You are on page 1of 6

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
 

Colégio Estadual Dona Branca do Nascimento Miranda

 
 

Média de alunos por

/

Data: ____

/

 

____

____

Ano:

Turma: _______

turma: 36

Atividade 01/05

1º.Sem/2015

_____

 

Conteúdo: Polígonos: Classificação, elementos, tipos, ângulos, perímetro.

 

Professor Maurício de Oliveira Munhoz.

 

Bolsistas: Cristine Tokarski Lima, Keith Gabriella Flenik Morais, Marcia Janayna Kozakiewicz. Tatiana Chenisz

 

Aluno(a):

________________________________________________________________________________________________

Polígonos

Polígonos são formas geométricas planas fechadas, cujos seus segmentos de reta não se cruzam.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Polígonos:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Elementos
Elementos
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Não-polígonos:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

No Polígono ABCD, podemos destacar:

4 lados: AB, BC, CD, DA.

 

4 vértices: A, B, C e D.

4 ângulos internos:

,
,
,
,
 4 ângulos internos: , , e

e

2 diagonais: AC e BD

 
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Diagonais

Diagonal é um segmento de reta que une dois vértices não consecutivos. No entanto, existem alguns polígonos que não têm diagonais.

Não há diagonais:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Atividades

1) Circule as figuras, abaixo, que são polígonos:

1

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
2) Reproduza os polígonos que você circulou no exercício anterior, dando nome aos vértices, e preencha
2) Reproduza os polígonos que você circulou no exercício anterior, dando nome aos vértices, e
preencha a tabela.
Figura
Lados
Vértices
Ângulos
Diagonais
Internos

Classificação dos Polígonos

É possível classificar os polígonos conforme seu número de lados, vértices e ângulos internos.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Regularidade

Denominamos um polígono de regular quando todas as medidas de seus lados e de seus ângulos internos são equivalentes.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
 

Colégio Estadual Dona Branca do Nascimento Miranda

 
 

Média de alunos por

/

Data: ____

/

 

____

____

Ano:

Turma: _______

turma: 36

Atividade 01/05

1º.Sem/2015

_____

 

Conteúdo: Polígonos: Classificação, elementos, tipos, ângulos, perímetro.

 

Professor Maurício de Oliveira Munhoz.

 

Bolsistas: Cristine Tokarski Lima, Keith Gabriella Flenik Morais, Marcia Janayna Kozakiewicz. Tatiana Chenisz

 

Aluno(a):

________________________________________________________________________________________________

Convexo e não-convexo

Um Polígono é dito convexo quando todos segmentos de reta traçados, cujas extremidades pertençam ao polígono, tenham seus pontos no interior do polígono. Um Polígono é dito não-convexo quando existe pelo menos um segmento de reta, cujas extremidades pertençam ao polígono, que tenha pontos no exterior do polígono.

Atividades:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

3) Ligue as características dos polígonos à suas nomenclaturas:

Pentágono Decágono
Pentágono
Decágono
Dodecágono Icoságono
Dodecágono
Icoságono

12 lados, 12 vértices e 12 ângulos internos.

10 lados, 10 vértices e 10 ângulos internos.

5 lados, 5 vértices e 5 ângulos internos.

20 lados, 20 vértices e 20 ângulos internos.

4) Todos os polígonos anteriores eram convexos? ______________________________________________________________________________

5) Quais polígonos anteriores eram regulares? Por quê? ______________________________________________________________________________

3

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Perímetro

Perímetro é a soma das medidas de todos os lados do polígono, isto é, é a medida do contorno de um polígono.

Exemplo:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

P = 8 + 7 + 6 + 5 P = 15 + 11 P = 26 cm

Quando o polígono é regular, podemos multiplicar o número de lados pela medida do lado para descobrirmos o perímetro da figura. Exemplo:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

P = 7 x 6 P = 42 cm

Soma dos ângulos internos (S ai )

É possível medir o valor de um ângulo com o auxílio de um transferidor. Abaixo, uma tabela com a soma dos ângulos internos de polígonos:

Polígono

Soma dos ângulos internos

Triângulo

180 º

Quadrilátero

360º

Pentágono

720º

Hexágono

900º

Heptágono

1080º

Octógono

1260º

Eneágono

1440º

Decágono

1620º

Atividades

6) Calcule o perímetro de cada figura abaixo:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

7) Determine a quantos graus corresponde a medida x em cada polígono.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
 

Colégio Estadual Dona Branca do Nascimento Miranda

 
 

Média de alunos por

/

Data: ____

/

 

____

____

Ano:

Turma: _______

turma: 36

Atividade 01/05

1º.Sem/2015

_____

 

Conteúdo: Polígonos: Classificação, elementos, tipos, ângulos, perímetro.

 

Professor Maurício de Oliveira Munhoz.

 

Bolsistas: Cristine Tokarski Lima, Keith Gabriella Flenik Morais, Marcia Janayna Kozakiewicz. Tatiana Chenisz

 

Aluno(a):

________________________________________________________________________________________________

Quadriláteros

Quadriláteros são figuras planas formadas por 4

lados.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Elementos

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Paralelogramos

Paralelogramo é o quadrilátero que tem lados opostos paralelos:

Retângulo: Paralelogramo 4 ângulos internos de mesma medida
Retângulo:
Paralelogramo
4 ângulos internos de
mesma medida
 

Quadrado:

 

4 lados e 4 ângulos

 

Losango:

internos de mesma medida

4 lados de mesma

 

medida

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Trapézios

Trapézio é o

quadrilátero que tem 2 lados

paralelos. Trapézio Isósceles: Os lados não paralelos possuem a mesma medida.
paralelos.
Trapézio Isósceles:
Os lados não paralelos
possuem a mesma
medida.
Trapézio Retângulo: Possui ângulos de 90º.
Trapézio Retângulo:
Possui ângulos de 90º.
Trapézio Escaleno: Os lados possuem medidas diferentes.
Trapézio Escaleno:
Os lados possuem
medidas diferentes.

Soma dos ângulos internos (S ai )

A soma dos ângulos internos de um quadrilátero é de 360º.

Perímetro (P)

É a soma das medidas de todos os lados:

P = AB + BC + CD + DA.

Área (A)

É a superfície do polígono, ou seja, seu preenchimento.

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

5

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Departamento de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Atividades

8) Calcule a área dos quadriláteros abaixo:

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba Diretoria de Graduação e Educação Profissional

9) Vamos desenhar? Sabendo que o perímetro de um quadrilátero é 48 cm, desenhe pelo menos 6 quadriláteros para encontrar aquele que tem a maior área possível. Utilize a folha A4 de papel milimetrado, lápis, borracha e régua.

10) Vamos desenhar? Sem deixar área entre as figuras de modo que todas se encaixem, na folha de papel milimetrado desenhe todos os tipos de quadriláteros (de diferentes tamanhos, se preferir). Utilize a folha A4 de papel milimetrado, lápis, lápis de colorir, borracha e régua. OBS: Não pode haver outros polígonos, somente quadriláteros.