You are on page 1of 7

LEI 8.

112/90 EM EXERCÍCIOS
d. Como forma de provimento por reingresso do servidor, a
reversão se consuma quando o servidor estável retorna ao cargo
que antes ocupava em razão de inabilitação em estágio probatório
Prof.: Clayton Furtado relativo a outro cargo ou de reintegração do anterior ocupante.

clayton_furtado@yahoo.com.br 7. Acerca do que prevê a Lei nº 8.112/1990, seguem-se quatro


afirmações:
De acordo com a Lei 8.112/90 que instituiu o Regime Jurídico
Único dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias, I. A ocupação dos cargos declarados em lei de provimento em
inclusive as em regime especial, e das fundações públicas comissão dispensa a prévia aprovação em concurso público e a
Federais, julgue os itens: exoneração de seu titular dar-se-á a juízo da autoridade
competente ou a pedido do próprio servidor;
1. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos
básicos) Situação hipotética: Cláudio, servidor público federal, foi II. O regime jurídico único dos servidores previsto na Lei nº
demitido após ter respondido a processo administrativo pela 8.112/90 é aplicável a toda a administração pública federal,
suposta prática de ato de improbidade administrativa. incluindo as empresas públicas e sociedades de economia mista;
Inconformado, Cláudio ingressou com ação judicial e conseguiu
anular a demissão, tendo sido reinvestido no cargo. III. A posse de um servidor público ocorrerá no prazo de trinta dias
Assertiva: Nesse caso, a reinvestidura de Cláudio no cargo público contados da data de publicação do ato de provimento e poderá
se dará por meio da reversão. dar-se mediante procuração específica;

2. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos IV. As universidades e instituições de pesquisa científica e


básicos) Situação hipotética: Giorgio, de quarenta anos de idade, tecnológica federais poderão prover seus cargos com professores,
é cidadão italiano e não tem nacionalidade brasileira. Foi técnicos e cientistas estrangeiros.
aprovado, dentro do número de vagas, em concurso público para
prover cargo do professor de ensino superior de determinada Está correto apenas o que se afirma em :
universidade federal, tem o nível de escolaridade exigido para o
cargo e aptidão física e mental. a) I e II
Assertiva: Nessa situação, por não ter a nacionalidade brasileira, b) I, II e III.
Giorgio não poderá tomar posse no referido cargo. c) III e IV.
d) I, III e IV.
3. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos e) II e III.
básicos) Ascensão e reintegração são formas de provimento de
cargo público. 8. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos
básicos) O servidor que for nomeado para cargo de provimento
4. (CESPE - 2013- MPU- Técnico Administrativo) A posse do efetivo será submetido, após entrar em exercício, a estágio
servidor público nomeado, que pode ocorrer mediante procuração probatório de três anos, no qual será avaliado com base na
específica, deve acontecer no prazo de trinta dias contados da assiduidade, disciplina, capacidade de iniciativa, produtividade e
publicação do ato de provimento, sendo, ainda, conferidos ao responsabilidade.
servidor mais trinta dias para entrar em exercício no cargo.
9. (CESPE – FUB/2015) Alice, aprovada em concurso público para o
5. (CESPE - 2012 - STJ - Todos os Cargos - Conhecimentos básicos - cargo de técnico administrativo de um TRE, precisa acompanhar
Todos os cargos exceto cargo 5 - AJAJ) Cessada a incapacidade cirurgia de ente familiar que ocorrerá no mesmo dia em que foi
que tiver gerado a aposentadoria por invalidez de servidor público, marcada sua posse. Nessa situação, Alice poderá nomear, por
o reingresso deste no serviço público, de ofício, ocorrerá mediante procuração específica, alguém que a represente no ato da posse.
o instituto da reversão, uma das formas de provimento de cargo
público. 10. (CESPE – 2012 – ANAC – Analista Administrativo) Aquele que
será empossado em cargo público deve estar presente, perante a
6. Relativamente aos conceitos de readaptação, recondução, autoridade competente, no momento da posse, que é considerada
aproveitamento e reversão, assinale a opção correta. ato pessoal.

a. Readaptação é a situação funcional na qual o servidor estável 11. (Fundação Carlos Chagas – FCC - 2017 – TRT – 11ª Região –
passa à inatividade em razão da extinção de seu cargo ou da Técnico Judiciário – Área Administrativa) Flora é servidora
declaração de sua desnecessidade. pública federal e, por preencher os requisitos legais, foi
b. Ocorre a recondução quando o servidor estável retorna ao cargo recentemente, promovida. Sua promoção foi concedida em 10
anteriormente ocupado, ou ao cargo resultante de sua de outubro de 2016 e, um mês depois, ou seja, em 10 de
transformação, após ter sido reconhecida a ilegalidade de sua novembro de 2016, ocorreu a publicação do ato de promoção.
demissão. Nos termos da Lei n° 8.112/1990, a promoção:
c. O aproveitamento é o reingresso, no serviço público, do servidor
em disponibilidade, quando haja cargo vago de natureza e a) não interrompe o tempo de exercício, que será contado no novo
vencimento compatíveis com o anteriormente ocupado. posicionamento na carreira a partir de 10 de novembro de 2016.
1
b) interrompe o tempo de exercício, sendo contado no novo
posicionamento na carreira a partir de 10 de outubro de 2016. 18. Considere as seguintes assertivas a respeito do estágio
c) não interrompe o tempo de exercício, que será contado no novo probatório:
posicionamento na carreira a partir de 10 de outubro de 2016.
d) interrompe o tempo de exercício, sendo contado no novo I. Não será objeto de avaliação para o desempenho do cargo o
posicionamento na carreira a partir de 10 de novembro de 2016. fator relacionado à capacidade de iniciativa.
e) interrompe o tempo de exercício, sendo contado no novo II. Seis meses antes de findo o período do estágio probatório, será
posicionamento na carreira a partir de 01 de novembro de 2016, submetida à homologação da autoridade competente a avaliação
ou seja, no primeiro dia do mês seguinte à promoção. do desempenho do servidor.
III. Em regra, o servidor não aprovado no estágio probatório será
12. (CESPE - 2014 - FUB - Conhecimentos Básicos - Todos os exonerado ou, se estável, reconduzido ao cargo anteriormente
Cargos de Nível Superior) Ao servidor público em estágio ocupado.
probatório é garantida a licença para tratar de assuntos IV. O servidor em estágio probatório poderá exercer quaisquer
particulares. Concedida a licença, o período avaliativo ficará cargos de provimento em comissão ou funções de direção, chefia
suspenso, sendo retomado a partir do término do impedimento. ou assessoramento no órgão ou entidade de lotação.
Segundo a Lei no 8.112/90, está correto o que consta APENAS em
13. (CESPE – 2012 – ANAC – Especialista em regulação de Aviação (A) I e II.
Civil). O servidor público estável não poderá perder seu cargo (B) I, II e III.
mediante processo administrativo, mas apenas em virtude de (C) II e III.
sentença judicial transitada em julgado. (D) II, III e IV.
(E) III e IV.
14. (CESPE – 2015 – TRE/GO – Técnico Judiciário) Paulo, técnico
judiciário em exercício na capital do estado de jurisdição de um Lúcio foi aprovado em concurso público para o cargo de Agente
TRE, pediu sua remoção para outra cidade, na mesma jurisdição de Polícia Federal. Tomou posse e, no prazo legal, entrou em
desse tribunal. Nessa situação, se for removido, Paulo não terá exercício. Durante o estágio probatório, verificou-se que Lúcio
direito a ajuda de custo. infringiu, sistematicamente, o dever de assiduidade, o que foi
apurado na avaliação final desse período. Considerando esse
15. Quanto às regras a que se sujeita o servidor público durante o quadro e à luz da Lei nº 8.1 12/90, julgue os itens que se seguem.
estágio probatório, é incorreto afirmar que
19. Se Lúcio fosse servidor estável da administração pública
a) a aptidão e a capacidade do servidor serão objeto de avaliação federal antes da posse no novo cargo, não seria afastado do
para o desempenho do cargo, observados os seguintes fatores: serviço público devido à reprovação no estágio probatório. Nesse
assiduidade, disciplina, capacidade de iniciativa, produtividade e caso, seria reconduzido ao cargo que anteriormente ocupava.
responsabilidade.
b) poderá o servidor exercer quaisquer cargos de provimento em 20. Caso Lúcio adquirisse estabilidade no novo cargo, só mediante
comissão ou funções de direção, chefia, assessoramento no órgão sentença judicial poderia perdê-lo.
ou entidade de lotação.
c) poderá o servidor ser cedido a outro órgão ou entidade para No que diz respeito aos direitos e vantagens do servidor público,
ocupar cargos de Natureza Especial, cargos de provimento em à luz da Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens:
comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores – DAS,
de níveis 6, 5 e 4, ou equivalentes. 21. (CESPE - 2013- MPU- Analista: DIREITO) São requisitos para a
d) são admitidas, entre outras previstas expressamente na lei, as investidura em cargo público, entre outros, a idade mínima de
licenças por motivo de doença em pessoa da família; por motivo dezoito anos e a aptidão física e mental, podendo as atribuições do
de afastamento do cônjuge ou companheiro; para o serviço cargo justificar a exigência de outros requisitos estabelecidos em
militar; e para atividade política. lei.
e) em todas as hipóteses de licenças e afastamentos admitidos
legalmente durante este período, fica o estágio probatório 22. (CESPE – 2013/DPF- Escrivão) Considere que um servidor
suspenso até o término do impedimento. público federal estável, submetido a estágio probatório para
ocupar outro cargo público após aprovação em concurso
De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da público, desista de exercer a nova função. Nessa situação, o
União, julgue o item: referido servidor terá o direito de ser reconduzido ao cargo
ocupado anteriormente no serviço público.
16. (TELEBRÁS/CESPE/2013/TÉCNICO DE GESTÃO) A nomeação
em cargo efetivo constitui um exemplo de provimento 23. Júlio solicitou licença por motivo de doença do padrasto que
originário, quando se tratar de candidato aprovado em vive às suas expensas e consta do seu assentamento funcional,
concurso público, e será considerada de provimento derivado, mediante comprovação por junta médica oficial, uma vez que a
quando se tratar de constituir servidor em condição interina. assistência direta do servidor é indispensável e não pode ser
prestada simultaneamente com o exercício do cargo. Nessa
17. (CESPE – 2013 – Ministério da Saúde – Administrador) A situação, Júlio faz jus ao pleito.
aprovação em concurso público é condição necessária para que o
servidor público seja investido em cargo ou função pública.
2
24. (CESPE/INSS Técnico) Renato, servidor de órgão público trabalhos de consultoria em sua área de formação durante o
federal e estudante, constatou, no início do ano letivo, período de licença.
incompatibilidade entre seu horário escolar e o da repartição onde Considerando essa situação hipotética, julgue os itens seguintes
trabalha. Depois de explicar sua situação ao chefe, foi por este acerca da licença por motivo de doença em pessoa da família,
informado de que teria direito a horário especial, desde que segundo a Lei n.º 8.112/1990.
compensasse o tempo não trabalhado. Renato contra-argumentou
dizendo que era impossível compensar o tempo de afastamento 29. É legítimo o exercício da atividade de consultoria por Maria, já
do trabalho, pois, além de assistir às aulas, precisava estudar que se destina ao custeio do tratamento em razão do qual está
muito e fazer as tarefas escolares. Nessa situação, os argumentos licenciada.
de Renato não têm amparo legal.
30. A licença de Maria será precedida do exame de sua mãe por
25. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos médico ou junta médica oficial e, constatado o câncer nesta, serão
básicos) Além do vencimento, poderão ser pagos ao servidor desnecessários novos exames a cada pedido de prorrogação da
indenizações, gratificações e adicionais, vantagens que serão licença, se houver.
incorporadas ao seu vencimento.
31. Quanto às férias do servidor público da União, é correto
26. José, servidor púbico da União, ausentou-se por um dia do afirmar que:
serviço para doação de sangue, depois por oito dias consecutivos
em razão de seu casamento e finalmente por mais 8 dias a. o servidor fará jus a 30 dias anuais, do quais deverão ser
consecutivos em razão de morte de um irmão. Assim sendo, todas descontadas as faltas ao serviço.
essas ausências serão consideradas como de efetivo exercício. b. as férias poderão ser parceladas em até 3 etapas, desde que
assim requeridas pelo servidor, e de interesse da administração
27. (CESPE - 2012 - MPE-PI - Técnico Ministerial - Área pública.
Administrativa). Carlos, servidor público federal, requereu licença c. O pagamento da remuneração das férias será efetuado até cinco
por motivo de doença, pois sua esposa fora diagnosticada com dias antes do início do respectivo período.
uma rara doença, cujo tratamento demanda cuidados intensos e d. Serão exigidos, para o primeiro período, doze meses de
de alto custo. Para que não ficasse sem recursos financeiros exercício, salvo fundamentado interesse da administração pública
durante o período de sua licença, ele aceitou uma oferta concedê-las antecipadamente.
remunerada para trabalhar em casa. Nessa situação, Carlos não e. As férias poderão ser acumuladas até dois períodos, salvo
está amparado pela lei. necessidade pública premente que determine o acúmulo de um
terceiro.
28. (CESPE/TRE-MT/ANALISTA ADMINISTRATIVO) No que diz
respeito aos direitos e às vantagens do servidor público 32. José é servidor público em Brasília e, em 2009, foi investido
consoante estabelece a Lei n.º 8.112/1990, assinale a opção no cargo de vereador em um município dos arredores do Distrito
correta. Federal. O chefe de José, ao tomar conhecimento de sua posse
a. Podem ser pagas ao servidor, além do vencimento, como vereador, resolveu afastá-lo do cargo.
indenizações, como as diárias, que se incorporam ao vencimento
conforme estabelecido em lei. Acerca dessa situação hipotética, assinale a alternativa correta.
b. O servidor que, a serviço, afastar-se da sede, em caráter
eventual ou transitório, para outro ponto do território nacional (A) O chefe de José agiu corretamente, pois a Constituição Federal
fará jus a ajuda de custo destinada a indenizar as parcelas de veda expressamente o acúmulo de cargos públicos.
despesas com pousada, alimentação e locomoção urbana. (B) José tem direito de manter sua ocupação no cargo público
c. As gratificações e os adicionais incorporam-se ao vencimento, enquanto estiver exercendo mandato de vereador, não podendo
nos casos e nas condições indicados em lei. acumular as remunerações.
d. Nada impede que o servidor exerça atividade remunerada (C) Desde que haja compatibilidade de horários, José pode
durante o período da licença por motivo de doença em família. acumular as duas atribuições e também as duas remunerações.
e. O servidor pode receber simultaneamente o adicional de (D) Desde que haja compatibilidade de horários, a Constituição
insalubridade e o adicional de periculosidade, desde que trabalhe Federal sempre permite o acúmulo de funções públicas.
com habitualidade em locais insalubres ou em contato (E) O chefe de José só poderia tê-lo afastado se houvesse
permanente com substâncias tóxicas, radioativas ou com risco de incompatibilidade de horários; nessa hipótese, ele teria de optar
morte. pela remuneração do mandato eletivo.

(CESPE/IBAMA/ ANALISTA AMBIENTAL) Maria, servidora do De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da
IBAMA, recebeu a notícia de que sua mãe estava com câncer e União, julgue os itens:
que precisaria se submeter a tratamento radioterápico em cidade
diversa da residência atual de ambas. Como era filha única, 33. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos
afastou-se das suas atividades no IBAMA para acompanhar a mãe básicos) Situação hipotética: Carlos trabalha em atividade
no tratamento, requerendo licença por motivo de doença em considerada insalubre e perigosa e faz jus ao recebimento dos
pessoa da família. Em razão dos gastos com esse tratamento, que adicionais de insalubridade e de periculosidade.
eram excessivos, Maria decidiu se dedicar a alguma atividade que Assertiva: Nesse caso, Carlos deverá optar por um deles, sendo-
pudesse aumentar a renda familiar. Passou então, a realizar lhe vedado acumular os dois adicionais.
3
III. O serviço extraordinário será remunerado com acréscimo de
34. (CESPE – 2012 – CÂMARA DOS DEPUTADOS – Analista 50% em relação à hora normal de trabalho.
Legislativo). A licença concedida a servidor para tratamento de
interesse particular poderá, a qualquer tempo, ser interrompida, Nesses casos, está correto SOMENTE o que se afirma em:
tanto a pedido do próprio servidor quanto no interesse do serviço. a. II
b. III
35. (CESPE – 2012 – CÂMARA DOS DEPUTADOS – Analista c. I e II
Legislativo). Considere que determinado servidor público se d. I e III
ausente do país, devidamente autorizado, para realizar estudo no e. II e III
exterior pelo período de quatro anos e que, no mês seguinte ao de
seu regresso, sem ressarcir as despesas decorrentes de seu 39. (CESPE - 2013 - TRE-MS - Analista Judiciário - Conhecimentos
afastamento, requeira licença para tratar de interesse particular. Básicos) Carlos, servidor público federal há onze meses, pretende
Nessa situação, se não houver inconveniência para o serviço, o disputar eleições para uma vaga de deputado federal. Para tanto,
referido servidor fará jus à licença, ficando dispensado do protocolou no órgão em que está lotado um pedido de licença do
ressarcimento, o que não ocorreria caso requeresse exoneração. cargo para o exercício de atividade política. Considerando essa
De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da situação hipotética, assinale a opção correta quanto à disciplina
União, julgue os itens: da licença requerida por Carlos.

36. Poderá ser concedida licença ao servidor por motivo de doença a) O período em que Carlos estiver licenciado deve ser computado
do cônjuge ou companheiro, dos pais, dos filhos, do padrasto ou para fins de aposentadoria e estágio probatório.
madrasta e enteado, ou dependente que viva a suas expensas e b) Carlos tem direito à licença com remuneração durante o
conste do seu assentamento funcional, mediante comprovação período que mediar entre sua escolha como candidato, em
por perícia médica oficial. A referida licença, incluídas as convenção partidária, e o registro de sua candidatura perante a
prorrogações, poderá ser concedida a cada período de doze meses Justiça Eleitoral.
por até 60 (sessenta) dias, consecutivos ou não, mantida a c) Carlos não poderá obter essa modalidade de licença, porque ele
remuneração do servidor e por até 90 (noventa) dias, consecutivos está em estágio probatório.
ou não, sem remuneração. d) Caso Carlos exerça cargo de direção, chefia ou assessoramento
na localidade onde pretende se candidatar, ele deverá ser
37. (Fundação Carlos Chagas – FCC - 2017 – TRT – 24ª Região – afastado, a partir do dia imediato ao da sua escolha como
Analista Judiciário – Área Administrativa) Adriana, servidora candidato em convenção partidária.
pública federal, deverá ter exercício em outro Município em e) Carlos tem direito a licença com vencimentos integrais, a partir
razão de ter sido removida. Nos termos da Lei n° 8.112/1990, o do registro da candidatura na Justiça Eleitoral até o décimo dia
prazo para Adriana retomar efetivamente o desempenho das seguinte ao pleito, desde que esse período não ultrapasse três
atribuições de seu cargo, considerando que não pretende meses.
declinar de tal prazo, e que não está de licença ou gozando de
afastamento será, contado da publicação do ato, de, no 40. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos
mínimo: básicos) O tempo de serviço público prestado a estado, a
município ou ao Distrito Federal será contado, para todos os
a) dez e, no máximo, trinta dias, incluído nesse prazo o tempo efeitos, no âmbito federal.
necessário para o deslocamento para a nova sede.
b) cinco e, no máximo, sessenta dias, excluído desse prazo o De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da
tempo necessário para o deslocamento para a nova sede. União, julgue os itens quanto ao Regime Disciplinar do servidor:
c) cinco e, no máximo, trinta dias, excluído desse prazo o tempo
necessário para o deslocamento para a nova sede. 41. (CESPE - 2013- MPU- Técnico Administrativo) Aplica-se a
d) dez e, no máximo, sessenta dias, incluído nesse prazo o tempo penalidade disciplinar de demissão a servidor público por
necessário para o deslocamento para a nova sede. abandono de cargo, caracterizado pela ausência intencional do
e) dez e, no máximo, noventa dias, incluído nesse prazo o tempo servidor ao serviço por mais de trinta dias consecutivos ou por
necessário para o deslocamento para a nova sede. sessenta dias não consecutivos, em um período de um ano.

. 42. (CESPE-2016/Defensoria Pública da União/Conhecimentos


38. Em matéria de vantagens que poderão ser pagas ao servidor básicos) Caso o servidor público tenha causado danos ao poder
público da União, considere: público, a obrigação de reparar tais danos estende-se aos seus
sucessores e contra eles será executada, até o limite do valor da
I. Ao servidor que realiza despesas com a utilização de meio herança recebida.
próprio de locomoção para a execução de serviços externos, por
força das atribuições inerentes do cargo, conforme se dispuser em 43. (CESPE - 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Técnico Judiciário
regulamento, será concedida ajuda de custo. - Conhecimentos Básicos) A acumulação lícita de cargos públicos
II. O serviço noturno, prestado em horário compreendido entre 22 por parte do servidor é condicionada à demonstração de
(vinte e duas) horas de um dia e 5 (cinco) horas do dia seguinte, compatibilidade de horários.
terá o valor-hora acrescido de 25%, computando-se cada hora
como cinquenta e dois minutos e trinta segundos.
4
44. José é servidor da administração pública direta e regido pela instauradora pode, como medida cautelar e para que não haja
Lei n.º 8.112/1990. Nos meses de janeiro e fevereiro de 2008, ele interferências na apuração da irregularidade, decretar o
faltou deliberadamente ao serviço por 35 dias ininterruptos, razão afastamento do servidor investigado, sem prejuízo da
por que foi instaurado processo administrativo para julgamento de remuneração.
sua conduta, neste caso, a penalidade aplicável ao servidor é a de
advertência ou demissão, a critério da autoridade julgadora. 53. A administração pública pode, após regular processo
administrativo disciplinar, converter a penalidade de suspensão
45. (CESPE - 2014 - ANATEL - Analista Administrativo) Durante o aplicada a servidor público em multa, quando isso for conveniente
período de apuração dos deveres inerentes ao cargo do servidor, ao serviço público. Nesse caso, o ato praticado pela administração
as sanções administrativas decorrentes do processo disciplinar é discricionário.
poderão cumular-se com as sanções penais, sendo afastada,
entretanto, a responsabilidade administrativa do servidor no caso 54. Um servidor público foi submetido a um processo
de absolvição criminal. administrativo disciplinar e recebeu a pena de advertência.
Passados dois anos, o servidor pediu a revisão do processo,
46. (CESPE - 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Técnico Judiciário alegando fatos novos. O processo foi revisto e a penalidade
- Conhecimentos Básicos) Havendo conveniência para o serviço, a modificada para suspensão. A situação assim descrita estará em
pena de suspensão pode ser convertida em multa correspondente acordo com a Lei.
à metade por dia do vencimento ou remuneração, ficando o
servidor obrigado a permanecer no desempenho de suas 55. O processo disciplinar poderá ser revisto, a qualquer tempo, a
atribuições. pedido ou de ofício, quando se aduzirem fatos novos ou
circunstâncias suscetíveis de justificar a inocência do punido ou a
47. (ANEEL/ANALISTA ADMINISTRATIVO/CESPE/2010). João, inadequação da penalidade aplicada, porém em caso de
servidor público da ANEEL, teve sua demissão invalidada por falecimento, ausência ou desaparecimento do servidor, somente o
decisão administrativa. Nessa situação, João deverá ser cônjuge ou companheiro poderá requerer a revisão do processo
reintegrado ao cargo anteriormente ocupado, estando sua
aposentadoria automaticamente sujeita a cassação. 56. No que se refere ao julgamento do processo administrativo
disciplinar, na hipótese de o relatório da comissão contrariar as
48. (ANEEL/ANALISTA ADMINISTRATIVO/CESPE/2010). Paulo, em provas dos autos, a autoridade julgadora poderá, motivadamente,
função da reintegração de um colega, será reconduzido ao cargo agravar a penalidade proposta.
que anteriormente ocupava, cabendo-lhe devolver ao erário os
emolumentos percebidos no período. Nessa situação, caso Paulo 57. Durante a tramitação de um processo administrativo
não faça a devolução dos referidos emolumentos no prazo de disciplinar, é possível o afastamento preventivo do servidor
noventa dias, ele estará sujeito à suspensão e ao pagamento de público, pelo prazo máximo de até cento e vinte dias, sem prejuízo
multa diária. de sua remuneração, para que tal servidor não venha a influir na
apuração da irregularidade eventualmente cometida.
De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da
União, julgue os itens quanto ao Regime Disciplinar do servidor: 58. (CESPE - 2014 - MDIC - Agente Administrativo) Considere que
um servidor vinculado à administração unicamente por cargo em
49. Com o objetivo de resolver problemas particulares, Maria comissão cometa uma infração para a qual a Lei n.º 8.112/1990
Augusta, sem prévia autorização de seu superior hierárquico, preveja a sanção de suspensão. Nesse caso, se comprovadas a
ausentou-se do serviço durante o expediente, razão pela qual autoria e a materialidade da irregularidade, o servidor sofrerá a
sofreu pena de advertência. Posteriormente, por desídia, reincidiu penalidade de destituição do cargo em comissão.
na falta funcional acima mencionada. Em virtude de referidos
fatos, deverá ser aplicada a servidora a pena disciplinar de 59. (CESPE/TRE-BA/ANALISTA ADMINISTRATIVO/2010) É proibido
demissão. ao servidor retirar, sem prévia anuência da autoridade
competente, qualquer documento ou objeto da sua repartição.
50. (CESPE-2013/TCU-Auditor Federal de Controle Externo) A
instauração de processo administrativo disciplinar é obrigatória 60. (CESPE - 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Técnico Judiciário
para a aplicação das penas de suspensão por mais de trinta - Conhecimentos Básicos) Uma vez aplicadas ao servidor faltoso,
dias, demissão, cassação de aposentadoria ou disponibilidade e as penalidades de advertência e de suspensão ficarão
destituição de cargo em comissão. permanentemente registradas em seu assentamento funcional.

51. Determinado servidor público da União, titular do cargo 61. (CESPE - 2014 - SUFRAMA - Nível Superior - Conhecimentos
técnico administrativo, negou-se, injustificadamente, a passar por Básicos) Considere que, a pessoa sem qualquer relação com as
inspeção médica determinada pela autoridade competente. Em funções do seu cargo, um servidor público tenha emprestado
virtude de mencionada recusa e após ser observado o dinheiro a juros muito superiores aos praticados pelas instituições
contraditório e a ampla defesa, o servidor será punido com a financeiras. Nesse caso, o servidor praticou a usura, conduta
suspensão de até 15 dias. proibida na Lei n.° 8.112/1990.

52. (CESPE - 2013 - STF - Analista Judiciário - Área Judiciária) Em 62. (CESPE - 2013 - MME - Nível Médio - Conhecimentos Básicos -
se tratando de processo administrativo disciplinar, a autoridade Todos os Cargos) De acordo com a Lei n.º 8.112/1990, o servidor
5
público que se recuse, reiteradamente, a atualizar seus dados procedimento sumário para a sua apuração e regularização
cadastrais, já tendo sido anteriormente advertido por esse fato, imediata, cujo processo administrativo disciplinar se
deverá ser punido com: desenvolverá de acordo com a Lei nº 8.112/1990 que dispõe
sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União,
a) suspensão. das autarquias e das fundações públicas federais. Desta forma,
b) destituição de cargo público. podemos afirmar que
c)perda de lotação funcional.
d) demissão. (A) o prazo para a conclusão do processo administrativo disciplinar
e) cassação de cargo público. submetido ao rito sumário não excederá trinta dias, admitida sua
prorrogação por igual período, quando as circunstâncias o
63. Assinale a opção que apresenta com exatidão as penalidades exigirem.
disciplinares previstas na lei 8.112/90 a que está sujeito o (B) a primeira fase do processo administrativo disciplinar
servidor: corresponde à instauração, com a publicação do ato que constituir
a comissão, a ser composta por cinco servidores estáveis.
(A) advertência; suspensão; demissão; cassação de aposentadoria (C) o prazo para o servidor apresentar a opção é improrrogável.
ou disponibilidade; destituição de cargo em comissão; destituição (D) o prazo para o servidor apresentar a opção é de quinze dias.
de função comissionada; prisão domiciliar. (E) a opção pelo servidor até o último dia de prazo para defesa
(B) advertência; suspensão; demissão; cassação de aposentadoria configurará sua boa-fé, hipótese em que se converterá
ou disponibilidade; destituição de cargo em comissão; destituição automaticamente em demissão do outro cargo.
de função comissionada.
(C) advertência; suspensão; demissão; destituição de cargo em 66. (CESPE/TRE-MT/ TÉCNICO ADMINISTRATIVO/2010) Com base
comissão; destituição de função comissionada. na Lei n.º 8.112/1990 e alterações, assinale a opção correta a
(D) advertência; admoestação verbal pública perante os respeito do processo administrativo disciplinar destinado a
funcionários da repartição; suspensão; demissão; cassação de apurar responsabilidade de servidor por infração praticada no
aposentadoria ou disponibilidade; destituição de cargo em exercício de suas atribuições, ou que tenha relação com as
comissão; destituição de função comissionada. atribuições do cargo em que se encontre investido.
(E) advertência; suspensão; demissão; cassação de aposentadoria
ou disponibilidade; destituição de cargo em comissão; destituição a. O processo disciplinar deve ser conduzido por comissão
de função comissionada; diminuição dos vencimentos básicos. composta de três servidores ocupantes de cargo de provimento
efetivo ou de cargo de provimento em comissão no órgão de
64. (Fundação Carlos Chagas – FCC - 2017 – TRT – 24ª Região – lotação do acusado.
Técnico Judiciário – Área Administrativa) Claudia e Joana são b. Ao procurador do acusado é vedado interferir nas perguntas e
servidoras públicas federais, tendo praticado faltas disciplinares respostas durante o interrogatório, sendo-lhe facultado apenas
no exercício de suas atribuições. Claudia faltou ao serviço, sem reinquirir as testemunhas, por intermédio do presidente da
causa justificada, por sessenta dias, interpoladamente, durante comissão.
o período de doze meses. Joana, de histórico exemplar vez que c. Na fase do inquérito administrativo, o servidor deve
nunca sofrera qualquer penalidade administrativa, opôs acompanhar o processo pessoalmente, não se admitindo que o
resistência injustificada à execução de determinado serviço. faça por intermédio de procurador.
Cumpre salientar que ambas as servidoras ainda não foram d. O processo disciplinar somente pode ser revisto de ofício ou a
processadas administrativamente embora a Administração já pedido do próprio servidor.
tenha conhecimento dos fatos praticados. Nos termos da Lei e. A autoridade julgadora deve proferir a sua decisão no prazo de
8.112/1990, as ações disciplinares relativas às infrações vinte dias contados do recebimento do processo, sendo que o
praticadas pelas servidoras prescreverão em: julgamento fora do prazo legal acarretará nulidade do processo.

a) 5 anos e 2 anos, respectivamente, contados tais prazos a partir 67. (CESPE – 2013 – TCE/RS – Oficial de Controle Externo). Para a
da data em que os fatos se tornaram conhecidos pela instauração de processo administrativo disciplinar para a apuração
Administração. de responsabilidade de servidor público, deve ser composta
b) 2 anos e 180 dias, respectivamente, contados tais prazos a comissão com três servidores estáveis, devendo o presidente da
partir da data em que os fatos se tornaram conhecidos pela comissão ser ocupante de cargo efetivo superior ou de mesmo
Administração. nível do indiciado, ou ter nível de escolaridade igual ou superior ao
c) 5 anos e 180 dias, respectivamente, contados tais prazos a partir dele.
da data em que os fatos se tornaram conhecidos pela
Administração. 68. (CESPE – 2012 – ANCINE – Técnico em Regulação da
d) 2 anos, contado tal prazo da data em que praticadas as Atividade e Cinematográfica e Audiovisual). De acordo com a Lei
condutas. 8.112/1990, o prazo para conclusão da sindicância aberta para
e) 5 anos, contado tal prazo da data em que praticadas as apurar infração administrativa do servidor é de sessenta dias,
condutas. prorrogável por igual período, desde que justificado pela
autoridade superior.
65. Detectada a qualquer tempo a acumulação ilegal de cargos,
De acordo com o regime jurídico aplicado aos servidores civis da
empregos ou funções públicas, a autoridade notificará o servidor
União, julgue os itens quanto a Seguridade Social do Servidor
para apresentar opção, e, na hipótese de omissão, adotará
6
69. O auxílio-natalidade é devido à servidora por motivo de
nascimento de filho, em quantia equivalente ao menor
vencimento do serviço público inclusive no caso de natimorto.

70. Será concedida licença à servidora gestante por 120 (cento e


vinte) dias consecutivos, sem prejuízo da remuneração, podendo
ser solicitada a prorrogação pela servidora que requeira o
benefício até o final do primeiro mês após o parto e terá duração
de sessenta dias e pelo nascimento ou adoção de filhos, o servidor
terá direito à licença-paternidade de 5 (cinco) dias consecutivos,
podendo ser prorrogada pelo servidor que requeira o benefício no
prazo de dois dias úteis após o nascimento ou a adoção e terá
duração de quinze dias.

“É triste falhar na vida; porém, mais


triste é não tentar vencer.”
(Roosevelt)