You are on page 1of 54

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA GERAL


BIO 111 – BIOLOGIA CELULAR

DIVISÃO CELULAR

Alberts et al. (2011). Cap 18: 609-613; 624-638


Cap. 19: 651-663.
Objetivos

1 Caracterizar as fases do ciclo celular;

Compreender os principais eventos que


2 ocorrem durante a mitose;

Compreender os principais eventos que


3 ocorrem durante a meiose;

Explicar as diferenças entre a divisão mitótica


4 e a meiótica.
Ciclo Celular
Intérfase
G1

Duração variável: 3-4h, dias, meses, anos

Células muito diferenciadas


Células musculares
Neurônios – impulso nervoso
Macrófagos – defesa G0

G0 G1 Hepatócitos
Intérfase
S Duplicação do DNA e síntese de proteínas associadas (histonas)

Ex:
1) Uma espécie com 1 par de crs 2) Espécie humana: 23 pares de crs

G1:
G1:
2n= 46 cromossomos
2n = 2 cromossomos (46 moléculas de DNA)
(2 moléculas de DNA)

Fase S
S: S:
2n = 2 cromossomos 2n= 46 cromossomos
(4 moléculas de DNA) (92 moléculas de DNA)
As coesinas unem as duas
cromátides irmãs

Fase S
Intérfase

G2

É considerada uma fase de


verificação para entrada na fase M

GOOGLE IMAGES
 Checagem da duplicação do DNA

 Centrossomos duplicados (S/G2)


Intérfase
DIVISÃO MITÓTICA
O Ciclo Celular e a Mitose
PRÓFASE
 Envelope nuclear intacto
 Início da migração dos centrossomos para os pólos opostos
 Início da condensação dos cromossomos

CENTROSSOMO

ENVOLTÓRIO MICROTÚBULOS
NUCLEAR

CINETOCÓRO

CROMÁTIDES
IRMÃS
Formação do
Fuso Mitótico
Classes de Microtúbulos do
Fuso Mitótico
PRÓ-METÁFASE

 ruptura do envelope nuclear (fosforilação das laminas nucleares)


 grau maior de compactação dos cromossomos
 fragmentação do nucléolo
 ligação dos microtúbulos aos cinetocóros

CENTROSSOMO FRAGMENTOS DO
ENVELOPE NUCLEAR

MICROTÚBULOS
DO CINETOCÓRO
CROMOSSOMO
Envelope Nuclear durante a Mitose
Centrômero e Cinetocoro
METÁFASE
 grau máximo de compactação dos cromossomos
 formação da placa equatorial

CENTROSSOMO

MICROTÚBULO
DO CINETOCORO
ANÁFASE

 separação das cromátides irmãs para os pólos opostos da célula

SEPARAÇÃO DAS
CROMÁTIDES IRMÃS

ENCURTAMENTO DOS
MICROTÚBULOS DO
CINETOCÓRO AFASTAMENTO DOS
CENTROSSOMOS
Separação das Cromátides Irmãs
Forças que Separam os Cromossomos
na Anáfase

1- uma força é gerada pela sobreposição dos microtúbulos, para empurrar os polos
2- uma força age diretamente sobre os polos, puxando-os
TELÓFASE
 reorganização do envelope nuclear
 descondensação dos cromossomos
 reorganização do nucléolo
distribuição das organelas entre as células filhas

CROMOSSOMOS
FILHOS

ANEL
CONTRÁTIL

MICROTÚBULOS CENTROSSOMO

REORGANIZAÇÃO DO
ENVELOPE NUCLEAR
CITOCINESE

 Formação de duas células filhas

NÚCLEO

ANEL
CENTROSSOMO
CONTRÁTIL
Anel Contrátil na Divisão
Citoplasmática em Célula Animal
Citocinese na Célula Vegetal
DIVISÃO MEIÓTICA
Meiose

• Tipo especial de divisão celular

• Redução, pela metade, do número de cromossomos

Duas divisões:

- Divisão I Produção de gametas haploides


- Divisão II
Mitose Meiose
Célula partental
parental parental
Célula partental

DNA replicado

DNA replicado

2 células
filhas
2 células
filhas
4 células
filhas
Primeira Divisão Meiótica
Leptóteno
Zigóteno
- Prófase I Paquíteno
Diplóteno
Diacinese

- Prometáfase I

- Metáfase I

- Anáfase I

- Telófase I
PRÓFASE I - Leptóteno

• Cromossomos individualizados e como


fios longos e finos
PRÓFASE I - Zigóteno

nucléolo
PRÓFASE I - Paquíteno
- Cromossomos mais curtos e espessos
- “Crossing-over” – troca de segmentos entre cromátides não-
irmãs de cromossomos homólogos
Crossing-over Crossing-over

Cromátides
recombinantes
Múltiplos Crossing-overs podem acontecer
entre os Homólogos
Eventos de Recombinação
formam os Quiasmas
PRÓFASE I - Diplóteno

Observação
dos
quiasma
quiasmas
nucléolo
PRÓFASE I - Diacinese
-Cromossomos bem mais compactados
- Ocorrência de rotações
PRO-METÁFASE I

- Desorganização do envoltório nuclear

- Desorganização do nucléolo

- Bivalentes se ligam ao fuso mitótico


METÁFASE I
- Bivalentes alinham-se na placa metafásica
- Cada cromossomo homólogo encontra-se
orientado para um dos polos
Diferenças entre a Metáfase Mitótica e a
Metáfase I Meiótica
ANÁFASE I
- Homólogos separam-se e movimentam-se em
direção pólos opostos da célula

*Segregação
independente
dos homólogos
ANÁFASE I:
os quiasmas asseguram a segregação dos homólogos
TELÓFASE I

- Fuso mitótico
se desorganiza

- Reorganização
dos núcleos
filhos

- Envoltório nuclear
se organiza
- Cromossomos
descondensam
Primeira Divisão Meiótica
Homólogo
paterno

Replicação Pareamento e
DNA crossing-over

Bivalente
Homólogo Cromátrides irmãs
materno Cromossos alinham-se
no fuso e se separam

Divisão celular I
Segunda Divisão Meiótica

- Prófase II

- Pró-Metáfase II

- Metáfase II

- Anáfase II

- Telófase II
PRÓFASE II
METÁFASE II
ANÁFASE II
ANÁFASE II
TELÓFASE II
TÉTRADE
Eventos que geram Variabilidade

1. Crossing-over durante a Prófase I


Eventos que geram Variabilidade
2. Combinação independente dos homólogos durante a Metáfase I
Resumindo ...
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA GERAL
BIO 111 – BIOLOGIA CELULAR

OBRIGADA