You are on page 1of 31

NOSSA MISSÃO GENUÍNA

NOSSA MISSÃO GENUÍNA Desenvolver pessoas através de um processo humanizado que as liberte para serem protagonistas

Desenvolver pessoas através de um processo humanizado que as liberte para serem protagonistas de suas vidas e tornarem-se o que realmente desejam ser, aproveitando seus potenciais virtualmente infinitos.

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS? Pessoas são o motivo da nossa existência. • Liderança, equipes e resultados. Gente com

Pessoas são o motivo da nossa existência.

Liderança, equipes e resultados. Gente com clareza de objetivos e capacitada. Esses são os pilares que a Vertigo 16 acredita fazerem parte da base do sucesso de qualquer organização.

Nossa meta é despertar o potencial do maior diferencial existente nas empresas e instituições:

as pessoas.

Acreditamos que pessoas são o combustível para qualquer projeto bem sucedido e que todo indivíduo pode assumir uma atitude de liderança e produzir resultados sólidos quando motivado e bem preparado.

O autoconhecimento, porta de entrada do processo de desenvolvimento, permite que todo indivíduo

evolua e produza ações responsáveis e resultados sustentáveis, que inspiram pessoas ao seu redor.

Esse processo cria um ciclo virtuoso para as diversas esferas organizacionais, além de propiciar benefícios para toda a sociedade.

Quando inteligência emocional e moral, competência e propósito entram em sintonia, uma nova pessoa surge: humana, preparada e focada para a entrega de resultados consistentes,

e consciente de seu valor e do valor do outro. Surge o protagonista humanizado.

Somos a VERTIGO 16 Desenvolvimento de Pessoas.

Soluções integradas para capacitação humanizada.

NOSSA METODOLOGIA

NOSSA METODOLOGIA Protagonismo Humanizado para Resultados Sustentáveis • Diminuir a distância que existe entre a nossa

Protagonismo Humanizado para Resultados Sustentáveis

Diminuir a distância que existe entre a nossa autopercepção e a realidade de nossos comportamentos, oferecendo assim a possibilidade de atitudes eficientes e humanizadas, com mais produtividade

Reconhecimento E aceitação Auto Autonomia Auto Protagonismo Foco Humanização consciência e escolhas controle Resultados
Reconhecimento
E aceitação
Auto
Autonomia
Auto
Protagonismo
Foco
Humanização
consciência
e escolhas
controle
Resultados

“As pessoas não resistem as mudanças, elas resistem a serem mudadas.”

- Jean Paul Sartre

A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO PELA VERTIGO 16

A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO PELA VERTIGO 16 Apresentação de resultados e sugestões de continuidade Avaliação

Apresentação

de resultados e sugestões de continuidade

Avaliação e análise rigorosa

de resultados

Briefing assertivo e dirigido Estudo aprofundado da demanda Desenvolvimento de soluções integradas Entregas customizadas e focadas
Briefing assertivo
e dirigido
Estudo
aprofundado
da demanda
Desenvolvimento
de soluções
integradas
Entregas customizadas
e focadas em resultados

SOLUÇÕES VERTIGO 16 PARA PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

SOLUÇÕES VERTIGO 16 PARA PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS ASSESSMENTS E PROCESSOS DE AUTOCONHECIMENTO TREINAMENTOS E
ASSESSMENTS E PROCESSOS DE AUTOCONHECIMENTO TREINAMENTOS E CAPACITAÇÕES COMPORTAMENTAIS COACHING JOGOS VIVENCIAIS E ORIENTAÇÃO HUMANIZAÇÃO DE
ASSESSMENTS
E PROCESSOS DE
AUTOCONHECIMENTO
TREINAMENTOS
E CAPACITAÇÕES
COMPORTAMENTAIS
COACHING
JOGOS VIVENCIAIS
E ORIENTAÇÃO
HUMANIZAÇÃO
DE CARREIRA
• Análises de Perfil
• Instrumentos
de Mapeamento
Comportamental
• Devolutivas em
Grupo e Individuais
• Workshops
• Processos
• Palestras
e Palestras
Presenciais
• Metrópole
• A Arte Da Guerra
• Expedição
• Super Tour
• Rali A Pé
• 4x4
• Novo Mundo
de Coaching
• Treinamentos
Profissional
de Atendimento
Pessoal
• Construção
de Projetos
de Desenvolvimento
Humanizado
Cultural
Financeiro
• Programa
de Formação
• Condução de
Programas
de Liderança
de Líderes
Humanizados
• Sistematização
de Ambientes
Humanizados
Domínio
dos Instintos
Libertação
das castrações
Regras
Caos
Com Punições
SOLUÇÕES INTEGRADAS EM CAPACITAÇÃO HUMANIZADA

ESTRUTURA BÁSICA DOS PROCESSOS DE ASSESSMENT

ESTRUTURA BÁSICA DOS PROCESSOS DE ASSESSMENT • A estrutura regular e inicial dos processos de assessment

A estrutura regular e inicial dos processos de assessment contempla a realização de 3 grandes etapas,
A estrutura regular e inicial dos processos de assessment contempla a realização de 3 grandes etapas,
com duas fases intermediárias e complementares, conforme apresentado abaixo:
1
Estudo da posição e alinhamento com liderança
Competência
Entrevista presencial
1.1
Descrição de cargo
2 Aplicação instrumentos e entrevista por competência MBTI, DISC, Birkman/outros On line / presencial 2.1 Devolutiva
2
Aplicação instrumentos e entrevista por competência
MBTI, DISC, Birkman/outros
On line / presencial
2.1
Devolutiva individual
3
Preparação de relatório final
On line / presencial

TEMAS PARA TREINAMENTOS E CAPACITAÇÕES COMPORTAMENTAIS

TEMAS PARA TREINAMENTOS E CAPACITAÇÕES COMPORTAMENTAIS
TEMAS PARA TREINAMENTOS E CAPACITAÇÕES COMPORTAMENTAIS

JOGOS VIVENCIAIS

JOGOS VIVENCIAIS • Jogos Vivenciais são atividades dinâmicas e interativas, em grupo, com objetivos práticos e

Jogos Vivenciais são atividades dinâmicas e interativas, em grupo, com objetivos práticos e desafios reais, que simulam situações e questão cotidianas para estimular seus participantes a desenvolver competências comportamentais através da autopercepção, exercícios experienciais e reflexões e/ou debates sobre pontos de desenvolvimento contínuo com base no desempenho atrelado aos resultados e performance durante o jogo.

A aplicação e utilização de Jogos Vivenciais em projetos de desenvolvimento de pessoas promove a mudança comportamental organizacional através da prática, criando perspectivas sólidas de crescimento individual e em grupo.

BENEFÍCIOS

• BENEFÍCIOS
  • Reforço e prática de conceitos;

  • Integração de pessoas e trabalho equipe;

  • Exercícios e desenvolvimento de competências;

  • Identificação de comportamentos e atitudes;

  • Mapeamento de pontos de desenvolvimento;

  • Aprimoramento de comportamentos ligados à liderança;

  • Oportunidades de energização e celebração em equipe.

Metrópole

Metrópole A Arte da Guerra
Metrópole A Arte da Guerra

A Arte da Guerra

Metrópole A Arte da Guerra
Metrópole A Arte da Guerra

Expedição

Expedição Super Tour
Expedição Super Tour

Super Tour

Expedição Super Tour
Expedição Super Tour

Rali a Pé

Rali a Pé 4 x 4
Rali a Pé 4 x 4

4 x 4

Rali a Pé 4 x 4
Rali a Pé 4 x 4

Novo Mundo

Novo Mundo
Novo Mundo
Novo Mundo
Novo Mundo

O QUE É COACHING?

O QUE É COACHING? • Segundo o escritor norte-americano Timothy Gallwey, o processo de Coaching consiste

Segundo o escritor norte-americano Timothy Gallwey, o processo de Coaching consiste em “liberar o potencial de uma pessoa para que ela maximize a própria performance. É mais ajudá-la a aprender que ensinar”.

Já a antropóloga e psicóloga Rosa Krausz diz que “Coaching é o processo de facilitar a aprendizagem. É o desempenho de uma pessoa através da utilização

ótima de seu potencial, com a finalidade de alcançar os resultados por ela almejados”.

Na Vertigo 16 acreditamos que Coaching é um método que visa explorar os objetivos pessoais do coachee (aquele que busca o processo de Coaching) através de conversas e reflexões que oferecerão a ele uma visão externa que desafie o status quo de suas ideias e de seus paradigmas, ao mesmo tempo em que ofereça suporte para que ele próprio possa decidir qual jornada e planos deseja traçar para sua vida, de acordo com seus sonhos e metas individuais.

Coaching é uma parceria entre o coach e o coachee para atingimento

de resultados determinados pelo coachee e refinados com o suporte do coach.

PROCESSOS DE COACHING

PROCESSOS DE COACHING • Os processos de coaching realizados pela Vertigo 16 seguem, prioritariamente, um método

Os processos de coaching realizados pela Vertigo 16 seguem, prioritariamente, um método próprio chamado OIEA Coaching Process®:

O

Objetivos

I

Investigação

E

Estruturação

A

Ação

HUMANIZAÇÃO

HUMANIZAÇÃO • • • • • Humanização é a ação ou efeito de humanizar, de tornar

Humanização é a ação ou efeito de humanizar, de tornar humano ou mais humano,

tornar benévolo, tornar afável ou mais sociável.

Toda vez que ultrapassamos alguém no trânsito, quando passamos por cima de alguém no trabalho para ganhar uma promoção ou simplesmente manter o emprego, no momento em que alguém comete uma falta conosco e temos raiva, quando colocamos nossas necessidades antes das necessidades dos outros ...

Quando fazemos todas essas coisas estamos sendo mais animais ou mais humanos? E a essência fundamental para Humanização é a evolução moral. Evolução moral quer dizer “vencer nossos instintos primitivos e viver em conexão com tudo e todos no planeta”. Para isso temos que vencer todas as variações do orgulho e do egoísmo, como por exemplo:

  • Vaidade

  • Controle

  • Inveja

  • Intolerância

  • Arrogância

  • Agressividade

  • Busca de aprovação

HUMANIZAÇÃO • • • • • Humanização é a ação ou efeito de humanizar, de tornar

Evolução inevitável e produtiva

Depois da implementação de padrões de processos, de ações de responsabilidade social e de modelos de sustentabilidade, agora é inevitável evoluirmos

Evolução inevitável e produtiva • Depois da implementação de padrões de processos, de ações de responsabilidade
Evolução inevitável e produtiva • Depois da implementação de padrões de processos, de ações de responsabilidade

moralmente e melhorarmos ainda mais os resultados através da Humanização.

Evolução inevitável e produtiva • Depois da implementação de padrões de processos, de ações de responsabilidade

Escala de Evolução com base nas certificações

• A Humanização é o próximo passo na evolução da sociedade e para entendermos claramente a
A Humanização é o próximo passo na evolução da sociedade e para
entendermos claramente a importância desse movimento, devemos
analisar o processo civilizador:
Domínio
dos Instintos
Libertação
das Castrações
“A evolução da humanidade
não está em se libertar das castrações
e sim escolhê-las conscientemente.”
Eduardo Casarotto
Regras
Caos
com Punições
Sob vários aspectos, a Humanização pode ser compreendida como:
  • Princípio de conduta de base humanista e ética;

  • Movimento contra a violência institucional;

  • Política pública para a atenção e gestão do bem coletivo;

  • Metodologia auxiliar para a gestão participativa;

  • Tecnologia do cuidado na assistência ao ser humano.

• A Humanização é o próximo passo na evolução da sociedade e para entendermos claramente a

Soluções

Desenvolvemos na Vertigo 16 uma série de soluções integradas para implementação e aprimoramento do tema e das competências ligadas à Humanização e a Evolução Moral:

Palestra de Humanização

Programa de Formação de Líderes Humanizados

Treinamento

de Atendimento Humanizado

Sistematização de Ambientes Humanizados com Certificação em Humanização

CLIENTES PARCEIROS DA VERTIGO 16

DIFERENCIAIS DA PARCERIA

DIFERENCIAIS DA PARCERIA • Conhecimento e estudo constante da cultura organizacional dos parceiros, do momento de

Conhecimento e estudo constante da cultura organizacional dos parceiros, do momento de transição das organizações, e adaptação de todas as ações e atividades ao contexto de cada projeto;

Disponibilidade para ajustes constantes na estrutura e conteúdo dos projetos;

Apoio na análise de resultados, bem como na construção de outros trabalhos baseados em percepções e informações colhidas durante as entregas dos projetos (independente desses projetos serem ou não executados posteriormente pela Vertigo 16);

Flexibilidade para realização de reunião e debates com a equipe de Recursos

Humanos, bem como com os principais gestores do parceiro, para alinhamento de percepções e geração de insights;

Capacitação e conhecimentos sólidos em desenvolvimento de pessoas,

especialmente temas comportamentais e processos de autoconhecimento,

com constante atualização de métodos, dinâmicas e conteúdos.

RETORNO DO INVESTIMENTO

RETORNO DO INVESTIMENTO Acreditamos fortemente que o desenvolvimento de pessoas em uma organização oferece diversos benefícios

Acreditamos fortemente que o desenvolvimento de pessoas em uma organização oferece diversos benefícios para a mesma que propiciam um retorno do investimento a médio prazo. Dentre os principais benefícios, destacamos:

Ampliação dos resultados gerais e produtividade dos líderes e de suas equipes, por conta de uma melhor capacitação, aumentando assim os resultados financeiros gerais;

Redução do turn over da empresa a partir de uma melhor gestão das pessoas e suas necessidades e conflitos, por parte dos líderes da organização e dos próprios colaboradores;

Diminuição dos custos de processos de assédio moral por conta de uma atuação mais adequada dos gestores e de comportamentos mais positivos por parte dos liderados;

Otimização do tempo investido pelo gestor na correção de trabalhos e projetos por conta de uma melhor orientação dos colaboradores, liberando tempo para a atuação do mesmo em novas demandas que gerem melhores resultados financeiros;

Redução dos investimentos em medicamentos e assistência médica dos funcionários por conta de uma melhor atuação dos líderes junto a motivação e desenvolvimento dos seus colaboradores;

Preservação das informações e experiência dos colaborações na organização, garantindo uma melhor gestão do conhecimento e evitando a repetição de erros.

MÉTODOS PRÓPRIOS V16

A Casa da Liderança Programa de Capacitação de Líderes 4 8 3 5 2 7 6

A Casa da Liderança

Programa de Capacitação de Líderes

4 8 3 5 2 7 6 1
4
8
3
5
2
7
6
1
  • Papel do Líder
    Alicerce

  • Autoconhecimento Porta

  • Flexibilidade e Servidão
    Caixa D’água

  • Comunicação
    Antena

  • Entusiasmo e Energização
    Painel Solar

  • Trabalho em Equipe Paredes

  • Desenvolvimento de Pessoas
    Janela

  • Referência e Exemplos
    Telhado

Um método para Feedback eficaz Agendamento (data, hora de início e previsão de término) Aquecimento

A 7 Um método para Feedback eficaz

Agendamento

(data, hora de início e previsão de término)

Aquecimento

(introdução, “quebra-gelo”, de acordo com o perfil da pessoa)

A 7

Alinhamento

(definição de assuntos e temas)

Apresentação dos FATOS

(data, hora de início e previsão de término)

Audição

(escutar a pessoa que recebeu o feedback)

Ação

(desenhar um plano de atividades a partir dos feedback)

Agradecimento

(dreconhecimento do esforço)

A

P

O

A P O A.P.O.I.E.® Comunicação Acerto do foco O quê iremos comunicar? Percepção inicial O quê

A.P.O.I.E.®

Comunicação

Acerto do foco

O quê iremos comunicar?

Percepção inicial

O quê eu sei/penso disso?

Dinâmica da Comunicação Ideal

A P O A.P.O.I.E.® Comunicação Acerto do foco O quê iremos comunicar? Percepção inicial O quê

Organização do fluxo e análise de perfis

De quem para quem?

Infraestrutura da comunicação

  • I Como (verbal, escrita, visual)? Onde? Quando? SEG ...

E

Escuta ativa do entendimento + ajustes

O que eu quis comunicar foi realmente compreendido?

C.A.L.M.A.® Gestão de Conflitos Controle da Vaidade Alinhamento de Objetivos Levantamento de Hipóteses Mobilização de Recursos

C.A.L.M.A.®

Gestão de Conflitos

  • C Controle da Vaidade

A

Alinhamento de Objetivos

  • L Levantamento de Hipóteses

  • M Mobilização de Recursos

A

Acordo de Ouro

N.O. A.L.V.O® Foco em resultado N O A Notificação de metas Ordenação dos planos Acompanhamento das

N.O. A.L.V.O®

Foco em resultado

N

O

A

Notificação

de metas

Ordenação

dos planos

Acompanhamento das ações

  • L Levantamento de necessidades

  • V Verificação dos resultados

O

Orientação

das pessoas

Todo mundo sabe o que devemos entregar?

Está claro quais são nossas metas?

Existe um plano para a entrega dos resultados? Este plano contempla prioridades?

Os envolvidos sabem quais são suas responsabilidades? Existe alguma iniciativa que corra o risco

de não ser implementada? Alguém não está comprometido?

Temos todos os recursos necessários para a entrega dos resultados? Surgiu algo novo e não previsto durante a execução

das ações?

Quais são os indicadores de performance? Com que frequência eles são acompanhados?

Alguém está entregando acima da média e merece ser reconhecido? Alguém está performando abaixo da média e precisa receber feedbacks e/ou orientações?

QUER SABER MAIS?

Conheça melhor a Vertigo 16 acessando:

www.vertigo16.com.br

FERNANDA BENGEZEN fernanda@vertigo16.com.br
FERNANDA BENGEZEN fernanda@vertigo16.com.br

FERNANDA BENGEZEN

FERNANDA BENGEZEN fernanda@vertigo16.com.br

11 98302.9864

FERNANDA BENGEZEN fernanda@vertigo16.com.br

fernanda@vertigo16.com.br

FERNANDA BENGEZEN fernanda@vertigo16.com.br

vertigo 16