You are on page 1of 6

Biologia e Geologia 11

Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

BIOLOGIA Páginas do manual


Domínio: Crescimento, renovação e diferenciação celular
13-24, 32-33, 36
Caracterizar e distinguir os diferentes tipos de ácidos nucleicos
em termos de composição, estrutura e função.

24-40
Explicar processos de replicação, transcrição e tradução e 5-7 do Caderno de
realizar trabalhos práticos que envolvam leitura do código Atividades
genético.

Relacionar a expressão da informação genética com as 30, 41-43


características das proteínas e o metabolismo das células. 9 do Caderno de
Atividades

Interpretar situações relacionadas com mutações génicas, 41-43


com base em conhecimentos de expressão genética.

Explicar o ciclo celular e a sequência de acontecimentos 43-52, 56


que caracterizam mitose e citocinese em células animais e 5-7, 12 do Caderno de
vegetais e interpretar gráficos de variação do teor de ADN Atividades
durante o ciclo celular. 52 e 56 do Caderno de
Apoio ao Professor

Realizar procedimentos laboratoriais para observar 50-51


imagens de mitose em tecidos vegetais.

Domínio: Reprodução

Discutir potencialidades e limitações biológicas da reprodução 74-87


assexuada e sua exploração com fins económicos.

Planificar e realizar procedimentos laboratoriais e/ou de 84-85


campo sobre processos de reprodução assexuada (propagação
vegetativa, fragmentação ou gemulação, esporulação).
Biologia e Geologia 11
Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

Comparar os acontecimentos nucleares de meiose (divisões 98


reducional e equacional) com os de mitose.

Relacionar o caráter aleatório dos processos de fecundação 102-105


e meiose com a variabilidade dos seres vivos.

Identificar e sequenciar fases de meiose, nas divisões I e II. 96-97

Interpretar ciclos de vida (haplonte, diplonte e haplodiplonte),


utilizando conceitos de reprodução, mitose, meiose e 110-120
fecundação.

Explicar a importância da diversidade dos processos de 73, 87


reprodução e dos ciclos de vida no crescimento das 27-33 do Caderno de
populações, sua variabilidade e sobrevivência. Apoio ao Professor

Realizar procedimentos laboratoriais para observar e comparar 112-113, 115-116


estruturas reprodutoras diversas presentes nos ciclos de vida da
espirogira, do musgo/feto e de um mamífero.

Domínio: Evolução biológica

Distinguir modelos (autogénico e endossimbiótico) que 131-135


explicam a génese de células eucarióticas.

Interpretar situações concretas à luz do Lamarckismo, do 142-157


Darwinismo e da perspetiva neodarwinista.

Explicar situações que envolvam processos de evolução 157-161


divergente/convergente.
Biologia e Geologia 11
Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

Explicar a diversidade biológica com base em modelos e 131-138, 171-178


teorias aceites pela comunidade científica.

Domínio: Sistemática dos seres vivos

Distinguir sistemas de classificação fenéticos de 190-193


filogenéticos, identificando vantagens e limitações.

Caracterizar o sistema de classificação de Whittaker 207-220


modificado, reconhecendo que existem sistemas mais recentes,
nomeadamente o que prevê a delimitação de
domínios (Eukaria, Archaebacteria, Eubacteria).

Explicar vantagens e limitações inerentes a sistemas de 199-203


classificação e regras de nomenclatura biológica.
Biologia e Geologia 11
Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

GEOLOGIA Páginas do manual


Domínio: Sedimentação e rochas sedimentares

Explicar características litológicas e texturais de rochas 40-52


sedimentares com base nas suas condições de génese.

Caracterizar rochas detríticas, quimiogénicas e biogénicas 60-73


(balastro/conglomerado/brecha, areia/arenito, silte/siltito,
argila/argilito, gesso, sal-gema, calcários, carvões), com base em
tamanho, forma/origem de sedimentos, composição
mineralógica/química.

Explicar a importância de fósseis (de idade/de fácies) em 74-78


datação relativa e reconstituição de paleoambientes.

Aplicar princípios: horizontalidade, sobreposição, continuidade 79-81


lateral, identidade paleontológica, interseção e inclusão.

Identificar laboratorialmente rochas sedimentares em 72-73


amostras de mão e/ou no campo em formações geológicas.

Realizar procedimentos laboratoriais para identificar 52-60


propriedades de minerais (clivagem, cor, dureza, risca) e
sua utilidade prática.

Domínio: Magmatismo e rochas magmáticas

Explicar texturas e composições mineralógicas de rochas 97-99, 101


magmáticas com base nas suas condições de génese.

Classificar rochas magmáticas com base na composição 88-89


química (teor de sílica), composição mineralógica (félsicos
e máficos) e ambientes de consolidação.
Biologia e Geologia 11
Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

Caracterizar basalto, gabro, andesito, diorito, riolito e 100-102


granito (cor, textura, composição mineralógica e química).

Relacionar a diferenciação magmática e cristalização 89-91


fracionada com textura e composição de rochas magmáticas.

Distinguir isomorfismo de polimorfismo, dando exemplos de 92-95


minerais (estrutura interna e propriedades físicas).

Identificar laboratorialmente rochas magmáticas em 103


amostras de mão e/ou no campo em formações geológicas.

Domínio: Deformação de rochas

Explicar deformações com base na mobilidade da litosfera 108-110


e no comportamento dos materiais.

Relacionar a génese de dobras e falhas com o comportamento 110-115


(dúctil/ frágil) de rochas sujeitas a tensões.

Interpretar situações de falha (normal/inversa/desligamento) 110-112


salientando elementos de falha e tipo de tensões associadas.

Interpretar situações de dobra (sinforma/ antiforma) e 113-115


respetivas macroestruturas (sinclinal/anticlinal).

Planificar e realizar procedimentos laboratoriais para simular 116


deformações, identificando analogias e escalas.
Biologia e Geologia 11
Osório Matias e Pedro Martins | Guerner Dias, Paula Guimarães e Paulo Rocha

Domínio: Metamorfismo e rochas metamórficas

Explicar texturas e composições mineralógicas de rochas 126-129


metamórficas com base nas suas condições de génese.

Relacionar fatores de metamorfismo com os tipos (regional e de 120-131


contacto) e características texturais (presença ou ausência de
foliação) e mineralógicas de rochas metamórficas.

Caracterizar ardósia, micaxisto, gnaisse, mármore, quartzito e 132-133


corneana (cor, textura, composição mineralógica e química).

Identificar laboratorialmente rochas metamórficas em 134


amostras de mão e/ou no campo em formações geológicas.

Domínio: Exploração sustentada de recursos geológicos

Distinguir recurso, reserva e jazigo, tendo em conta 142-145


aspetos de natureza geológica e económica.

Interpretar dados relativos a processos de exploração de 164-177, 180-188


recursos geológicos (minerais, rochas, combustíveis fósseis,
energia nuclear e energia geotérmica), potencialidades,
sustentabilidade e seus impactes nos subsistemas da Terra.

Relacionar as características geológicas de uma região com as 146-160


condições de formação de aquíferos (livres e cativos).

Analisar dados e formular juízos críticos, cientificamente Ficha 5 caderno de


fundamentados, sobre a exploração sustentável de recursos atividades
geológicos em Portugal.