You are on page 1of 30

BIOLOGIA

Aula 15
1. (Uema 2014) Chegamos ao mundo com
instruções básicas de funcionamento guardadas
nos genes. Quando o pai é obeso, o risco do filho
também ser obeso é de 40% e, se pai e mãe forem
obesos, este índice sobe para 80%. Entretanto, as
condições de vida dentro do útero da mãe podem
alterar a ordem ditada pelos genes. Além disso, o
ambiente, também, pode fazer com que algumas
dessas instruções sejam ignoradas ou
excessivamente valorizadas.
Revista Época. Rio de Janeiro: Globo, n. 780, 06 maio, 2013. (Adaptado)
BIOLOGIA
Aula 15

De acordo com Mendel, a contribuição genética


materna, em percentual, pode desencadear a
obesidade em
a) 0% b) 25% c) 50% d) 75% e) 100%

Correta [C]
Considerando a contribuição genética para a
obesidade igual para cada genitor, a materna
será de 50%.
BIOLOGIA
Aula 15
2.(Cefet MG 2014) O heredograma mostra a
ocorrência da fibrose cística em uma determinada
família. Essa doença, de caráter autossômico,
caracteriza-se por afecção pulmonar crônica,
insuficiência pancreática exócrina e aumento da
concentração de cloreto no suor.
BIOLOGIA
Aula 15
BIOLOGIA
Aula 15
Analisando-se essa história familiar, é correto
afirmar que a probabilidade do indivíduo IV.2 ser
portador do gene da fibrose cística é
a) 1/4.
b) 1/3.
c) 1/2.
d) 2/3.
e) 3/4.
Correta D
BIOLOGIA
Aula 15
3. (Ufg 2013) Os dados a seguir relatam
características fenotípicas e genotípicas de um fruto de
uma determinada espécie vegetal, bem como o
cruzamento entre os indivíduos dessa espécie.

I. A característica cor vermelha do fruto é dominante e


a característica cor amarela do fruto é recessiva.
II. Na geração parental ocorreu o cruzamento entre um
indivíduo homozigoto de fruto vermelho e um
homozigoto de fruto amarelo, originando a geração F1.
BIOLOGIA
Aula 15
III. Dois indivíduos dessa geração F1 cruzaram
entre si.

Com base nos dados apresentados, a


probabilidade de se obter frutos vermelhos em
heterozigose em F2 é:
a) 0 b) c) d) e) 1
Correta c
BIOLOGIA
Aula 15
4.(Fgv 2013) O heredograma traz informações a
respeito da hereditariedade de uma determinada
característica fenotípica, indivíduos escuros,
condicionada por um par de alelos
BIOLOGIA
Aula 15
BIOLOGIA
Aula 15
Admitindo que o indivíduo II4 seja homozigoto, a
probabilidade de nascimento de uma menina,
também homozigota e afetada por tal
característica, a partir do casamento entre II3 e II4,
é
a) 3/4. b) 1/2. c) 1/4.
d) 1/8. e) zero
Correta C.
BIOLOGIA
Aula 15
5. (Unicamp 2013) Para determinada espécie de
planta, a cor das pétalas e a textura das folhas são
duas características monogênicas de grande
interesse econômico, já que as plantas com
pétalas vermelhas e folhas rugosas atingem alto
valor comercial. Para evitar o surgimento de
plantas com fenótipos indesejados nas plantações
mantidas para fins comerciais, é importante que os
padrões de herança dos fenótipos de interesse
sejam conhecidos.
BIOLOGIA
Aula 15
A simples análise das frequências fenotípicas
obtidas em cruzamentos controlados pode revelar
tais padrões de herança. No caso em questão, do
cruzamento de duas linhagens puras
(homozigotas), uma composta por plantas de
pétalas vermelhas e folhas lisas (P1) e outra, por
plantas de pétalas brancas e folhas rugosas (P2),
foram obtidas 900 plantas. Cruzando as plantas de
F1, foi obtida a geração F2, cujas frequências
fenotípicas são apresentadas no quadro a seguir.
BIOLOGIA
Aula 15

Cruzamento Descendentes
900 plantas com pétalas vermelhas e folhas
P1 x P2
lisas (F1)
900 plantas com pétalas vermelhas e folhas
lisas; 300 com pétalas vermelhas e folhas
F1 x F1 rugosas; 300 com pétalas brancas e folhas
lisas; e 100 com pétalas brancas e folhas
rugosas (F2)
BIOLOGIA
Aula 15
a) Qual é o padrão de herança da cor vermelha
da pétala? E qual é o padrão de herança do
fenótipo rugoso das folhas? Justifique.
a) A cor da flor é determinada por um alelo
dominante por ocorrer em todos os
descendentes da F1. O fenótipo rugoso é
determinado por alelo recessivo, uma vez que
não ocorre na F1.

b) Qual é a proporção do genótipo duplo-


heterozigoto (genótipo heterozigoto para os dois
locos gênicos) em F2? Justifique.
BIOLOGIA
Aula 15
b) Qual é a proporção do genótipo duplo-
heterozigoto (genótipo heterozigoto para os dois
locos gênicos) em F2? Justifique.
b) Alelos: B (vermelha) e b (branca); R (lisa) e r
(rugosa)
F1: BbRr x BbRr
F2: P(BbRr)= 1 1 1
25%
2 2 4
BIOLOGIA
Aula 15
(Uftm 2012) Considere uma célula com o genótipo
a seguir e suponha que ela entre em divisão
meiótica.
BIOLOGIA
Aula 15
a) Qual será a composição de alelos nessa célula
ao final da fase S da interfase? Justifique sua
resposta.
a) Genótipos: AA aa BB bb. Ao final da fase S da
interfase os cromossomos encontram-se
duplicados e constituídos, cada um, por duas
cromátides irmãs idênticas entre si e unidas pelo
centrômero.
BIOLOGIA
Aula 15
b) Suponha que ao final dessa meiose não tenha
ocorrido crossing-over ou mutação. Qual
fenômeno poderia ocorrer na meiose que
promoveria um aumento na variabilidade genética
dos gametas formados? Explique esse fenômeno.
b) Na ausência de crossing-over ou mutação, a
segregação independente dos pares de cromossomos
homólogos garante o aumento da variabilidade
genética. Nesse processo, os cromossomos e alelos
são segregados e combinados de todas as formas
possíveis na formação dos gametas, durante a meiose.