You are on page 1of 1

DIÁLOGOS, Português, 7.

° ano Oo

A estrutura da carta

Sidney, 20 de setembro de 2006 Local e data

Cara Miss Clarry, Saudação

Chegou ao nosso conhecimento que é uma péssima adoles-


cente.
Por exemplo, olhe para o seu quarto.
Não tem quaisquer cartazes na parede. (Não nos venha
dizer que aquele quadro conta. Um gatinho a afogar-se num
batido de morango? Concebido pela sua mãe para um anúncio
de detergente para alcatifa? Tenha dó.)
Tem uma corrente de papel com cartões de Boas-Festas
antigos a fazer de bengala do seu cortinado. A única maquilha- Texto
gem que usa é brilho para os lábios com sabor a banana e está
a derreter em cima da capa do seu edredão. (Na verdade, não
consideramos que brilho para os lábios conte sequer como
maquilhagem.)
Não queremos ferir os seus sentimentos ou isso, mas cons-
titui uma afronta para a adolescência. Por conseguinte, podia
fazer o favor de se meter dentro do frigorífico e esperar muito
sossegadinha pelo fim dos seus anos de adolescente?
Obrigada.
Despedida
Sinceramente,

A Associação de Adolescentes Assinatura


P.S. Também não parece saber como
obter um bronzeado na neve. Lem- Post scriptum
bra uma talhada de melancia. (que pode existir
ou não)
DIAL7 © Porto Editora

Jaclyn Moriarty, A Minha Melhor Amiga É Muito Especial,


1.a ed., Ed. Presença, 2003 (texto adaptado)

Related Interests