foi muito especial. E eu gostaria de lembrar
dele para sempre. Você quer se casar comigo?

- Pohha, é claro que sim!Hauhauahuhauahauahua! Vamos pra igreja depois que o Fu


voltar!

- ..............................................................................tem Igreja no jogo?

Fuvity entrou

- ae
- aceita aw
- *ae

Fu passou uma carga de 30 mil gemas azuis para a sacerdotisa. O sprite dela quase
arriou de tanto peso. Ela guardou uma parte na Kafra, e logo se viu aceitando grupo com
Fu, Darq e Uórson.

- c liga
- µroson
- *órson
- pega esas yg
- vai danu ress
- oquei
- mray
- ress os merch
- tds els
- oquei
- darq
-vsf
- oquei
- bora
- go

E naquela pausa após a primeira onda de ataques, o bravo quarteto saiu ressuscitando a
cidade inteira, como semeadores da luz em meio às trevas. Ou não.

***

- É preciso amaaaaaaaaaaaa... a-aaaaaar! As pessoas como se não houvesse


amanhãaaaaaaaaa!1!!!!11!!!!!!!!! Nossa, adoro Renato Russo!

O carro de Pane seguia em alta velocidade pela avenida. Uma derrapada fez batatas-
fritas voarem pelo chão. Alguns bateram no rosto de Web, caída do banco de trás.

- Ei, Web! Onde é seu hospital mesmo? Acho que errei a r...

Se estivesse prestando atenção, Pane teria visto que o semáforo estava fechado. E ele
não teria acelerado. E não teria sido atingido pelo ônibus que vinha na outra pista. Nem
pelo caminhão de lixo. Nem pela maratona da cidade. Nem pelo carrinho de pipoca.
Nem pelo homem que tropeçou com um balde de água gelada.

***

- REÇUCITA!11!!!
- carai

Aos poucos, toda a cidade estava viva novamente. Fu e os outros faziam um excelente
trabalho. A rua principal do mercado estava completa. O Lorde deslogou e voltou,
desesperado.

Fuvity saiu
Fuvity entrou

Uma sacerdotisa se aproximou de Fu, demonstrando seu agradecimento. Estava


emocionada com aquela demonstração de preocupação com o próximo, no meio da
guerra e da ruína.
- Ei, moço! Obrigada pela ajuda!

- lol?

- Vocês reviveram todos os mortos! Estamos neste momento tão difícil de invasão! É
bom ver que o espírito de equipe está forte em...

- sai
- lol

Fu deixou a menina falando sozinha. Reuniu-se com o grupo e deu 5kk para cada um

- ae
- me ajda a acha
- galho ceco
- go

Como formigas no mel, o grupo começou a rodar o mercado. Compraram todos os


Galhos Secos que encontraram. Nenhuma loja passou batida. Entregaram tudo para Fu,
que estava alucinado, levantando e sentando.

Ele recebeu todos os 827 Galhos Secos. Ficou parado por longos minutos.

- ueh
- n ta funssionado
- os falho seco
- 8galho
- ueh

- O que foi, palerma? ± disse Uórson, sentado entre Mary e Darq, observando a
indignação do Lorde.

- tpw
- n ta funssionado
- os galho

- Pera... esses monstros que atacaram a gente não foi de Galho Seco. Foram do evento
que eu falei que vim ver.

- aaaaaaaaaaaaaah naum
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
Vou lavar sua boca com sabão!
- pera
- so te 1 lugar
- q pod me ajuda

- Qual?

- O froum!!!11!!!

Fuvity saiu

***

- Qual o estado deles?

A pergunta saiu do enfermeiro novato, ansioso por notícias dos dois pacientes recém-
chegadosó um homem, aparentemente pai de família, e uma garota pré-adolescente. Seus
olhos acompanhavam angustiados o sofrimento dos dois, deitados em leitos separados,
entubados, com os aparelhos ligados, mostrando suas funções vitais.

- A garota parece bem judiada. Acho que ela levou uma surra muito forte antes de
chegar aqui.

O doutor, um homem com paralisia do lado esquerdo, sem o braço direito, mudo e sem
as duas pernas, era quem dava o diagnóstico, falando não se sabe como.

- Esse homem que foi encontrado com a garota deve saber o que aconteceu. Ele tem as
respostas. Mas a vida, ah, essa sim é uma caixinha de surpresas! E agora ele está em
coma, assim como ela.

- Come ela?

- Como ela.

- Que horror, doutor Joseph Cli...

Neste momento, um par de engravatados entrou na sala. Entregaram um contrato ao


enfermeiro, que leu ele atenciosamente enquanto os homens tiravam o médico dali.

- Hã? Direitos autorais por usar um sketch humorístico sem autorização? Aff!

Ao tirar o doutor da sala, os homens tropeçaram, rolando com ele por alguns lances de
escada. E o enfermeiro deixou o casal na sala, que ficou apenas ao som do ³Pi... piii...
piii...´ da máquina que acompanhava seus corações.

***

- aff
- qta sessaum
- xo ver
- so kina
- entaum vai aki
- justissa em assão

*c5 *c"c6cc$ cc5& 5*7&cc&8 5 9c


:; '<7' *c)  *:c;)*; *<97$c7*;  **c
 )*7)':=c7)5c;'>>*):?)*:76<*7&5<@7&
<6<*%*$3:&c87;7) c *9cc5) < 5=%;c 9*
c97$c<7;  *8 5*77$*c6579*; ;c6 5c*&c 
&7' '* < < <;c$ *&c:;*76 5c*&c ):?
8<7c %*;c 9*%< 5c:5c95* *;)c5?  )7=*c
*%*& *'c&''*: 5A) )7c3==&c c7 )c76 *$ c
8<9B7)Ac=<*7*7<

- ok
- agora ispera
- pow
- cust ao bagui funssiona
-?

***

- Lembra, hein, chuchu? Escreve meu nome direitinho pro padre. Maryjohn.

- Nossa, esse jogo tem igreja! Bom, os sacerdotes tinham que vir de algum lugar.

- Huahuahuahauha! Você é muito engraçado! Bom, vamos lá!

E Mary e Darq ficaram por cerca de 2 horas na igreja, até o Algoz conseguir escrever o
nome dela certo ± e ela o dele! Uma grande fila de noivos se acumulou, esperando a
cerimônia deles terminar. Finalmente saíram da igreja, devidamente trajados como
marido e mulher.

- E agora? Vão pra Lua-de-Mel? ± perguntou Uórson, entediado.

- Na-na-não... primeiro temos que fazer um filhinho! HAUHAUAHAUHAUAHAUA ±


disse a sacerdotisa, soltando um /mal.

- Er... por que você está me olhando com essa cara? ± o aprendiz recuou um pouco,
assustado.

- AHUAHAUAHUAHAUAHAUHAAUHAUAHAUAUAHAUA! VEM CÁ
NENÉM!!!!

***

- vamo v
- opa tem
- vareas resposta
- lol?
- ³Use o pesquisar´
- ³Lugar errado´
- ³Reportado´
- ³Mimimi de botter´
- AFF
- AOGRA TO BRAVU
- VO RESPONDE

<*& ; 7<@ c:*=<7 )c8 @*cc=<* =<7)c:*=<7 c


& ; 7: ;**=* c9<;;c*5<6 *;; c'c&; 9 *cc
5c;'**<9<;;c*&&Cc 9*5c;'***c5< c'*
%7 ****c5<6 ;'c%7 '*;**c%;c&;*:c;)*;
c=<*75?:;*&7@ D;*:c'*& "'  *
:;c*7) cE;c'*5D>

- aff
- so tem nb
- ahauhauhaua
- froum rox d+

***

Os enfermeiros correram para o quarto de Pane e Web. O homem estava tendo


espasmos. Deram muitos choques nele, tapas na cara e fizeram cócegas nas solas dos
pés dele. Finalmente ele se tranqüilizou, mas sua mão direita estava se mexendo
normalmente.

- Veja! Ele consegue mexer a mão direita!

- O que? A mão direita???


- Sim! A mão direita!

- Nossa!

Um outro enfermeiro entrou na sala e afastou os primeiros, que conversavam.

- Vocês precisam parar com essa mania de assistir desenhos japoneses. Eles que ficam
repetindo tudo que ouvem, como se fossem surdos ou burros.

- O que? Surdos e burros?

- É. Surdos e burros.

- Nossa!

- Olhem! Parece que o homem quer uma caneta! Vejam a mão dele! Ela está se
movendo como se quisesse escrever algo!

- Como se quisesse escrever algo... para ser lido??

- Sim!!

- Nossa!

Seguraram um papel e deram uma caneta para Pane. Ele rasgou o papel algumas vezes,
até que tiveram a idéia de colocar algo firme embaixo. O homem rabiscou um nome. Os
enfermeiros se acotovelaram para ler.

- Um nome! Será que é o nome de quem causou dor à garotinha que encontramos junto
com ele?

- Deve ser... desgraçado! A garota estava sem alguns dentes, toda surrada, com
traumatismo craniano triplo, costelas quebradas e provavelmente nunca mais terá filhos.

Depois de alguns momentos de silêncio, riram e amassaram o papel.

- Nah! Estamos delirando. Ele só teve um espasmo e sem querer rabiscou coisas que
parecem um nome. Ei, vamos jogar dominó na sala de remédios?

- Ebaaaaa!

E o dedo médio de Panelão se ergueu enquanto os enfermeiros saíam da sala.


***

Fuvity entrou

- Fuuuuuuuu! Casamos! ± gritou Darq, empolgado ao ver Fu entrar na guilda.

- ok

- Que da hora! Adotamos o Uórson! Você tem que ver ele pequeno que bonitinho!

-s

- Nossa, estamos saindo pra comemorar. Quer ir!

-n

- Ei, o que houve? Parece triste.

- tpw
- mto cara ingnorant
- no froum
- soh fiz uma pertunta
- mo stupidos
- nunk usei o bagui ants
- aff

Antes que pudesse continuar sua lamentação, a voz de deus os interrompeu novamente,
em letras douradas e garrafais.

$45/ $‰$0‰/!6
7  #; À0 # #./$4/6/!#:($‰$!( ‰: ($‰$
0(8 ‰(5/  . ‰6
5//(/! ‰ /!À$(/! ‰ ! # ‰/!!/!($!0/!6
7/  /!/ ‰/!. !$#/!$.; .0 ‰8$‰ #
;  ; ;  
/ 
/.1!5/#$‰ 0!!/ $‰$0‰/!
*$‰(0=$‰
/!0008/!*$À # ‰ 0!!/6
 /!#>6

- carai veio
- vo la
- to iradu veio
- iradu

E Fuvity avançou até o Feudo de Prontera. Passou por uma multidão, e viu dor e
sofrimento durante sua caminhada. Pessoas morrendo, grupos inteiros na porta dos
feudos, pensando em como entrar.

- ae
- q ta rolano
-?

- Tem um mob insano na porta! Não dá pra entrar!

- pif
- sai

O Lorde entrou no primeiro castelo. Os aventureiros olharam por diversos minutos,


imaginando o que estaria acontecendo.

'  ,/ ?66-     ,7  -"

Fu saiu do castelo. Ficou parado, pensando para qual iria agora. As pessoas pararam ao
redor dele.

- Ei! Você limpou o mob? Aeee! Valeu!!!!

-n
- to procurano os gm
- kero x1 c eles

E era verdade. Os aventureiros entraram e foram destruídos pelo mob, ainda na porta. E
caçando os membros da Ruína de Rune-Midgard, Fu foi conquistando castelo por
castelo. Até ler o recado na tela.

'  , ‰ @‰ '-     ,7  -"

- aff
- cabei de pega castel
- carai veio
- vo la pega eles
- aff

Indignado, entrou novamente no castelo. Avançou até a sala do Emperium. Foi atacado
pelas costas por um Desordeiro 99 usando Chifres de Kaho, que removeu todos os seus
equipamentos. A seguir, um Mestre-Ferreiro que também usava Chifres de Kaho
começou a dar seguidas Mamonitas. Fu coçou a cabeça.

- lol
-?

- HAHAHAHAHAHAHAHAHA! MORRA, INTRUSO!!!! ± disse o Desordeiro.

- tpw
- n entendi
-?

- MORRAAAAAAAAA

O Mestre-Ferreiro continuou batendo. E batendo. E batendo. E Fu ficou olhando para


eles.

- ae
- qem eh o chefe de vcs
-?

Os dois continuaram batendo, sem falar nada. Fu ia atacar, mas notou que estava sem
equipamentos.

- aff!1!!!!
- veio
- c tiro meos ekips
- tpw
- c ta loko??????///??

Na base do Golpe Fulminante com as mãos nuas, Fu matou o Desordeiro e o Mestre-


Ferreiro. Continuou andando, e foi recebido por uma Arquimaga.

- AAAAHAHAHAHAHAHAHA! VOCÊ JAMAIS PASSARÁ POR M...

Antes que pudesse concluir sua frase, a Arquimaga de Chifres de Kaho se via de volta
ao ponto onde tinha salvado. Fu tinha matado ela também.

- Ora ora ora... que surpresa.

A frase veio do Arquimago, também com os Chifres de Kaho. Ele usava óculos escuros
e tinha o cabelo loiro. Na verdade, Fu estava olhando para o item que o Arquimago
tinha na cabeça.

- ow
- tpw
- eces chifre ae
- rox
- ond pega
-?

- Nenhum mortal pode ter isso. Apenas poucos podem usar, e você não é um deles. ^^

- aff
- vae comessa tb
-?

- Sugiro que saia, antes que eu tenha que derrotar você.

- veio
- ta me xamanu pro x1
-?

- Como você quiser entender. Eu só disse que...

- VEIO
- TA ME
- XAMANU
- X!
- *1
-?

- Bem... sim!

O Arquimago atacou com sua Nevasca amplificada e um monte de outros golpes legais.
O servidor chegou a travar e o LAG se manteve por alguns minutos, conseqüência da
seqüência de magias invocadas. E quando elas finalmente cessaram, quando o
Arquimago conseguiu torrar todo o seu SP, viu o Lorde ali de pé, olhando para ele.

- C-c-c-c-c-c-c-como? Eu estou de Azhura Mazda, Angra Manyu, Besouro-Ladrão


Dourado, Ghostring...

- nub

Fu andou até o Arquimago e soltou um Impacto Explosivo. O inimigo tombou morto


com o ataque. Fu começou a levantar e sentar em cima dele.

- ae
- onde faz
- esse chifre
-?
- ow
- quer ress
- bora +1

- Garoto, é sério agora, sem RP. Estamos fazendo um evento.

- PR?
- ah
- to ligado
- tpw
- meio biba
- mas rox

- Não, é sério. Você não pode nos vencer assim. Vai estragar a diversão de todo o
servidor. Serão três semanas! E você está nos derrotando logo na primeira!

- ahuahuaha
- rox
- eu falo
- vit rula
- mto mto mto
- oquei

- Certo. Olha, não estraga mais o evento, ta bom? Tem que colaborar.

-n

Fu usou uma Ygg e ressuscitou o Arquimago. Ele mal digitava um /vlw, quando levou
outro Impacto Explosivo e morreu de novo.

- hauahuahuahuahau
- nb
- ahuahuahauhau

- Espere! Vamos fazer o seguinteó você não atrapalha o evento e nós te damos algo.

- hn
- o q eu quise
-?

Foram longos minutos de silêncio. Fu continuou sentando e levantando, até que o


Arquimago respondeu.
- Sim... peça o que você quiser. Qualquer coisa.

- ahuahuahuahauhauhauahuahuahuahaua
- qq coisa
- q eu kise
- veio
- tpw
- isso eh mto bom
- rox
- ae se liga so
- anota ae
- ahahuahauha
Você não pode falar ou usar habilidades por 10 minutos.

***

Algumas horas mais tarde.

- ae ele falo
- ae
- pede qq coisa
- ae eu pedi
- rox

- Hmmm! E o que você pediu, Fu?

- ahuahuahuahauhauhaua

Dezenas de monstros, soltados de Galhos Secos, responderam para Uórson qual foi o
pedido de Fu.

- Sabe, Mary ± disse Darq ± eu sinto saudades do Pane e da Web... onde estarão?

***

Pi... pi... pi... pi... pi... pi pi pi pi pi pi pipipipipipipipiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.............

***

óó Primeira Temporada óó Parte 9 óó

O sol despontava forte em um belíssimo e perfeito céu azul. Pássaros voavam, e pessoas
de togas saltitavam alegremente, sorrindo enquanto passeavam. O som de harpas podia
ser ouvido, e um homem alto, segurando um crânio em uma das mãos, olhava para o
nada, entretido com uma dúvida, a qual berrava como se fosse um pedido de socorro de
sua alma aflita.

- Ser ou não ser? Eis a questão!

- Rá! Seção errada!

O autor da indagação se virou para ver. Notou aquele homem, usando uma sunga branca
apenas, com asinhas nas costas.

- M-mas quem é você? ± indagou o homem com o crânio.

- Você não me conhece? Lamento, Sheakspeare. Você é mais ignorante do que eu


pensava! Você pode ler meu tópico de Apresentação no Fale Conosco do fórum! LOL.

- Fórum? Moço, nós estamos no céu.

- Céu? OMG... eu morri?

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; só seu corpo que não funciona mais.

‰ !"#
Sacerdotisa eterna 9x ximeiu, ex-líder mega-suprema desconhecida de uma guilda cujo
nome foi esquecido.

 
Um humilde jogador que tem humildes 400kk na conta, ganhos limpos, jogados em seu
PC de última geração com tela de 49 polegadas, que ele ganhou em um concurso de
poesia búlgara, depois de doar 1000 dólares para a ONU, mas que evita falar isso nos
fóruns, para não parecer que está se exibindo, conforme orientou sua psicóloga, cujas
consultas custam cerca de 300 euros cada.

***

Capítulo 15

- ou ³A volta dos que não foram´


A experiência do Ragnarok não estava mais tão interessante para o poderoso Lorde de
cabelos vermelhos. Fuvity sentia algo errado, uma sensação de vazioó onde estavam
Web e Pane? Uórson fora de novo para o outro jogo. Darq, bem, não costumava falar
muito. E Maryjohn estava aparecendo pouco. E pra piorar, alguém tinha feito uma
história com ele, onde ele matava um Poring Nuclear ± seja lá o que isso fosse ± e, pior,
estava falando de um jeito super estranho! Realmente aquele não era um dia feliz.

- Veja como ele está sozinho... ele foi abandonado!

A sacerdotisa, escondida, apontou para Fu. Seu amigo concordou. O cavaleiro pousou a
espada+9 no solo e olhou aquela cena bucólica.

- Abandonado e sozinho. Isso me lembra quando eu venci o concurso ³Eu sei bimbar, e
você?´, em novembro de 99, durante o Gamma Test do jogo que se tornaria o Ragnarok
que conhecemos.

- Imagine que golpe seria para aquele arrogante daquele Panelão ter seu ex-guild mate
em nosso grupo!

- Sim. Para sempre, Wanna Be!1!. Lembrando que eu registrei o nome da guilda com o
troco do prêmio de um concurso de ³o estudante mais belo da zona sul´ em 2001.

³Para sempre´ é o que Penny S. Less teria respondido ao Poser Man, se sua mãe não
precisasse usar o PC e não o tivesse tirado dali urgente.

***

Panelão estava inconformado. Ele não podia se dar ao luxo de morrer. Será que os
enfermeiros incompetentes tinham-no deixado sem soro ou sem medicamentos? Não
tinha cabimento ele estar morto. Aliás, também não tinha muito cabimento ele estar
divagando sobre isso enquanto assistia a um show dos Mamonas Assassinas.

- Que porcaria... não é possível que eu esteja morto ± falou em voz alta, sozinho.

- Cacildis! ± respondeu um homem do lado dele, ao ouvir ± Mais unzis que tá


inconformadis...

- OMG! Mussum!

- Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeita! - respondeu o simpático moço, com uma camisa verde e


rosa, segurando um pequeno chapéu na cabeça com as duas mãos.

- Por favor, eu preciso ir embora daqui. Não posso ter morrido. Esse lugar não é o céu.
- Ih, fala sério! Olha o cara, ae!

O comentário veio de um homem gordo, fantasiado de Ronaldinho, que sentou-se ao


lado de Pane.

- Sério, gente. Eu preciso ir embora. Eu sou importante demais pra ficar morto. Tem
muita ignorância no mundo, e eu preciso ownar os idiotas que... quero dizer... preciso
ajudar as pessoas que não possuem conhecimento para decidir nada na vida delas. Eu
conduzo uma comunidade assim!

- Quantos anosis tem a rapaziada tem essa comunidadis? ± perguntou o interessado


Mussum.

- São garotos que, na sua maioria, variam de 12 a 16 anos.

- Ih, fala sério! Ae, vai rolar uma festinha ali mais tarde, vem com a gente pra relaxar!
Tem uma mulher que eu to a fim de pegar, mas ta difícil.

- É aquela que perdeuzis os membros na explosãozis?

- Nem! É a filha daquela escritora famosa! ± disse o simpático Bussunda.

- E por que ta difícilzis?

- Ae, me falaram que ela é a maior furada. Fala sério...

Pane se levantou. Olhou incisivo para os dois gordinhos, e ajoelhou-se na frente deles.

- Escutem. Eu PRECISO ir embora daqui. Deve ter havido algum engano. Com quem
eu posso falar?

- Ae, tu pode ir falar com São Pedro. Fica a algumas nuvens daqui, cola lá que ele pode
ver contigo essa parada certinha.

- Obrigado, Bussunda.

- Ei, quer uma carona?

Os três se viraram para ver quem era. Pane suspirou e deu um tapinha no ombro do
prestativo piloto.

- Nem. Pode ter curvas no caminho. Obrigado, Senna.

E saiu andando, em busca da casa de São Pedro, sem notar que tinha um ³Chute Me´
colado nas costas.

- Sacaneeizis...

- Tu não presta mesmo, rapá...

***

- ai ai
- tpw
- enbroc chego
- dirijivel
- cards novo
- mas kd meos amigo
-?

- Olá, senhor Lorde todo poderoso com sua aura azul brilhante!

- lol?

- Não se lembra de mim? Hahahahahhahahahahahahahahaa

- tpw
-n

- No dia do formigueiro, quando nós matamos o MVP primeiro que vocês!

- ...
- ah

- Lembrou?

-n
- mas tpw
- bora x1
-?

- Tente se lembrar! Eu sou a sacerdotisa Penny S. Less! Líder da Wanna Be!1!! Seus
rivais! Somos seus piores inimigos!

Penny ficou parada na frente de Fu, encarando-o. Ela não ia arredar o pé, e ficou ali por
cerca de quarenta minutos. Não cederia. Iria encará-lo e mostrar quem é que mandava.
Para sua sorte, ninguém da sua família precisou usar o PC. Finalmente Fu se
pronunciou.
- ae
- malz a dmora
- fui kga
- ahuaauhaua
- comi p carai
- ow
- bora x1 ae

- Por que não tira x1 comigo, tolo? ± interveio o cavaleiro, Poser Man.

- perdeu
- preibou
- *preiboi
- go

Os três foram para a sala de PvP. Pegaram o mapa de Prontera e se encontraram no


meio. Poser Man rapidamente se equipou com seu Quepe+8, Orelhas de Anjo e Flor
Romântica ± ou seu kit ³eu tenho dinheiro, lol´, que usava para se exibir sem ter que
abrir a boca.

- Apenas saiba, Fuvity ± disse ele, de pé na frente do Lorde ± que nada que possua ou
saiba me dá medo. Conheço todas as suas técnicas.

- Isso para não dizer que eu simulei 215 variações das suas prováveis builds e fiz um
estudo de todas as suas possibilidades de ataque, rodada a rodada, contra cada um dos
membros desta guilda ± completou Penny.

- veio
- oquei
- 6 n tem o q faze
- ne
-;
-/
- aff
-.
- dsisto
- interrogassaun
- foi pergunta
- oquei
-;
- aff

- Penny, por gentileza, diga JÁ para nós. Penny...?


A sacerdotisa desconectou. Era seu cachorro querendo usar a Internet agora.

***

Atrás da grande mesa de madeira, um homem descomunal, com barba longa e


volumosa, assim como seu cabelo, escrevia em um livro, usando uma pena, cuja ponta
ele ocasionalmente embebia em tinta. Estava totalmente distraído, quando foi
interrompido por uma mão batendo em sua mesa.

- Ok, vamos direto ao ponto. Você é São Pedro, certo? Seguinte, eu sou o PIIIIII,
também conhecido no Ragnarok como Panelão, não devia ter morrido. Minha
amiguinha estava sumida, fui até a casa dela, ela tinha sofrido algum acidente brutal.
Levei-a para o hospital, mas eu acelerei no sinal fechado. Aí um ônibus, um caminhão
de lixo, maratonistas, um carrinho de pipoca e um cara com um balde com água gelada
nos acertaram. E aí eu acabei internado com ela. Mas eu não estava doente, ok? Eu exijo
ser mandado de volta! Sempre lutei pelos meus direitos, porque eu sou um consumidor,
eu pago minhas contas, eu posso, eu faço, eu aconteço! Eu pago pelo serviço, logo, tudo
tem que girar em torno das minhas vontades! E aqui no céu não é diferente! Entendido?

Pacientemente, o homem levou a mão até uma das orelhas, escondida no espesso cabelo
branco. Retirou um fone de ouvido, e um som de rock pôde ser ouvido ± parecia alguma
música do Black Sabbath.

- Falou comigo, meu filho?

- Hã« eu acho que não devia ter morrido, só isso.

- E qual é seu nome?

- PIIIIIIIII ± disse Pane.

- Certo... hmmm... PIIIIIII... é verdade. Segundo o grande livro dos escolhidos, você
não devia estar aqui.

- Viu?

- Você deve ir para o inferno. Até mais ver.

- Como assim, inferno?

- Depois eu te explico. Pode dar um passo para a direita?

- Claro.
Pane deu um passo para a direita. São Pedro apertou um botão em sua mesa, e um
alçapão se abriu no chão. Porém, Pane estava a alguns passos longe dele. O santo se
levantou e foi olhar, soltando um suspiro de desgosto.

- Fazia tanto tempo que eu não usava... poxa, perdi a piada.

- Peraí, você ia me jogar por esse al...

- Ia não, vou.

Sem deixar Pane falar nada, São Pedro levemente empurrou-o pelo alçapão e voltou
para sua mesa. Recolocou o foninho do seu iPod Nano e cantarolou um ³Booorn to be
Wiiiiild´, dedicando-se novamente ao livro.

***

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

Poser Man voou longe, atingido por um golpe de Fu. Esta va impossível vencer ele.
Seria verdade que, no evento da Ruína de Rune-Midgard, o Lorde tinha enfrentado e
vencido os personagens dos GMs? Será que realmente não existia ninguém que pudesse
derrotar Fuvity?

- Poser... eu notei um padrão em Fuvity ± disse Penny, que tinha voltado e que assistia a
batalha, falando pelo chat da guilda.

- Qual?

- Viu a luz que emana dele? Fora da aura?

- Não vi nada... ele é muito forte!

- Tolo. Ele emite uma luz... ele queima potz. Ou melhor Frutos de Ygg. Por isso que ele
não é vencido nunca. Ninguém agüenta tanto golpe assim.

- Não sei, Penny. A build e os equips dele parecem especiais, únicos. Não atribuo esse
sucesso apenas aos Frutos de Ygg...

- Continue batendo nele. Eu vou distraí-lo, para ele parar de potar. E aí você mata ele.

A sacerdotisa andou até perto de Fu. Sentou do lado dele, e começou a falar. Ele a
matou, é verdade, mas ela continuou falando assim mesmo.
- Quantas pessoas você já matou no PvP, Fuvity?

- aff
- tpw
- hj
- o desdo comesso
- do serve
-?
- axo q
- todas

- E qual gosto a vitória tem sem seus amigos para comemorar?

- lol?

- Isso mesmo... cadê o Panelão? Seus outros coleguinhas? Cadê?

- tpw
- n sei
- kd eles
-?

- Eu te digo onde estão. Eles te esqueceram. Foram para outros jogos. Pararam de jogar
e não te falaram nada. Você foi abandonado.

- lol
- c viaja
- mto

- Ah é? Então por que você estava sentado sozinho na cidade há exatas 7 horas, 26
minutos e 18 segundos, até a minha chegada? Não diga que é mentira porque EU
CONTEI O TEMPO!

- tpw
- ...
- ...

E Fu olhou a guilda vazia. Queria retrucar, mas era verdade. Sentia-se sozinho. Penny
deu uma olhada significativa para Poser Man, que avançou e bateu. E pela primeira vez,
como não acontecia há anos, Fu foi ferido.

***

- Aeee! Ma ma ma oe! Vem cá vocêmmmm! Oe!


Pane olhou ao redor. Pensou que tinha sido mandado para o inferno, mas estava no
palco do que parecia ser um programa do Sílvio Santos. Aliás, o próprio estava ali na
sua frente, com terno, microfone e tudo.

- Ma oe! Veio com a caravana de ondem??

- Caravana? Aqui não é o inferno? Sílvio Santos?

- Aeee! Certa respostammmm! Ganhou dez centavos de real!

- Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! ± uma platéia feminina aleatória ficou alucinada com o


anúncio.

- Mas... você não morreu, Sílvio Santos! Você ainda está vivo!

- Ai ai ai! Você que pensammmmm! Eu morri em 1952! Quem tá lá continuando meu


legado é meu robô! Aliás, ele que me matou! Ra raaaae! E eu morri! Morri! Ma eu
nunca mais compro robô em liquidação!

- Olha, eu preciso ir embora daqui, é sério. Eu não devia estar morto.

- Então vem pra cá! Dançando e rodando! Oe!

Sílvio Santos conduziu Pane até o palco, enquanto tocava a música ³Ritmo de Festa´.
Andou com ele até o centro e parou.

- Ma ma ma o rapaz aqui falou que não morreu. Ma ele morreu ou não morreu,
auditóriommmm????

- MORREEEEEEEEU!

- Morreu! Ai ai ai, morreu! Então agora se você quer que seu caso seja revisto, vai
participar de uma brincadeira! Olha para aquela luz vermelha ali em cima da câmera e
puxa uma nota no meu bolso!

Pane enfiou a mão no bolso de Sílvio Santos. Seu rosto ficou vermelho, em uma mescla
de vergonha e raiva, e tirou a mão.

- MAS O SEU BOLSO TÁ FURADO!

- Ma por que você acha que eu vim pro inferno? Oeeeee! Ma ma vem cá! A brincadeira
é muito simples! Ou você ganha, ou você perde! E se você não ganhar, quem ganha é a
carta! E quem mandou a carta foi um menino de Santa Itapipoca do Sul!
O auditório bateu palmas. Sílvio olhou sorridente para o homem, que continuava apenas
de sunga branca e asinhas.

- É a brincadeira do É, NÃO e PORQUE. Se você falar alguma dessas palavras você


perde!

- Putz... que saco. Tá, vai.

- E você não pode repetir a mesma resposta três vezes!

- Tá...

- Ma como é seu nome?

- PIIIIII

- E você acha seu nome bonitom??

- Sim.

- Por que?

O ³por que´ morreu na ponta da língua de Pane. Ele quase falou. Seria difícil enfrentar
o mestre de todas as piadas e brincadeiras. Sílvio Santos é um deus, e não existem
forças capazes de pará-lo. Por isso, o melhor que Pane podia fazer era invocar sua
experiência do fórum.

- Problema meu ± disse.

- Ah, ma ficou estouradinho por trás?

- lol

- Se você fica estouradinho assim com a gozação, você mete a boca?

- STFU, noob.

- Ah, então você aceita que gozem de você nas costas?

- lol

- Lol é? Eu sou dono do UOL também. Quer uma conexão a cabo? Já aviso que a minha
é banda larga!
- ORLY? ± ao dizer isso, Pane fez uma cara de coruja vesga.

- E qual seu veículo preferido?

- Gosto do ROFLCOPTER. Me lembra da diferença da mulher, do poste e do bambu.

- Ma qual é a diferença entre o poste, a mulher e o bambummm?

- O poste dá a luz em cima. A mulher dá a luz embaixo.

- É... tá certo. Mas e o bambummmm?

- O bambu você enfia no (censurado).

- Aeeeeeeeeee! Ganhooooou!

O auditório explodiu em palmas, gritando ³Bem feito! Bem feito!´ para o apresentador
do inferno. Sem perder o rebolado, ele puxou uma nota de 50 reais, deu para Pane e
empurrou ele.

- Ma agora vai pra lá você! Vai pra láááááá!

- Não! Eu quero que meu caso seja revisto, lembra?

- Ai ai ai, ma muito bem. Vamos falar ali com a minha assistente, a Cláudia Raia!

Os dois foram até um aquário, que tinha uma arraia nadando, com um coração espetado
na ponta.

- Ma que que é isso? Eu falei Cláudia Raia! Essa arraia não devia estar aqui! O
australiano morreu faz pouco tempo, não pega bem fazer piada dele ainda! Tira isso
daqui! Ma ma vai pra lá!!

Os dois foram até uma mesinha, e Sílvio Santos pegou um livro. Tirou óculos do tipo
Pince-Nez do bolso e começou a ler.

- É verdadem... é verdadem... você não devia ter morrido. Não não não, seu lugar é aqui,
e eu vou te esperar. Ma não era pra você ter morrido. Vai voltar é agora mesmo! Oe!

- Aaaah! Eu sabia! Obrigado! Obrigado!

- É! Vai subir porque quem é pra descer é a menininha! Oe!


- Peraí? A Web? Quer dizer que era para ELA ter morrido?

- É isso aí! Agora vai pra lá, e até a próxima! Tchau!

O apresentador sorridente deu um chute na bunda de Pane, que começou a subir muito
depressa. Súbito, acordou na sala do hospital. Levantou de sobressalto, arrancando fios
e respiradores. Seu corpo parecia bem. Não sabia se tinha sido um sonho ou se tinha
estado morto. De roupão do hospital, foi até a cama de Web. Notou que os aparelhos
que mediam seus batimentos cardíacos tinham apenas uma linha reta, com um som
estável de um ³pííííííí´.

- Web... não...

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
- MMMe era pra eu ter matado a Web, desde o episódio dela no chuveiroM Mas uns amigos
não gostaram da idéia dela morrer naquela épocaM
- E aí?
- Bom, aí eu estiquei um pouco o sofrimento, e ela ia morrer mesmo nesse capítulo,
igual tá ali em cimaM
- E aí?
- Bom, meus beta-readers não aprovaram e não querem que eu mate elaM
- E aí?
- E aí segue a cenaMMM
- E aí?
- Mas eu já expliqueiM
- E aí?
- Já falei, ela vai continuar viva, chega da cena dela entre a vida e a morteM
- E aí?
- omg
.
.
.
.
.
.
.
.

- P-Pane...? o.o

O homem, que estava na janela do hospital, olhando a noite, virou-se assustado. Seus
olhos lacrimejaram ao notar que a menina estava viva. Esfregou os olhos, e percebeu
que, na verdade, apenas o fio do aparelho tinha se soltado.

- Web! Você tá viva! Que susto!

- Hihihihihi! To sim ^^

- Puxa, você devia avisar antes de sumir! Digo, fiquei tão preocupado com você. Aliás,
todos ficamos. Por que é que você não nos ligou? Assim, eu acho que...

A menina saltou da cama e correu até Pane. Abraçou-o demoradamente.

- Bigada por se preocupar! óD

Ficaram em silêncio por longos minutos, abraçados. Pane, emocionado, deu a mão para
ela e começaram a caminhar para a porta.

- Eu tive um sonho estranho, sabe? Eu tinha ido para o céu, encontrei o Mussum...
depois fui para o inferno, e o Sílvio Santos é que era o diabo. Sei lá, deve ter sido efeito
colateral de algum dos remédios.

Web então deu um chute na bunda de Pane. Ela não era jogadora de futebol
profissional, mas foi na rosca. Ou de rosca. Enfim. Deu uma pontada.

- Ei! Por que me chutou?

- ^^ - disse Web.

A menina tirou então das costas dele um papel escrito ³Chute Me´.

- Cacildis... ± falou ele, olhando o papel, junto com um sorriso.

***

- ... e onde estão eles, garoto? Diga! Diga pra mim!


Fu não reagia. Penny e Poser Man o espancavam sem piedade. Cada golpe minava mais
suas energias, e ele não reagia. Fu simplesmente não reagia.

- Hein? Fala pra mim! ± insistia Penny ± Seus amigos te abandonaram! Hahahahhaa!

- Una-se a nós, Fu! ± disse Poser Man, parado do lado dele, em pose de batalha ± Aceite
a chance de se unir a um grupo que possui apenas vencedores de verdade, tanto no jogo
quanto fora dele! Aliás, nem precisamos jogar. Fazemos um favor à comunidade,
emprestando nosso tempo e talento nesse meio de gente medíocre!

- Ei... isso sou eu quem fala.

- MAS O QUE?? ± Penny olhou para trás, apavorada.

Panelão entrou
Web Nacam entrou
Matador_of_Darquinés+10 entrou
Maryjohn entrou
Uórson entrou

- Tá enchendo o saco do garoto aí por que, mocréia? ± disse o arquimago.

- Eh! Feia! Dexa o fofuxinho ein paiz!!11!1! Ò.ó ± bradou Web.

- Hauahuahauhau! Vamo atropelá esses feiosos! ± Mary adiantou-se, invocando Graça


Divina sem parar em todos.

- Vocês são totalmente bad trip! Falsos Old school, adoradores de RBD! Morram! ±
Uórson também parou na frente de Fu, protegendo-o.

- Aff! É claro que não! ± Darq disse isso e teleportou.

- eita
- tpw
- loto a guild
- aeeeeeeeee
- rox!1!

- Fu! Está tudo bem com você? Eu sei que você sentiu nossa falta. Somos amigos,
amigos do peito, amigos de uma vez. Somos amigos, amigos do peito, amigos de
vocês... ± disse Pane, recordando-se da música do Balão Mágico.

- Eh! Pq não reagiu?? O.o ± Web parecia inconformada, usando um Elmo Angelical.
- tpw
- sqeci do RAg
- tava venu um çait
- ow
- homi-aranha 3
- loco hem
-?
- bora cinema qdo sai
- oquei

- O QUE???- Penny adiantou-se, irada ± VOCÊ NÃO ESTAVA REAGINDO


PORQUE ESTAVA AFK???

- lol
- tpw
- sarce
Vou lavar sua boca com sabão
Vou lavar sua boca com sabão
Vou lavar sua boca com sabão
Vou lavar sua boca com sabão
Vou lavar sua boca com sabão
- ah
- fodz-se

Fu soltou um Impacto Explosivo. Tudo que o Poser Man e Penny viram foi a tela de
loading, enquanto eram arremessados para fora da sala de PvP. O golpe foi tão forte que
foram parar no Tíbia.

- Fuuuuu! ^______________________^ - Web começou a levantar e sentar do lado do


Lorde, usando um Laço Grande, Candura e Flor Romântica.

- aeeeee
- ahuahauhauahua
- já tamo pvp memo

Sem perder tempo, Fu atacou e matou Web. Atacou também Mary e Pane. Virou-se
então para o aprendiz.

- Aff Fu... você não vai fazer isso? Vai?

ALGUNS MINUTOS DEPOIS, EM UM CERTO OUTRO MMORPG...

- Vamos! Avante, Horta! Temos que impedir o avanço da Ali, Dança!


- Sim senhor, senhor! Temos que fazer essa instance end game mega plus para poder
aumentar nosso poder!

- Exatamente! Ficamos 200 horas sem jogar, aumentando nosso ganho de XP! Aliás,
alguém lembra aí como faz para sentar?

- Barra Senta, Senhor!

- Ótimo! Vamos!

- Espere, senhor! Olhe! O que é aquilo no céu?

- Macacos me mordam! Parece um inimigo voador se aproximando em alta velocidade!


Cadê o tanker?

- SENHOR!

- PUXA O AGRO DELE! RÁPIDO! ELE ESTÁ SE APROXIM...

O solo explodiu com o impacto. Os poderosos guerreiros 3D voaram para os cantos.


Ficaram todos seminus, apenas com roupas de baixo. Suas almas começaram a vagar
perdidas, e puderam notar um Aprendiz pixelado em 2D saindo do buraco.

- Aff... o Fu realmente não sabe brincar. Que Joselito... pelo menos tô em casa! Barra
dance!!!

Fuvity saiu
Panelão saiu
Web Nacam saiu
Matador_of_Darquinés+10 saiu
Maryjohn saiu
Uórson saiu

Final da Primeira Temporada

óó Especial de Natal óó Parte 1 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com QI maior que 3.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; os ignorantes que não entendem sua genialidade.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Mas sabe teleportar.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E adora seu bigode.

***

Prólogo do Céu Z 1/2 - a batalha de Papai Noel na terra abençoada de Cabral

- ou ³Especial de Natal ± parte 3 de 1´

Em uma certa grande lanchonete, cujo logo é um M amarelo gigante...

- Boa tarde, moça.

- Boa tarde! O senhor gostaria de estar fazendo o seu pedido?

- Sim. No caso eu gostaria de um número quatro.

- Fritas grandes por mais 25 centavos pode estar vindo a estar acompanhando?

- Pod... ei! O que é aquilo que diz o crachá daquele funcionário?

- No caso, de qual deles o senhor está vindo a falar, senhor?

- Aquele ali, passando o rodo no chão!

- No caso, diz ³Atendente´, senhor.

- MAS COMO ASSIM? POR QUE ATENDENTE?

- Porque, no caso, ele está vindo a poder estar atendendo a nossos clientes!

- MAS TÁ ERRADO! CADÊ O GERENTE?


D    
i  t       t         t
   li  

D   M B R       R  M


!R  M CR  "# M C  "C CM
R$

D M      l t t       % & j 
i
l 

D M ' RR CM  !R R

D C li(  
i    )l lt     t

D DMD!*  +  MBM # 

D M   

D   CR ,'  M B  M     R


! CM RBÇ RR !R MBM  
RR ! M   R   +C M+  
"R$

D +   i  ili-        l t & t  l 


  )-  &$

D + CRR

...

D ti )il-
D t )li-
D  
D -   
D tl  t /
D  01
D$

   1

    2
   tl  i  i  -l %t 
C(    l   l   l)  "l R 3ti 1 i
   
 %
í  4
- Ximm!!!!*___* Amu o natal!!! Mto mto mto!11

- veio
- putz
- alembrei um a coisa

- Ai, nun so veio. So uma mina ^^ - respondeu Web, colocando orelhas de coelho.

- ow
- ta ligada q
- td antal
- vem quele kra
- acho q antonoi

- Verdade! O Antonio! Muito malvado ele! Ò.Ó

- ele q dropa
- meia furada
- neh
-?
- acho q tenho Kafra
- vo ve

O Lorde correu até a Kafra, deixando a menina sentada sozinha, com seus Sinos
Dourados +9.

- ae Karfa
- abre ae meu amrazem
- plz

- Claro! ± respondeu a prestativa funcionária ± Qual a senha?

- aff
- skeci
- ahuahuahuahua
- ow
- abre ae
- plz

- Qual a senha, senhor?

- carai
Fuvity ficou longos minutos parado. Finalmente se mexeu e voltou a falar com a Kafra.

- Malz ae
- foi otro q
- colooc sehna
- tava pergutano

Com a senha correta, a Kafra abriu o armazém de Fu. Ele começou a xeretar,
procurando as tais meias furadas. A Caçadora logo veio atrás dele, curiosa.

- Q q vc ta fazeeeeeeeeeendo? *_*

- procurano as meia

- Pra que? óD

- O Papai Noel
- trok
- p;
- presente

- Aaaaah ta! *_*

- carai
- qta card
- aff
- n kbe + q 30k de kda
- preciso vend umas GTB
- loto jah

O Lorde remexeu as coisas, até encontrar um par de meias furadas. Ergueu elas
orgulhoso e bradou com fúria e uma sensação de vitória indescritíveisó

- xow!!11
- mas
- precisa 3
- ow
- bora caça antonio
- go

- Weeeeeeee vamuuuuuu! /o/

E sob o olhar da Kafra, os dois saíram correndo para os campos de Lutie.


***

Em sua casa, PIIIII, alter-ego de Panelão, estava terminando de comer seu sanduíche.
Sentou-se em sua poltrona búlgara de fibra de titânio alemão, e abriu seu laptop movido
a óleo de mamona virgem no colo. Mesmo com as mãos sujas de queijo cheddar,
começou a operar o aparelho, em busca de informações.

- Hunf... ³atendente´. Ainda não engoli isso ± resmungou sozinho, abrindo um


documento na tela plana de 19 polegadas e ¼ - Vamos ver... o autor dessa história
pensou que ia me enganar e que os leitores iam se esquecer. Mas EU ainda me lembro
que vi o nome da pessoa que estava conversando com a Web aquele dia do chuveiro.
Bom, o que seria dessa comunidade sem mim? Quiçá do mundo? Barra mau...

Os olhos de PIIIII correram pelo texto. Estava fuçando textos antigos e esquecidos.
Com minúcia, anotou com cheddar nomes, números, e-mails e o resultado de Tele-Sena
de Natal. Também psicografou uma carta.

Subitamente, seus olhos se arregalaram. Tinha cruzado informações, feito uma busca
por nomes irl rofl omg orly e ficou chocado com o que surgiu em sua tela.

***

Nevava forte em Lutie. O Hatii vigiava o lugar, andando devagar, sem pressa, cercado
por seus filhotes. Achou curioso dois bonecos de neve no meio do campo. Na verdade,
o que lhe chamou a atenção é que um deles trocava de chapéu a cada 3 minutos, e o
outro tinha uma aura azul.

O animal chegou perto e cheirou o boneco que trocava de chapéus. Depois cheirou o do
lado, com a aura. Uma voz pôde ser ouvida do que tinha aura.

- veio
- n to cassano mvp
- sai for
- oquei
-?

O Hatii engoliu seco ao reconhecer a voz. Deu alguns passos para trás e saiu correndo a
toda velocidade, como jamais tinha feito antes. Seus filhotes, sem entender nada, foram
junto com ele.

- Aiiiii... Fuuuu... ta friu aki!!! ó.ò

- fodz-e
- temo q spera o atonio
- ai nois pega eel
- xiu
- olha ale

Um homem de vermelho, gordo, com espessa barba e cabelos brancos, caminhava na


neve. Trazia um pesado saco vermelho nas costas. Ao seu redor, alguns duendes vinham
cantarolando alguma coisa em sueco.

- Ho ho ho! Meus pequenos gnomos!

- Duendes! ± resmungou um deles, puxando uma carteirinha da associação dos duendes.

- Que seja! Ho ho ho! Vamos logo para meu lar, nos preparar para o grande dia do
Natal!

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

- Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! >óO

Fu e Web saíram da neve. A caçadora, usando um Laço Grande+10, jogou dezenas de


armadilhas. Os duendes ficaram presos nela, e o homem, assustado, teve o pé preso em
um deles também.

- OH MEU DEUS! MEU PÉ! AAAAH! MEU PÉ!!!!

- aeeeeeeee
- caraaaaaai
- perdeu preibói!1!!

Fu começou a bater no homem, que se protegia como podia. Web, alucinada, saiu
correndo atrás do Hatii.

- MEU PÉ! COMO DÓI! MEU DEUS! PARE DE ME BATER, LORDE!!!

- atonio
- j era
- dah a meia ae
- ahuahuahauahua

O homem, por fim, tombou inerte. Fu golpeou o tornozelo dele e o separou do corpo.
Puxou a meia e, frustrado por ela estar inteira, fez um buraco nela com a boca.

- aeeeeeeeew
- trez meia
- bora troca present

Dois duendes, chocados, gritaram.

- Oh meu deus! Você matou o Papai Noel!

- Seu bastardo!

- lol? ± respondeu Fu, enquanto o som da vitória sobre um MVP explodia em cima de
Web, ao longe, com uma AoA+9, toda coberta de gelo, tremendo, segurando um
Rondel+9 que ela comprou no fórum de uma Arruaceira super honesta.

***

Panelão entrou

- Saudações, lagomorfos ± disse Pane, no canal da guilda.

- Paneeeeeeeeeee *_____*

- carai veio
- pear
- t ocupado

- Tudo bem. Depois eu falo com você. Web... pode me responder algumas perguntas?

- Claro, linducho!! ^^

- Muito bem. Você se lembra do dia do acidente no banheiro?

- Sim... ó( Era pra eu te morridu.ó((((((((((

- Pois bem. Eu quero retomar esse plot.

- Aiiii naum kero morre!!!!

- Não, não isso. Quero saber quem estava com você naquele dia. Aliás, eu sei quem era.
Mas preciso que você me confirme.

- ............................... ah Pane... ._.

- Diga.

- .......................................... aaaaaaaaaah
- Vai, Web. Fala logo.

***

- veio
- tpw
- eci era o papai nole
-?

- Era! Maldito humano! ± resmungou o duende ± Você acabou com o natal!

- lol

- Desgraçado! Como pôde fazer isso? COMO??

- veio
- c papai nole n tem vit
- carai
- n e culpa mínha
- oquei
- tenhu culkpa q
- ele leva 2 golpe
- morre
- aff

- Dois? Você acertou pelo menos vinte e três ataques só na perna dele!!

- ehehehe
- meu pirmo q encino
- Fulagi
- qq hora xamo ele aki
- ow
- leprechaos
- bora x1 ae

- Que mané x1 o que? Você acabou de destruir o Natal! E não somos leprechauns!
Somos duendes!

- tao doente
- pq

- Não, doente vai ficar você por... aaaaah!


Assustado, o gnomo apont...

- DUENDE, ANIMAL!!!

Ops, desculpe. Assustado, o duende apontou para um mob terrível de Filhotes de Hatii,
que avançava contra o Lorde. Eram pelo menos trinta deles, avançando furiosos, por sua
mãe ter sido destruída pela amiga dele.

- C-c-c-c-c-c-cuidado!

- lol?

Fu se virou e foi atacado pelos animais. Sem dar muita atenção, se virou para os gno...
duendes, e continuou conversando.

- ae
- esse era o papi nole entam
-?

- Er... os filhotes de Hatii tão te atacando!

- vlw
- entam
- e aogra
-?
- tem ygg ae

Meio sem jeito, o duende respondeu, assustado com o Lorde estar ignorando as
mordidas dos filhotes de Hatii.

- Hun... não se revive o Papai Noel com uma folha de Ygg. Ele é um avatar, um ser
divino, de grande poder e significado. É preciso algo mais poderoso que uma Ygg e...
MEU DEUS, MATE LOGO ESSES BICHOS!

- ahuahua
- oquei

Fu deu apenas dois Impacto Explosivo e um Brandir Lança. Os gnomos se entreolharam


assustados.

- Essa técnica de luta... eu já alguém lutar assim antes, no passado. Você... é discípulo
DELE?

- lol?
- ³Dele´! O de nome proibido!

- Ruy Sakanagi! ± disse Web no canal da guilda. Fu, nos campos de Lutie, se levantou.

- Eita
-s

- Sim o que? ± disse o duende.

- Ele memo
- Ruy Sakanagi
- genti fina ± respondeu Fu, na guilda.

- Alooou? Eu não leio o chat da guilda de vocês... ± resmungou o duende.

- Fu... preciso que venha até Prontera imediatamente ± disse Panelão, sério.

- oquei
- to inu

- Ei! Dá pra me dizer o que está acontecendo? ± o duende chutou a canela de Fu, mas
errou. O Lorde desapareceu, usando uma Asa de Borboleta.

***

Chovia em Prontera. Na verdade, uma tempestade assolava a cidade. A água, junto com
a força do vento, varria as ruas. Alheios a isso, um trio estava sentado, em um chat com
senha, conversando. Panelão, Web e Fu estavam tendo uma reunião muito pesada.

- Fu, meu querido ± disse Panelão, com calma ± Eu nunca pedi sua build, referências ou
equipamentos. Sei que você é full Vit com equips full+10. Nunca me questionei sobre a
origem deles, ou como conquistou tanto poder em tão pouco tempo... mas você conhece
a lenda... DELE?

- lol
-s

- Q Lenda? Quem é ELE? óD ± perguntou Web, com candura, Folha Romântica e


Orelhas de Gato Preto.

O arquimago sentou-se e respirou fundo. Olhou para a caçadora e começou a falar.

- Há muito tempo atrás, não existia o Ragnarok no Brasil. Todos os brasileiros jogavam
em servidores fora daqui. Foi quando uma pessoa ergueu a bandeira e começou a se
intrometer nos assuntos de uma empresa, que estava trazendo nosso mundo que
conhecemos para estas terras.

- Arrã ^^

- Bem... essa pessoa, da raça Uber Poser Mor, recebeu todos os poderes possíveis.
Guardou todas as chaves, e tinha todas as passagens para todos os lugares. Seu arsenal
era incrível e absoluto. Seu nome era Ruy. Ruy Sakanagi.

- Ruyzinhu! *_____*

- Bem... você já ouviu falar do Efeito Borboleta?

- Eh quando usa Asa de Borboleta? XDDDDD

- Não.

- Eh quest?? óD

- Não. É quando você faz algo pequeno e aparentemente sem importância, mas que, no
futuro, influencia radicalmente os acontecimentos.

- aaaaah. Não sabia dissu. Q legau! óD

- Ruy causou o Efeito Borboleta. Ele permitiu que alguns amigos tivessem PEQUENOS
equipamentos. Coisa humilde. Armaduras +7 e coisas assim...

- Aff... +7? Noooooooooooooberts!111! XDDD

- Concordo parcialmente. Em terra de Armaduras +4, quem tem uma Armadura+7 é


Rei. Com slot então, é imperador.

- Verdadi... qdo a pessoa sabi usa os slot q tem, fica rica... hihihihihihihi

- Mas preste atenção, Web. Esses agradinhos para os amigos mudaram toda a história
que conhecemos. Algumas pessoas ficaram fortes antes de outras, antes do tempo.
Reuniram riquezas antes dos outros. Monopolizaram e mandaram em preços,
equipamentos e muita coisa.

- Aaaaaaah. Tah. 0_o

- São lendas sem fim. Eu pesquisei tudo, pois eu tenho salvo no meu HD todos os
registros de todas as eras do nosso universo. E uma dessas lendas conta sobre uma
pessoa que foi punida por uso de um programa ilegal. Essa pessoa perdeu 40 níveis e
todos seus itens.

- rsrsrsrsrs

- Não ria... ele perdeu isso, mas aconteceu uma falha.

- ? 0_o ± indagou a caçadora, agora usando um Chapéu de Deviruchi.

- Dizem que o corpo humano gera 40 BTUs. As máquinas encontraram toda a energia
que elas precisav... er... peraí, não era isso.

- rsrsrsrs

- Aqui, achei. Ele perdeu 40 níveis, MAS seus atributos não foram resetados. Ele
continuou com os pontos que tinha ganho e... continuou ganhando pontos quando
passava de nível de novo.

O silêncio imperou entre eles. Ficaram assim por muito tempo, até que Web se
pronunciou.

- N entendi.

- Ele voltou para o nível 59, com os atributos de um nível 99. E cada vez que passava de
nível, ganhava mais pontos para gastar.

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah! óP Nussa, que legau!!

- Legal? LEGAL? Web, você tem noção, enquanto ser humano pensante participante
desse micro-universo enquanto avatar de seu eu real que no contexto do complexo do
pretérito imperfeito relacionado à teoria da relatividade de que ele mudou todo o futuro
do nosso universo com isso?

- Hu... soh entendi até a parte que você falou meu nome, Pane... ._.

- Web, esse discípulo dele alterou a história! Era para os preços das coisas serem outros,
a distribuição de itens ser diferente... tudo ser de outro modo! Você não assistiu De
Volta para o Futuro II? Ele praticamente voltou no tempo e se deu o Almanaque de
Esportes com os resultados dos jogos, para apostar e ficar rico!!!!

- E ond o Fu entra nisso?

- Fu... ± disse Pane, ainda calmo ± fale sua build pra gente.
- aff
- pra q
-?

- É importante. Você é seguidor de Ruy Sakanagi.

- aff
- n paça p ningum]
- plz
- n qro colnis
-*clonis
- oquei
- Vit 255
- For 99
- Agi 90
- Int 99 p usa esquils
- Sor 1
- Des 90 p n erra mto

- omg... Fu? ± disse Web, chocada.

- Fu ± continuou o arquimago ± eu sempre vejo você com um broquel. Pode me falar o


nome dele?

-s
- Azura Mazda
- _10
*+

- Como você conseguiu esse item?

- eu
- o Ruy me deu
- ueh
- lol

- Você sabe que eu gosto de você, não, Fu?

-s

- eu tb gostuuuuu mtao!!! \o/ - completou Web.

- Eu preciso fazer uma coisa. Manda agora por e-mail uma SS dos seus atributos e
equipamentos?
- oquei

Panelão saiu

***

- Ei, Fu! ± disse a caçadora, indo para o lado do Lorde ± Vamos ajudar aqueles
Cookies?

- os gonmos
-?

- Xim! XD

- oquei
- bora salva
- papai nole

Os dois viajaram até Lutie. Encontraram uma multidão de duendes em uma casa, todos
vestindo preto. Um burburinho começou ao reconhecerem Fu e Web. Os dois,
ignorando os comentários de ³humanos assassinos´ e ³será que ela tem MSN?´,
entraram na casa. Viram o Papai Noel deitado em um caixão, sendo velado. Foram até
os dois duendes que pareciam ser os chefes.

- ae
- tpw
- viemo ress o papai nole

- Tamo aki pra ajuda! ;)

- Bem... terão que cumprir uma longa jornada, humanos! Só assim poderão salvar o
natal e reparar o mal que fizeram! Estão prontos?

Matador_of_darquinés+10 entrou
Maryjohn entrou

- aeeee
- Draq
- Mayr
- bora salva o Papai Nole

- Ele está falando na guilda de novo? ± resmungou o duende ± Oooooi?


- Calma moxu! Pode fala a missaum!!!XD

- Muito bem então! Vocês terão que partir para o lar dos santos e resgatar a alma do
Papai Noel. Depois deverão conquistar e vencer os sete trabalhos de Mikael Dudikoff.
Vão ter que encontrar a bala de prata de Charles Bronson e receber a benção de Clint
Eastwood. Por fim, deverão jogar o Um Anel no fogo da Montanha da Perdição.

- Ui! Tem algum meio assim, mais fácil? 0_o

- Bom, na verdade, tem. Enquanto seus amigos reúnem uma lista de itens, você pode
ficar aqui pra gente... conversar.

- Aiiii ta bom entaum. óP

O duende fez uma lista e entregou para Fu. Ele nem leu ela e foi atrás de Darq e Mary.
A Caçadora, com os duendes, colocou um chapeuzinho de Mamãe Noel e notou que um
dos duendes trancou a porta.

***

PIIIIIII estava olhando para a tela parado, sem reação, havia quase uma hora.
Finalmente sua mão foi até o mouse. O ponteiro, na tela, se ajeitou em cima do
³Enviar´. Ele suspirou e fechou os olhos. Clicou, levantou-se e foi até a janela, tomar
um ar.

)7&%*)FG30>HI0>3
<)cJ;*6; 'c"c6c

9  

6      #  .  #  
 c
   K 5 >>   & 
 8  (        
1
1 L   
.  

  1 
   K   K
 ; (
            
      1
 

J:777777777

óó Especial de Natal óó Parte 2 óó


OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
mas nenhuma com paciência para criancice de adultos.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; só se perfaz em cima de adolescentes.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E
sabe dançar.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Mas sabe o que é amizade ± quando conecta.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E paga em
dólar pra jogar sem suporte em português.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E adora seu bigode.

***

Batalha do Céu Xtreme Beach Voleyball 2 ± Os GMs lutam e mostram todo o seu poder
na terra abençoada de Cabral

- ou ³Especial de Natal ± parte 3 de 2: capítulo LONGO PRA CARAI, DEVIA TER


DIVIDIDO ESSA BAGAÇA EM MAIS PARTES, SACO

***

Ragnarök Online, pouco menos de dois anos atrás

- nosa
- mto legal esse jogo
- rox

O aprendiz, fascinado com o que via ao seu redor, corria sem preocupações pelo centro
de Prontera. As ruas mal tinham meia dúzia de mercadores, e um punhado de classes 1
podia ser visto aqui ou ali. De repente, porém, um tipo diferente chamou sua atenção.
Ele era levemente maior, vestia um tabbard marrom e possuía peças de metal. O
aprendiz de cabelos vermelhos ficou com os olhos brilhando.
- ae
- c eh o q
-?

- Cavaleiro ± disse a figura.

- nussa
- rox
- ow
- min upa
-?

- E por que eu perderia meu tempo te upando, garoto?

- tpw
- qro c q nem vc
- oquei
- plz

- Hmmm... você apelou agora. Não resisto a um elogio. Vamos lá. Você será tão forte
quanto eu.

- aeeew
- ow
- tpw
- como c chama

- Ruy. Ruy Sakanagi. E você?

- Darq Legolas

- Acho que esse nome não é legal para um cavaleiro.

- eh q
- senor dos anel
- rox veio
- legolas rox
- mata geral
- hauhauahua

- Mas se você vai ser como eu, precisa ser o tipo supremo de cavaleiro. Tem que ser o
Vit Lancer.

- lol?

- Cavaleiro de Lança, Full Vit.

- hmmm
-?
- ae
- perae
- oquei
- n sai dae
- plz

E o cavaleiro, sem saber o real motivo, esperou. E notou o aprendiz voltando, com o
mesmo cabelo, mas outro nome.

- ae
- passa o mouse encima

- Hmmm... Fuvity. Original. Venha comigo...

***

Natal de 2006

Os duendes tinham vedado a casinha em Lutie. Ninguém entrava ou saía, até os heróis
voltarem. Apenas a pobre Web tinha ficado com os pequenos dentro da casa. O som de
músicas do Latino ecoava, e podia ser ouvido até Morroc. Fu acenou ao reconhecer
Mary, Darq e Uórson.

- Faaaaaaaaaaaaaaaala queridão! AHauhauaahuahua! ± a sacerdotisa correu até o Lorde,


puxando Darq e Uórson.

- Fu! Quanto tempo! ± completou o Algoz, com seu típico cabelo branco espetado ³eu
queria ser o Iruga que vi no Ragnarok Animation´.

- lol?
- tpw
- t vi esses dia
- no pvp c monje
- o sipcebou
- ah
- comessei um chempz
- mas ta 8x ainda

- Eu perdendo uma instance end game mega master pra estar aqui com vocês... não sei
onde estou com a cabeça ± resmungou Uórson ± Como se não bastasse a minha
desgraça, tenho 30% a menos de tudo por ser Super Aprendiz, mais 30% a menos por
ser adotado, filho de um bot, casado com uma ximeiu. Que mais falta pra completar o
combo?

- Você jogar UoU? ± disse a sacerdotisa.

- Aff... UoU é muito melhor, ok? Mas e aí? Então esse retardado matou o Papai Noel? O
que temos que fazer?

- Segundo essa listinha que o Fu pegou ± disse Mary ± precisamos reunir alguns itens
que não têm relação nenhuma entre si e que são difíceis de pegar. Vamos perder bem
uma hora ou duas fazendo isso.

- Tem Papai Noel nesse jogo é? Que legal! ± disse Darq, sentado de óculos escuros.

- Bom, o primeiro item da lista é pegar uma carta de Bafomé Jr que drope durante um
ataque de MVP. O segundo é conseguir uma SS matando a Maya em 2 segundos.

- Por que vocês imbecis não se dividem para ir mais rápido? ± disse Uórson, claramente
irritado.

- oquei
- vo pega bafo
- ele eh minha kenga
- 6 pega a mya
- ;go
- aff veio
- percizo de outro tclado de antal (*notaó eu tb -_-)

- Maaaaravilha chuchu. O Uórson tanka! ± Mary segurou uma gema azul e se preparou
para abrir o portal.

- Peraí... eu não! Vocês não vão fazer isso comigo... vão?

Antes que pudesse perceber qualquer coisa, ele já tinha sido jogado para dentro do
portal. Fu correu até Al De, para conseguir portal para GH. Não deixou de ficar
emocionado quando se lembrou de sua primeira batalha contra o monstro.

***

Ragnarök Online, pouco menos de dois anos atrás

- nussa veio
- nussa
- carai veio
- caraaaaai
- num acerdito
- putz q legau

Um sacerdote estava ressuscitando os membros caídos do grupo. Fuvity estava todo


ferido, cansado. Sua roupa de cavaleiro estava rasgada, e seu corpo cheio de
hematomas. Na frente deles, o poderoso Bafomé nada mais era do que uma carcaça sem
vida. Na mão do cavaleiro, um elmo não identificado. Ficou se perguntando o que seria,
quando seu herói se aproximou e jogou algo para ele.

- Aqui ± disse Ruy ± usa essa lupa. Veja o que você acabou de pegar.

Os olhos do menino brilharam. O elmo sem aparência tinha virado um Chifre


Majestoso. O grupo se reuniu em volta dele, admirando o prêmio pela terrível batalha
contra o MVP.
- nossa Ruy
- ese eh o dia + feliz da minha vida
- serio msm

- Curtiu? Parabéns. Vocês acabam de aprender a agir em grupo. Mataram seu primeiro
MVP. Um dia, é fato, ele usará habilidades, ao invés de só andar e bater. E vocês terão
problemas. Terão que mudar suas estratégias e aprender a usar mais equipamentos.

Fuvity colocou o Chifre Majestoso, orgulhoso. Seus amigos bateram palmas e


comemoraram, dando parabéns.

- veio
- vo usa esses chifre p sempre
- p nunk isquece esse dia
- esse jogo eh mto rox

Ruy sorriu. Já tinha cativado aquele grupo e, principalmente, o Cavaleiro.

***

Glast Heim

- ae
- 6 viran o
- bafo ae
-?

O Lorde observava um grupo tentando enfrentar o Andarilho. Riu quando eles


morreram e o monstro foi para cima dele. Sentou-se em cima do Arqueiro do grupo.

- ae
- viu o bafo
-?

- Tá lá em cima. Ei, pode me ress.

- aff
- n so sarce
- ahuahuaha
- ow
- vlw

Fu achou o Bafomé, que chacinava alguns combatentes despreparados. Passou por seus
corpos, e como de costume, matou a ele e seu mob em poucos golpes. As letras MVP
pularam em cima de sua cabeça, mas ele nem deu atenção. Limitou-se a pegar a carta
dele, a dos bafomés jr e os drops. Notou, porém, um aprendiz caído.

- ae
- tpw
- t fazeno o q
- aqui
-?

- Eu só vim ver como era... ai... tem muito bicho forte aqui. ± disse o menino.

- aff
- aqyi n eh pra aprendiz n
- tpw
- vai mata roquer
- melhor

- Ei, moço... você é Paladino?

-n
- so Lord
- oquei

- Ah... que bonita a armadura! Demora muito pra virar Lorde? Tem que ser o que
primeiro?

- tpw
- epsadachim
- kina
- reborna
- aprendiz t
- epsadachim t
- lord
- serto
-?

- Ah... e você é o que? Por que não tá de Peco Peco? Você é de espada?

-n
- so full vit
- claci suprema

Enquanto Fu falava com o menino, um mob de 30 andarilhos o atacava. Mas ele apenas
sentou e continuou falando com ele.

- Ah! E como faz?

- tpw
- vit ate o talo
- ai for
- dps des p num erra mto
- oquei

- Aaaaah! Que legal! Anotei aqui! Obrigado!


- ae
- bora pvp
- qdo c vira kina
- blz

- Claro! Vou adorar! Valeu!

- oquei
- aogra vo salva o
- papai nole
- matei ele no x1
- fodz
- xau

***

Ragnarök Online, pouco menos de dois anos atrás

Era dia de festa na guilda. Finalmente o Cavaleiro Fuvity tinha se tornado nível 99. Seus
amigos, alguns deles também com a tão sonhada aura azul, o parabenizavam. Ele não se
recordava de ter se divertido tanto assim antes. A festa, que varou a noite, foi acabando.
As pessoas foram indo embora, até que restou apenas o cavaleiro, sentado no meio de
Prontera, olhando para o nada. Ficou assim por alguns minutos, enquanto o sol tocava a
janela de seu quarto, e alguns pássaros cantavam. Foi quando Ruy surgiu do seu lado,
sem mais nem menos.

- carai
- q susto
- ahuahuahaua
- e ae blz
- peguei 9x
- ops
- 99

- Eu vi... parabéns!

- nussa veio
- mto dificl
- tpw
- mta tetra mto embasso
- maes os camarada ajudaro
- rox veio
- to feliz

- Sabe, Fu... você ficaria mais feliz com outra coisa.

- lol?

- Quais são seus itens preferidos? De todos os que você tem?


- hmm
- xover
- majestic
- ares+5
- boots+5
- pique+9
- folha romantica
- axo q soh

- E se eu te dissesse que tem coisa melhor? Coisa mais forte? Coisa que te iguala aos
deuses?

- lol?

- Agora que você pegou o 99 podemos ter essa conversa. Você prefere ser uma pessoa
comum, ou quer ser o melhor de todos?

- n entendi

- Pense, Fu. Pense. Milhares de pessoas, todos os dias, ficam perdendo seu tempo
caçando itens, treinando em busca de poder, tentando ficar forte... elas seguem o
caminho dos mortais. E o que eu te ofereço agora é a chance de superar isso. De ser o
senhor da sua vida. Você não precisa se preocupar com equipamentos, nem com build,
nem com nada. Tudo ao alcance de um simples clique.

- lol?

Ruy se levantou. Fu não entendeu nada, e quando viu, tinha sido teleportado. Estava em
uma sala diferente. Correu por ela, e viu que não tinha saída, nem portas ou janelas. Ruy
estava ali, mas usando uma roupa diferente, toda branca.

- nussa
- essa ropa
- eh quest
- o clace nova
-?

- Fu... eu sou um Game Master. Sou um GM. Isso tem que ficar apenas entre nós.

- GM?

- Sim. Somos os administradores do Ragnarok. Temos todos os poderes, fazemos tudo.


Qualquer coisa.

- eita
- q legau
- n sabia q existia
- pensei era mentira
- rox
- Preste atenção, Fu. Sabe a loja de armas de Prontera?

-s

- Entre nela e suba uma sala. Apenas fique lá. Logo você vai entender.

Fu nem pôde responder, e se viu teleportado para Prontera. Sem dar muita atenção,
ajeitou orgulhoso o Elmo Majestoso e foi para a loja de armas. Seguiu as instruções de
Ruy e ficou esperando. Não havia viva alma na cidade. De repente, aquela voz dourada
surgiu nos céus.

)
  6  % )A'  6

Dez segundos se passaram.

. )    %6*   8  ' A  %
%2 6

Fu coçou a cabeça, quando o GM Ruy apareceu do seu lado.

- Oh! ± disse o GM - Você me encontrou! ^^

- lol?

- Bem, como prometido, aqui está seu prêmio! Parabéns, aventureiro!

- wtf?

Fu notou que um item aparecera em seu inventárioó +10 Armadura Metálica de Ares.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAFF
- CARAI!
- ARES+10!1!!!!!
- CARAI VEIO!!!!!
- VLWWWWWWWWWWWWWWWW

Esse é só o primeiro, Fu... só o primeiro...

Fu trocou de armadura. Sua fiel Cota de Malha+5 foi jogada no canto da sala.
Infelizmente, nenhum aventureiro a pegou, pois alguns minutos depois, começou a
manutenção.

***

PIIIII andava nervoso pela casa. Já tinha fumado três maços de cigarro. Sua consciência
doía pelo que tinha feito. Estava com medo de ver se a LUG tinha respondido sua
denúncia. Estava vivendo uma crise profunda. Engoliu seco e foi até a janela. Ficou
olhando para o céu, perdido em seus devaneios.

- Acalme-se. Você fez o que é certo. Ele é um dos seguidores do Ruy. O Ruy ferrou
todo o bRO. Se ele não tivesse favorecido tantos amigos, nossa situação seria outra. E o
Fu... droga! Por que ele não me falou isso desde o princípio?

PÌIII pegou uma garrafa de vinho e arrancou a rolha com os dentes. Ela já estava pela
metade. Sentou no chão, encostado na parede, e começou a sorver longos goles.

***

- Fu! ± gritou Darq, no chat da guilda ± Como é que tá aí?

- pegui o card
- rox

- Legal! Matamos a Maya já! Agora temos que matar 50 pessoas no PVP, tirar SS da
pilha de corpos, e temos que encoxar todas as Kafras do jogo.

- oquei
- eu vo pvp

- Legal! Temos que correr, falta menos de meia hora pra levarmos isso lá!

Panelão conectou-se

- aew
- paen

- Olá, filhos de Thundera.

- Ei! Thundercats é legal! ± falou Uórson, que por acaso vestia um pijama com o
desenho do Panthro com os dizeres ³Winners don¶t use drugs´.

- Sim. Eu conectei porque... porque eu preciso dizer algo.

- fla ae

- Fu... eu... eu estou um pouco bêbado, mas foi só pra criar coragem de falar.

- CARAI
- VEIO
- C ME AMA
- N NEH
- N BRINC
- PLZ

- Não, não... eu... Fu, eu...

Era difícil para Pane falar aquilo. Mas a garrafa vazia, jogada no chão ao lado do PC,
estava viva, com uma boquinha falando com PIII.

- É issae! Te dei coragem, agora ce fala! Lembraó é um pimpolho! Pega leve pra falar!
Vai na moral! ± disse a garrafa.

PIIII concordou com a garrafa e voltou-se para a tela. ³Pega leve pra falar´ foi tudo que
pensou. Respirou fundo e digitou.

- Fu, te denunciei por ticket pra LUG por usar item ilegal e ter a build bugada.
Provavelmente você será banido até 2016.

A tela de chat ficou em silêncio. No grupo, Darq perguntou para Uórson o que era ticket
e LUG. O silêncio continuou por mais dez minutos. Fu finalmente falou.

- aeeeeeeee
- matei os 50
- q c ia fala Paen
-?

- Fu... eu denunciei você pra LUG.

- lol?

- Você tem um item ilegal, e sua build está quebrando as regras do jogo. Desculpa, eu
sou consumidor, eu pago, eu conheço meus direitos, eu sou o líder e acho isso errado.

PIIII olhou para a garrafa de vinho, que fez um sinal de ok para ele. Voltou-se então
para o computador e continuou digitando.

- Você, como tantos e tantos outros, é apenas um moleque. Não entende que a vida real
é feita de gente honesta, gente que trabalha e que se esforça. Gente inteligente e
importante como eu sou. E se eu não corrigir você, hoje você rouba em um joguinho.
Amanhã, vai se tornar um marginal quando perder na vida.

- Nossa... ± Mary estava pasmo ± você está pegando um pouco pesado, calma. Isso é só
um jogo.

- veio
- cmo assim
- m denunssio
-?

- Eu abri um ticket. Mostrei a SS que você me mandou. A LUG vai te punir por você ser
assim, ilegal. E eu fiz isso pelo seu bem. Um dia você vai me agradecer. Hoje você é um
moleque que mal sabe digitar e se acha o bonzão no pvp. Amanhã, com a minha ajuda,
você será alguém na vida. Vai se tornar um médico, publicitário, advogado, ou terá
alguma profissão realmente importante, como a minha. Vai deixar de ser um estudante
idiota.

- n so moleque
- tpw
- ...
- ...
- ae
- vlw ae
- n qro mais joga
- vlw
- flw ae

- Peraí Fu! ± Mary gritou, preocupado.

- Fu! Peraí, o cara tá sendo escroto..... e.... eu tenho guest pass pro UoU... ± falou
Uórson.

- Aff! Claro que não! ± Darq teleportou sem explicação.

Fuvity saiu da guilda


Motivoó vlw n qro mais joga oquei vlw fui

- Nossa... eu perdi algo? 0_o

Web, que mal conseguia ler o chat da guilda, ocupada, só viu a parte que Fu saiu. Mas
não teve tempo para pensar no assunto, quando notou um duende vestido de Homem-
Bombeiro na sua frente.

***

Ragnarök Online, pouco menos de dois anos atrás

- Ruy!!11!111!!

- Calma, Fu. O que houve?

- veio
- carai
- coenctei eu tva acim
- epsadachim d novo
- veio
- putz
- m ajuda
- plz

- Calma, Fu. Calma. Isso é tudo parte do grande plano.

- lol?

- Lembra que te falei sobre poder? Então... bem-vindo ao mundo real. Você vai lutar
novamente, vai trilhar todo o caminho para o nível 99.

- aaaaah n
- aff
- n qro
- po Ruy
- n faz issu cmg
- plz

- Calma. Você notou que seus atributos continuam iguais aos de 99?

- noss
- pod crê
- rox

- Sim, amiguinho. E você, ao subir de nível, vai ganhar mais pontos.

- aeeeee
- gostei
- lol

- Não precisa se preocupar com status negativos também. Eles não funcionarão em
você. Nunca. Stun, Curse... nada.

- mas pq
- pq eu

- Espero que não se ofenda, mas estou testando umas habilidades em você. Se você der
certo, vou usar isso em um amigo especial, o Brainis.

- tranq
- ae
- tpw
- tem como dar um over
- no meu mg
-?

- Por que quer over nele? Já está +8, não está?

-s
- mas qria fica + forte

- Amiguinho... se quiser realmente ficar forte, não é isso que você tem que usar.
Experimente isso. Está em testes fora daqui, mas eu trouxe alguns para o bRO. Aceite.

- eita
- ahura mazda
-?

- Sim. Equipe isso. Você nunca mais precisará de equipamentos. Esse é o único
equipamento que você precisa. Nunca mostre isso para ninguém. Nunca. Ganhe todos
os MVPs e vá upar só neles. Seu futuro é maior do que ficar perdendo tempo caçando
itens e upando.

Uma garota entrou no meio da conversa e abraçou Ruy. Ele passou as mãos pela cintura
dela e a beijou carinhosamente.
- Querida...

- Ruy! Nossa mor, gostou do nosso primeiro evento ingame? Hihihihihi! ^^

- Adorei. Mas cuidado para não postar esse tipo de coisa com a minha conta no fórum
oficial. Sinto que um dia isso vai dar ***...

- Relaxa, lindo! Ei... você precisa ver! A Balmung ficou LINDA na minha sin! *-*

- Eu sei. Se te perguntarem, fale que é uma Língua de Fogo. E não usa ela na sacer com
mais gente perto.

- Claro, né, lindo? Ah, preciso passar pro Brainis as estratégias do Feudo de Al De. Eles
vão rushar hoje, né?

- Sim. Vamos lá com eles, inclusive. Ei, Fu... cuide-se, está bem?

- vlw
- ei Ruy

- Oi?

- brigado
- c me dexo fortaum

- Como você mesmo diz, amiguinho, ³lol´.

O casal sumiu. Fu se levantou e, sozinho, partiu para enfrentar o Bafomé. Esperava com
ansiedade a mesma emoção do primeiro combate. Porém, a luta durou alguns segundos.
Por algum motivo estranho, o monstro dropou tudo que era possível. ³Talvez alguém já
tivesse deixado ele fraco, lol´, foi o que pensou. E foi lutar contra o Senhor das Trevas.
Talvez alguém o tivesse ferido, porque ele também morreu rapidamente. Assim como o
Amon Rá, Osíris, Maya e Edga. O Senhor das Tempestades não conseguia arranhar o
Espadachim, que, depois da batalha, foi até Prontera e se tornou Cavaleiro de novo.

Fu andou sozinho pelos campos. Quis se vingar do Vocal, o qual tinha o atingido tantas
vezes no passado. A batalha não teve sabor. Ele não levou nenhum dano do monstro, e
apenas um Impacto Explosivo deu cabo dele. Mais nada era páreo para ele. O desafio
havia acabado. Ficou sentado ali, com os rockers ao seu redor, pulando, como sempre
faziam, a espera de aventureiros que fossem treinar em seu começo de carreira.

Com calma, o menino tirou os Chifres Majestosos. Por um momento, lembrou-se de


como foi legal matar o Bafomé com seus amigos. Lembrou-se de como morreram várias
vezes para ele, tendo o XP zerado. Lembrou da dificuldade e da emoção de superar os
perigos de Glast Heim, até tombar o monstro e receber sua recompensa. Aquele Ahura
Mazda, porém, tinha mudado tudo. E Fu jogou o elmo no chão. Como se pedisse por
socorro, o item, lembrança de sua primeira conquista real, começou a brilhar em
vermelho, periodicamente. Era como se tivesse vida e suplicasse para não ser
abandonado.
- eu
- ... to fortaum d+
- pra carai
- n precizo + de vc
- ...
- ...
- ...
- oquei
- vlw ae

Sem saber se o desafio valeria a pena, e como seria sua vida dali a diante, Fu notou o
elmo sumir, para sempre.

***

INTERLÚDIO, AINDA NO PASSADO

A garota estava de pé no meio da cidade, com um chat aberto. Estava perdida. Que
classe escolher? O que ser? Como distribuir os atributos? Como fazia para sentar? Tinha
ido ao fórum, mas não entendia ainda muito bem de Internet. Conseguiu fazer um post,
mas ninguém tinha te respondido nada que ajudasse. Apenas xingaram ela, por ter
postado no lugar errado e por fazer ³perguntas noobs´. Queria jogar, mas ninguém a
ajudava; parecia que só respondiam para ganhar pontos, nada mais. Foi quando alguém
entrou.

- Olá.

- Oie! XD

- Perdida aí, gatinha?

- Xim! ;_; Kro joga mas ninguém me ajuda!

- E você vai ser o que?

- Nun xei! ó((((

- Mas precisa escolher algo. Que classe você acha mais legal?

- Nhaaaa! Eu vi Senhor dos Anéis! O Legolas é lindu!!!1!1 XDDDDD

- Então porque não vira Arqueira e Caçadora depois?

- Weeeeeeeeeeeeeeeeee \o/ bigada!

- Olha, já te adianto que você vai precisar de um monte de equipamentos. E eles são
bem caros.

- Nhaiiii... x_X E como eu fasso dinhero?


- Bom... ou você rala e vai caçar itens raros, e faz uma mercadora pra vender eles...
ou..........

- ou................. 0_o

- Você é menina mesmo?

- Xim! XDD

- Tem MSN?

- Xiiiiim! \o/

- Tem webcam?

- Tenhu! XDDD

- Quer ficar rica?

- Eba!! XIM!!1!1!

- Me adiciona que vou te ensinar... ruysacanagi é meu ID...

- Weeeeeeeeeeeee /o/

ÀIM DO INTERLÚDIO

***

Vida real, ou IRL, como dizem as pessoas legais e cultas, três dias depois de Àu sair da
OP

PIIIII andava por seu apartamento. Um e-mail da LUG tinha chegado, mas ele não teve
coragem de abrir. Tinha prometido que não ia beber nem fumar naquela noite. Sua
consciência pesava demais. Sua barba estava por fazer ele fedia a suor. Ia tomar um
banho, mas ouviu batidas na sua porta.

- Quem é? ± disse.

- Aqui é o apartamento do senhor PIIIIII PIII PIIIII? ± disse uma voz feminina,
aparentando ser uma senhora.

- Sim.

- Eu sou mãe do FIIII, que joga o Ragnarok com o Fuvity. Será que podemos
conversar?

Sem responder, PIII abriu a porta. Viu uma senhora, com seus cinqüenta e poucos anos.
Ela o olhou de cima abaixo, claramente reprovando a aparência descuidada de PIII. Sem
jeito, ele apontou o sofá. Ela, segurando uma bolsinha com as duas mãos, agradeceu e
sentou-se.

- Senhor PIII...

- Senhora mãe do FIII... como encontrou meu endereço?

- Eu sou uma mãe. Mães sempre encontram endereços.

- Isso é verdade. E o que posso fazer pela senhora?

- Sabe, senhor PIII, eu zelo pelas companhias do meu filho. Ele tem 13 anos, está
cursando a sétima série. O pai dele e eu damos um duro danado para sustentar o menino.
Nosso filho está aprendendo muita coisa ainda.

- Todos nós aprendemos, todos os dias, não?

PIII sorriu, mas a senhora, não. Ele sentiu-se sem jeito por tê-la interrompido, e limitou-
se a se acomodar no sofá, de frente para ela, que prosseguiu.

- O senhor tem quantos anos, senhor PIII?

- Eu tenho mais de trinta, senhora.

- Mais de trinta. Sabe, meu filho está em casa agora. Faz uns dias que o menino está no
quarto, ouvindo música. Não come direito, não atende os coleguinhas da escola ao
telefone e não fala o que tem. Mas o senhor sabe que eu sou uma mãe. E mães sabem de
tudo dos filhos.

PIIII assentiu com a cabeça. Ficou olhando aquela senhora de cabelos brancos em sua
frente.

- E eu fui mexer no computador dele. Sou uma velha, mas não sou burra. Eu sei que o
senhor é amigo do meu filho, e que joga Ragnarok com ele. O senhor viu, senhor PIII,
que a classificação etária do jogo é de 12 anos?

- Sim, senhora.

- 12 anos de idade. Eu vi uma propaganda em uma revista outro dia, com um Papai
Noel, um Gnomo, um...

Estranhamente, alguém gritou ³DUENDE´ ao fundo. Os dois olharam para os lados,


sem entender. A senhora continuou falando.

- ... um duende, um coelho da páscoa... vi os bichinhos de pelúcia, as camisetas, os


desenhos das camisetas, até o desenho animado eu vi. Eu sou uma mãe, e meu filho não
vai usar ou consumir algo que eu ache que vai afetar a educação dele.

PIII assentiu com a cabeça. Estava com medo de onde aquela conversa iria chegar. Na
verdade, previu este dia desde o começo de sua jornada. E agora apertava,
inconscientemente, com força os braços do sofá.

- Doze anos. A média de pessoas que joga esse Ragnarok é de doze anos, senhor PIII. O
senhor já teve doze anos, não teve? Ou nasceu assim, velho, sabendo de tudo? Ou
achando que sabe de tudo...?

- Não, senhora. Eu tive doze anos.

Com calma, a mulher abriu a bolsinha. Tirou uma folha de sulfite dobrada. Desdobrou-a
cuidadosamente, e retirou pequenos óculos também da bolsa. Colocou-os e leu algumas
palavras.

- ³Por que você não volta para o colégio, seu garoto idiota?´ ± fez uma pausa ± ³Essa é
a pergunta mais imbecil que já ouvi. Poupe meus olhos de ler isso´ ± fez nova pausa ±
³Falem por vocês, que são adolescentes. Vocês não merecem atenção antes dos 21
anos´ ± novamente fez uma pausa e olhou para PIII, estático ± ³Não sei porque estou
aqui perdendo meu tempo com tanta gente idiota como vocês. Gente não; crianças. Vão
jogar Mario Kart´.

A senhora retirou os óculos e guardou-os na bolsa. Esticou o braço e deu a folha para
PIII, que pegou-a.

- Eu encontrei isso, todas as outras que continuam aí e que não vou ler para o senhor, e
muitas, muitas delas, no tal de fórum do jogo. Tem algumas centenas de mensagens do
senhor ofendendo gratuitamente, se exibindo e se perfazendo em cima destes
adolescentes.

PIII não se movia. Não movia um único músculo do corpo inteiro. Segurava a folha
inerte. Uma gota de suor solitária escorria de sua testa. Os olhos daquela mulher
pareciam fulminá-lo.

- O senhor é algum tipo de IDIOTA, senhor PIII?

Silêncio. Sem reações. PIII ficou quieto. Limitou-se a engolir seco, de um modo que
ecoou alto na sala. A mulher adiantou-se um pouco no assento.

- O senhor, um HOMEM, pelo menos fisicamente um homem, de mais de trinta anos, se


perfazendo em cima de adolescentes? De pessoas que estão formando suas
personalidades, que buscam ícones que vão inspirá-los a se tornar pessoas de caráter...
de pessoas que estão APRENDENDO, que estão ávidas por respostas, não apenas de o
que fazer em um jogo, mas de o que fazer na VIDA? A sua vida pessoal fora desse
computador é tão medíocre que o senhor precisa se esconder atrás daquele tal de
³Panelão´ e encarnar essa personalidade mesquinha, prepotente, arrogante e estúpida,
para humilhar garotos que mal começaram a puberdade? Repito a perguntaó o senhor é
idiota?

PIII não se moveu. Nunca tinha sentido aquilo antes. A mulher, calmamente, fechou o
zíper da bolsa. Olhou para o homem, imóvel, inerte, talvez pela primeira vez
percebendo o imbecil absoluto que era.
- Eu tenho pai ainda, senhor PIII. Ele tem 80 anos de idade. E eu lhe garanto que, se um
dia ele souber que um homem da sua idade fala as barbaridades que fala para o meu
filho e para os outros adolescentes, ele lhe daria uma belíssima de uma surra. Educação
vem de casa. Caráter se forma com o tempo. E o senhor não tem, nem um, nem outro.

A senhora se levantou calmamente e andou até PIII. Olhou com severidade no fundo
dos olhos.

- O senhor é uma péssima companhia, senhor PIIII. Um péssimo exemplo. Uma pessoa
amarga e sozinha. Eu devia lhe dar um tapa na cara, mas o senhor é tão desprezível que
não merece. Fique longe do meu filho.

Com lentidão, ela foi até a porta do apartamento. Abriu-a e olhou para trás, por cima do
ombro.

- E, claro, tenha um feliz natal.

Fechou a porta, e PIIII ouviu seus passos, se afastando cada vez mais no corredor.
Suspirou e caiu recostado no sofá. Ficou alguns minutos ali, tentando se recompor. Não
sabia onde enfiar a cara ou o que fazer. Estava completamente perdido. Como por
impulso, como sempre fazia, correu para o PC, para acessar o fórum. Porém, a
curiosidade foi maior. Ele tinha que ler a mensagem que tinha chegado da LUG.

E clicou para ler o e-mail resposta de sua denúncia.

***

Panelão entrou

- Oi.

Ninguém respondeu. Estavam online Darq, Mary, Uórson e Web. Nenhum falou com o
Arquimago. Ele notou os pontos rosas se movendo no mapa, na cidade de Prontera, e
foi até eles.

- Oi... amigos.

- oi... ó( - respondeu Web, se levantando e saindo de perto de Pane, usando uma


AoA+10.

- Eu... notei que o evento de Natal não começou ainda. E estamos na véspera do Natal.

Todos ficaram quietos por longos momentos, até que Uórson resolveu falar. Suspirou e
virou-se para o arquimago.

- O Fu matou o Papai Noel sem querer, você sabe. Os duendes pediram para a gente
fazer umas missões aí, a gente fez... mas não deu em nada. Eles estavam bêbados e nos
deram as missões só por terem achado engraçado na hora. Agora não tem ninguém que
possa reviver o Papai Noel. Ferrou o evento. Não vai ter Natal esse ano no Rag.
- Só tem uma pessoa que pode nos ajudar então ± Pane se levantou ao dizer isso ± O
homem mais poderoso desse jogo! Ruy!

- Se liga, xará ± falou Uórson, voltando a se sentar entre Mary e Darq ± ELE parou de
jogar faz uma era.

- Não! Eu sei que ELE está entre nós! ELE não iria parar assim! ELE está entre nós,
escondido!

- E como você sabe?

- Porque se eu fosse ELE... bem... eu faria a mesma coisa. E é fácil identificar ELE.
Provavelmente é um personagem transclasse fortão, que não tem guilda e que tem um
nick leg...

Os olhos de Pane se abriram. Ele teve um rápido flashback do capítulo VI, da página 8.

³Glast Heim estava sendo totalmente demolida. Os Andarilhos tombavam mortos, um a


cada doze minutos, ao custo de 35 Frutos de Yggdrasil cada. Panelão mal estava com
70% do peso, e destruía inimigos sem piedade, com sua nova arma.

Súbito, assustou-se com um Menestrel. O homem desferiu um ataque violento em um


Pesadelo que quase acertou o Arquimago desprevenido.

- VULCÃO DE FLECHAS!!1!1!1!!1!!!!

O monstro foi pulverizado. Destruído. Não sobrou nem pó. Pwned. Lol. Rs. Era como
se ele nunca tivesse existido. "Definitivamente ± pensou o Arquimago ± os coreanos
gostam muito de personagens que usam Arco e Flecha."

- Golpe legal, amigo. ± disse ele, sem se abalar.

- Disponha! Ei, você está mesmo matando andarilhos na mão? ± perguntou o bardo,
sentando-se ao lado de Panelão.

- Sim. Comprei agora pouco essa arma... uma pechincha! Devo ter pego a loja assim
que ela abriu, pois não daria outra sorte dessas de novo tão cedo! Acho que o cara errou
o preço... /mal

- Posso ver?

- Claro.

O Menestrel pediu negociação. Pane notou que ele era nível 8x. ³Notável, mas nem
tanto´, gabou-se em segredo, sabendo que ele estava vendo seu 9x ali.

- Nossa... é uma faca poderosa. Parabéns, senhor!

- Obrigado! Ei, como se chama?


- Me chamo Legal. Nick Legal. E você?´

- OMG! O Menestrel daquele dia era o Ruy disfarçado!! Precisamos achar ELE!
Vamos, OverPower!1!

Ninguém reagiu. Web trocou de hat umas oito vezes, sentada na mesma posição. O
arquimago insistiu.

- Ei... vamos lá? Precisamos encontrar ELE! Só ELE tem o poder para salvar o Papai
Noel e o Natal!

- Pane... ;_; A gente não quer mais jogar com você. Você fez o Fuzinho parar de jogar.

- Mas... eu quero me redimir.

- De boa, Pane ± disse Darq ± Eu quase não venho aqui, mas quando venho, é pra
relaxar. E cara, você estressa demais. O moleque parou de jogar, nem tô a fim, bele?

- Eu entendo. Bem... eu vou procurar ELE sozinho.

Pane mandou apenas uma MP. Foi extremamente sutiló

³Oi. Eu sei que você é o Ruy Sakanagi. Preciso da sua ajuda para ress o Papai Noel.
Nos ajude a salvar o Natal´.

O céu se fechou. O movimento nas ruas parou. Começou a chover em Prontera.


Algumas pessoas foram aleatoriamente desconectadas. Uma ventania insana assolou a
cidade, jogando a água da chuva com força. Web, de top branco, se segurou em uma
árvore e, sem motivo nenhum, começou a mexer os cabelos em câmera lenta. Uórson se
escondeu atrás de Mary e de Darq. Pane olhou estupefato um GM todo de n.egro surgir
no meio da cidade.

- Ora, ora, ora... então alguém foi sagaz o suficiente para me encontrar! ± disse Ruy.

- Por favor, Ruy... salve nosso Natal ± o arquimago se ajoelhou ± O Papai Noel está
morto, e apenas você tem poder suficiente para trazê-lo de volta.

- Pif! Não encha meu saco. Desde quando os problemas mundanos dessa comunidade
me dizem respeito?

- Ruy! Você já foi importante nessa comunidade! Muita coisa não teria acontecido sem
sua intervenção!
- Aaaah! E com que moral você, Panelão, vem me questionar sobre ³se preocupar com a
comunidade´? Pensa que não leio o fórum? Você é a minha versão baixo orçamento,
um wanna be que quer aparecer! A única diferença entre nós dois é que eu, além de ter
mais do que 15 minutos de fama, tenho todo o meu poder!

Com um estalar de dedos, o arquimago foi erguido no ar. Raios começaram a atingi-lo,
e ele caiu de joelhos no chão. Pane olhou aterrorizado para o próprio corpoó tinha
voltado a ser um Bruxo!

- Por favor, Ruy! ± Pane insistiu, avançando contra o vento e a chuva para o GM de
n.egro (*notaó o jogo bloqueou a palavra n.egro. Estou escrevendo assim porque não sei
se o fórum vai bloquear também) ± Use seus poderes para nos salvar!

- Jamais! Quero que vocês todos morram sem Natal! Hahahahahahaha!

Súbito, um grupo passou correndo por Pane. As cinco figuras pararam na frente do
agora Bruxo.

- ELE tinha sido banido, não?

- Sim. Não era para ELE estar aqui.

- Ótimo! Vamos dar um fim nisso de uma vez por todas e livrar o mundo DELE!

Pane deu um passo para trás. Reconheceu os GMs Namu, Teri, Keyji, Aruk e Random,
em pose de batalha.

- Hahahaha! ± ainda voando, Ruy riu ± Isso está ficando cada vez melhor! O bRO GM
Team deu as caras! Acham que, sozinhos, podem me vencer?

- Seu lugar não é aqui, desgraçado! Você desonra nossa categoria! ± Teri apontou o
dedo, furioso.

- Lutamos para manter os reinos em paz para que todos possam se divertir! Jamais o
perdoaremos! ± completou Aruk, estalando o pescoço.

- A casa vai cair pra você agora, maluco! ± Random bradou de olhos fechados, mas
virado para o lado errado; gritou isso para a estátua no centro de Prontera.

- Você vai pagar por tudo que fez, Ruy! ± Keyji começou a buffar o grupo, a uma
velocidade impressionante.

- Você foi banido, Ruy. Não devia ter voltado ± Namu, usando seu chapéu de
cozinheiro, apontou o dedo para o GM de roupas n.egras, e fez pose heróica.
Ruy ficou gargalhando e desceu até o chão, envolto por raios negros. Alguns
transeuntes correram para cima dele, mas foram transformados em aprendizes com
apenas um olhar DELE. Web começou a dançar, toda molhada, agarrada a um poste.
Darq algemou Uórson e Mary em seus pulsos, para que o vento não os arrastasse, e
avançou, para ver mais de perto a batalha. Pane não se movia, atrás dos GMs, olhando.

- Eu estou pouco me lixando para o seu Natal! ± Ruy colocou Chifres de Kaho e ficou
encarando os cinco ± Com que poder acham que podem me enfrentar?

Namu ergueu o punho para cima, seguido dos outros GMs. Cada um tinha um anel no
dedo.

- Com isso! AGORA GMs!1!1! ÁGUA!!!!


- TERRA!!!11!!
- FOGO!1!1!!!
- VENTO!1!!1!!
- CORAÇÃO!1!1!!!!!!

Seus anéis soltaram raios coloridos, que foram até o céu e começaram a formar um
homem, também colorido. Ele se solidificou e ficou flutuando na frente deles, olhando
Ruy.

- Pela união dos seus poderes, eu sou o Capitão Planeta!!!1!1!

- VAI, PLANETA1!1!1!111 ± gritaram os GMs!

O homem voador deu um loop, com as duas mãos na cintura, sorrindo. Olhou para cima
e subiu até os céus.

- O PROBLEMA É DE VOCÊÊÊÊÊÊSSSSSSSSSSSSsssssssssssss....................~*

Uma bola de feno passou entre os GMs e Ruy, enquanto o tal Planeta sumia para todo o
sempre. Sem graça, eles abaixaram os braços.

- Droga ± resmungou Namu ± Ele sempre faz isso.

- E aí? Vamos lutar ou não? Não tenho o dia todo! Mwahahahahaha! ± Ruy sorria.

Os GMs assumiram posição de combate. Sua luta tão esperada finalmente aconteceria, e
apenas a derrota de Ruy os faria parar.

***
- Filho, come esse lanchinho aqui, vai...

-n
- vlw

- Nossa, não entendo nada quando você fala assim. ³Ene´ é não? E ³vileu´ é valeu?

-s

- Ah... acho que isso agora foi um sim. Ei, filho... parece que chegou um e-mail pra
você. Por que não lê ele? Quem sabe não é uma notícia boa?

- ta

FIIII se levantou e foi até o PC. Começou a ler o e-mail, de PIIIII.

³FIIII

Desculpe por ter agido como um idiota. Sua mãe veio me visitar e, bem, eu pensei
muito no que ela me disse. Não prometo que eu vou mudar, porque ser idiota é algo que
está na minha essência. Eu tive problemas na adolescência, que provavelmente
resultaram nesse meu comportamento atual, mas isso fica para outra ocasião.

Segue cópia do ticket da resposta da LUG, sobre a minha denúncia. Eu cometi um erroó
eu abri um ticket. Pra LUG. LOL.

Por favor, conecte no Rag. Volte pra guilda. Desculpe pelo que fiz. E ainda precisamos
da sua ajuda para salvar o Papai Noel.

Attó
PIIIIIII´

Fu leu o e-mail. Não entendeu nada, mas parecia que não seria punido. Ligou o
Ragnarok e correu para se conectar. Se assustou quando viu que a Login Screen estava
toda negra. Determinado, colocou seu login e senha.

***

'J
 5<
M
 N
   E 
: J:77777777777
 JO) FJG30>HI0>3P; . 

c#:7777777

1 K 1

 9  ;  c  
c  
    

:77777M E  J 

E9  

E6      #  .  # 
   c
   K 
E5 >>   &  8  ( 
        
E1
1 L   
.  

E   1 
   K   K
 ; (
      
E             
1


E J:777777777


:77777

c  
     

:     L5  1    
5 6
  K  
  & 
  
   
  
     1      1 
 <9  
 
     
.

    

QL   . 
 #
  RS 
 QL

1 1     

*1
5<


RR

 
5<
7    

J,,222
  
***

E agora? O Japão está perdendo de 1 a 0 para a Alemanha, com um gol de Schneider, na


final da Copa Internacional Júnior! O que será que vai acontecer no próximo episódio
de Super Campeões? Não perca o próximo capítuloó ³Tsubasa marca dois gols de
bicicleta e o Japão é campeão na Copa Internacional Júnior!´ Nos vemos lá!!1!1!!!

óó Especial de Natal óó Parte 3 óó

OverPower!1!

A guilda mais çagaz do universo

[inserir logo aqui. Te mandei semana passada]

À 
Lorde 99. Tem infinitas personalidades ± cada uma de um jogador que utiliza a conta ±
nenhuma com QI maior que 3, mas ele tem idade para isso.



Arquimago apelão. Ele nunca erra; tudo que faz é de propósito. Só não tem idade para
isso.

 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E
tende a piorar com a idade.

   


Um Algoz 9x full equips. Fala pouco. Joga pouco também. Nem sabe o que é Ragnarok.
Mas não tem idade para aprender.

 
Ela não joga Ragnarok, mas freqüenta o jogo para mostrar como é legal. E pagar em
dólar é legal. Principalmente se você tem idade para isso.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta.

***

Epílogo posfácio III do Céu parte tripla de três ± comprei três kgs de feijão; se eu
cozinho é meu na Abençoada Terra de Cabral?

- ou ³Especial de Natal ± parte final (de verdade!)´

No meio da chuva, Web continuava realizando performances, utilizando como apoio as


bandeiras das guildas. Uma batalha colossal e épica acontecia em Prontera. Os bravos
representantes do bRO GM Team enfrentavam o lendário GM das trevas, Ruy Sacanagi.
Ele, todo de n.egro, flutuava, usando seu chifre de Kaho. Era possível notar um sorriso
malicioso, quase orgásmico, em seu rosto. Ele considerava patética a tentativa de reação
dos GMs.

- Keyji! ± falou Teri.

- Teri! ± falou Keyji.

- Vamos mostrar a ele um pouco de nossa força!

Os dois fizeram uma pequena performance de movimentos legais, acompanhados da


música tema de Power Rangers. Por fim, Keyji se ajoelhou, e Teri erguei os braços para
cima ± o que causou dois rasgos em suas mangas, mas isso foi relevante.

- GM SKILL! LIGAR CAFETEIRA!

O servidor piscou algumas vezes. Todas as cidades e mapas ficaram levemente


travados. No escritório da LUG, o aroma do mais puro café colombiano pôde ser
sentido, vindo direto da cafeteira ligada na tomada, no lugar de um dos servidores.

- VAI KEYJI!!11!!1

Aproveitando a deixa, o GM saltou no ar, fazendo um twist triplo carpado. Parou em


pose de batalha, com um dos punhos cerrados, apontado para a frente.

- GM SKILL! RECARREGAAAAAAAAAAAR CELULAAAAAAAAAAAR!11!!1

Novamente o terror e o medo. Alguns mapas ficaram totalmente parados. Jogadores


estavam enlouquecidos e desconectados enquanto no escritório da LUG outra máquina
era desconectada para que um aparelho celular fosse recarregado.

- Baaaah! Vocês são meros amadores! ± Ruy zombou, aterrissando ± Eu não estou
upando! Esses poderes não podem me afetar.

Nem bem ele terminou de falar, foi a vez de Aruk saltar na frente do grupo. Seu sprite
começou a fazer movimentos nunca antes feitos na frente de mortais.
Momentaneamente, o sol surgiu no meio das trevas, e ele invocou calmamente sua
habilidade secreta.

- O poder da internet está entre nós... o ocultismo do passado vive em nossos corações...
eu dei três pratos de trigo para três tigres tristes... Xuxa, a Sasha fez xixi no chão... GM
SKILL! LIGAR INSTANT MESSENGER MSN ICQ GOOGLE TALK MIRANDA
WINPOPUP YOUTUBE POWAH NO SERVER11!11!!!!

Quase faltou luz no bairro do escritório da Level Up. A energia oscilou por vários
minutos. As CPUs dos servidores foram elevadas ao limite, e pessoas saíram correndo
de lá, apavoradas. Foram cerca de 75 minutos de espera, quando finalmente uma
espessa nuvem que tinha coberto Prontera neste meio tempo se desfez.
Os olhares dos GMs se apertaram, em busca de sobreviventes. Notaram o Bruxo caído,
a Caçadora de roupas molhadas fazendo coreografias de Axé e o Algoz segurando
firme, na mesma posição, a Sacerdotisa e o Super Aprendiz. Iam comemorar quando
notaram o GM de N.egro ali, sorridente.

- Mas... ± falou Aruk, indignado ± É impossível alguém sobreviver a isso! Nunca na


história um jogador sobreviveu a um momento onde ligamos programas paralelos nos
servidores! Nunca!

Com serenidade, Namu, o líder do grupo, se adiantou. Estalou com calma os dedos das
mãos e arrumou o cabelo. Encarou friamente Ruy, que se limitava a sorrir, olhando para
eles.

- Ruy! Você, hoje, pagará por seus atos! Nem mesmo você pode sobreviver a ISSO!
GM SKILL... ERRO 380 DO GAMEGUARD! ATIVAR
LAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAG!

O tempo pareceu parar. Na verdade, parou. Nada se movia. Nem a chuva, nem as gotas
que saltitavam marotas no corpo molhado de Web, nem um fio de cabelo... nada. Aos
poucos, feixes de luz aleatórios foram tomando conta de todos os lugares. De Juno a
Comodo, de Einbroch a Alberta, Louyang, Nifleheim... aos poucos, tudo foi ficando
vazio e sem vida. Apenas a cidade de Prontera permanecia com aquelas poucas pessoas,
com tudo parado.

- Ele está paralisado ± falou Namu, orgulhoso ± vamos mandá-lo para fora daqui.

- Mas... como vamos fazer isso? O jogo travou!

Fez sentido. Na verdade, Teri fizera a pergunta no escritório, não no jogo. Os GMs se
entreolharam. Ou melhor, teriam se entreolhado se pudessem. Eles eram mantidos em
baias secretas, para esconder sua profissão ultra-secretíssima. Ninguém sabia como era
a altura, peso e cor exata de cada um. Diziam as lendas que dois irmãos separados desde
pequenos e que se procuravam há 16 anos trabalhavam lá assim, e jamais souberam que
estavam lado a lado. Quase quebrando o Gemão ± o documento sagrado que rege a vida
destes seres humanos ± Namu pegou um modificador de voz Tabajara, deixou o seletor
em ³Pato´ e falou como a ave.

- Vamos isolar Prontera e resolver essa situação. Até darmos um fim nisso, tudo travado
± a voz de Pato Donald ecoou pela sala, seguida de mais quatro ³oks´.

A vida voltara ± pelo menos em Prontera. Agora era possível se mover novamente. E
Ruy mais uma vez sorriu.

- Percebem o xeque-mate no qual os coloco, não? A única maneira de me parar é


paralisando tudo! E ao paralisar tudo, ninguém faz mais nada! Hahahahahahaha!

Random tomou a frente do grupo. Apontou seu dedo para o GM N.egro, e falou,
emocionado.

- Eu o tinha como ídolo, Ruy! Mas você está acabando com o espírito do Natal. Sua
arrogância e falta de caráter me fazem odiá-lo do fundo do meu coração! Por isso, sofra
agora com o meu maior poder! HIJAI! ESSA É POR VOCÊ! GM SKILL! CRIAR
DISCUSSÕES GENERALIZADAS INGAME! BANIDO ATÉ 2016!!1!11!

Subitamente, Namu, Aruk, Teri e Keyji sumiram. Ninguém entendeu nada, e o silêncio
foi finalmente quebrado por Random.

- Hun... errei as accounts. Acho que vou perder o emprego.

- IDIOTA! MWAHAHAHAHAHAHA ± Ruy avançou e jogou Random em cima de


Web. A menina, pega desprevenida, dançando funk, tombou desmaiada. Imediatamente,
Uórson, Mary e Darq tomaram a frente deles.

- Darq! ± gritou o Super Aprendiz ± Tanka ele! Solta Destruidor de Almas, a Mary dá
suporte! Vou ver se acho alguém pra bater nele!

- Soltar o que?

- Destruidor de Almas! Você é Algoz do que?

- Como assim?

- Você gastou suas perícias no que?

- Perícias?

- É! Sabe, quando passa nível de Classe... você gasta pontos de perícias para usar coisas
como Lâminas Destruidoras, Furtividade...

- Nooooooooooossa! Eu pensei que só podia usar perícia que vinha em carta! Aaaaaaah!
Então é pra isso que servem esses pontos!

A conversa chamou a atenção de Pane. Envergonhado por ser um mero Bruxo 9x, não
queria se aproximar. Mas era um dos poucos que podia se mover. Checou seus atributos
e perícias. Estavam zerados, com todos os pontos para serem gastos novamente.

- Ufa... que sorte que estragaram a piada das mães dos outros Fu vindo me xingar
também. Desse modo, poupei tempo e posso gastar com calma meus pontos e pelo
menos fazer algo para ajudar...

Sem perder tempo, Darq avançou contra Ruy. Todos os seus ataques tiravam apenas 1,
QUANDO acertavam. Mary ajudava como podia, soltando Luz Divina. E Uórson tinha
aberto um chat escrito ³V>Guest Pass UoU /dance´.

Ruy apenas se divertia com a situação, quando algo aconteceu. O ar ficou gelado ao
redor dele. Pequenos cristais de gelo o rodearam, seguido de um vento súbito, que
terminou por congelá-lo. Ouviu abafado um grito ³Trovão de Júpiter´, e foi
arremessado para longe, sendo eletrocutado.

- Nossa... então é assim que os outros Bruxos se divertem? ± Pane olhava fascinado para
as próprias mãos ± Bem que eu estranhei que Int me dava muito bônus...

- Seu... inconveniente! Rwaaaaaaaaaaaaaaar!

Ruy correu para cima do Bruxo, mas foi parado por outra magia inesperadaó Barreira de
Fogo. Web, começando acordar, achou que estava delirando. Não era possível que Pane
estivesse usando magias. E aquele GM de N.egro lhe trouxe algumas recordações de seu
começo no bRO.

- Até que isso é legal. E estou economizando Frutos de Ygg. Hmmm... ± o Bruxo agora
tinha invocado Lanças de Fogo, que atingiram em cheio o GM de N.egro.

- Valeu, queridão! Vai, Darq! Agora!! ± Mary gritou, empolgado pelos ataques do
Bruxo terem parado momentaneamente o Algoz.

Porém, ele não se movia. Estava parado, olhando para o nada ± exatamente como fazia
sempre que treinava. Seus dedos se afrouxaram e ele soltou o Rondel+9 que comprou de
uma Arruaceira muito honesta. Uma luz azul o envolveu momentaneamente.

- D... Darq? ± Web, se recuperando do impacto, foi até ele. Seu corpo estava frio. Ele
não respondia e nem se mexia.

Por trás deles, o GM Random sorria. Não demorou muito tempo, e Darq também tinha
sumido.

- Finalmente chegou por e-mail uma denúncia decente! Tá pego por uso de bot, maluco!

Darq reapareceu no meio do campo de batalha, como Gatuno Transclasse. Olhou ao


redor e encarou Web.

- Nossa! Que roupa legal! Como eu fiz pra tirar a armadura? Tô de brasileiro! Verde e
amarelo! Pô, esse joguinho é muito legal, fala sério!

Ruy começou a rir de maneira ensandecida, tal qual uma seriema embebedada com licor
de bombom de cupuaçu. Apontou com os olhos em lágrimas de tanto rir para o grupo na
sua frente.

- Isso DEFINITIVAMENTE faz tudo valer a pena! Um bando formado por um Bruxo
que aprendeu a usar magia agora, uma caçadora full For, um gatuno, uma sacer mal
feita, um GM burro e um aprendiz... afk! Hahahahahahahahahahaha!

- Falto eu
- veio
- oquei

Os seis olharam para trás. Era inacreditável que alguém tivesse conseguido conectar
naquele momento, superando o poder do Erro 380 do Game Guard. Em todo caso, a
Aura azul do Lorde de cabelos vermelhos emanava forte no meio do caos. Seu nomeó
Fuvity.
- ae
- Ruy
- q ta pegano
-?

- Fuvity! Meu eterno aprendiz! Vejo que se tornou extremamente poderoso e respeitado!
Venha para o meu lado! Vamos detonar tudo que resta por aqui! Vou te levar para
outras terras além destas!

- lol?

- Chega de bRO! Vamos para outro servidor! Já tenho os contatos certos, as pessoas
certas, os equipamentos corretos... vamos! Hora de deixar tudo isso para trás e viver
uma nova vida!

Fu ignorou Ruy e foi até Pane. Parou na frente dele. Depois, foi para trás dele, e
começou a sentar e levantar.

- ae
- t acochei
- ahuaahuaua
- ow
- n m denunssia +
- plz
- kro c seu amigo
- s o isso

- Desculpa, Fu... eu... desculpe.

- rlx
- ow
- ruy
- carai veio
- pq c ta zoano td
-?

- Porque eu POSSO! Todo o meu poder me permite fazer o que eu quiser!

- lol?

- Nenhum de vocês estaria aqui hoje se não fosse por mim! Nenhum! Tudo que vocês
têm, são e serão, devem a mim! Tudo! TUDOOOO!

- tpw
- c n fosse vc
- ia c otra pesoa
- c n eh o unico q
- majna d jogo

- O que? Você está insinuando que eu não sou insubstituível?


-s
- ow
- c pod salva o
- papai nole
- fui x1 c ele
- ahahuahuahua
- noob
- + zuo o natal
- ress ele
- plz

- Você insiste que eu não sou insubstituível? Está rebaixando tudo que eu fiz por esta
comunidade, tudo que eu representei, todo o meu esforço pessoal para que todos vocês
hoje pudessem estar aqui?

- veio
- tpw
- tinha uma profa
- mo gostouza hauauaha
- tpw
- ela foe imbora d aiscola
- oquei
- entro outra
- eh assim veio
- sai un entra otro

- Seu moleque maldito do inferno! Não posso aceitar que alguém como você pense que
sabe alguma coisa e tente me dar lição de moral!

- lol

Ruy ficou parado alguns segundos. Sua expressão, porém, se fechou. Não estava
sorrindo. Orgulhoso, o GM Random andou para perto deles.

- O desgraçado ± apontou para Ruy ± tinha protegido o usuário dele. Ninguém sabia
qual o novo usuário de Ruy, mas uma MP de um certo alguém aqui me ajudou.

Web, usando um Chapéu de Cachorrinho, fez um V com os dedos e sorriu, com a roupa
molhada estratégica e coincidentemente rasgada de modo sensual.

- Nada pessual Ruy! XDDDDDD

Ruy apontou para Fu, mas nada aconteceu. Tentou com Web, Pane, Mary, mas nada
teve efeito. Deu, pela primeira vez na luta, um passo para trás.

- Ele continua forte, - prosseguiu Random ± mas eu consegui anular os privilégios do


usuário dele.

- Ruy
- carai
- salva o papai nole
- plz veio
- plz
- ow
- lebra do primero natau veio
- lebra
- trocamo varios present
- se invoco os cristal a primera vez
- no mudno
- ajudo nos enfeit das cidad
- po veio
- ajuda ae

Fu ficou parado, olhando o GM de N.egro. Ruy ficou quieto e olhou para o nada.
Sentiu-se emocionado rapidamente. Uma lágrima escorreu de seu olho. Sua boca se
abriu devagar.

- Eu, na verdade... isso tudo é muito confuso, pois eu, neste exato momento, vendo a
coisa de um modo de...

- AAFFF
- + DISCURÇO N
- AFFFFFF

O Lorde partiu para cima de Ruy. Soltou um Impacto Explosivo que arremessou-o para
longe. Ruy correu na direção de Fu, mas foi parado por uma Barreira de Gelo em sua
frente. Pane sorriu com a magia e olhou para o Lorde.

 2   %'  / ?66


3
.
.
.
.
.
/"

Fuvity entrou

- vai caraaaaaaaaai
- caza caiu rui
- bora x1
- goooooooooo

Ruy conseguiu se livrar da parede gelada e atacou Fu. Os dois se atracaram. Pela
primeira vez em muito tempo, Fu tomou um golpe que lhe tirou uma quantidade
considerável de dano. Porém, Mary curou rapidamente o Lorde. Abriu com calma a
janela de Habilidades.
- Ééééééé garooooto! Essa vai ser uma luta complicada. Vou ter que usar buffs no nível
3!

E assim ele fez. E Fu, com a ajuda de Pane e suas magias, Web e suas facas e Mary e
seus buffs nível 3, lutou contra Ruy. A batalha que se seguiu poderia ser escrita em
muitas páginas, com muitas palavras bonitas e emocionantes. Mas, no final, todos
sabem que Ruy é derrotado, pois este é um conto natalino feliz. E assim ele foi vencido
± em 3.4 segundos. A união dos amigos, naquele momento difícil, culminou na vitória
sobre o GM renegado. E o ponto alto da batalha foi quando os Duendes chegaram para
dar um Finish Him. Ruy disse que jamais usaria seu poder em prol do Papai Noel e seus
GNOMOS idiotas. Eles vieram com o cadáver do bom velhinho, em formação
Megazord e seguraram Ruy para que Fu desse o golpe final ± um Impacto Explosivo
mais forte, nível 2.

- ae rui
- vc sux
- oquei

Fu segurou Ruy, que mesmo ferido, ainda se debatia. Random abriu um portal, e
proferiu palavras que seriam lembradas por muito tempo.

- Joguem ele neste portal do banimento eterno, para... putz, vou ser mandado embora.
Dane-se, nem gosto de trabalhar aqui mesmo...

O Lorde arremessou o GM N.egro no portal. Ele ficou parado por longos minutos, e
ninguém entendeu nada. Pane se aproximou de Random, curioso.

- Random... o que aconteceu com o Ruy? Por que ele não some?

- Bem, você já ouviu falar do bug do portal? Quando você tenta passar por um portal,
sua conta trava e você não consegue mais escolher seu personagem? Então... digamos
que nenhum GM vai destravar essa conta do Ruy. /lala

- Droga! ± reunindo suas últimas forças, Ruy, antes de travar definitivamente, fez um
gesto obsceno para o grupo - Meu plano teria dado certo se não fossem esses
adolescentes intrometidos... e esse cachorro!!!

Sem razão nenhuma, os seis começaram a rir. Fu aproveitou e atacou a todos, matando-
os, e ninguém parou de rir pelos próximos 10 minutos.

Quando a piada desconhecida finalmente perdeu a graça, Random se aproximou de Fu,


um pouco sem jeito. Ele tinha que fazer seu trabalho, acima de tudo. E mesmo com dor
no coração, falou com o Lorde.

- Fu...

-?

- ...bem, como discípulo do Ruy, você deve ser punido. Eu vi você lutar. Não vou nem
me dar ao trabalho de conferir sua conta. Você tem um Ahura Mazda. +10 ainda por
cima.

-s

- Vou ter que pedir que você venha a estar me entregando ele.

- ah n
- ah veio
- plz
Vou lavar sua boca com sabão!
- aff veio

- Olha, ao fazer isso, você será um jogador totalmente limpo. Este escudo+10 não devia
ter sido seu. Nunca.

Fu olhou ao redor. Viu Pane, Web, Darq, Mary e Uórson. O céu começou a ficar limpo.
Aqui e acolá, pessoas começaram a aparecer em Prontera. Os duendes rodeavam o
corpo de Papai Noel, protegendo-o de renas que tentavam molestá-lo. Por fim, ele
tomou uma decisão.

- fodz-se
- peg ae

+10 Ahura Mazda foi retirado

No mesmo instante, o corpo do Papai Noel teve um espasmo. Seus dedos se apertaram,
assim como seus olhos. Sua expressão foi mudando de dor para alívio, até que suas
bochechas ficaram rosadas. O bom velhinho abriu os olhos e sentou-se.

- O poder do seu amor me trouxe de volta, menino! Ho ho ho! Feliz Natal para todos!
Ho ho ho!

- Weeeeeeeeeeeeeeeeee *_____________________* - Web ficou descontrolada ± Papai


Noeeeeeeeeeeeeeeeeeeel! ± falou isso e correu para sentar no colo dele ± Kro um
presentinhu!!!!!

Ele sorriu com a menina no colo e olhou para todos.

- Claro, podem pedir seus presentinhos! Fiquem à vontade! Ho ho ho!

Os heróis e o GM rodearam o velhinho, enquanto algumas pessoas, que voltavam para a


cidade, também pediam presentes, como uma proteção contra a manutenção semanal e
coisas assim. Fu se afastou, indo quieto até a Kafra. Pane correu atrás dele.

- Fu, espera.

- flaa

- Fu... você me desculpa pelo que eu fiz?


- claor veio
- rlx

- Eu não quis te magoar. Acho que... sei lá. Sua mãe abriu minha mente. Eu estou
levando o jogo a sério demais. Eu tinha me esquecido que ele foi feito não apenas para
pessoas mais jovens, mas para, principalmente, encher de dinheiro o bolso da Gravity.
Quero dizer, divertir as pessoas! É um hobbie!

Fu concordou com a cabeça e pegou algo com a Kafra.

- veio
- n conta p ngm
- oquei
-?

- Contar o que, Fu?

- o radom pego meu shield


- +10
- tpw
- vo usa esse +9 aogra
- veio
- n conta p ngm
- equip +9 sux
- vergonya

- Tudo bem... ± PIIII, em sua casa, sorriu. Lembrou-se daquele ditado norte-americanoó
³Boys will be boys´, e respirou aliviado. Sentia-se bem consigo mesmo. Estava em paz.
Notou, porém, um espadachim do seu lado.

- Ei, Panelão ± disse o menino.

- Sim?

- Que lvl?

- 98

- Nossa! Quase virando Trans! Eu queria fazer um bruxo, mas não sei... pode me
ajudar?

O ³Vai pesquisar no fórum lol´ morreu na ponta dos dedos de PIIII. Pane sentou-se ao
lado do garoto.

- Vamos conversar antes ± disse ± Você sabe como jogar com um Bruxo? Que tipo de
equipamentos precisa?

- Nossa, não sei...

Com um sorriso no rosto, PIII começou a conversar com o menino. Ficou ali, enquanto
Fu voltou para a praça central da cidade. Neve tinha começado a cair. Web ficou
arrepiadinha, e o Lorde, percebendo, começou a dar seguidos Impactos Explosivos nela.

- Ei, Fu! ± Darq se aproximou, junto com Uórson e Mary.

- flaa veio

- Olha... achei esse Ragnarok muito violento. Não sabia que o jogo era tão perigoso
assim.

- lol?

- Oh, aquele Ruy quebrou tudo, fala sério! Então, sei lá, tô saindo fora. Vou dar um
tempo. O Uórson me chamou pra ir jogar esse tal de UoU, vou lá ver qual é que é, tá
ligado?

- Nussa... vcs vão parar de Rag? ;_; - Web, sendo atacada por Fu, sentou e começou a
chorar.

- É. Ae, Mary... valeu pela força, brother. Foi camaradaço.

- Aaaaaaaaaaaah que é isso, queridão? Você sabe que eu te considero... e como! Temos
que viajar de novo pro Rio Grande do Sul qualquer hora dessas, hein? Vou te fazer um
chimarrão saraaaado, queridô!

- Bem, - Uórson entrou no meio dos dois ± chega que agora o cara vai pro UoU comigo.
Ele tem que ajudar a pagar o servidor de mic, o canal privado da guilda, a manutenção
do site e nosso webmaster. Tudo em dólar. 50 dólares mensais, fala a verdade, é o que
todo brasileiro pode pagar para ser feliz. /dance

- Xau moçinhus! ;_; - Web foi do lado deles e soltou beijinhos. Fu continuou atacando
ela enquanto isso.

- Adeus, perdedores. Ragnarök é bad trip demais. Fui!

Uórsou saiu da guilda.


Motivoó Vou pra um jogo de verdade!1!!!! Lol

- Ei, Darq... ± falou Mary, dando uma piscadinha ± Vai me trocar pelo Uórson pra
sempre? ;)

O Gatuno T olhou para a sacerdotisa e para os amigos. Sorriu e deu as costas para eles.

- Aff... é claro que não! ;)

Matador_of_darquinés+10 saiu da guilda


Motivoó Nossa, o que é guilda?

O bom velhinho se aproximou de Fu, Mary e Web. Os duendes estavam escondidos


atrás das pernas enormes dele, assustados com Fu.
- Ho ho ho! Feliz natal para vocês três, meus jovens! Ho ho ho!

Ele pegou alguns presentes e entregou para os três. Os duendes fizeram uma cara de dor
ao ver ele tirar os três presentes do saco, ao mesmo tempo.

- ae
- vlw
- ow
- Papai Nole
- tpw
- tem present p
- paen tb
-?

- Ho ho ho! Ele já ganhou o presente dele, Fuvity! Ho ho ho! Ele já ganhou o presente
dele!

- Pq se repetiu
- a fala
- ta tirano d
- buro
-?

E enquanto Fu discutia com o Papai Noel, Web notou que Pane, sentado na calçada,
chorava. Não parecia triste, nem amargurado. O Bruxo apenas deixava as lágrimas
saírem de seus olhos naturalmente, enquanto os flocos de neve cobriam seus ombros e
cabelo.

Na tela do PC, uma mensagem saltava aos olhos de PIII.

‰ ?   ' "


3B

Com os olhos marejados, ele clicou no Sim.

Random Newbie agora é seu amigo.

-Eu... perdi tempo demais ± disse, pelo chat da guilda - Preciso recuperar tudo que
deixei para trás. É tempo de renovar.

- veio
- c uso magia
- carai Pane
- traiu o movimento
- sux

- Espero que vocês entendam que, na vida de um homem, tudo deve chegar a um fim.
Vivemos em um ciclo, e...
- pelamordedeus veio
- outro discurço
- carai
- pohaa ngm q joga +
- so faal faal faal
- carai

- ... você tem razão. Entendam o que vou fazer. É preciso. Sejam felizes.

Panelão saiu da guilda.


Motivoó fui ser feliz IRL LOL ORLY ROFLCOPTER

Pane, assim como Darq e Uórson, desconectou e desapareceu. Fu, Web e Mary ficaram
imaginando o que seria dali para a frente. Sem ter muito o que fazer, a sacerdotisa abriu
seu presente. Puxou uma arma.

- Noooossa, meninão! Que brincadeira gostosa é essa? Ganhei um trabuco!

Um dos duendes se desesperou e pulou na sacerdotisa, arrancando a arma da mão dela.

- Ops! Presente errado! Ainda não tem Gunslingers nesse servidor! Desculpa nossa
falha, moça!

Mal terminou de falar, o duende puxou a arma. Porém, desajeitado, segurou-a pelo
gatilho. A arma disparou, e uma bala varou o crânio do duende. Com a cabeça
fumegante, ele tombou de joelhos e desmaiou. Ao mesmo tempo, um templário, ao
fundo, caiu de joelhos, inerte.

- Zé! ± um dos duende se aproximou do atingido e segurou-o no colo ± Zé! Fala


comigo! Zé! Não brinca assim, irmão! Levanta, Zé! Meu deus, Zé... e toda aquela
conversa no bar, ontem? Cara, aqueles planos... Zé! Zé! ZÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!

Sem sentido algum, a música tema de Prontera teve um trecho incidental do Game Over
de Metal Gear Solid. Fu, Web e Mary foram até o templário caído no fundo.

- carai veio
- lebra dele?

Web notou o homem caído, atingido pelo tiro no coração. Sua mente buscou memórias
recentes.

- Nussa! Ele n eh daquela guilda, Wanna Be!1!? Como era o nome dele? Acho que Era
pra ser Kina.

- carai vei
- moreu dois cara
- aff
- pudia te cido nóis
- aff
D + 
l & 5 M 6   t  t   /  li  ) it  
    5 i        

71    8-i    4 


  t  ti   í
i  
    
1 (  "  it

D 
i 1 i  ti   $$$ 9 
   i::

D   ;
D
 
;

" 1 i  i i  t i     ti  jt

³Querido Fu,

Lembre-se que não estamos aqui disputando para ver quem é o


mais forte, o mais rico ou o mais bonito. Guarde com
carinho tudo que você conquistou. Conquistas só valem a
pena se você tem que g  por elas.

Feliz Natal,
Papai Noel´

D 
D  ti
D  i
i

" l  l   1( )li- R ) t   t

<·al a demora! XD
- ·aru=

D  i
i:::
D  l  >i
D  i
D % /:::::

D M    li$ 5 M 6    t  t  l  "  71 5 > t >
t ;  il

D ))
D 1   t
D  i
- ow
- Mayr

- Sim?

- feliz antal

- Obrigado, chuchuzão! Feliz natal! Feliz natal, Web!

- Feliz natal!! *-* Feliz natal, Fu!

- fliz antal, web

A neve continuou caindo em Prontera. O natal, enfim, havia começado. Mary deitou-se
encostado em um poste e começou a dormir. Web, usando Orelhas de Gato P.reto+10,
deitou com a cabeça no colo do Lorde. Descansou, enquanto ele, brincando com a neve,
olhava para o céu, abrindo seu chat.

/‰(  

À0(de verdade!)da 1ª temporada de OverPower!1!


Thanks for playing - roubado do SpiceBoy
Winners don¶t use drugs
.
Qualquer personagem utilizado, guilda ou cena citada foi pura coincidência.
[inserir créditos aqui. Te mandei ano passado]
[inserir tema Alive, do encerramento de Ragnarök - The Animation - puxei semana
passada]
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Tássia Xando entrou
Ruwíz Disgai entrou
Tobber entrou
Companheiro Piquet entrou
Poser Man entrou
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
- O que? Você não consegue mais conectar? Fica tranqüilo... isso não vai ficar assim.
Não mesmo... juro pra você. Lol mor! Nywahahahaaahaahahahahaha!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
(Agora acabou mesmo)

óó Segunda Temporada óó Parte 1 óó

Algumas semanas depois do natal de 2006, em um chat em Prontera

- Nossa... ninguém fala nada aqui! Que saco!

- Vedade. Eu tava a fim de entar nessa guilda ae, parece loka. Ma ninguém fala nada.

- Vixe, eu tô aqui desde o dia 26 de dezembro. Esse Fuvity tá AFK direto.

- Que é isso? Mas ele volta depois da manutenção semanal?

- Olha, não é por nada não, mas ele simplesmente não cai, mesmo durante as
manutenções semanais.

- Nossa, o cara consegue superar até manutenção semanal? Eu PRECISO entrar nessa
guilda, vocês não tão entendendo.

- Ei... e se a gente mesmo fundar uma xt enquanto eles tão AFK? Quando eles voltarem
a gente conversa com eles e pede recrutamento!

- Apoiado, companhero! Vamo lota as MPs do Fuvity, da Web Nacam e da Maryjohn!


Eles vão ouvir a voz do povo, que é a voz de deus!111!1!!!

- Ok, lindos. Quem tem Emperium aí?

- Hun... eu não tenho, minha deusa.

- Nem eu.

- O dia que eu tiver dinheiro pra comprar um Emperium, pode me chamar de rico.

- Ué, vamos caçar um Emperium então!


Tássia Xando saiu
Ruwíz Disgai saiu
Tobber saiu
Companheiro Piquet saiu

OverPower!2!

A (segunda) guilda mais çagaz do universo

AC
Ela é a última bolacha do pacote. Do mundo. Agradeça por estar na mesma realidade
que ela. Ou não.

‰ ?@D('
Ninguém sabe quem ele é. Nem ele mesmo. Mas parece ser amigo da Tássia.

. %   


Universitário pseudo-revolucionário, doutor em turismo, mestre na arte de protestar -
mesmo que não saiba contra o que.

 
Rapaz incompreendido que utiliza de tecnologia proibida para fins inocentemente
sagazes.

Capítulo 15

- ou "Îma nova novidade para velhos problemas das antigas"

O sol, sempre ele, sempre brilhando, sempre dando aquela sensação gostosa de calor e
aquele gostinho de quero mais, brilhava forte no céu. Apesar de não poder ser visto, ele
estava lá. A cidade parecia viver um período de paz inabalada desde a derrota de Ruy
Sakanagi. E um pequeno grupo caminhava, se afastando de um Lorde 99 AFK. A
Odalisca, de cabelo oculto por um lenço vermelho, seguia na frente, com seu olhar
fulminando todos os cidadãos. Do seu lado, com movimentos rápidos de pescoço, um
monge tinha os braços fortes cruzados na frente do peito. Eram seguidos por um
Ferreiro e por um Alquimista de Pince-Nez.

- Licença, querido - disse a Odalisca para um aprendiz - Quero usar a Kafra.

- Usa, ué.

- Mas você está no ponto que EU gosto de parar pra usar a Kafra.
- lol

- Escuta aqui, moleque! Você não conhece ela não? - o monge se adiantou, com o olhar
tomado de fúria.

- Não. lol.

- Pois saiba que ela é a famosíssima Tássia Xando! Uma das personalidades mais
personas e supremas do jogo! Você já leu o fórum, não leu?

O aprendiz não respondeu. Ficou muitos minutos parado, até finalmente se virar para o
grupo.

- Desculpa, tá falando comigo?

O monge quase teve um treco. Começou a invocar Esferas Espirituais, mas Tássia
colocou a mão no ombro dele, puxando-o. "Não compensa, gatinho", disse, com o olhar
demonstrando piedade para o aprendiz. Ajoelhou-se na frente dele e ofereceu 1k.

- Toma, pega isso aqui - disse Tássia, sorridente - Sai daqui e vai comprar poções pra
você upar. Titia quer usar a Kafra e você ainda tá no meu lugar.

- lol - o aprendiz recusou a oferta - Tá me tirando de noob? Esse é meu futuro Soul
Linker. Rala o peito, mocréia. 1k é troco de padaria pra mim.

- Companheros, - o Ferreiro se aproximou, segurando um Mangual Pesado com uma das


mãos, apoiando-o no ombro - vocês vão demorá muito aí? Nóis num vai só pegar um
portal pá Vila Orc?

- Sai, Piquet! - o monge empurrou o ferreiro para o lado e parou na frente do aprendiz -
Chamou ela do quê?

- Mocréia.

- Aff!1!1!! Exijo um PVP como forma de recuperar a honra da Tássia! Agora!!!!

- Ok. Peraí que volto aqui com outro char.

Ao dizer isso, o Aprendiz desconectou. O monge se ajoelhou na frente dela, beijando


demoradamente suas mãos. Ela já tinha tomado o lugar do Aprendiz e estava falando
com a Kafra.

- Não acompanharei vocês na primeira parte dessa missão, Tássia, minha deusa, minha
musa, minha tudo! Mas saiba que meu coração estará com você! Vou limpar sua honra
lutando contra o animal que ousou ofendê-la.

Depois de alguns minutos a Odalisca se virou e olhou para o monge. Olhou para os
lados, notando que ele parecia estar esperando ela dizer algo, ansioso.

- Desculpa... falou comigo?

- Vá, senhora da minha vida! Eu confio em ti! - respondeu o monge, apertando mais
forte a mão dela, de olhos fechados, cabeça voltada para o chão.

- Obrigada, Ruwíz. Vamos?

Piquet e o Alquimista se uniram à Odalisca. Os três, em uníssono, desapareceram após


falar com a Kafra. Ruwíz se levantou, e sentiu um tapinha no ombro.

- Oi?

Ao se virar, notou um templário, com armamento pesado, maior que ele, encarando-o de
cima.

- Bora pvp lá então, amigão.

- Você, no caso, é o...?

- O aprendiz que você tava tirando. Vamos ver se você luta tão bem quanto fala.

- omg

Sem alternativa, Ruwíz se viu sendo puxado pela gola para a sala de PvP pelo templário
grandalhão.

***

Calabouço da Vila Orc

O barulho de mato mexido pelo vento saudou a chegada do trio. Notaram algumas
dezenas de pessoas no chão, mortas, vítimas de algum ataque poderoso. Notaram
também, porém, o corpo do Senhor dos Orcs no chão. E entre o corpo do inimigo e eles,
notaram uma sacerdotisa de costas. Parecia orar pela alma do MVP derrotado.

- Ora... bela vitória, seja de quem for - disse o Alquimista para a sacerdotisa.

- Obrigada. Foi uma vitória, é verdade. Mas apenas mais uma entre tantas outras que eu
acumulo em minha longa carreira. Vencer não é algo novo pra mim. É algo que eu faço
todo dia, a todo momento, a todo minuto.

- Pensa que sou eu, é? - a Odalisca piscou e mandou um beijinho irônico para a
sacerdotisa que, por sua vez, ficou boquiaberta.

- Nossa... você é... Tássia Xando!

- Eu mesma! - falou, dando um giro e fazendo um V com a mão, acima da cabeça.

- Você venceu de novo o concurso mais recente, não foi? O capô de fusca mais bem
lustrado de Rune-Midgard!

- Aaaah! Como eu AMO gente inteligente e bem informada! E você... seu nome não me
é estranho!

- Pode me chamar de P...

Em um clarão de luz, a sacerdotisa desapareceu. Esperaram um pouco, mas nada dela


voltar. Sem tempo a perder, resolveram entrar no calabouço. Passaram pelos chats de
C> Emperium D/O e entraram na casa que ocultava a escadaria para o lugar. Piquet
entrou na frente, seguido do Alquimista e da Odalisca.

- Olhem, como não temos suporte, eu faço esse papel, está bem? - disse o Alquimista.

- Tá bem, Tobber. Você sabe jogar poções, né?

- Oh! Pode confiar em mim, linda...

***

Enquanto isso, em alguma praia do litoral brasileiro

O futebol é uma paixão nacional. E uma de suas variantes, o Futebol de Areia, não fica
muito atrás. Popular nas praias, principalmente no verão, as partidas são animadas e
cheias de emoção. E em uma arena, dois times se enfrentavam. A platéia, lotando todos
os lugares possíveis, vibrava a cada jogada. Outros três times se acotovelavam,
esperando sua vez de entrar e enfrentar quem vencesse ali.

Uma mulher que passava ali perto ouviu a barulheira. Notou uma garota sentada, ao
lado de um homem gordo suado, de cavanhaque engordurado.

- Com licença, mocinha... quem está jogando aí? Qual campeonato é esse?
- Nada d+ - disse a menina - É um amigo nosso q tá treinando pro torneio do final de
semana ^^.

- Um amigo? Mas ele é tão famoso assim a ponto de atrair tanta gente?

O homem de cavanhaque, comendo um camarão no espeto, com a boca cheia de óleo,


sorriu.

- Essa "tanta gente" é o nosso amigo, senhora! Huahuahuhauahuahua!

A mulher se virou para a arena. Notou que, de fato, boa parte dos meninos era parecida.
A maioria deles era ruivo, e os que não eram tinham pintado o cabelo de vermelho.
Ouviu horrorizada alguns gritos de guerra deles.

-o
- o o o o...
- o o o o...
- o o o o!
- eh nóis e o!
- o o o o...
- o o o o...
- o o o o...

- aff
- q rox
- vem pvp c nóis
- aff
- q rox
- vem pvp c nóis

Um dos times então marcou um gol. A arena inteira comemorou. Não só ela, mas o
goleiro que levou o gol também, assim como os dois times que se enfrentavam.
Estavam todos se abraçando, felizes. A menina, então, se levantou e virou-se para o
mar.

- Ai MJ... ó.ò

- Fala, chuchuzona!

- Num era bom a gente i ve o chat de recruit? ._.

- Ooooh, linda! Relaxa um pouco de Ragnarok! Aqui, pega essa cerveja!

- Mais eu nun tenho idade pra bebe! 0_0


- Tem ninguém vendo! Vira ae! Huahuahuaehuaehauea! Saúde!

Sem jeito, a menina brindou com o homem e começou a beber a cerveja, olhando de
canto de olho para a multidão de garotos comemorando o gol.

***

Dentro do calabouço orc, o trio se empenhava em lutar. Estavam há três minutos


concentrados na batalha. Finalmente, com um golpe certeiro do Mangual Pesado de
Piquet, mataram o primeiro monstro do diaó um Drainliar.

Suados, sentaram-se para relaxar. A Odalisca começou a dançar para comemorar a


vitória. Piquet e Tobber ficaram parados olhando a moça. Eram incríveis os
movimentos dela. Na verdade, ela se movia exatamente igual a todas as outras odaliscas
do jogo. Mas ela falava tantas coisas bonitas e poderosas que eles acreditavam que ela
realmente era mais bonita que as demais, apesar de ter o mesmo sprite.

Foi quando um Orc Zumbi apareceu no meio deles. O desespero os atingiu em cheio
quando ele jogou Tássia longe.

- Segura Tássiaaaaaaaaa! - Tobber agiu quase tão rápido quanto o inimigo - Arremessar
Poção Brancaaaaaaaaaahhh111!11!!!

Do nada, uma poção caiu no chão, perto do Alquimista. Ele mandou um /ok e saiu de
perto, enquanto a Odalisca tentava driblar o monstro para pegar a poção e se recuperar.

- Monstro do inferno! Cê vai cair, pela foça do povo! - bradou Piquet, erguendo o
Mangual Pesado - Num vo adimiti que um ser com uma AI tão limitada supere o
verdadeiro pode pensante da massa operária proletariada que é a máquina que conduz o
bRO pu futuru!

O poderoso ataque tirou 14 do Orc Zumbi. Por um lado, isso ajudou Tássia a driblar o
monstro e pegar a poção branca. Por outro, agora ele avançava contra Piquet. O Orc
bateu violentamente nele, jogando-o longe. Voltou-se então para a Odalisca, babando.

- Sai daqui, monstrinho! Feio! Você não pode me atacar! Se você fizer isso, você tá
ferrado! Você sabe quem eu sou?

- Eu sei!

Tássia olhou para ver a autora da frase - a sacerdotisa que tinha sumido. Ela usou sua
Cura no Orc, fazendo-o desintegrar. Ao mesmo tempo, o Anjo da Evolução subiu em
cima do trio.

- Aeee! Refinar Oridecon 4 - comemorou Piquet - A luta continua!

Tássia não agradeceu. Foi até o local onde o monstro estava e começou a procurar.
Ficou indignada.

- Como assim? Cadê o Emperium? Tobber, não é esse monstro que solta?

- Ele mesmo.

- Não acreditooooooo!

- Desculpem por aquela hora - a sacerdotisa interrompeu o grupo - Minha mãe queria
usa o PC. Ei, estão caçando aqui faz tempo?

- Sim! Já faz 3 minUUFF!

Tobber levou uma cotovelada de Tássia, que se adiantou.

- Três meses! Muito tempo, né?

- Nossa, é sim! Ei, é bom conhecer uma lenda - a sacerdotisa foi até o lado da Odalisca -
Você deve me conhecer também. Já ouviu falar do Conselho de Chubaca?

- Claro que sim! Não é aquele tópico do fórum cheio de gente super legal, com idéias
super inovadoras e que são super equilibrados emocionalmente, além de serem muito
maduros?

- Pois é! Eu sou Penny S. Less!

- Ah, já ouvi falar de você!

As duas ficaram sorrindo entre si em uma guerra de emoticons. Finalmente, um Orc


Zumbi aleatório apareceu e matou os quatro. Mas, mesmo mortos, continuaram o papo.

- Tássia, muito bom conhecer você ingame. Qual a chance de treinarmos juntas?

- Ah, grandes, Penny. Mas eu preciso realmente caçar um Emperium. É para algo muito
importante.

- Hmmm... nesse caso, se você não vier a estar vindo a se importar, eu posso estar te
dando um Emperium!
- Nossa, mesmo?

- Claro! Vamos até a Kafra!

Os quatro foram até a Kafra da Vila. Penny conversou com a moça e voltou segurando o
minério amarelo brilhante.

- Aqui está! Espero que faça bom uso dele! E quando quiser treinar, me avisa!

- Obrigada!

- De nada! Querem portal?

Os três disseram que sim. Penny curou eles e os mandou para Prontera. Sentou-se
sozinha, olhando para o nada.

- Ótimo... se eu conseguir reunir as maiores personalidades do fórum para minha guilda,


ingame, logo, a WannaBe!1! será infinitamente mais popular e poderosa que a
OverPower!1!! Mwahahahahaha! E você, Panelão, vai aprender a não mexer comigo
nunca mais!

- Moça... - um aprendiz cutucou a sacerdotisa.

- Oi?

- O Panelão parou de jogar, não lembra?

- Como é que você conhece ele? - Penny levantou, indignada.

- É que ele era muito mais floo... er... famoso do que você, ora!

Penny levantou as mãos para o céu e fechou os olhos, berrando.

- Nããããããoooooooooooooo!!!

***

Em Prontera, Tássia correu animada para perto do chat de Fuvity. Parou, acompanhada
de Piquet e Tobber. Mal notaram o monge caído, todo arrebentado, com um chat escrito
"Cura ae vai plz".

- Vamos criar então! Ai, que emoção!

- Cria aí! Escreve o nome parecido! Coloca uma exclamação a mais no final! - Tobber
sentou-se perto dela. Não notou que seu carrinho ficou em cima do monge.

Depois de alguns momentos, a Odalisca começou a estranhar. Não conseguia criar a


guilda.

- Ué... diz que alguém já fez uma guilda com esse nome. OverPower!1!!

- Abesurdo, companheiros! - Piquet se levantou - Como consumidores, nós temo o


DIREITO de usar nome que achemo legais! E se alguém copiou o nome que acabamo
de inventa antes da gente usar ele, isso é uma falta de caráter, um abesurdo compreto! A
gente temos que ir até o fórum e gritar pra todo mundo ouvi que pegaro o nome
OverPower!1!!

- Ei... não foi aquela sacerdotisa general que pegou? A tal da Bonnie Heart? - disse
Tássia.

- Verdade!11!11!1! Vo agora abri tópics pra xinga ela! Fora que ela é hómi!1!!! Não
concorda, companhero Tobber?

- Hã, desculpem, não to mais acompanhando a discussão. Eu vou... hun... estudar.


Podem mandar MP pra mim se precisarem. Só MP, tá? Vou evitar responder coisas em
aberto.

- Positivo, copanhero.

- Calma, Piquet. Eu crio com outro nome.


/guild "OverPower!2!"

Guilda criada com sucesso

- Eeeee! Deixa eu adicionar vocês! E reloga!

Tássia Xando saiu


Companheiro Piquet saiu
Tobber saiu

Tássia Xando entrou


Companheiro Piquet entrou
Tobber entrou

Ao ver os três conectados com brasões, o monge soltou uma indignação. Fechou o chat
e foi até o lado de Tássia.

- Minha deusa! Conseguiu o Emperium! Em Tássia we trust! Parabéns, gatíssima linda,


sensacional! - disse, ajoelhado, com as mãos esticadas para o céu.

- Piquet - disse ela, sem dar atenção para o monge - você forja chicote elemental?

- Companhera, de fato, vou te que da uma estudada nisso. Mas eu vo ta te falando se da


pra faze. Vo no fórum ve, e vo apoveita e aderir a uma campanha, tipo a do tópico...

- Não, nessa não.

Os três - com exceção de Tobber, que estava aparentemente afk - olharam para o Lorde
louro que surgiu atrás dele.

- Companheiro Lafaer? O autô dessa história?

- O chato é que até agora não acertam meu nome... até vocês?

- Deculpa, companhero Lifare. Pode dize.

- Olha, nada de aderir a esse tópico que você ia falar. Nem aos outros dessa lista aqui.

Leafar entregou um livro da grossura de uma lista telefônica para Piquet, que olhou
boquiaberto.

- Nussa, companhero! Pq isso?

- Esse povo é muito mal humorado. Se você brincar com eles, vai me complicar,
entendeu? Vai sobrar pra mim, aí já viu...

- Tudo bem, companhero. Pode fica tranquilo.

- Valeu, fui!

Os três olharam ele sumir. Ruwíz rapidamente se virou para Tássia.

- Ei, me add ae na guilda!

- Bem... você vai pro fórum então, Piquet?

- Sim, companhera Tássia. Ainda não aderi a nenhum movimento hoje! Tem um muito
bom lá. Acho que vou aderi mesmo ao "Caubóis podem comer pudim?"

- Legal! Vou configurar a guilda aqui, volta depois!


Companheiro Piquet saiu

- Ooooow! Me add aeeeeee plzzzzzzz

Tássia mandou uma MP para Tobber, que continuava sentado, quieto

- Tobber, mais tarde eu volto. Vou me exib... er.. postar no fórum!

- 59, mas não quero grupo, vlw - disse ele.

- Grupo? Apertou algum botão errado aí?

- Bot? Não vi nenhum não! Mas avisa um GM!

- Onde você viu um GM? Do que você tá falando?

- GM?

Tobber saiu

- Cara estranho... ai ai! Bom, guilda criada! Agora é só fazer coisas legais pra honrar o
nome e ser adicionada quando o Fuvity sair do AFK!

Tássia Xando saiu

- ... deusa? Perfeita? Você... caiu, né? Tenho certeza... tudo bem, eu sei que
provavelmente você teve algo muito importante para fazer. Vou ficar aqui te esperando
pra me add. Afinal, você é luz, é raio, estrela e luar. Manhã de sol, meu iá iá, meu iô
iô... ei, alguém quer fazer grupo comigo? Alou? Alooooou?

***

- Ué... o q vc tah fazeno aí? A gent n ia ficar longe do Rag um pouco? o.o

- lol
- to veno o fróum
- tpw
- ia se rox
- pvp nos feudo
- ae postei falano
- aeee
- bora x1 gerau
- tpw
- cansselaro o bagui
- soh pq eu ia
- fódz esse gm

- Ai... ^^'

óó Segunda Temporada óó Parte 2 óó

A Caçadora manda na economia

A Odalisca manda nos corações apaixonados

O Lorde manda no que ele quiser

Mas eles não sabem ir a pé de Prontera para Izlude

Dentro de instantes, OverPower!2! - capítulo 24


[adult swim]

- Vejamos« papel de chiclete, lenço de bolso, isqueiro, lança-chamas, anel do poder...


isto não sei o que é. Um rolo de moedas... não, acho que não é um rolo. Ah, já sei! É,
tudo bem, vamos lá. E agora... aaabrindo! Tudo bem, da próxima vez. Relações
espaciais. Tudo bem, vem com o papai. Macho e fêmea, afinal... ... ... ... meu escritório
foi roubado, assaltado, estripado! Hahahahaha! Tripas. Venham todos aqui.

- ...

- Estão vendo alguma coisa diferente na minha sala? Sumiu tudo! Quando eu fui
embora ontem estava tudo no lugar. Aí eu cheguei hoje de manhã e tinha sumido tudo.
O piano de cauda que estava bem ali... SUMIU.

- Não tinha piano ali.

- Tinha sim, pássaro! Ainda dá pra ver as marcas no carpete onde ele ficava! Perto do
Buda Dourado de cinco metros!

- Nunca houve um Buda Dourado de cinco metros...

- Quer ficar calado, Pássaro? Você não entendeu! Eu sou uma vítima. Sinto-me tão sujo!
Ah, já sei! Eu vou fechar os olhos e a pessoa que roubou as coisas coloca de volta. Não
vou fazer pergunta nenhuma.

OverPower!2!

A (segunda) guilda mais çagaz do universo

AC
Ela é a última bolacha do pacote. E continua espetacular. Ou não.

‰ ?@D('
Ninguém sabe quem ele é. Nem ele mesmo. E continua sem guilda.

. %   


Universitário pseudo-revolucionário, doutor em turismo, mestre na arte de protestar. E
continua protestando. Mesmo que não saiba contra o que.

 
Rapaz incompreendido que utiliza de tecnologia proibida para fins inocentemente
sagazes. E continua fazendo testes.

***

>Capítulo 24½

- ou "Pudim para quem quer pudim"


O dia seguia de maneira marota e sagaz em Rune Midgard. Um bando de aprendizes
estava rodeando a Kafra. Era curioso ver como eles se levantavam e iam embora caso
alguém os curasse. Tássia, sentada em seu pixel preferido, observava entediada a eles,
quando notou o Alquimista correndo em sua direção. Uma criança o seguia.

- Ei, linda! Tudo bem? ± disse ele. A criança estava logo atrás, parada. Era uma
sacerdotisa.

- Tudo bem, Tobber. Por que a pressa?

- Olha isso aqui!

Ele mostrou um papel para a Odalisca, onde podia ser lido ³Buda Dourado de cinco
metros perdido. Empresário chorando. Gorda recompensa´.

- Hmmm ± ela se levantou e olhou interessada ± Se há uma recompensa, podemos ficar


ricos e comprar equipamentos melhores! E com equipamentos melhores são
ENORMES as chances de sermos aceitos na OverPower!1!.

Tássia olhou para Fuvity, sentado eternamente em seu chat de recrutamento. Sempre
entrava alguém e ficava lá esperando, mas o Lorde não respondia. Com um suspiro, ela
se voltou para o Alquimista.

- Bom, você tem alguma pista?

- Parece que viram algo em Payon, podemos ir conferir.

- Deusa! Perfeita!!!!

Os dois se viraram para ver quem era. Ruwíz Disgai, o monge, surgiu correndo,
acenando enquanto soltava corações. Parou ao lado de Tássia e começou a beijar a mão
dela incessantemente.

- Quando deus te desenhou, ele tava namorando na beira do mar! ± disse, beijando sem
parar as mãos dela. Sem dar muita atenção, a Odalisca olhou para o Alquimista.

- Podemos ir para lá então. Ei, quem é essa menina que está atrás de você?

- É o meu... hun... Homúnculo.

- Barra interrogação?

- Eu sou beta tester do episódio novo, oras!

- Mas os homúnculos não são bichinhos?

- Sim... é que esse, bem, está disfarçado, entendeu? Senão ia ficar todo mundo me
perguntando, e tudo mais... aí nem daria pra testar direito.
- Aaah, entendi...

- Ei, Tássia... ± Ruwíz se levantou ± você não vai me add na guilda não?

- Tobber ± disse ela ± onde tá o Piquet?

- Ele deve conectar a qualquer instante.

Companheiro Piquet conectou-se.

- Só falar nele... ± Tobber sentou-se, enquanto sua Homúnculo começou a massagear


suas costas.

- Boa tardi, companherus.

- Piquet, o Tobber e eu estamos indo caçar uma recompensa. Você gostaria de ir


conosco?

- Ei ± disse Ruwíz ± vocês tão falando no chat da guilda? Fala em aberto aí pra eu ler! O
que vocês tão dizendo?

- Eu adoraria, companhera. Mas eu to aplicadu na minha nova campanha.

- Que seria...?

Piquet sorriu. Tomou ar e fez pose de discurso, enquanto os três o observavam.

- Companherus... vcs pódi comê bolo nu Raguinaróqui?

Eles assentiram com a cabeça.

- Muitu bem. Vcs pódi comê leiti e biscoitu nu Raguinaróqui?

Novamente concordaram com ele.

- Agora eu perguntu... tem chapéu de caubói nu jogu, num tem?

- Tem... ± Tássia virou os olhos, entediada.

- Tem caubói... MAS I PUDIM? TEM PUDIM NU RAGUINARÓQUI???

Os três se entreolharam. Ficaram observando Piquet, inflamado, tentando entender.

- NUM TEM PUDIM PRUS CAUBÓI COME, COMPANHERUS! É UMA CRASSE


QUE TÁ DESAFAVORECIDA!

- Isso significa que você não vai com a gente procurar pistas sobre onde está o Buda
Dourado de cinco metros?
- Eu vo faze uma revolussaum em pró dus companheru caubói!

- Bom, Tobber, vem comigo?

- Claro, Tássia. Venha, Homúnculo.

Os dois foram até a Kafra e se teleportaram para Payon. Ruwíz ficou com os olhos
cheios de lágrimas. Pegou Piquet pelo colarinho.

- Só você estava falando fora da guilda! Por que? Oh, deus! Por queeeeeeee? Onde está
minha faca de plástico de bolos Pullman?

- Calma, companheru. Elis foraum cassá a bunda de alguém. I vc, mi ajuda na


campanha! A luta comessou, companheru!

- OMG!1!!1!

***

Em Payon, Tássia e Tobber andavam, olhando a cidade. A pequena sacerdotisa curava


pessoas aleatoriamente, mesmo NPCs. Tobber olhava um pouco chateado. Parava,
mexia em algo nas costas dela e continuava andando.

- Mas que cidadezinha mixuruca, hein? ± disse Tássia, olhando ao redor ± Já era ruim
antes. Agora ficou pior! Maldita LUG!

- Calma, linda. Vamos nos espalhar e tentar encontrar alguém que saiba algo desse Buda
Dourado de cinco metros.

- Pif! Eu vou ficar aqui e tentar encontrar informações do meu jeito!

- Tá bom... nos vemos então em... uma hora?

Tássia só soltou um beijinho para Tobber e deu uma piscada. Ele deu de ombros e foi
para a caverna de Payon.

***

A cidade de Prontera estava toda cheia de panfletos. Ruwíz e Piquet estavam abordando
todas as pessoas que encontravam, tentando juntar adeptos à causa que defendiam.

- Amigus companherus! Nóis tá aqui pra defendê us direitu dus caubói! Vc pódi comê
uma carne, vc pódi comê maçã, mais uns companheru num tem o direitu di comê seu
pudim!

Um mercador parou e ficou olhando para a dupla. Olhou assustado para Ruwíz, que
segurava um arqueiro pelo colarinho, levantando-o do chão.

- Aqui! Você vai apoiar o direito dos caubóis comerem pudim no Ragnarok, tá me
entendendo? Assina aqui e seja adepto ao movimento!

- E-e-e-e-er... c-c-c-c-c-claro. N-n-n-n-n-não me asura, por favor! Onde eu assino?

Enquanto o rapaz assinava, o mercador se aproximou de Piquet, que estava quase sem
voz de tanto berrar.

- Ei, moço. Que movimento é esse?

- Estamo na luta, companheru, pelo direito dus caubói comê pudim no Raguinaróqui.

- Mas por que?

- Ora! Pq? Pq? Pq eles não podem, ué!

- Mas por que alguém deveria poder comer pudim no Ragnarok?

- E pq não pode?

- E por que deveria poder?

- Tá tentando me confudi, companheru?

- Não, só estou tentando entender o por quê. Não acho que o fato de outras classes
poderem comer maçã, carne e biscoito justifica o que você quer.

- Aaaaaah! Então você é contra caubóis????

- Ei, eu não falei nada disso! Só é caubói quem quer!

- E você tem alguma coisa contra caubóis?

- Que é isso? Claro que não! Só to falando que não entendi o grande motivo desse
movimento e quero entender a necessidade!

- Então vc num vai assiná o documento?

- Não, ué.

- Ce traiu o movimento caubói, véio®.


®by Dado Dollabela ± todos os direitos reservados

- Mas que traí movimento o quê? Eu só falei que não vou assinar nada porque não vejo
motivo e não sou obrigado a concordar!

- COMPANHERUS! ESSI CARA AQUI TA CONTRA NÓIS!


LINCHAAAAAAAA!!1!111!

Ao som da voz de Piquet, as pessoas correram para cima do mercador. Foi um


verdadeiro mob humano, que acabou atropelando Piquet junto. Apenas as botas dele
ficaram no chão quando as pessoas passaram, deixando vazio o lugar onde estava.

***

Tobber, depois de algum tempo na caverna, voltou para a cidade de Payon. Notou uma
roda de gente. Ouviu uma melodia vinda direto do inferno, como uma cantoria de
adoração ao demo. Era algo comoó

Vem potranca, chega aí


Vou te dar uma idéia, chega aí
Se quer dançar, se divertir
Pra lá e pra cá
Pra sacudir
Desce o corpo até o chão
Com a mão no pé mexe o popozão
De lá pra cá daqui pra lá
Ai que dança loucaMMM

No meio da roda, Tássia fazia performances, sacudindo, descendo o corpo até o chão,
com a mão no pé, mexendo o traseiro, pra lá e pra cá, em algum tipo de dança louca. Os
homens olhavam hipnotizados. Subitamente, ela parou. Foi até uma mesinha e viu que
não tinha mais nada novo além desde a última vez que a checara. Assim, se embrulhou
no véu transparente. Tobber e sua Homúnculo se aproximaram.

- Tássia, o que foi isso?

- Ora, eu estava praticando uma dança pagã. Mas só fiz isso na condição de que
depositassem aqui qualquer pista sobre o paradeiro de um Buda Dourado de cinco
metros que está desaparecido.

- Bem, isso facilita enormemente as coisas.

- Agora você pode ler tudo que escreveram aí e ver se descobre onde ele está!

Tobber olhou para a quantidade enorme de papel. Deu de ombros, sentou e começou a
ler, enquanto os demais ainda estavam hipnotizados, olhando a Odalisca.

***

Piquet se viu em um campo cheio de grama, com muito sol. Havia pessoas carecas
correndo com sinos. Elas usavam roupas leves e esvoaçantes, brancas e laranjas. Notou
um homem conversando com crianças, e se aproximou para ouvir.

- ... e então, no quinto dia, Vish, o Nu, surgiu em uma nuvem amarela, procurando as
nozes do dragão. Um noob ousou questionar os desígnios de Vish, o Nu, e foi queimado
até os ossos com uma baforada.

- E que lição devemos tirar disso, Levabrahmanamala? ± perguntou inocentemente uma


das crianças.
- Que vocês nunca devem folgar com um dragão que pode soltar fogo por todos os
orifícios, pequenos gafanhotos.

- Ooooooooooh ± responderam as crianças em coro.

Piquet se aproximou, curioso. Aquele careca não lhe era estranho. Começou a imaginar
alguns tipos diferentes de cabelo nele, até que finalmente teve um estalo.

- Vc... vc é o Pane! Panelão!

O monge se virou assustado. Uma lágrima escorreu do seu olho.

- Eu não sou chamado assim há muito tempo, grande gafanhoto. Por favor, me chame
pelo meu nome da minha nova vidaó Levabrahmanamala.

- Companheru! Que bom encontrá vc!

- E o que faz aqui, companheiro revolucionário ultra jovem?

- A cituassão tá compricada. Eu to apoianu um movimentu, mas ta difissel faze as


pessoa inguinorante a intendi que nóis tá debatenu um tema que é muito compricadu.

- E que tema seria esse, amigo de língua presa?

- O direitu dos caubói comê pudim, companheru.

Levabrahmanamala olhou para o alto, com a expressão suave de quem tinha acabado de
se livrar de uma diarréia. Sorriu como uma criança, e ficou refletindo. Piquet ficou
observando ele quieto, por vários minutos. Por fim, com toda a calma que agora lhe era
peculiar, Levabrahmanamala voltou a encarar o Ferreiro.

- Oh, criatura protestadora! Tu que protestas, dizei, entãoó o que este tema representa
intrinsecamente ao Ragnarok?

- Como acim? É u direitu dos companheru comê pudim.

- Não, não... reflita... lembre-se o que é o Ragnarok ± Levabrahmanamala sorriu.

- A guerra dus umano cos monstro?

- Não, meu saco! To falando com você em forma de parábolas! Aaaai minha tia Sônia!
Se eu to falando pra você refletir sobre o que é o Ragnarok e o que é o tema que você tá
protestando, então é pra você ver o que um tem a ver com o outro... ou não! Cáspita!
Vou ter que desenhar pra você entender esta pohha?

Piquet não respondeu, pasmo. Ficou olhando o homem retomar a serenidade e encostar
as palmas das mãos.

- Ops... ainda bem que isso é um delírio da sua mente. Eu jamais me perdoaria se tivesse
dito isso em voz alta nessa minha nova fase. Agora vai, Piquet! Acorda!
***

Piquet se levantou descalço, no meio de Prontera. Um pouco tonto, notou os restos de


um mercador pendurado em um poste. As pessoas estavam preparando uma fogueira,
para sumir com qualquer resto dele. Alguns outros arremessavam pedras no cadáver, se
divertindo.

- Nossa, ainda bem que você acordou, Piquet! Tá belezinha aí? ± Ruwíz se aproximou,
ajudando o Ferreiro a levantar.

- Ai... minha cabessa. Obrigadu, companheru.

- Já linchamos aquele cara que não era a favor dos caubóis poderem comer pudim. E
agora, o que devemos fazer?

Tentando reordenar os pensamentos, Piquet notou uma criança chupando um sorvete


perto dele. Viu também uma noviça comendo uma banana, e um Petite lambendo uma
Bengala Doce. Sua mente teve um estalo e ele se levantou.

- Entendi! Não tem nada a vê!

A multidão ficou olhando para seu líder, que ia se recompondo. Ele se apoiou no poste,
ainda sujo com o sangue do mercador linchado, e começou a raciocinar em voz alta.

- Agora faiz sentidu. O Raguinaróqui num é só a guerra entri umanus e monstro. É um


jogu. Um luga prais pessoa se diverti, pra distrai a cabessa. Num é luga pra discuti
culinária.

- Que? ± Ruzwíz se aproximou do Ferreiro, coçando a cabeça.

- Companheru! ± Piquet abriu um sorriso ± Tem luga mais melhó pa falá de culinária!
Praticá dom di cozinha nun é u obejetivu desse lugá. Solta o mercado, coitado.

A massa deixou o corpo do mercador cair do poste. Alguns Kukres puxaram ele
rapidamente para o esgoto. Aos poucos, sem saber o que fazer ou que rumo tomar,
começaram a se dispersar. Como qualquer moda, tinham esquecido o sentido do que
quer que os tivesse reunido ali, e já estavam tocando suas vidas como se nada tivesse
acontecido.

Notaram, então, Tássia e Tobber se aproximando, seguidos pela pequena sacerdotisa.


Ruwíz viu que tinha uma noviça parada na rua, na linha de movimentação da Odalisca.
Com os olhos arregalados, se deu Agi e Benção.

- Aaaaaaaaaaaah! Me dê sua força, Pégasuuuuuu!

A menina mal teve tempo de gritar. O berro ³Punho Supremo de Asura´ ecoou,
enquanto os restos dela explodiam no ar, deixando o monge totalmente coberto de
vermelho. Com o olhar esbugalhado, tal qual Jean Claude Van Dame em O Grande
Dragão Branco, saiu da frente de Tássia.
- Luuuuz na passarela, que lá vem ela! A nova loura do Tchan é linda! Deixa ela entrar!

Fez uma reverência de karatê enquanto ela passou. Piquet percebeu que eles carregavam
um saco enorme de moedas douradas.

- O que é iffu, companherus?

- Bem, - disse Tássia, sorridente ± recuperamos um Buda Dourado de cinco metros pra
um escritório de advogados e fomos muito bem recompensados. Trabalho fácil!

- Pif... fácil pra você. Depois que eu li 3 mil bilhetes de propostas de casamento, ficou
fácil encontrar o Buda. Aliás, nunca tinha reparado que tinha aquela estátua em Payon,
perto da caverna.

- Até que você fez um excelente trabalho pintando ela de dourado... hehehehe!

A sacerdotisa-mirim começou a curar todas as pessoas que passavam. Tobber tentou


segurar a menina, mas ela distribuía curas sem parar.

- É sua filha? ± perguntou Ruwíz, ainda pingando sangue.

- Não, é meu homúnculo.

- Tô sabendo.

- LOL chapas me am Brazil ± disse a menina.

- O que ela falou? ± o monge se aproximou.

- Nada não, ela tá maluca! ± Tobber soltou um sorriso amarelo, tentando esconder ela.

- Ué... ela fez inglês como aquele cara... como ele chamava? Ruy Sakanagi, acho... ele
que dominava o inglês assim, pelo que me lembro.

- LOL me are not bot ± disse a menina, soltando um /e5 antes de buffar Ruwíz.

- Cala a boca... er... ela tá desregulada. Eu realmente preciso ir embora.

- LOL ± respondeu a menininha, abrindo um chat escrito ³Falando com GM´.

O Monge foi até a Odalisca e tirou da calça uma flor. Ofereceu-a para Tássia.

- Uma flor para outra flor.

- Obrigada. Bem, vou tomar banho. Até mais, meninos.

Apenas Piquet respondeu. Tobber estava ocupado tentando arrancar a menina do chão.
Ruwíz ficou desesperado.
D 2i  í l   i
   
it   ii í  il
i +l-  
 ii 2i i  %
; 1 i   t  "?$ ; j2 i$ 2i$
 

l tD  l  i >


l   @@    t 1 t 2 i 
 ;

D    i & 4 )2il     l  i  5 )i  % )l    t i 


  1  l t ti t  &    i    t    t
 &  it   % i i     t ; i  i  1i it 
"l t

...

A ítl i    % t


      i i   4D   
"
it6     4D      C  i  +i%t   4D 
   R0í- ii l   4D  i  i  ii l t  4D1 %
 
i     ii l     B

ó     óó + t C óó

D 0

D "l 

D t 0
D 1  j R
D$

D i %
  i i i- i ^^

D ll ll ll


D 1


 +0 :

il  i    i 

À 
  @@  i)iit  li 5      j % tili-  t 5
     i % C  l &  1
 
Caçadora full For. É a jogadora mais rica do servidor, por motivos desconhecidos. E
ainda não percebeu o por quê.

 
[Nome censurado pelo filtro do fórum que define o homem que usa conta de mulher],
ou ximêiou, tem conta de mulher e muito zeny na conta. E entende o por quê.

AC
Ela é a última bolacha do pacote. Do mundo. E não entende muitas coisas.

‰ ?@D('
Ninguém sabe quem ele é. Nem ele mesmo. Mas parece ser amigo da Tássia. Só ela não
entendeu.

. %   


Universitário pseudo-revolucionário, doutor em turismo, mestre na arte de protestar -
mesmo que não entenda nada de verdade.

 
Rapaz incompreendido que utiliza de tecnologia proibida para fins inocentemente
sagazes. Apenas seu homúnculo e sua mini-sacerdotisa o entendem.

***

Capítulo Alpha X 1 Clash of The Super Heroes

- ou 6Àantasia Àinal (espero!) 1 de 3 (espero também)6

Tássia mal pôde acreditar no que viu. Finalmente o chat de Fuvity tinha se fechado. O
imponente Lorde de cabelos vermelhos e aura azul tinha se levantado. Os olhos da
Odalisca brilharam, enquanto ela foi ao lado dele, ajoelhada.

- Fuvity! Finalmente você conectou! Louvado seja!

- ai carai
- fehcei o chat
- n salvei
- iskeci d v qm pediu guild
- huahauhaua
- fodz-se

- Fuvity! ± a Odalisca agarrou as duas pernas dele ± Por favor! Recrute-me! Eu estou
aqui te esperando desde o natal de 2006!

- lol?
- Eu sou Tássia Xando. Vi seu chat e queria dizer que é meu objetivo fazer parte da
OverPower!1!.

- véio
- c jah tem guild
- pera
-2
-?

- Hmm... a gente criou essa guilda pra esperar você voltar, só pra ir treinando.

- aff!1!1

Fu se levantou e deu um Impacto Explosivo em Tássia, no meio de Prontera. Ela


tombou morta no mesmo instante. Ao mesmo tempo, Ruwíz sentiu um aperto no
coração. Ele estava em Al De Baran. Levantou-se e correu para Prontera. Morreu duas
vezes para os Argíopes, mas finalmente alcançou a capital. Quando chegou, viu a cena
bizarraó sua musa desmaiada no chão e o Lorde com sua aura, sentando e levantando em
cima dela.

- Não! ± exclamou ele ± Por tudo que é mais sagrado, belo e absoluto na face deste
planeta! Tire essa sua bunda metálica de cima da mulher mais bela desse... hã... planeta!

- hmmm
-n
- oquei
- lol

- Ruwíz... usa Ygg em mim, por favor ± murmurou Tássia, levando sentadas de Fu ± eu
tô salva em Payon.

- Oh... meu... deus! Ela falou meu nome! ELA FALOU O MEU NOME!

- Ress logo aí, Ruwíz, vai...

O monge caiu de joelhos, erguendo as duas mãos para o céu. Lágrimas de alegria
transbordaram de seus olhos no mesmo instante.

- GAIA!!! OBRIGADO PELA TUA GRAÇA! LOUVADO SEJA TEU NOME!


AGORA POSSO MORRER EM PAZ!!!!!

- huahauhau
- oquei
Fu foi até o monge e também matou ele com um Impacto Explosivo. A Odalisca
suspirou, vendo que agora o Lorde sentava e levantava em cima do monge. Foi quando
apareceu a saltitante Web, com um Chapéu de Galápago+9.

- weeeeeee *-*

A Caçadora parou ao notar Fu fazendo festa em cima de dois corpos. Estava sorrindo,
mas fechou a expressão ao notar que a Odalisca tinha um brasão da OverPower, mas
com um 2 no final.

- Ei, garouta! ± disse Web, com um Óculos de Machão ± Q história é essa d


OverPower!2! ???

- Não enche, menina. Minha conversa aqui é com o Fuvity.

- Ai ow! Eo q so a emp rôlder da guild, tá? ._.

Tássia ia responder, mas foi ressuscitada por um sacerdote. Em seguida, o homem


também reviveu Ruwíz, e foi para perto da Odalisca.

- Ei... ± disse ele ± não foi você que deu um show em Payon outro dia desses?

- Eu mesma! ± respondeu Tássia, sorrindo.

- Muito bom. Você é a Tássia Xando, né?

- Sim!

- Bacana, sou seu fã! Vamos tirar uma foto!

Web sentiu-se ofendida. Colocou um Elmo do Orc Herói, olhando indignada. Como
aquela novata era conhecida e ela não?

- ei... ._. ± disse ela, puxando a manga do sacerdote ± Eo so a emp rôlder da


OverPower!1!

- Tá, beleza. Algum amigo meu já deve ter pego você. Dá licença, quero tirar uma SS
com a Tássia.

- Já comi, companheru...

Web não sabe se foi com ela, mas saiu correndo, chorando, usando uma AoA e
Binóculos. Fu olhou para o Ferreiro, que se dirigia ao monge.
- ... já comi muita carne em Morroc ± concluiu o Ferreiro, segundos antes de levar um
Impacto Explosivo de Fu e tombar morto.

- O QUE É IFFU, COMPAHERU??

- ahuahuahau
- beebas

- Vô ti denunciá pros GMs! Town Kill? Iffu aqui num é Diablu!

- aff
- eu q vo
- tpq
- aff
- 8tpw
- ces copiaro minha guild
- bora caçá GM

O Ferreiro sumiu e reapareceu na Kafra. Voltou e parou na frente do Lorde. Ficaram se


encarando por longos minutos. Longos mesmo. Web voltou com Maryjohn, enquanto
Tobber se aproximou também do grupo, com uma garotinha sacerdotisa e um
Homúnculo.

O tempo começou a passar. Os minutos tornaram-se horas. Nenhum dos dois arredava o
pé. Finalmente, Companheiro Piquet caiu de joelhos.

- Aaaargh! Disistu! Nun acho GM.

- ...
- ...
- ...
- ...
- ...
- ...
- ...
- ...
- eu tb n
- lol

Você não pode falar ou usar habilidades por 10.

Fuvity ficou com um balão vermelho em cima da cabeça. Maryjohn foi atrás dele e
ficou sentando e levantando freneticamente. Web, usando um Chapéu de Gatinho
Dorminhoco, tomou a frente do grupo.

- ei... desfaiz essa guild aih >ó\

- Add a gente aí? ± Tássia falou, séria.

- Naum!!!! Desfaiz aí! Ces n são OverPower!1! Tudo noob! >óO

- Claaaro... falou a garota que nem Transclasse é... ha ha ha.

Web ficou realmente triste. Notou que o Ferreiro olhava hipnotizado enquanto ela
trocava os chapéus.

- Pensando bem ± disse Tássia ± nós vamos continuar com a OverPower!2!, e vamos
nós mesmos buscar nossa fama. Não pensei que fossem nos ignorar assim.

- Oooh queridona! ± Mary finalmente se adiantou ± Pega leve! Heahuaheuahea! A gente


nem conhece vocês! Chega junto, bora caçar MVP! Aí a gente vê qualé que tá pegando!
Heaueahuehaueahueauhua!

Mary deu um tapão de mão cheia na buzanfa de Tássia, que ficou roxa no mesmo
momento. A seguir, virou-se para Fuvity.

- Ae meu queriiiiido! Bora MVP com eles?

O Lorde foi até atrás de Tássia e começou a levantar e sentar sem parar. Mary entendeu
que aquilo era um sim.

- Maravilha! Bora equipar, vamos matar... hmm...

- Thanatos! ± disse Tobber, até então calado.

- Fechou! - Mary deu um tapão nas costas da sacerdotisa-mirim que acompanhava


Tobber. A menina caiu no chão se contorcendo.

- lol lol lol chapas me am brazil. My speak is pautated in logic lol lol me is no bot
kkkkkk V> Rondel+9 D/O - disse ela.

- Não! Cuidado pra não quebrar ela! Sua monstra! ± desesperado, o Alquimista socorreu
sua companheirinha.

- Heahauehauheuaheau! Bele, bora MVPa, depois a gente caça uns GM por aí e resolve
essas diferenças! Tá bom pra vocês?
Tássia, Ruwíz, Piquet e Tobber concordaram. Fu fez um /oquei. Apenas Web saiu de
perto.

- Eo... n vo. Vlw ._.

Web Nacam saiu


Fuvity saiu

***

- Filha, telefone.

- N kero atende

- É o FIIIII.

- N kero

- Atende o menino, filha.

- ... alô ._.

- aee
- saiu pq?
- bora matá Thanatos lá
- go

-n

- Pq n ow
-?

- N kero joga com aquela mina ._.

- Bora lá, mó famoza ela


- rox

- Eo... tenhu q me troca. Tenhu uma festa d noite.

- aff
- q mané festa
- go go mvp
- aff
D    í
 E

D 1  M+
D í
  2 9+

D
/ 
  "$

D 
D$

D   í
 F

D B  M+
D  i

 tl) )i li " )i   l tt t  1i  
 i  t   M+    i l )t  i
 2 i

óó     óó + t G óó


 +0 :

il i    i  

À 
  @@  i)iit  li 5      j % tili-  t 5
     i % C   i  tt 4   l

C(  )ll "    j  i i  


i   ti
  i M
 i  tt 4  RB

H    l )ilt   )>  % )i    %  t  l  I
 /i ;i t t  l   it -6  t M t  >l


l 4  8lti  1l   t    l  l2

E @  
i4 1 % l 4  l   M     i 2i  &
. %   
Universitário pseudo-revolucionário, doutor em turismo, mestre na arte de protestar -
mas precisa ir ao fonoaudiólogo urgente.

 
Rapaz incompreendido que utiliza de tecnologia proibida para fins inocentemente
sagazes. Mas não se importa, pois sem SS é fake.

***

Capítulo Alpha X 2 Clash of The Super Heroes

- ou 6Àantasia Àinal (espero!) 2 de 3 (espero também ^^')6

Fuvity entrou

- aew
- bora go MVP
- oquei

- Oh, meninão! - Mary, comendo um camarão no espeto, chegou perto do Lorde. O óleo
escorria por seu queixo em quantidades absurdas - Cadê a Web?

- aff
- vae no niver

- Vixe, perder MVP pra ir em festa de aniversário é flórida. Aniversário de quem?

- dela!1!!
- aff!!!!11!!

Mary ficou olhando Fu por alguns momentos. Por fim, deu de ombros.

- Mesmo assim, perder MVP pra ir em níver é flóóórida.

- E então, meninos - Tássia se adiantou e entrou entre Fu e Mary - Vamos lá matar o


Tanathos?

- lol
- tpw
- ces taum mto fraco ainda
- bora upa vcs ants

Tobber, Ruwíz, Tássia e Piquet pareceram bastante interessados. Se aproximaram do


Lorde, curiosos. Fu deu alguns itens para eles - cauda, dente e escama de dragão.

- ae
- pera aew

Fuvity saiu

Alguns minutos depois, um Sumo Sacerdote apareceu na frente deles.

- go beebas
- entra aew

- Quem está vindo a estar sendo vofê, companheru? - indagou Piquet.

- aff
- n sabe le
-?
- Fuvity Sarce Temp
- go aí no portau
- carai

Fu abriu um portal. Seguidos por Mary, os quatro entraram. O Sumo Sacerdote então
sumiu.

Fuvity entrou

- ai carai
- cmo eo vo aogra
-?
- aff
- jogo lixo
- lol

***

- Que lugar é esse? - Tássia andou para o lado, notando um grande lago e muitas
criaturas.

- Parece ser o Lago do Abismo - Tobber olhou ao redor, segurando sua mini-
sacerdotisa, que estava louca para sair matando coisas.

- Isso mesmo, meu povo! - Mary, chupando manga, com fiapos nos dentes, começou a
explicar - Vamos entrar. Usem os itens que o Fu deu pra vocês. Hmmm... "Fu deu" fica
feio. Que o Fu ENTREGOU para vocês.
- Mas nem trouxemos equips! - resmungou Tássia.

- Relaaaxa! Vem comigo! Haeuhauehaeahuehauea!

***

- ow
- Mayr

- Fala, chuchu!

- tao hydro jah


-?

- Sim! Cadê você?

- ino ae

***

O quarteto, acompanhado de Mary, ficou olhando o "treino" acontecendo no


Hidrolancer, no nível mais profundo do lago do abismo. Algumas dezenas de pessoas
estavam sentadas, se acotovelando por um espaço. Um Lorde mirrado apanhava
horrores da criatura, enquanto seu mob eternamente saía para ser destruído por
Caçadores e Atiradores de Elite.

- Mas... o que é iffu, companheru? - Piquet ia dar um passo, mas Mary parou ele.

- É aqui que a mágica acontece - a Sacerdotisa falou séria - Todos os dias, neste lugar,
nascem algumas dezenas de Transclasses e de 99s.

Os olhos de Tássia e Ruwíz brilharam. Eles olharam fascinados para o "treino".

- Mas... como assim? Nós podemos atingir o nível máximo em quanto tempo?

- Bom, essas pessoas normais pegam só 16kk de XP por hora. O Fu sozinho consegue
gerar 450kk de XP por hora em média.

Tão logo seu nome foi citado, Fu chegou. Tinha o MVP dragão colado em suas costas,
batendo alucinadamente.

- ae
- vo fala uma veiz
- tela td mundo
- ce naum meu pet aqui
- vai pedala vcs
- oquei
-?

Os grupos que se beneficiavam da farm suspiraram. Um a um, foram desaparecendo.


Sabiam que não adiantava discutir com Fu quando ele queria farmar. Depois que o
último grupo partiu, ele deu um Impacto Explosivo desarmado no Dragão. A sigla MVP
subiu em sua cabeça, enquanto o Hidrolancer partiu para cima dele.

- ae, mayr
- aujda eles ae a pega 99
- eo vo sai e decha lifgado
- oquei

- Beleza, chuchuzão! Xá comigo aqui!

- oquei
- vlw
- bjs

Fuvity saiu

***

O som rolava alto no salão de festas do prédio da menina. O repertório ia de Eliana,


passando por Xuxa e Kelly Key. Várias crianças se divertiam, comendo hot-dogs e
bebendo suco de tamarindo. Foi quando o interfone tocou, misturado ao som de RBD.

- Filha, tem um micro-ônibus aí na frente. Parece que é o FIIII.

Os olhos da menina brilharam. Ela saiu correndo alucinada, passando por todos os
convidados em disparada. Viu então um bando de garotos esperando para entrar no
prédio.

- Abri abri abri abri *-* - disse ela para o porteiro.

Tão logo ele abriu, os meninos cercaram ela.

- aeee
- aeeeeee
- aeeaaa
- aeeee
- aeaeeeaaeae
- ehauehauehauheau

Começaram a pular em volta dela. Deram vários tapas na cabeça dela, e aplicaram um
cuecão, arrancando a calcinha dela pela cabeça.

- Ai mininus... vcs saum taum legais! *-*

- fheauhuehaue
- adhudaheuhaueae
- lol lol lol
- kkkkkkkkkkk
- tpw
- nois ta ino ja
- boa festa ae

Sem falar nada, todos entraram no ônibus, menos um. Eles foram embora. FIII e a
menina ficaram se olhando.

- Hun... soh vai fica vc? 0_o

- lol
-s

- Ah. Pq?

- foro cassa MVP

- Vc eh o primero neh?

- lol?

- vc q crio o Fu né? ^^

-s

- Ah!

Ficaram se olhando, e começou a garoar. Continuaram quietos por algum tempo.

- Ei... vamo entra? ^^

- bora ae
- go go entrar
Os dois foram para o salão. Rolava um karaokê Raf Eletronics, tocando a originalíssima
Pintura Íntima. Uma garota muito feia, acompanhada de outras amigas bem feias, se
esgolava no refrão manjado "Fazer amoooor de maaaaadrugadaaaa", enquanto o resto
complementava com um "em cima da caaama, embaaaixo da escada". Estranhamente,
faziam isso de maneira quase robótica, sem realmente se divertir.

FIIII e a menina se olhavam ainda, parados em um canto do salão.

- ae

- oi? /hmm

- Ta fazeno qtos anos


-?

- Ah, to fazeno XX! óD

- eita
- n entendi

- XX anos

- carai
- pq vc n fala a idade
-?

- eo falei ._.

Um homem de óculos escuros e engravatado chegou perto de Fu. Mostrou um contrato


e saiu de perto.

- ah
- n pódi fala çua idad
- c eh d menor
- aehuaheuae

- Ai vx tb, bobo! ._.

- lol

Ficaram quietos mais um pouco, se olhando. FIII reparou na saia amarela dela, no top
azul royal e nas sandálias da Sandy. Ele vestia uma camisa da [insira marca da moda
aqui], um [insira tênis da moda aqui] e tinha o cabelo [insira o penteado do momento
aqui]. Ficaram se encarando.

- ow

- oi? ^^

- c vem senpre aqui


-?

- tipo, eo moro aqui

- ah

- ^^

- ae
- ce k danssa
-?

A menina corou. FIII levou-a até o meio do salão e ficaram dançando juntos Pintura
Íntima, em sua octagésima repetição, agora cantada por um cachorro bêbado de cerveja.
Eles estavam de rostos colados. FIII tinha a mão na nuca da menina, que não se
lembrava de ter sentido um toque caloroso assim antes.

- ow
- mina

- oy *-*

- tpw
- c mora aki neh
-?

- s *-*

- tpw
- bora subi ae
- p seu ap

- Nussa, pra faze o que? 0_o

- go go p seu quarto
O coração da menina disparou. Ficou corada na hora. Tinha que pensar rápido, diante da
proposta. Engoliu seco, pegou FIIII pela mão e correu para o elevador. Ele apenas
soltou um "lol" e acompanhou ela. Entraram correndo no apartamento e foram para o
quarto dela.

- eo vo me troca, tah? óD

- oquei
- lol lol lol

A menina saiu. Foi para o banheiro e usou o kit "Xuxa só para baixinhas crescidas que
querem brincar de mamãe". Voltou toda produzida, e notou FIIIII com o rosto no PC
dela, ligado.

- Ma... mas... maaaas o que vx ta fazeno, FIII?? óO

- ue
- veno s a mayr treino os cara
- lol
- pelo menos dah p cassa MVP daqui

- Vx quis vir p meu quarto soh pra joga + Rag???? >óO

-s
- lol
- ow
- pega refri la p mim
- plz

A menina saiu correndo chorando. FIII olhou pra ela e deu de ombros.

- muliéres
- ...
- n entendo elas
- kkkk

***

- É... vocês estão LINDOS!

Mary olhou orgulhosa para o grupo. Tássia, Piquet, Tobber e Ruwíz ostentavam
belíssimas auras. Já conseguiam matar sozinhos o Hidrolancer e qualquer outro monstro
que aparecesse.
D   $ D 11 l 
 )li-    iiD ti % t
  ) 
i

D      
lt %i 
i    M l 1  Dó )i ) t %i
t  ( lt  i

D   i$ D   )i 2i %   /i 

D  % t i )    l i  R Mi ó  4 1 

 1 l t i  )l  t i   & ti       4 1 

D        %    t  jl  t 
  t i %i$ D "l R0í-
i    i

 l )i  i  it it  t  %  )-i i tt %t
l   1i    t j t  l l

óó 
 +0 :  il D !i    2 i     +l& óó

i- %  2 i    


t  iit l 1  8lti   ítl 

 +0 : i l 2i  it 2 it t  l    t 2 
l  +l&

C  & 1i  % )-  l )-  % t 2 i )-ó t  ) >   i:::

 t&  ti   )il     t  )&  4 i jt  

t   /lt  i
 ti JKKL   t >

1 (

D R)

...

l 4 l)  M     %     


/ ?66$% F8 !'   A ! % % 

- ou 6Não posta isso no fórum, pohhaM Vou mandar só pra você e que fique só entre nós,
hein? >:O6

Olá, pequeno batráquio mutante. Eu sou o Panelão, da OverPower!1!. É óbvio que você
me conhece, já queó

- já levou um toco meu em algum lugar


- já usou meu nome em vão
- já quis ser como eu
Logo, me apresentar é descabido e prova que você ainda tem muito a aprender nesta
vida; quiçá nas suas quatro próximas encarnações.

Se você está lendo este documento, significa que eu morri, que hackearam meu PC e
publicaram isso, que eu estava entediado ou que eu decidi que é o momento de
ploriferar mais seguidores, absolutos como eu.

Então, regozijai-vos, pois está em suas mãos o meu 8 !'   A 
! % .

Caia de joelhos e repita três vezes, com as mãos para os céus ³O fogo queima, mas
quem incendeia sou eu!´, terminando com os dois polegares para o próprio peito.

E toda vez que disser ou escrever ³Usuário Supremo´, ergua os dois braços para o alto,
aproximando-se da seguinte figuraó

\o/

#)
G 
- o seu credo

Vamos começar pelo básico. Sem entender ele, você nunca se tornará um Usuário
Supremo. Se você não compreendê-lo, continuará sua vida como bucha de canhão. Vou
explicar bem devagar, porque você ainda não possui a luz que vai libertá-lo.

Este é o fórum do Ragnarök Online. O Ragnarök Online é um jogo. Um jogo é algo


para se jogar. Para se bater papo existem as ³salas de bate-papo´, como o UOL e o
Terra possuem, ou os ³Comunicadores Instantâneos´, como são o MSN e o GoogleTalk.
Assim, o fórum é um complemento para quando você não está jogando. Se você tem
alguma dúvida, você posta no setor específico. Alguém que não tem nada melhor para
fazer e tem tempo livre vem, responde e todos ficam felizes. Você volta então para o
jogo.
Porém, você está prestes a se tornar um Usuário Supremo. E aqui entra seu primeiro
ensinamentoó ³o fórum é a sua vida´. E desculpe, mas você não joga mais. Cada hora
passada dentro do jogo, se divertindo ou fazendo amigos, é uma hora a menos onde
você poderá construir sua reputação e mostrar para o mundo como é importante.

Nada, absolutamente nada que aconteça dentro do jogo importa. Não importam os
eventos, as pessoas, sua classe de personagem, seu nível, seus equipamentos, os MVPs,
o mercado... nada. Liberte-se disso. A partir de agora, seu foco está nas pessoas. Você
precisa provar quão despreparadas elas são para jogar Ragnarök, e mais que isso,
provará que elas não estão aptas sequer a viver.

Então tenha em mente que o seu principal objetivo não é ajudar. Sua meta é provar que
as outras pessoas estão erradas, mesmo que para isso seja preciso (e será) sair
completamente do assunto proposto em um tópico.

#)
G H
- o avatar, o nome e a assinatura

Como você já sabe, você não joga. Então é muito provável que você não tenha um
personagem com nível maior que 70, 80 no máximo. Isso é ruim, porque aqueles
garotinhos de 12 anos geralmente possuem quatro personagens transclasses, e poder
ingame é entendido por eles como poder na vida real. Assim, não use jamais seus
personagens em nenhum lugar do seu perfil.

O seu avatar deve seguir o mesmo padrão. Se você está num fórum de Ragnarök Online,
o mais óbvio como Usuário Supremo é não usar uma figura do jogo. Escolha imagens
engraçadas. Copie pedaços de tirinhas de sites de humor, personagens de outros jogos
ou imagens de protesto. Escolha uma imagem que não seja relacionada ao Ragnarök
Online.

O seu nome deve ser conceitual. Lembrando que você não vai falar muito da sua classe
de personagem (a menos que seja para se exibir, já que seu objetivo não é ajudar
ninguém), não use nomes que remetam a ela. Péssimos exemplos seriam ³Conan of
Power´ para um Cavaleiro, ou ³Legolas Arqueiro´ para um Caçador. Também não use
muitos símbolos especiais. Seu nome deve ser fácil de se pesquisar. Aliás, com o
advento das ³tags´, onde você relaciona uma palavra-chave a um tema, preencha todos
os posts com o seu nome. Não tem nada a ver com o assunto, nunca terá, mas além de
fazer propaganda pessoal, vai ajudar você a procurar suas mensagens, sendo você o
único beneficiado com isso.

Se estiver em dúvida sobre qual nome conceitual escolher, utilize a técnica do Grande
Lhama Ahuma Mala¶ae, da Sibéria do Norteó ligue a TV e escreva a primeira palavra
que ouvir. Ligue o rádio e escreva a primeira palavra que ouvir. No caso deste exemplo,
eu gerei o nome ³Carnaval Beat´. Se você preferir, pode utilizar a técnica de John
Smith, latifundiário dos anos 20 e precursor do movimento flamer de Nevada, onde é
utilizada a primeira palavra dita por uma mulher seguida da primeira palavra longa dita
por uma criança. No caso deste exemplo, em uma rápida volta no parque, gerei o nome
³Espetacular biriba´. Transformar em inglês também dá ótimos resultados, como
³Amazing Biriba´.

Para a assinatura, o Usuário Supremo deve utilizar ou uma montagem, ou uma imagem
feita no Paint. Lembre-se, ³conceito´. Quando você apresentar seus bonecos de
palitinho, você vai gerar dúvida nos mortais. Será que fizemos isso de propósito? Será
que estamos escondendo alguma mensagem subliminar? Qual o objetivo da nossa
assinatura? Não importa. Nunca revele, nunca fale dela para ninguém.

E jamais, nunca, por hipótese alguma, coloque informações pessoais verdadeiras no seu
perfil. Evite ao máximo utilizar seu nome real. Covardia? Não. Prefiro pensar em que
apenas os escolhidos terão o direito de proferir nosso santo nome.

Recapitulandoó não use nada que tenha a ver com o Ragnarök Online.

#)
G I
- o modo de falar

Se você não sabe escrever, esqueça. Você nunca será um Usuário Supremo. Nós não
cometemos falhas ± apenas erramos de propósito, de maneira consciente.

Em todo caso, use o Word. Escreva seu texto nele. Quando aparecer uma linha
vermelha embaixo da palavra, significa que ela está errada. Clique com o botão direito
em cima dela e veja o que aparece para substituir. Se lhe fizer algum sentido, corrija. Se
não fizer, apague e troque por outra. Lembre-seó poste apenas na certeza.

Use palavras difíceis. Você pode achar muitas delas em dicionários online. O
importante não é ser compreendido. Quanto menos te entenderem, mais medo terão de
você. E você não quer ser entendido. Você quer contrariar e mostrar que está certo,
mesmo quando não está.

A Wikipedia (www.wikipedia.org) deve ser seu melhor amigo. Sempre que alguém usar
um termo desconhecido, leia a respeito, pesquise, e então responda. Copie e cole trechos
dos textos que encontrar, para mostrar que você é mais esperto que um aluno da quinta
série.

Trechos de música ajudam horrores. Elas passam mensagens subliminares das suas
características psicológicas e seu modo de vida. Alguns exemplosó
- rock e músicas dos anos 80 mostram que você é ³old school´, que foi (ou é) hippie e
que ³está ligadíssimo nesse barato da rede mundial de computadores, mora, bicho?´

- apenas rock antigo mostra que você bebeu todas na adolescência, se drogou, fez sexo
(ou acredita ter feito) desesperadamente e que a vida para você nada mais é que o
intervalo entre suas cervejas e a hora da morte

- Blind Guardian, Dream Theater, Angra ou qualquer coisa que inclua cabeludos
segurando longas notas agudas com o vento no rosto e trovões ao fundo, ou qualquer
letra que inclua ³Dragon, Sword, Power, Carry on, Master, Survive, Again, Tears´ ou
afins, mostra que você é um roqueiro feliz que finge que é mau, mas que quer fazer
amigos, desses que correrão nus com você até o final do mundo

- Evanescence, Avril Lavigne ou qualquer outra música que seja de bandas de garotas
pseudo-gostosas mostram que você precisa de uma namorada urgente. Ou duas.

Utilizar trechos de música vai ajudar a identificar alguém do seu estilo, além de tornar o
post mais confuso. Faça analogias das letras, algo como.

³Oh meu deus! Isso me lembra mais a música µAtirei o pau no gato, mas o gato não
morreu¶, onde o gato são todos os males desse jogo mal administrado, e nós somos o
pau, que não mata esse gato!´.

Também tome muito cuidado com piadas temáticas. Você com certeza acessa sites de
piadinhas, de otakus, nerds ou algo relacionado a grupos específicos. É tentador usar
piadas de Pokémon ou Animes, para saber que apenas os que assistiram ou freqüentam
as mesmas rodas vão reconhecer, mas isso pode rotular você e tornar fácil uma
identificação. E você não quer isso ± senão usaria sua foto no avatar!

E não perca a calma. Nós sabemos que por trás da telinha você estará espumando
quando alguém te contrariar. Sabemos que vai arrancar a tinta da tecla F5, de tanto
ansiar por respostas. Mas você não vai perder a calma. Não vai xingar. Se xingar, use
adjetivos suaves, que vindos da boca de um Usuário Supremo vão parecer mais
poderosos, como ³Bobão´, ³Cabeça de melão´ ou ³Cocozento´.

#)
G J
- A relação ³Mural de Recados X MSN´

Quebre de vez o conceito de bate-papo. O fórum nada mais é que um grande MSN, que
ao invés de fazer um sinal sonoro avisando que uma mensagem chegou, vai mandar um
e-mail.
Não pense. Pensar faz mal. Pensar leva a raciocinar. Racionar é inteligente. E pessoas
inteligentes não perdem tempo no fórum. Isso é ruim demais. Se você começar a
raciocinar, vai parar de usar o fórum. E se você parar de usar o fórum, nunca será um
Usuário Supremo. Jamais será.

Responda na velocidade da luz. Leia superficialmente a dúvida da pessoa. Então analise


se você está em um dos dois quadrosó

‡ Usuário Supremo Neste ponto, você já é conhecido e temido. Então apenas pegue
QUALQUER palavra-chave da dúvida da pessoa e pesquise. Pegue os resultados da
pesquisa, copie e cole como resposta, complementando com ³V> Pesquisar D/O´.

‡ Usuário Supremo em treinamento Você ainda está se tornando temido. As pessoas


ainda discutem com você ao invés de falar amém para o que você diz. Então você ainda
precisa pegar leve. Utilize uma das respostas-padrão a seguir, que vão notar seu
desinteresse na pergunta dela e que serão o gancho para fazer o autor sair do sério.

1. Não entendi, seja mais claro.


2. Seção errada.
3. Já existe um tópico com isso.
4. Pode ser mais específico? Lol
5. O pesquisar pode te ajudar. Ou não.

Quando o usuário responder, lembre-se da lição 1 ± você não vai ajudar. Apenar
exponha que ele não sabe procurar, que ele não sabe escrever, corrija erros de escrita,
tire sarro do avatar dele e denuncie ao moderador. Usar um "Old" também ajuda.

O segredo, porém, é fazer isso em todos os tópicos possíveis. Marie Furtan, uma
francesa radicada turca que vive em Zagreb, detém o recorde sulista de respostas rápidas
em tópicos, com uma média de 25 mensagens diferentes por minuto em um fórum de
tipos de queijo.

Rapidez. Deixe fluir o MSN que existe dentro de você.

#)
G K
- a linha de escrita

Isso é tão importante quanto a sua participação no fórum. Ao ter criado seu nome e
avatar, você virou um personagem. O fórum é o seu palco, onde você fará suas
apresentações e espetáculos. Assim, é preciso que você represente seu papel. E você
fará isso por meio da sua escrita.
Existem diversos modos, e cada um escolhe o que lhe melhor aprouver. Veja diferentes
maneiras de responder a uma mesma mensagem.

Mensagemó ³Oi. Queria pedir para as pessoas desse fórum terem um pouco mais de
conssiencia, pois a maioria que acessa é crianças. Aliás, é esse o público desse jogo, não
é? Queria que vocês ao menos, se não forem atrapalhar, ajudassem eles a aprender de
verdade e a se relacionar com as pessoas onlines. Obrigada ± mãe de um jogador´.

Resposta tipo curta e irônica, para parecer que você é super entendido da vida e que não
se importa. ³Entra naquela sala e tira a roupa. Vamos fazer outro filho pra senhora,
porque esse já era´

Resposta tipo Meu Querido Diário ³É por essas e outras que eu parei de jogar´

Resposta tipo adolescente se achando o máximo ³Se eu tivesse uma mãe dessas eu me
matava kkkkkkkkkk´

Resposta tipo amigo do adolescente se achando o máximo, mas vindo de um adulto ³V>
Dicionário. Com tanto erro de português, a senhora devia procurar ajuda profissional´

Resposta com consciência socialó ³Por que isso?

A senhora podia pensar.

Será que isso é certo?

Ou não?

Eu prefiro pensar se compensar.

Gastar 20 reais por mês pro garoto ser maltratado.

Ou 20 reais para aprender.

Uma profissão ou algo que ajude na vida real.

Aqui é uma diversão.

Mas só se ele já tiver um rumo definido na vida.´


Não existe uma resposta correta, e ainda há milhares de linhas a se seguir. Desenvolva a
sua e seja feliz.

#)
G L
- a arte do flood

Floodar é como cometer um crime. Poucos sabem fazer com maestria. Existem os
amadores, que são pegos e são punidos. E existem nós, Usuários Supremos. Nós
³cometemos este crime´ na cara de todos, mas não somos pegos. E ainda somos
elogiados por isso.

Os amadores cometem um deslize essencial ± eles spameiam. Spam é mandar muitas


mensagens em um curto espaço de tempo. São amadores que fazem isso porque eles não
colocam conteúdo no que escrevem. Existe uma linha fina que separa o amadorismo de
um flood profissional. Experimente, em uma discussão, utilizar estas frasesó

- Ou não.
- E o que isso tem a ver com o assunto?
- Eu ri.
- Eu também.
- Quase ri.
- Era pra ser engraçado.
- Ok, agora sério, vai.
- Estou indo dormir. Até amanhã.
- Depois desse eu vou para [insira algum lugar legal aqui].
- Isso é velho. Alguém chama o moderador.
- [inserir alguma imagem]

Também funciona usar frases falando da sua vida pessoal, mas isso veremos em outra
oportunidade, no curso avançado.

Recorde-se da lição número 4. O fórum é seu MSN. Então não tenha medo de bater-
papo no meio de uma discussão. Mas a dica éó comece comentando o assunto e bata
papo pessoal no meio da resposta. A partir da terceira mensagem, ignore o assunto do
tópico e comece a falar só sobre vida pessoal. Os mortais não vão perceber que você já
desvirtuou o tópico e emputeceu o autor dele.

#)
G M
- Flame, a perícia em causar destruição e ódio
É muito difícil falar sobre flame. Flamear é como estar apaixonado; você não sabe
definir, você apenas sabe que está. O último debate oficial sobre o tema, na
universidade de Massachussets, no verão de 85, causou a morte de 63 aposentados, oito
donas de casa e um cachorro. Nenhum deles era catedrático, mas foram mortos do
mesmo jeito. A fúria dos participantes forçou a Nintendo a inventar o Super NES,
aparelho que por razões desconhecidas acalma o coração dos flamers.

Em todo caso, lembre-se de alguns ensinamentos curtos, que vão ajudá-lo a pelo menos
começar um flame menos amador.

1. Jamais começará uma mensagem de maneira amistosa ± você não está no fórum para
fazer amigos.
2. Nunca usará mensagens particulares (MP) para resolver pacificamente os assuntos ±
lição 5, o fórum é seu palco. Sem platéia não há espetáculo.
3. Fará o possível para expor a ignorância da pessoa, desnecessariamente ± sempre faça
a sua figura sobrepujar a do oponente.
4. Não concordará com o seu adversário ± se você concordasse, não teria começado o
flame.
5. Leve cada frase para o pessoal ± não tenha piedade de falar dele, pois ele não terá de
você.
6. Chamará seus amigos para acompanhar o tópico e ajudar a bater no pobre coitado.

Este último item merece uma lição extra.

#)
G M"
- O amigo invisível

Admitaó você não tem muitos amigos. É difícil encontrar pessoas com a nossa
genialidade. Não temos iguais. Não podemos nos rebaixar para ficar no nível inferior
dos menos providos intelectualmente. Assim, precisamos criar um Amigo Invisível.

Esse amigo será uma ou mais contas falsas. Somos gênios. Podemos discutir com nós
mesmos. Então criaremos esse alter ego. Ele será uma pessoa comum, que terá idéias
boas, mas nunca será tão genial quanto nós mesmos. Existe um roteiro básico para o uso
do Amigo Invisível.

- crie a conta falsa


- não aplique muito bem a Lição 2, para não ficar na cara que somos nós mesmos
- poste com o Amigo Invisível em um tópico onde você está de tocaia, esperando uma
deixa para humilhar alguém, mas ninguém deu ainda
- depois de duas páginas, provoque o Amigo Invisível com uma indireta
- engula a indireta com o Amigo Invisível e se dê a deixa para ser humilhado
- com a conta de Usuário Supremo, humilhe seu Amigo Invisível
- como Amigo Invisível, elogie o Usuário Supremo e fique amigo dele
- repita em mais dois tópicos, e firme publicamente amizade com ele

É fatal. Quando seu Amigo Invisível inteligente for dominado, as pessoas temerão. A
fraqueza dele em desistir de uma discussão com você vão fortalecê-lo. E isso vai gerar
uma corrente de medo, que vai aumentar a sua força como Usuário Supremo. O
adolescente enigmático, a criança gênio, o interiorano culto, o playboy inteligente, a
gostosa de nível alto... divirta-se!

#)
G N
- Odiamos a Level Up

Entoe, todas as manhã, o mantra ³Maldita LUG´. Quando algo de ruim lhe acontecer,
principalmente quando não for relacionado ao Ragnarök, amaldiçoe a Level Up. Apenas
cultivando este ódio é que será possível superar a razão e transcender a loucura,
ignorando qualquer argumento e passando a acreditar na verdade dos gnomos.

Tudo é culpa dela. Tudo. Quando algo dá errado, tenha a certeza plena e absoluta de que
ela fez de propósito, para te prejudicar. Dê vida às suas fantasias mais insanas e
doentias. Enxergue cegamente tramas, beneficiamentos e todo tipo de exagero.

Afinal, é CLARO que eles farão isso. É simplesó as coisas que a Level Up faz são tão
absurdas, tão descaradas, tão óbvias, que eles farão, com a certeza de que ninguém vai
pensar que eles as fariam. E eles fazem. E a sua missão é provar que todas as teorias da
conspiração são verdadeiras. Maldita LUG!

#)
G O
- Maria Adminstrador

Eu acho muitas coisas injustas nesse mundo. Uma delas é o fato de não existirem
estupradoras, mulheres que abusam de homens. Outra são as mulheres terem o cargo
exclusivo de ³Maria Chuteria´, ³Maria Gasolina´, ³Maria 99´. É hora de quebrar este
paradigma.

Você ***PRECISA*** ser amigo do Administrador, mesmo que ele não queira.

Comece como todo Usuário Supremo. Xingue ele, debata, ofenda, polemize. O Admin é
a única pessoa com a qual você não aplicará a regra 2 do Flame. Você trocará
mensagens particulares com ele, em paz, para mostrar que você é legal e quer ajudar.

A partir daí, você será o famoso ³não caga, mas não sai da moita´. Nunca resolve nada,
nunca fica do lado de ninguém, nunca toma uma posição, mas xinga todo mundo.
E cuidado, pois há um ponto muito polêmico nesta fase da sua vida de Usuário
Supremo. Um conclave no Vaticano, envolvendo as freiras psíquicas de Berlim,
terminou com o derretimento de 20% das calotas polares. É o ³por que você não se
torna um de nós?´.

Você não pode jamais se tornar ³um de nós´. Nunca pode exercer um cargo oficial. Sua
força não está em ser moderador, ombudsman ou o que o valha. Você cria ONGs com
nomes bonitos e convoca pessoas a fazer parte delas. Assim, você vai liderar grupos
como ³Clube do Golfinho Maluco´, ou ³Os Azuis de Nifleheim´. Vai fazer todo o
trabalho que os grupos oficiais, com o apoio da Level Up, fazem, só para entregar de
mão beijada e recusar de boca cheia qualquer convite para participar. Não se esqueça de
aplicar a regra do Amigo Invisível, caso ninguém perceba sua genialidade e não lhe dê o
prazer de negar um cargo.

#)
G 
- a verdade está aqui dentro

Muito bem, muito bem. Você está pronto, não está? Está emocionado. Quer correr para
o fórum, abandonar sua vida simples e mundana e subir todos os níveis possíveis na
Cadeia Alimentar.

Mas tenha calma. Você já aprendeu a primeira das lições, a de que você não joga mais.
Sua diversão é provar que está certo, mesmo que não esteja, e contrariar as pessoas com
maestria, independente da idade delas.... e da sua!

Porém, há mais uma luz interior secreta que você deve entender. A verdade.

Nós, Usuários Supremos, não temos vida. Não temos.

Parou de espernear? Parou de discordar. Se você discorda, apague agora esse


documento. Você não mereceu ler nenhuma letra. Seu comum.

Mas pare para pensar. Você responderá a mensagens na velocidade da luz.


Acompanhará assuntos polêmicos com a rapidez de um pensamento. Passará seu dia
matutando respostas, buscando apoio, ligando para pessoas, perturbando dúzias de
amigos no MSN, mandando mensagens pessoais. Ao menor sinal de resposta, você não
apenas já terá lido, como terá selecionado uma de cinco respostas de três páginas
escritas previamente.

Exercendo a arte do flood, as respostas sairão da ponta dos seus dedos tão automáticas
quanto seu coração bombeia sangue pelo seu corpo. Você suará frio, não se divertirá
com os amigos e ficará tenso longe do computador sempre que seu nome estiver em
algum tópico polêmico, no qual cada segundo longe é um segundo a menos de
discussão.

Nenhuma pessoa que tem vida consegue isso. Minta para os outros. Use os tópicos para
falar que está indo para a praia, que voltou da academia, que veio da namorada, que
chegou da balada... até dê a entender que fez sexo (com outra pessoa, se possível!). As
pessoas vão acreditar. Se você for um bom articulador de palavras, elas vão crer.

Mas nós dois sabemos que isso não é verdade.

E por isso, por saber quão coitados somos (apesar de nunca admitir para ninguém), nós
temos que prezar a regra máxima do Usuário Supremo, que vem logo depois de ³Jamais
usarei meu nome real´ó eu jamais revelarei a minha idade.

No centro de São Paulo, o camelô Cenor Abravanel conseguiu construir, em 1919, seu
primeiro autômato. Este robô matou Cenor e viria a se tornar um dos Donos do Mundo,
o empresário Sílvio Santos, tomando seu lugar para sempre na história mundial. Antes
disso, entretanto, o andróide fez a então ainda-não-clássica piada da galinha
atravessando a rua. Um homem de 53 anos riu, desatando o seguinte comentário de uma
balconista de padariaó

³Credo... isso não é coisa da sua idade. Que ridículo´.

Assim, lembre-se do precioso ensinamento dessa balconista. A menos que você tenha
até 14 anos de idade, não revele sua idade no fórum. Não use ela como argumento para
nada, nunca, jamais. Em uma escala gerada pelos Incas, é sabido que cada ano acima do
14 equivale a cento e dezesseis passos na direção do fogo do mármore perene do
inferno. E todos aprendem com a loura do banheiro que a escada que leva ao fogo do
mármore perene do inferno tem 1160 degraus. Muito cuidado com isso.

Use este poder sabiamente. Não transmita esse conhecimento para qualquer um, e não
faça a besteira de postar no fórum, revelando nossos segredos.

Seja feliz! Panelãom