You are on page 1of 32

Psicologia Social Psicológica

Ênfase nos processos


intraindividuais
x
Psicologia Social Sociológica
Ressalta as coletividades sociais
X
Psicologia Sócio-histórica
Compreende a relação entre o
sujeito e a sociedade.
1954: Gordon Allport
“ A psicologia procura explicar os
sentimentos, pensamentos e
comportamentos do indivíduo na
presença real ou imaginada de
outras pessoas”.
1859

 Seleção natural- em que afirma que apenas


as espécies com maior capacidade de
adaptação às variações da natureza
conseguiram sobreviver e reproduzir-se.
Acreditava que o ser humano constitui-se
como o animal social que desenvolveu
maior capacidade da adaptação física, social
e mental às mudanças sociais e ambientais

 Darwinismo social-Sobrevivência do mais


adaptado
 Psicologia dos povos: tinha como foco o estudo dos
principais atributos em comum que definiam o
caráter nacional ou o pensamento coletivo do povo
alemão

Suas idéias modificaram ao longo de sua carreira:


1) Psicologia científica deveria ser vista como uma
ciência que se preocupava com o estudo da mente,
que deveria ser realizado através da observação
rigorosa das manifestações dos processos mentais
básicos;
1879: criou o primeiro laboratório de psicologia do
mundo- estudos sobre a memória e o pensamento.

PSICOLOGIA SOCIAL PSICOLOGICA


Percebeu que o processo experimental não era o
mais adequado e criou a PSICOLOGIA DOS POVOS,
estudo através do método histórico- comparativo.

2) Compreende a MENTE como um fenômeno


histórico, um produto da cultura e da linguagem, que
não poderia ser explicada em termos individuais, e
sim coletivos.
Relação entre a mente humana e a cultura/ Sujeito x
Contexto cultural
Produções mentais coletivas, originadas das ações de
conjunto de indivíduos
Exerceu grande influência sobre a Psicologia Social
Sociológica.
PSICOLOGIA SOCIAL SOCIOLÓGICA
1898

 REPRESENTAÇÕES COLETIVAS x REPRESENTAÇÕES INDIVIDUAIS

Os sentimentos privados só se tornam sociais


quando extrapolam o individual e
representam a sociedade, de acordo com o
contexto sócio-histórico.
ex: tristeza diante da morte- ditadura militar/
massacre contra os judeus, futebol)
1985: Segundo Stepan- a
Psicologia Social tem como foco o
estudo da experiência social que
o indivíduo adquire apartir da sua
participação nos diferentes
grupos sociais com os quais
convive
1870

 Adepto do darwinismo social


 Aplica as idéias de Darwin sobre o
desenvolvimentos da espécie humana
ao desenvolvimento de grupos,
sociedades e culturas;
 Os povos mais civilizados e avançados
em termos culturais eram
considerados hierarquicamente
superiores aos povos mais atrasados,
de acordo com a escala evolucionista.
 Psicologia dos povos: tinha como foco o estudo dos
principais atributos em comum que definiam o
caráter nacional ou o pensamento coletivo do povo
alemão

Suas idéias modificaram ao longo de sua carreira:


1) Psicologia científica deveria ser vista como uma
ciência que se preocupava com o estudo da mente,
que deveria ser realizado através da observação
rigorosa das manifestações dos processos mentais
básicos;
1879: criou o primeiro laboratório de psicologia do
mundo- estudos sobre a memória e o pensamento.

PSICOLOGIA SOCIAL PSICOLÓGICA


Percebeu que o processo experimental não era o
mais adequado e criou a PSICOLOGIA DOS POVOS,
estudo através do método histórico- comparativo.

2) Compreende a MENTE como um fenômeno


histórico, um produto da cultura e da linguagem, que
não poderia ser explicada em termos individuais, e
sim coletivos.
Relação entre a mente humana e a cultura/ Sujeito x
Contexto cultural
Produções mentais coletivas, originadas das ações de
conjunto de indivíduos
Exerceu grande influência sobre a Psicologia Social
Sociológica.
PSICOLOGIA SOCIAL SOCIOLÓGICA
1890
 Publicou o livro Psicologia das Multidões- 1895

 ALMA COLETIVA

As pessoas perdem suas características individuais


quando estão em grupo, e são regidas pela ALMA
COLETIVA, com características independentes de
seus membros
 TODO X PARTES

As pessoas perdem sua capacidade de raciocínio, sua


autonomia e tornam-se sugestionáveis.
Ex: pessoas tímidas em torcidas/ grupo de fãs
 Psicólogo judeu que migrou para os estados unidos
em 1933;
 Desenvolveu pesquisas sobre o clima grupal
 Influência dos estilos de liderança no comportamento
do grupo
 Considera o papel do líder imprescindível para o
funcionamento do grupo, interferindo nos níveis de
produtividade e agressão
 Teoria de campo: o grupo é considerado um campo
de forças que possui primazia sobre suas partes,
seus membros.
 Mútua influência entre o sujeito e a
sociedade.
 Ênfase na relação entre o indivíduo
e o contexto em que ele está
inserido.
 Transformação social
 Desnaturalização dos fenômenos
sociais
 “ A ciência só avança quando o cientista
pergunta POR QUÊ?” Silvia Lane
 PSICOLOGIA SOCIAL PSICOLÓGICA X
PSICOLOGIA SOCIAL SOCIOLÓGICA
 Reflexões sobre a relevância social da
Psicologia Social
 INTERNACIONALIZAÇÃO DA PSICOLOGIA
SOCIAL
 1964: Criação do comitê Transacional:
- visando promover a internacionalização da
psicologia social;
- Estimular o desenvolvimento da psicologia
social na Europa;
- Promoveu a realização de vários encontros
científicos e treinamentos para psicólogos sociais
europeus;
- Divulgação das produções dos psicólogos
europeus;
 1970: Avanços da psicologia Social Européia;
- Difere da Psicologia Social Psicológica;
- Ênfase na estrutura social;
- Estudo de temas com: relações intergrupais;
identidade social e Influência Social;
- Ressalta uma Psicologia Social para grupos;
AMÉRICA LATINA E BRASIL
 Até meados de 1970, a Psicologia social
vivenciada na América latina estava pautada
nas diretrizes da Psicologia Social Psicológica;
 Comitê transacional: promoveu a
internacionalização da psicologia social
 1973- ALAPSO: Associação latino – americana
de Psicologia Social, INFLUENCIADA PELO
COMITÊ TRANSACIONAL
 Críticas à psicologia social psicológica norte-
americana, marcada pelo experimentalismo e
pelo individualismo;
 Ênfase numa psicologia social contextualizada,
direcionada às questões políticas e sociais da
região;
 PSICOLOGIA SOCIAL CRÍTICA ou PSICOLOGIA
SOCIAL HISTÓRIO- CRÍTICA: visando atender
as demandas políticas e sociais da América
Latina, como por exemplo as arbitrariedades
dos regimes militares e a grande desigualdade
social;
 AVEPSO: Associação venezuelana de Psicologia
Social:
- 1989: Martin Baró: defende uma
psicologia social comprometida com a
realidade sócio- histórica da América latina;
 Década de 1930: Primeiros cursos
superiores de Psicologia Social;
 1935: Segundo curso de psicologia Social
 Lei nº4.119/62: regulamenta a profissão;
 1962: O CFP, através do parecer nº 403/62,
criou o currículo mínimo para os cursos de
psicologia, tornando obrigatório ensino de
Psicologia Social;
 1960- 68:Crise da Psicologia Social no
Brasil- busca por novos paradigmas/ visão
crítica das várias dimensões da vida social a
partir dos valores humanos e da
subjetividade;
 De 1962 à 1970, a Psicologia Social
Psicológica foi dominante nesta época.
 1964: Golpe militar/ repressão/ ditadura.
 1964-1968: Aumenta a mobilização social,
na expectativa de reformas sociais,
econômicas, políticas e de modernização do
país;
 Surgimento da Psicologia Social Comunitária no início dos anos 70;
 1980: Fundação da ABRAPSO ( Associação Brasileira de Psicologia
Social), ressaltando a concepção de que o ser humano é
constituído como um produto histórico- social, em que o sujeito e
a sociedade implicam- se mutuamente;
 1980: Realização de cursos de pós- graduação em Psicologia
social, contribuindo com diferentes linhas de pesquisa e com
publicações nacionais.
 Constituição de 1988 : movimentos sociais/ direitos sociais;
 Articulação da atividade dos psicólogos com as lutas sociais. EX:
uma Psicologia do Trabalho pensada sob a ótica dos direitos
sociais e não apenas associada ás necessidades das empresas;
 Foco nas demandas sociais: transformações da família e
„mensagens‟ da mídia.
 Psicólogos inseridos nos processos
coletivos com trabalhos educativos;
 Esses cenário interferiu na universidade:
Psicologia Clínica X Psicologia Comunitária
e Educacional;
 Superação da idéia do psicólogo do
trabalho como „porteiro de luxo‟ da
empresa, mas como o profissional que cria
novas estratégias de gestão. Deixou de
apenas aplicar testes- Um novo papel na
empresa;
 Reinvidicação pela implementação de
políticas públicas e por um novo papel para
os psicólogos brasileiros;
 Fazer do psicólogo: investigar e
compreender processos invisíveis de
exclusão social, que geravam sofrimento
mental, e não apenas diagnosticar e propor
formas de superação aos sofrimentos visíveis
como durante a ditadura;
 “ As catástrofes, o mundo social e os medos
fazem parte da subjetividade”.
 Análise da dinâmica social visando
identificar o mal- estar em diversas
dimensões da vida cotidiana.
 Ex: analisar a influência da dinâmica
social no surgimento do pânico,
depressão, entre outros
 “ Temos que repensar os nossos valores e refletir
sobre a subjetividade que queremos e podemos
construir, mais focada na convivência coletiva e em
uma vida cotidiana humanamente significativa,
além daquela voltada para o consumo” Paulo
Maldos
 “ Crescimento econômico, ampliação da categoria,
discriminação, educação, medos da sociedade
contemporânea. São questões importantes que
precisam ser resolvidas e não podemos dizer que a
psicologia tenha avaçado completamente em bloco
se ela também possui movimentos internos de
resistência a determinados projetos...” Ana bock
 Fragmentação do indivíduo x
integralidade;
 Dicotomia x Dialética;
 “Toda psicologia é política.
Qualquer ação social é uma ação
política: ou você muda ou você
mantém” Silvia Lane
Obrigado!

Maura Regina Barros