You are on page 1of 2

Práticas de Sustentabilidade em Gestão de Pessoas

As organizações procuram escolher os futuros colaboradores com base em


seu conhecimento, ou seja, na formação educacional e através das suas habilidades,
atitudes e competências.
Portanto, para conseguir um excelente profissional, a prática da gestão de
pessoas é fundamental dentro das organizações, pois é vista como estratégia do
negócio. Diante disso, nota-se que novos conceitos na área de gestão começam a ser
introduzidos para a sustentabilidade das empresas, uma vez que essas instituições
não funcionam sem as pessoas.
Conforme Karen Pereira Alvares e Irineu Manoel de Souza, no artigo
Sustentabilidade na Gestão de Pessoas: práticas e contribuições às organizações, é
possível identificar como as práticas de sustentabilidade configuram-se na gestão de
pessoas e o que elas proporcionam às organizações.
Através do estudo, destaca-se que a gestão de pessoas, sob a perspectiva da
sustentabilidade, proporciona desenvolvimento e motivação dos empregados, maior
integração entre colaboradores e líderes, além da conscientização acerca do
desenvolvimento sustentável.
Dentre as práticas, contemplam-se: a implantação de programas de educação,
acessibilidade digital e inserção de PCD; a troca de ideias e experiências entre os
setores/empresas, investimentos sociais internos, ou seja, os benefícios concedidos
aos funcionários, tais como: capacitação profissional, planos de carreira, o que
abrange a qualidade de vida dos funcionários (saúde, educação, segurança, etc.),
além da definição de objetivos e metas relativos à sustentabilidade, conforme a
característica do contexto social e ambiental da região.
Ademais, além de promover o desenvolvimento e a integração entre a empresa
e os funcionários, é necessário que seja percebido o valor dessas práticas
sustentáveis, seja elas satisfazendo as necessidades dos colaboradores ou gerando
contribuições às organizações.

Referências:

ALVARES, Karen P., SOUZA, Irineu Manoel. Sustentabilidade na Gestão de


Pessoas: práticas e contribuições às organizações. Revista Gestão Organizacional,
Unochapecó, v. 9, n. 2, p. 24-38, 2016. Disponível em: <
https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/rgo/article/view/3285/1901>.
Acesso em: 30 mar. 2018.

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. Como Inserir


a Sustentabilidade em seus processos: gestão de pessoas. Rio de Janeiro:
CEBDS, 2014. Disponível em: <http://cebds.org/publicacoes/como-inserir-
sustentabilidade-em-seus-processos-gestao-de-pessoas/#.Wr6LKYjwbIV>. Acesso
em: 30 mar. 2018.