You are on page 1of 30

Sumário

Ainda ontem chorei de saudade - João Mineiro e Marciano..................................................................................2


As Andorinhas - Trio Parada Dura..........................................................................................................................3
Boneca cobiçada - Palmeira e Biá .........................................................................................................................4
Cabecinha no Ombro - Almir Sater........................................................................................................................5
Como eu chorei - Lourenço e Lourival...................................................................................................................6
Cuitelinho - Pena Branca e Xavantinho..................................................................................................................7
Churrasco e Bom Chimarrão - Gaúcho da Fronteira..............................................................................................8
Deus e Eu No Sertão - Victor e Leo........................................................................................................................9
Flor do Cafezal - Cascatinha e Inhana..................................................................................................................10
Fio de Cabelo - Chitãozinho & Xororó.................................................................................................................11
Fogão de Lenha - Chitãozinho & Xororó.............................................................................................................12
Jeito de Mato – Paula Fernandes..........................................................................................................................13
Majestade o Sabiá - Jair Rodrigues.......................................................................................................................15
Meu Primeiro Amor - Cascatinha e Inhana...........................................................................................................16
Nuvem de Lágrimas - Chitãozinho & Xororó .....................................................................................................17
Um Violeiro Toca - Almir Sater............................................................................................................................18
Panela Velha - Sérgio Reis....................................................................................................................................22
Pinga Ni Mim - Sérgio Reis..................................................................................................................................24
Seu Amor Ainda é Tudo - João Mineiro e Marciano............................................................................................25
Sonho de Caminhoneiro - Milionário e José Rico................................................................................................26
Tem Que Ser Você - Victor e Leo.........................................................................................................................27
Varandas - Almir Sater..........................................................................................................................................28
Vida Boa - Victor e Leo........................................................................................................................................29
Ainda ontem chorei de saudade - João Mineiro e Marciano

(intro) F Am C7 F C7 F F7 Bb F C7 F

F Dm Gm
Você me pede na carta que eu desapareça
C F C
Que eu nunca mais te procure pra sempre te esqueça
F Dm Gm
Posso fazer sua vontade atender seu pedido
C F C
Mas esquecer é bobagem é tempo perdido

(refrão)
F C
Ainda ontem chorei de saudade
F C
Relendo a carta, sentindo o perfume
F C
Mas que fazer com essa dor que me invade
F C
Mato esse amor ou me mata o ciúme

(intro)

F Dm Gm
O dia inteiro te odeio, te busco, te caço
C F C
Mas em meu sonho de noite te beijo e te abraço
F Dm Gm
Porque os sonhos são meus ninguém rouba e nem tira
C F C (refrão)
Melhor sonhar na verdade que amar na mentira
As Andorinhas - Trio Parada Dura

Intro: Bb F Bb F Eb F

F
As andorinhas voltaram
Bb
E eu também voltei
F
Pousar no velho ninho
Bb
Que um dia aqui deixei
F
Nós somos andorinhas
Bb
Que vão e que vem a procura de amor
F
As vezes volta cansada, ferida machucada
Eb
Mas volta pra casa
F Bb
Batendo suas asas com grande dor
F
Igual as andorinhas, eu parti sonhando
Bb
Mas foi tudo em vão
F
Voltei sem felicidade porque na verdade
Eb F
Uma andorinha voando sozinha
Bb
Não faz verão
Boneca cobiçada - Palmeira e Biá
Intro:A E7 A7M E7 A7M

A
Quando eu te conheci, do amor desiludida,
E
Fiz tudo e consegui, dar vida a tua vida
Dois meses de aventura, o nosso amor viveu
D E A
Dois meses de ternura, beijei os lábios teus
A
Porém eu já sabia, que perto estava o fim
E
Pois tu não conseguias, viver só para mim
Eu poderei morrer, mas os meus versos não
D E A
Minha voz hás de ouvir, ferindo o coração

A Bm E A
Boneca cobiçada das noites de sereno
A Bm E
Teu corpo não tem dono
A A7
Teus lábios tem veneno
D E
Se queres que eu sofra
A F#
É grande o teu engano
Bm E A
Pois olha nos meus olhos Vê que não estou chorando
Cabecinha no Ombro - Almir Sater

C G7 C C7
Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora
F G7 Em C
E conta logo a tua mágoa toda para mim
G7 F C
Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Am Dm G7 C G7
que não vai embora, que não vai embora

C G7 C C7
Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora
F G7 C
E conta logo a tua mágoa toda para mim
G7 F C
Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Am Dm G7 C C7
que não vai embora, porque gosta de mim

F G/F Em Am Dm G7 C Am
Amor, eu quero o teu carinho, porque eu vivo tão sozinho
F G/F Em Am
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Dm G7 C Am
se ela vai embora,se ela vai embora
Dm F C
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
G7 C
se ela vai embora,porque gosta de mim
Como eu chorei - Lourenço e Lourival

Intro: D Am E7 A7 D Am E7 Am (Tom: A)

Am E7
Eu nunca pensei que tivesse fim
Am
O amor que você demonstrou pra mim
A7 Dm
Foi tudo mentira, eu acreditei,
Am E7 Am E7
Você me enganou, me abandonou, juro que chorei......., juro que chorei!

Am E7
Vivo a implorar, mas você não quer
Am
Com meu coração faz tudo que quer....
A7 Dm
Mas o tempo passa, hei de lhe esquecer,
Am E7 Am E7
Eu sou infeliz, mas serei feliz e você vai ver..., e você vai ver!

A E7
Você não pensou no mal que em fez,
A
Só espero um dia chegar a minha vez
A7 D
Você vai sentir a falta de mim
A E7 A
Você vai chorar, mas eu não vou ligar, vou fazer assim.......!

A E7
Sem o meu carinho você não vai ficar
A
Vai sentir saudade, vai querer voltar!
A7 D
Mas juro por Deus, não lhe aceitarei,
A E7 A ( D Am E7 A7 D Am E7 Am )
Pois eu quero ainda ver você chorar, como eu chorei
Sem o meu carinho...
Cuitelinho - Pena Branca e Xavantinho

D A
Cheguei na beira do porto onde as ondas se espaia
D A
As garça dá meia volta e senta na beira da praia
D DAGAD
E o cuitelinho não gosta que o botão de rosa caia, ai, ai, ai
D A
Aí quando eu vim de minha terra despedi da parentaia
D A
Eu entrei no Mato Grosso dei em terras paraguaia

Lá tinha revolução
D DAGAD
Enfrentei fortes bataia, ai, ai, ai
D
(*)A tua saudade corta
A
Como aço de navaia
D
O coração fica aflito
A
Bate uma, a outra faia
Os óio se enche d`água
D D A G A D (bis) (*)
Que até a vista se atrapaia, ai, ai, ai
Churrasco e Bom Chimarrão - Gaúcho da Fronteira

D A D
Eu sou um pião de estância nascido lá no galpão
A D
E aprendi desde criança a honrar a tradição
G Em
Meu pai era um gaúcho e nunca conheceu luxo
A GA
Mas viveu folgado enfim
A7 A9 A7 A9
E quando alguém perguntava do que ele mais gostava
A D
O velho dizia assim

(Refrão) (2X):
D A D
Churrasco e bom chimarrão, fandango, trago e mulher
A D
É disso que o velho gosta é isso que o velho quer

E foi assim que aprendi A gostar do que é bom


A tocar minha cordiona gritar sem sair do tom
Ser amigo dos amigos Nunca fugir do perigo
meu velho pai me ensinou E eu que vivo a cantar
Sempre aprendi a gostar do que o meu velho gostou

Sai da minha fazenda E me soltei pelo barro


E hoje tenho uma prenda para me fazer afago
E quando vier um piazinho para enfeitar nosso ninho mais alegria vou ter
E se ele me perguntar do que se deve gostar como meu pai vou dizer:
Deus e Eu No Sertão - Victor e Leo

Intro 2x: E C#m

E C#m E C#m A B E B
Nunca vi ninguem viver tão feliz como eu no sertão
E C#m E C#m A B E
Perto de uma mata e de um ribeirão, Deus e eu no sertão

F#m B E C#m
Casa simplisinha rede pra dormir
F#m B A (pausa) E C#m E C#m A B
De noite o show no céu deito pra assistir, Deus e eu no
E B
sertão

E C#m E C#m A B E B
As horas não sei mas vejo o clarão lá vou eu cuidar do chão
E C#m E C#m A B E
Trabalho cantando a terra é a inspiração Deus e eu no sertão

F#m B E C#m
Não há solidão tem festa lá na vila
F#m BA B E
Depois da missa vou ver minha menina
F#m B E C#m
De volta pra casa queima lenha no fogão
F#m B A (pausa) E C#m E C#m A B E C#m
E junto ao som da mata vou eu e um violão Deus e eu no
sertão
A B E C#m E C#m E C#m
Deus e eu no sertão Hunrrum hummm hum, rum...
Flor do Cafezal - Cascatinha e Inhana

Tom: C Intro: G7 C

G7 C
Meu cafezal em flor, quanta flor meu cafezal (2x)
G G7 C
Ai menina, meu amor, minha flor do cafezal
G G7 C
Ai menina, meu amor, branca flor do cafezal
G F C
Era florada, lindo véu de branca renda
G7 C
Se estendeu sobre a fazenda, qual um manto nupcial
G F C
E de mãos dadas fomos juntos pela estrada
F G G7 C
Toda branca e pefumada, fina flor do cafezal

Refrão

G F C
Passa-se a noite vem o sol ardente bruto
F G G7 C
Morre a flor e nasce o fruto no lugar de cada flor
G F C
Passa-se o tempo em que a vida é todo encanto
F G G7 C
Morre o amor e nasce o pranto, fruto amargo de uma dor

Refrão
Fio de Cabelo - Chitãozinho & Xororó

(intro 2x) D7 G D7 G
G D7 G
Quando a gente ama qualquer coisa serve para relembrar
G7 C
Um vestido velho da mulher amada tem muito valor
D7 G
Aquele restinho do perfume dela que ficou no frasco sobre a penteadeira
D7 G F#m Em G
Mostrando que o quarto já foi o cenário de um grande amor

Refrão
D7 G
E hoje o que encontrei me deixou mais triste
D7 C G
Um pedacinho dela que existe, um fio de cabelo no meu paletó
D7 G
Lembrei de tudo entre nós do amor vivido
D7 C D7 G
Aquele fio de cabelo comprido já esteve grudado em nosso suor

( D7 G D7 G ) (2x)

G D7 G
Quando a gente ama e não vive junto da mulher amada
G7 C
Qualquer coisa à toa é um bom motivo pra gente chorar
D7 G
Apagam-se as luzes ao chegar a hora de ir para a cama
D7 G F#m Em G
A gente começa a esperar por quem ama na impressão de que ela venha se
deitar
Refrão
Fogão de Lenha - Chitãozinho & Xororó

Intro: G Bm C G Bm C

G Bm C
Espere minha mãe estou voltando
E7 Am
Que falta faz pra mim um beijo seu
C Em
O orvalho da manhã cobrindo as flores
A7/4 A7 D7/4 D7
Um raio de luar que era tão meu
G Bm C
O sonho de grandeza, ó mãe querida
E7 Am
Um dia separou você e eu
C B7 Em
Queria tanto ser alguém na vida
A7/4 A7 D7/4 D7
Apenas sou mais um que se perdeu
G G7 C
Pegue a viola, e a sanfona que eu tocava
Am D7 G D7
Deixe um bule da café em cima do fogão
G G7 C
Fogão de lenha, e uma rede na varanda
Am D7 G D7
Arrume tudo mãe querida, que seu filho vai voltar
G Bm C
Mãe eu lembro tanto a nossa casa
Em Am
As coisas que falou quando eu saí
C B7 Em
Lembro do meu pai que ficou triste
A7/4 A7 D7/4 D7
E nunca mais cantou depois que eu partí
G Bm C
Hoje eu já sei, ó mãe querida
E7 Am
Nas lições da vida eu aprendi
C B7 Em A7/4 A7 D7/4 D7
O que eu vim procurar aqui distante, Eu sempre tive tudo e tudo está aí
Jeito de Mato – Paula Fernandes

G Em7
De onde é quem vem esses olhos tão tristes?
G Em7
Vem da campina onde o sol se deita
C Em/B
Do regalo de terra que teu dorso ajeita.
Am7 C
E dorme serena, no sereno e sonha

G Em7
De onde é que salta essa voz tão risonha?
G Em7
Da chuva que teima, mas o céu rejeita
C Em/B
No mato, do medo, da perda tristonha
Am7 C
Mas, que o sol resgata, arde deleita

(2ª parte)
G D4/F#
Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
Em7 C
É teu destino, é tua senda. De onde nascem tuas canções
G D4/F#
As tempestades do tempo que marcam tua história
Em7 C
Fogo que queima na memória e acende os corações

(3ª parte)
Am7 C
Sim, dos teus pés na terra nascem flores
Em7 D4/F#
A tua voz macia aplaca as dores e espalha cores vivas pelo ar
Am7 C Em7
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras, sete Lagoas, mel e
brincadeiras
D4 Am7 C
Espumas, ondas, águas do teu mar

(Intro repete 2ª e 3ª partes)

G Em7
De onde é quem vem esses olhos tão tristes?
C Am7
Vem da campina onde o sol se deita
G Em7
De onde é que salta essa voz tão risonha
C Am7 D4
Dorme serena, no sereno e sonha

G Em7 C
De onde é quem vem esses olhos tão tristes...
Am7 G
Dorme serena e sonha
Majestade o Sabiá - Jair Rodrigues

Intro: G D G D G D (Tom: G)

G Am
Meus pensamentos tomam formas eu viajo Vou pra onde Deus quiser
D Am
Um vídeo-tape que dentro de mim retrata
D G
Todo o meu inconsciente de maneira natural

Refrão:
C
Ah... Tô indo agora prum lugar todinho meu
G
Quero uma rede preguiçosa pra deitar, em minha volta sinfonia de pardais
D G
Cantando para a majestade, o sabiá, A Majestade, o sabiá

G
Tô indo agora tomar banho de cascata, quero adentrar nas matas
Am
Aonde Oxossi é o Deus
D Am
Aqui eu vejo plantas lindas e selvagens
D G
Todas me dando passagem, perfumando o corpo meu

Refrão Repete Intro: G D G D G D

G
Esta viagem dentro de mim foi tão linda , vou voltar à realidade
Am
Pra este mundo de Deus
D Am D
É que o meu eu, este tão desconhecido, jamais serei traído
G
Pois este mundo sou eu

Refrão (3X)
Meu Primeiro Amor - Cascatinha e Inhana

Tom: G Intro: F#7 B7 E

Em B7
Saudade, palavra triste, quando se perde um grande amor
Em
Na estrada longa da vida, eu vou chorando a minha dor
B7
Igual uma borboleta, vagando triste por sobre a flor
C C/E Gº B7
Teu nome sempre em meus lábios, irei chamando por onde for
E E7 Am
Você nem sequer se lembra de ouvir a voz desse sofredor
D7 Em B7 E
Que implora por teu carinho, só um pouquinho do seu amor
Meu primeiro amor, tão cedo acabou,
F#m
Só a dor deixou nesse peito meu
B7 F#m
Meu primeiro amor, foi como uma flor,
B7 E
Que desabrochou e logo morreu
E7
Nesta solidão, sem ter alegria,
A
O que me alivia são meus tristes ais
Am E D C#7
São prantos de dor, que dos olhos caem
F#7 B7 E
É porque bem sei, quem eu tanto amei não verei jamais
Nuvem de Lágrimas - Chitãozinho & Xororó

Intro: D Em F#m E G D

D A/C#
Há uma nuvem de lágrimas sobre meus olhos
C6
Dizendo pra mim que você foi embora
D7 G
E que não demora meu pranto rolar
F#m F#m D
Eu tenho feito de tudo pra me convencer
E
E provar que a vida é melhor sem você
A7
Mas meu coração não se deixa enganar

D A/C#
Vivo inventando paixões pra fugir da saudade
C6 D G
Mas depois da cama a realidade é só sua ausência doendo demais
F#m Em D
Dá um vazio no peito, uma coisa ruim
E
O meu corpo querendo seu corpo em mim
A7
Vou sobrevivendo num mundo sem paz

Refrão:
D E G6 D
Ah... Jeito triste de ter você longe dos olhos e dentro do meu coração
D Em F#m E G A7 D
Me ensi...na a te esquecer ou venha logo e me tire dessa solidão

Solo: D Em F#m E G D (Repete tudo)


(Refrão 2x) Finaliza: D Em F#m E G D
Um Violeiro Toca - Almir Sater
Tom: G

G G5(7M) G5(6) C
Quando uma estrela cai, no escurão da noite, e um violeiro toca suas mágoas.
D9(11)
Então os olhos dos bichos, vão ficando iluminados
C D9(11) C C5(9)
Rebrilham neles estrelas de um sertão enluarado
G G5(7M) G5(6) C
Quando o amor termina, perdido numa esquina, e um violeiro toca sua sina.
D9(11)
Então os olhos dos bichos, vão ficando entristecidos
C D9(11) C C5(9)
Rebrilham neles lembranças dos amores esquecidos.
G G5(7M) G5(6) C
Quando um amor começa, nossa alegria chama, e um violeiro toca em nossa
cama.
D9(11)
Então os olhos dos bichos, são os olhos de quem ama
C D9(11) C C5(9)
Pois a natureza é isso, sem medo nem dó sem drama
Refrão:
G G5(7M) D
Tudo é sertão, tudo é paixão, se o violeiro toca
Am7 C G
A viola, o violeiro e o amor se tocam
(Intro)
G G5(7M) G5(6) C
Quando um amor começa, nossa alegria chama, e um violeiro toca em nossa
cama.
D9(11)
Então os olhos dos bichos, são os olhos de quem ama
C D9(11) C C5(9) (Refrão)
Pois a natureza é isso, sem medo nem dó sem drama
Intro: G D C D9(11)
E|-7-7---7---7-7/10-10-10---5-5---5---5-5/8---8--8---3-3----3---3-3/5---5---5--7-|
B|-8-8---8---8-8/12-12-12---7-7---7---7-7/10--10-10--5-5----5---5-5/7---7---7--8-|
G|---0-0---0---0--------------7-7---7---7--------------5-5----5---5/7-7---7-0--0-|
D|-------------------------------------------------------------------------------|

Violão 1:
G G5(7M)
E|--3-----3-----2-------2-------------------|
B|--3-----3-----3-------3-------------------|
G|----0------0-----0-------0----------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|--3---3-------3-----3---------------------|

G5(7M) G6
E|--2-----2----0------0---------------------|
B|--3-----3----3------3---------------------|
G|----0-----0-----0------0------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|--3---3------3----3-----------------------|

C
E|------------------------------------------|
B|--------1--1--1--1--1--1--1---------------|
G|------0-0--0--0--0--0--0--0---------------|
D|----2---2--2--2--2--2--2--2---------------|
A|--3-----3--3--3--3--3--3--3---------------|
E|------------------------------------------|
↑ ↓ ↑ ↓ ↓ ↑ ↑
C
E|------------------------------------------|
B|------1---------1-------------------------|
G|--0---0-0---0---0-0-----------------------|
D|--2-----2---2-----------------------------|
A|--3-3-----3---3---------------------------|
E|------------------------------------------|

D9(11)
E|--------0--0--0--0--0--0--0---------------|
B|--------3--3--3--3--3--3--3---------------|
G|------0-0--0--0--0--0--0--0---------------|
D|----4---4--4--4--4--4--4--4---------------|
A|--5-----5--5--5--5--5--5--5---------------|
E|------------------------------------------|
↑ ↓ ↑ ↓ ↓ ↑ ↑
D9(11)
E|------------------------------------------|
B|------3---------3-------------------------|
G|--0---0-0---0---0-0-----------------------|
D|--4-----4---4-----------------------------|
A|--5-5-----5---5---------------------------|
E|------------------------------------------|

C D9(11) C
E|-0--0-------0--------------|
B|-1--3-------1--------------|
G|-0--0-------0--------------|
D|-2--4-------2--------------|
A|-3--5-------3--------------|
E|---------------------------|
Variação:
C5(9)
E|--0--2--3--2--3---------------------------|
B|--3--3--3--3--3---------------------------|
G|------------------------------------------|
D|------------------------------------------|
A|--3--3--3-----3---------------------------|
E|------------------------------------------|

Violão 2:
G G5(7M) G G6
E|----------------2-------------------0-----|
B|-------3----------3--------3----------3---|
G|-----0---0---------------0---0------------|
D|---0-------------------0------------------|
A|------------------------------------------|
E|-3----------3-3------3----------3-3-------|

C9
E|-------3-----------3-3-3-3--3--3-3-3--3-3-|
B|---------3-----3---3-3-3-3--3--3-3-3--3-3-|
G|-----0-----------0-0-0-0-0--0--0-0-0--0-0-|
D|---2---------------2-2-2-2--2--2-2-2--2-2-|
A|-3---------3-3-----3-3-3-3--3--3-3-3--3-3-|
E|------------------------------------------|
↓ ↓ ↑ ↑ ↓ ↓ ↑ ↓ ↑ ↑
D9(11)
E|---------------0---0-0-0-0--0--0-0-0--0-0-|
B|-------3---------3-3-3-3-3--3--3-3-3--3-3-|
G|-----0---0---------0-0-0-0--0--0-0-0--0-0-|
D|---4---------------4-4-4-4--4--4-4-4--4-4-|
A|-5---------5-5-----5-5-5-5--5--5-5-5--5-5-|
E|------------------------------------------|
↓ ↓ ↑ ↑ ↓ ↓ ↑ ↓ ↑ ↑
C9 D9(11) C9
E|--3---0------3----------------------------|
B|--3---3------3----------------------------|
G|--0---0------0----------------------------|
D|--2---4------2----------------------------|
A|--3---5------3----------------------------|
E|------------------------------------------|

Variação:
C9
E|--0--2--3--2--0---------------------------|
B|--3--3--3--3--3---------------------------|
G|--0--0--0--0--0---------------------------|
D|--0-----------0---------------------------|
A|--3--3--3--3--3---------------------------|
E|------------------------------------------|

Variação:
E|--------------------2--x--2--x--2---------|
B|--------------------3--x--3--x--3---------|
G|--0--0--------------2--x--2--x--2---------|
D|-----------------0--0--x--0--x--0---------|
A|-/3--2--0---------------------------------|
E|-----------3--2---------------------------|

Violão 2:
E|------------------------------------------|
B|-4/5-3------------------------------------|
G|-------5-4----7~--------------------------|
D|------------7-----------------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|

E|-7/8--7-5-3-2-3/5-------------------------|
B|-8/10-8-7-5-3-5/7-------------------------|
G|------------------------------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|
Panela Velha - Sérgio Reis

Intro: D A E7 A7 D A E7 A
A E7 A
Tô de namoro com uma moça solteirona A bonitona quer ser a minha patroa
E7 A7
Os meus parentes já estão me criticando Estão falando que ela é muito coroa
D A
Ela é madura já tem mais de trinta anos Mas para mim o que importa é a
pessoa
E7 A
Não me interessa se ela é coroa, Panela velha é que faz comida boa
(Volta para a Introdução)
E7 A
Menina nova é muito bom Mas mete medo Não tem segredo E vive falando à
toa
E7
Eu só confio em mulher com mais de trinta Sendo distinta
A
A gente erra Ela perdoa
D A
Para o capricho Pode ser de qualquer raça Ser africana, italiana ou alemoa

ESTRIBILHO 2 vezes
E7
A nossa vida começa aos quarenta anos
A
Nascem os planos Pra o futuro da pessoa
E7
Quem casa cedo Logo fica separado
A
Porque a vida de casado Às vezes enjoa
D
Dona de casa Tem que ser mulher madura
A
Porque ao contrário O problema se amontoa
ESTRIBILHO 2 vezes

É como diz o meu compadre Moraezinho:


"É panela nova também ferve o companheiro"
E7 A
Vou me casar pra ganhar o seu carinho Viver sozinho a gente "desacorsoa"
E7 A7
E o gaúcho sem mulher não vale nada é que nem peixe viver fora da lagoa
D A
Tô resolvido, vou contar Aos meus parentes Aquela gente que vive falando à
toa
A7 D A E7 A E7 A
Estribilho (2X) Panela velha é que faz Comida boa
Pinga Ni Mim - Sérgio Reis

G D7 G D7 G
Nesta Casa Tem Goteira Pinga Ni Mim, Pinga Ni Mim, Pinga Ni Mim (2x)

G
Lá No Bairro Onde Eu Moro Tem Alguém Que Eu Adoro
D7
Ela É Minha Ilusão
C
Pra Aumentar Meu Castigo Meu Amor Brigou Comigo.
D7 G
Me Deixou Na Solidão
G7
Por Incrivel Que Pareça Ela Fez Minha Cabeça
C
Estou Morrendo De Paixão
G D7
Pra Curar O Meu Despeito Vou Meter Pinga No Peito
G
Sufocar Meu Coração

Refrão

G D7
Eu Estou Apaixonado, Muito Doido Enciumado, Daquela Linda Mulher
C
Meu Sentimento É Profundo, Não Quero Nada No Mundo,
D7 G
Se Ela Não Me Quiser Estou Amando Demais
G7 C
Esquece-La Não Sou Capaz, Eu Preciso Dar Um Jeito.
G D7
Se Eu Vejo Em Outros Braços, Vou Fazer Um Tal Regaço
G Refrão
E Meter Pinga No Meu Peito
Seu Amor Ainda é Tudo - João Mineiro e Marciano
Intro: Bm Bm7 Em Em A A7 D F#7

Bm Bm7 Em
Muito prazer em revê-la, você está bonita
F# F#7 Bm F#7
Muito elegante mais jovem; tão cheia de vida
Bm Bm7 Em
Eu ainda falo de flores e declamo o seu nome
F# F#7 B F#7
Mesmo os meus dedos me traem, e discam o seu telefone

B B7+ B6 B7+ B E D#m


É, minha cara, eu mudei minha cara, mas, por dentro eu não mudo
C#m C#m7 F# F#7 B F#7
O sentimento não para, a doença não sara, seu amor ainda é tudo,
tudo
B Abm ( C#m C#m7+ ) ( F#6 F# )
Daquele momento até hoje esperei você
C#m F#7 B ( E F#7 )
Daquele maldito momento até hoje, só você
B Abm C#m C#m7
Eu sei, que o culpado de não ter você sou eu
F# F#7 B F#7
E esse medo terrível de amar outra vez, é meu

Bm Bm7 Em
Sei não devia dizer e disse: "perdoa”
F# F#7 Bm F#7
Bem que eu queria encontrá-la e sorrir numa boa
Bm Bm7 Em
Mas convenhamos a vida nos faz tão pequenos
F# F#7 B F#7
Nos preparamos pra muito e choramos por menos
Sonho de Caminhoneiro - Milionário e José Rico

Intro: D A E A

A E D A
Eram dois amigos inseparáveis, lutando pela vida e o pão
E D A
Levando um sonho de cidade em cidade, de serem donos do seu caminhão
D B7 E
Com muita luta e sacrifício pra pagar em dia a prestação
D A E A
Se realizava o sonho finalmente, o empregado passa a ser patrão

A E D A
Suas viagens eram intermináveis, de cansaço de poeira e chão
E D A
Um dos amigos o recém casado, ia ser pai do primeiro varão
D B7 E
Com alegria vinham pela estrada, não vendo à hora de chegar
D A E A
E o caminhoneiro disse ao amigo, vou lhe dar meu filho para batizar

A E D A
Mas o destino cruel e traiçoeiro, marcou a hora e o lugar
E D A
A chuva fina e a pista molhada, com uma carreta foram se chocar
D B7 E
Mas como todos tem a sua sina, um a morte não levou
D A E A
E agonizante nos braços do amigo disse vai conhecer meu filho, porque eu não
vou
Tem Que Ser Você - Victor e Leo
(intro) G D/F# (Tom: G)
E |-10----10-----10-----10-|
B |----10-----8------10----|
G |------------------------|
D |------------------------|
A |-10--------10-----------|
E |----10------------10----|

G D/F# G D/F# G D/F# G D/F#


Um dia seus pés vão me levar
G D/F# G D/F# G D/F# G D/F#
Onde as minhas mãos não podem chegar

Ponte
C G/B Am Am/G D (lick 1)
Me leva onde você for
C G/B Am Am/G D
Estarei muito só sem o seu amor
C G/B Am Am/G D
Agora é a hora de dizer

Refrão
G D Em C G D Em C
Que hoje eu te amo não vou negar
G D Em C G D Em
Que outra pessoa não servirá
C D
Tem que ser você sem por que, sem pra que
C D
Tem que ser você Sem ser necessário entender

(intro 2x) (solo) ( G D Em C ) (3x) (G D G)


E |--------------------------------------------------------------------------|
B |-----------------------8~---8~--8-8h10/11/12-12-12/10-8-8-----------------|
G |7h9-7----------------9-----9----9-9----------12-12/9--9-9--9-7-7h9--------|
D |-----9-7h9-7---7---------------------------------------------------9-7----|
A |-------------10-10~~------------------------------------------------------|
E |--------------------------------------------------------------------------|

E|------------------10------12------14------8p7-------------10~~---------|
B|-------------10/12---12/13---13/15--15-------8-8~----------------------|
G|--------7h9--------------------------------------7-9-9/11--------------|
D|------9----------------------------------------------------------------|
A|7-9-10-----------------------------------------------------------------|
E|-----------------------------------------------------------------------|
Ponte, Refrão, Lick 1 E |-------------------|
B |-7-8-8/10--7h8-7---|
G |----------------7--|
D |-----------------7-|
Varandas - Almir Sater
Tom: D#

GD D#º Em D C G
A noite é um mistério Que eu finjo em compreender
D D#º Em C G A7 D
Sentado nas varandas Esperando o amanhecer
G D D#º Em D C G
Estrelas lá no céu Fogueiras no sertão
D D#º Em C G A7 D
E as luzes da cidade Não espantam a solidão
Bb D# Bb D# G# Bb
Dona lua já se foi Polvilhar outro rincão
Gm Gm7 Cm A D7
Com o trigo da saudade Que é a massa do meu pão
G D D#º Em D C G
A noite é um caso sério Que eu não vou resolver
D D#º Em C G A7 D
Enquanto dormir longe De quem fiz meu bem querer
Bb D# Bb
Dona lua já se foi....
Vida Boa - Victor e Leo
Intro: E E|-----------------
B|--4----5----7----
G|-----------------
D|-----------------
A|--2----4----6----
E|-----------------

E B
Moro num lugar, numa casinha inocente do sertão
C#m F#m Ab#
De fogo baixo aceso no fogão. Fogão à lenha ai ai
F# C#
Tenho tudo aqui, umas vaquinha leiteira, um burro bão
D#m G#m C#
Uma baixada ribeira, um violão e umas galinha ai ai

D#m Bbm
Tenho no quintal uns pé de fruta e de flor
G#m C#
E no meu peito por amor plantei alguém / Plantei alguém

Refrão (2x):
F# C#
Que vida boa, uôu uôu uôu que vida boa
D#m G#m C#
Sapo caiu na lagoa, sou eu no caminho do meu sertão (2x)

F# C#
Vez e outra vou na venda do vilarejo pra comprar
D#m G#m
Sal grosso, cravo e outras coisa que fartar marvada pinga ai ai
F# C#
Pego o meu burrão faço na estrada a poeira levantar
D#m G#m C#
Qualquer tristeza que for não vai passar do mata-burro ai ai
D#m Bbm
Galopando vou depois da curva tem alguém
G#m C# (Refrão 2x)
Que chamo sempre de "meu bem” a me esperar / a me esperar