You are on page 1of 54

2011

PROCESSO DE
REABASTECIMENTO
UTILIZANDO MRP COM PONTO
DE REPOSIÇÃO (GRÁFICO DENTE
DE SERRA)

Natan Cavalcanti
NatSolutions
06/05/2011
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Sumário

1. Primeiro Teste: Utilizando o Código de Suprimento Especial ........................... 5


1.1 – Alterar o Cadastro de Material ......................................................................... 5
1.2 – Alterar cadastro de Fornecedor ..................................................................... 12
1.3 – Checar Saldos em Estoque nos Centros Fornecedor e Receptor: .......... 14
1.4 – Checar lista de necessidades: ....................................................................... 15
1.5 – Executar Rodada de MRP (neste caso somente para um material) ....... 16
1.6 – Checar a Lista de Necessidades no Centro Fornecedor: .......................... 21
1.7 – Programar o JOB de Execução de Criação de Pedidos de
Transferências automáticos: .................................................................................... 21
1.8 – Verificando o Pedido de Transferência entre Centros e as novas
necessidades (ME23N e MD04): ............................................................................. 34

2 - Segundo Teste: Utilizando a LOF para indicar o Centro Fornecedor.............. 36


2.1 – Cadastro de LOF: ............................................................................................. 39
2.2 – Executar MRP:.................................................................................................. 40
2.3 – Criar Pedido Automático: ................................................................................ 43

3 - Terceiro Teste: Utilizando a LOF e dois possíveis Fornecedores .................... 44


3.1 - Criar Registro INFO .......................................................................................... 44
3.2 - Atualizar a LOF:................................................................................................. 48
3.3 - Modificar Pedido de Compras:........................................................................ 49
3.4 - Executar MRP:................................................................................................... 50
3.5 - Criar Pedido Automático: ................................................................................. 53

www.natsolutions.com.br 2/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

PROCESSO DE REABASTECIMENTO UTILIZANDO MRP COM PONTO DE


REPOSIÇÃO (GRÁFICO DENTE DE SERRA) e LOF

Existem duas maneiras de se trabalhar com MRP baseado no Consumo, tendo


como Fornecedor um outro Centro:

 O Centro Fornecedor é indicado diretamente no Cadastro de Materiais na


opção Fornecimento Especial
 O Centro Fornecedor é indicado na LOF

Neste documento, veremos as duas maneiras de se trabalhar, o resultado é


similar entre ambos, porém há vantagens e desvantagens em suas utilizações,
como segue:

Utilizando a LOF

Dependendo da quantidade de materiais sujeitos a este processo, será


necessário um pequeno programa ABAP para efetuar carga da LOF e
provavelmente outro para efetuar manutenção / alteração na LOF.

A vantagem é que na carga poderá ser indicada uma série de possíveis


Fornecedores sejam eles Centros Fornecedores ou Fornecedores Externos.

Utilizando o Código de Suprimento Especial

É necessário parametrizar o Código de Suprimento Especial, indicando-se quem


é o Centro Fornecedor do material. É bem menos flexível que a opção de LOF,
porém não necessita de programa ABAP para dar manutenção. A atualização
poderá ser feita via MM17 (alteração em massa no mestre de materiais),
entretanto, se for necessário alterar o Centro Fornecedor, será necessário
parametrizar o Sistema indicando qual é o novo Centro Fornecedor.

www.natsolutions.com.br 3/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Antes de iniciarmos, é importante apresentarmos o Famoso Gráfico Dente de


Serra:

Para quem não conhece, este gráfico representa uma certa continuidade no
consumo e no reabastecimento de um determinado Produto, a saber:

 100 é o Ponto de Reposição do Produto, ou seja, toda vez que o Nível de


Estoque chega a este ponto, significa que o Sistema deverá emitir uma
Requisição de Compras para repor o Nível de Estoque
 500 é o Estoque Máximo que a Planta suporta
 O tempo que se leva para reabastecer o Estoque desde a criação da
Requisição de Compras até o Recebimento da Mercadoria chama-se
Lead Time

Nosso exemplo de gráfico é bem simplório, pois não temos Estoque de


Segurança e em momento algum o Nível de Estoque ultrapassou a linha das
100 Unidades (para baixo)

Mas a idéia era apenas mostrar graficamente o motivo pelo qual este gráfico
recebeu seu nome.

Para quem não percebeu, tanto o Ponto de Reposição, quanto Estoque Máximo
e Estoque de Segurança, são dados que se podem cadastrar diretamente no
Mestre e Materiais no SAP. Em outras palavras, o Sistema já vem preparado
para este cenário, basta que o usuário saiba fazer uma análise em seus
materiais para escolher o Ponto de Reposição, Estoque Máximo, Tamanho de
Lote, etc.

www.natsolutions.com.br 4/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1. Primeiro Teste: Utilizando o Código de Suprimento


Especial

1.1 – Alterar o Cadastro de Material


TCODE: MM02

Selecionar as seguintes visões:

Escolha o Centro de DESTINO (Centro que deverá ser abastecido)

www.natsolutions.com.br 5/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Marque a opção de PEDIDO AUTOMÁTICO na Visão de Compras (isto permitirá


que o Sistema crie Pedidos automáticos com base na Requisição de Compras):

Em MRP 1, faça as seguintes alterações:

www.natsolutions.com.br 6/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

 Tipo de MRP = V1 – Ponto de Reabastecimento Manual com


Necessidade Externa
 Ponto de Reabastecimento = 10 (ou seja, se saldo for menor ou igual a 10
o MRP gerará necessidade)
 Estoque máximo = 100 – O MRP irá propor abastecer até o Estoque
Máximo.

Os Demais parâmetros poderão ser testados no futuro. Por hora, o que foi
preenchido até aqui é suficiente para o perfeito funcionamento do Processo.

www.natsolutions.com.br 7/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Em MRP2, coloque a opção de Suprimento Especial:

O código 40 indica que há um Centro Fornecedor definido para este Suprimento,


ou seja, este código substitui o funcionamento da LOF.

Para entender melhor este campo, é necessário efetuar a seguinte


parametrização:

www.natsolutions.com.br 8/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

O código 40 está atrelado ao Centro Fornecedor 0100 com Suprimento Especial


U (Transferência de Estoque).

ATENÇÃO: Para que o MRP baseado no Consumo funcione de forma correta, é


necessário que os dados do Centro sejam devidamente atualizados, para tanto,
siga este caminho:

www.natsolutions.com.br 9/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Clique em:

www.natsolutions.com.br 10/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Note que os Dados / Parâmetros do Centro 0200 estão devidamente


atualizados:

Salve o material

www.natsolutions.com.br 11/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1.2 – Alterar cadastro de Fornecedor


Esta modificação deverá ser feita independentemente do modelo utilizado (LOF
ou Suprimento Especial).

TCODE: XK02
Você deverá escolher o Código do Fornecedor REFERENTE AO CENTRO, para
descobrir esta informação, vá à tabela T001W:

Note que o Centro Fornecedor 0100 possui o código de Fornecedor 10265


E o Centro Receptor ainda não possui código de Fornecedor, mas
obrigatoriamente ele possui um código de Cliente (receptor).

Selecionar somente os Dados de Compras

www.natsolutions.com.br 12/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Como o Centro 0200 é o Receptor (ou seja, quem está comprando o material),
então indicar organização de Compras do Centro Receptor)

Marcar PEDIDO AUTOMÁTICO:

Salve as alterações

www.natsolutions.com.br 13/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1.3 – Checar Saldos em Estoque nos Centros Fornecedor e


Receptor:
TCODE MMBE:

Há somente uma peça no Centro 0200, significa que o MRP vai gerar uma
necessidade de 99 peças, pois uma peça está abaixo do ponto de reposição
definida no cadastro do material.

www.natsolutions.com.br 14/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1.4 – Checar lista de necessidades:


TCODE MD04
Checar as necessidades atuais no Centro 0100 e no 0200

Há 38 peças no Centro 0100

www.natsolutions.com.br 15/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Há somente uma peça no Centro 0200, ou seja, o mesmo encontra-se abaixo do


ponto de reposição e o Sistema deverá gerar uma necessidade Externa de
Reabastecimento.

1.5 – Executar Rodada de MRP (neste caso somente para um


material)
TCODE MD02

Esta Rodada de MRP poderá ser feita via JOB para um Centro como um todo.

www.natsolutions.com.br 16/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

O Sistema gera uma Requisição de Compras (Transferência entre Centros)

www.natsolutions.com.br 17/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Note que o Sistema indica o Centro Fornecedor como 0100 (Suprimento


Especial):

www.natsolutions.com.br 18/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Note também que o Sistema indica qual é o Centro Fornecedor e


consequentemente o Código do Fornecedor do Centro:

Ao Salvar a Proposta de Suprimento, o Sistema exibe a seguinte mensagem:

www.natsolutions.com.br 19/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 20/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1.6 – Checar a Lista de Necessidades no Centro Fornecedor:


TCODE: MD04

O Sistema exibe que há uma necessidade Pendente para atender o Centro 0200
/ Dep. 0001.

1.7 – Programar o JOB de Execução de Criação de Pedidos de


Transferências automáticos:
TCODE: ME59

Na tela inicial, você deverá indicar os Parâmetros de Seleção para que o


Sistema possa identificar as Requisições de Transferências em aberto. Neste
exemplo, estou indicando o Centro receptor 0200 e o Centro Fornecedor 0100,

www.natsolutions.com.br 21/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

nada mais. É possível criar inúmeros jobs para cada Centro por exemplo, ou no
critério de seleção indicar todos os Centros de uma só vez.

Salvar a variante:

Aproveitar e coletar o nome do programa no Status do SAP:

www.natsolutions.com.br 22/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Executar TCODE SM36:

www.natsolutions.com.br 23/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Indicar um nome para o JOB:

www.natsolutions.com.br 24/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 25/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Esta etapa é importante, pois é necessário indicar a variante de seleção:

www.natsolutions.com.br 26/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 27/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 28/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Agora é só salvar e esperar dar a hora:

Ok, para checar o funcionamento do Job, pode acessar a transação SM37:

www.natsolutions.com.br 29/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 30/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

O JOB será executado à 1:05hrs.


Para confirmar é só clicar duas vezes nesta linha:

O JOB então é executado com spool de impressão ( ):

Para verificar o resultado do JOB, marcar a linha e em seguida clicar em:

www.natsolutions.com.br 31/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 32/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Depois, clique em:

Voilá....

O Pedido é criado!

www.natsolutions.com.br 33/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

1.8 – Verificando o Pedido de Transferência entre Centros e as


novas necessidades (ME23N e MD04):

Note que a Requisição de Compras está concluída:

www.natsolutions.com.br 34/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

E seu status indica a criação de um Pedido de Transferência entre Centros:

Na MD04 temos:

O Centro Fornecedor não possui a quantidade necessária para fornecer ao


Centro 0200.

No Centro 0200 temos:

www.natsolutions.com.br 35/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

2 - Segundo Teste: Utilizando a LOF para indicar o Centro


Fornecedor

Antes de mais nada, é necessário eliminar o Pedido de Transferência gerado no


teste anterior e remover o código de Suprimento Especial no cadastro do
Material na visão de MRP2:

www.natsolutions.com.br 36/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Desta maneira, se executarmos o MRP agora, o Sistema não terá condições de


determinar quem fornecerá o material: um Centro Fornecedor ou um Fornecedor
qualquer (terceiro), pois não há LOF cadastrada e não há código de Suprimento
Especial cadastrado.

Apenas como teste, executar TCODE MD02:


Note que não há Fornecedor Fixo, nem o Código do Centro Fornecedor:

www.natsolutions.com.br 37/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Nessas condições, é impossível gerar Pedido Automático.

www.natsolutions.com.br 38/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

2.1 – Cadastro de LOF:


Seguindo com o Teste, vamos cadastrar a LOF

TCODE ME01

Aqui indicamos o prazo de validade, o código do Centro Fornecedor ( o Código


do Fornecedor o Sistema determina automaticamente), o Flag de Fornecedor
Fixo e a Relevância ao MRP.

Note que o Sistema só admite UM FORNECEDOR FIXO.

A LOF deverá ser salva:

www.natsolutions.com.br 39/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

2.2 – Executar MRP:


E o MRP novamente Executado (MD02):

Note que agora o Sistema indica um Centro Fornecedor (0100):

www.natsolutions.com.br 40/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Também indica o código do Fornecedor Fixo (proveniente da LOF):

Ao salvar este resultado, o Sistema irá gerar um Pedido de Transferência


automaticamente quando o JOB for executado.

www.natsolutions.com.br 41/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 42/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

2.3 – Criar Pedido Automático:

Porém, a ME59N será executada manualmente desta vez:

ATENÇÃO: Pode-se usar a ME59 e a ME59N para criar Pedidos


automáticos, sendo que a ME59N é a mais recomendada, por ser mais
recente:

Note que o relatório de retorno é em ALV:

www.natsolutions.com.br 43/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

3 - Terceiro Teste: Utilizando a LOF e dois possíveis


Fornecedores

Para melhorar o teste, indicaremos um Fornecedor comum na LOF além do


Centro Fornecedor, porém, há um pré-requisito: a Criação de Registro INFO
para um Fornecedor Comum.

No Registro INFO serão armazenadas informações tais como: Preço praticado,


Quantidade Normal de Aquisição, IVA, Condições de Pacto, etc.

3.1 - Criar Registro INFO


TCODE ME11:

www.natsolutions.com.br 44/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 45/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Se necessário, é possível indicar as condições (Custos Complementares


Planejados), basta clicar em:

www.natsolutions.com.br 46/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

Neste exemplo, não preencheremos nada.

Volte e Salve:

www.natsolutions.com.br 47/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

3.2 - Atualizar a LOF:


Agora, é possível atualizar a LOF, via TCODE ME01:

Note que há dois Fornecedores indicados, porém SOMENTE UM DELES É O


FORNECEDOR FIXO, com isso o Sistema deverá gerar necessidade de
Reposição via Fornecedor externo (comum) ao invés de um Centro Fornecedor.

www.natsolutions.com.br 48/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

3.3 - Modificar Pedido de Compras:


Para tanto, eliminaremos o Pedido criado no teste anterior:

www.natsolutions.com.br 49/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

3.4 - Executar MRP:


Agora, é só executar novamente o MRP e ver o que acontece:

Note que há uma necessidade de 100 unidades:

www.natsolutions.com.br 50/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

E que a Requisição de Compras agora está apontando para um Fornecedor


diferente do Centro Fornecedor (indicado na LOF):

E que a categoria do Item deixou de ser Transferência para Item normal.

www.natsolutions.com.br 51/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

www.natsolutions.com.br 52/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

3.5 - Criar Pedido Automático:


Ao rodar a ME59N, seja via JOB ou manualmente, temos:

Aqui não estamos mais indicando o Centro Fornecedor, pois trata-se de uma
aquisição de um Fornecedor comum.

O resultado é:

www.natsolutions.com.br 53/54
MPR Baseado no Consumo + LOF + Suprimento Especial__________________

É possível verificar o Pedido de Compras:

Os dados do Pedido (IVA, Valores, Condições, etc.) são provenientes do


Registro INFO.

Neste documento, não serão exibidas as telas do Processo de Transferência


entre Centros nem de Compra de Materiais para Estoque.

Espero que de certa forma tudo que foi colocado aqui seja útil em alguma etapa
de seus projetos.

É importante ressaltar que não existe uma forma mais ou menos correta de se
estabelecer alguns cenários, como o aqui apresentado.

O que foi exemplificado aqui não representa a absoluta verdade e não propõe
que todos façam da mesma maneira. A intenção foi apenas mostrar algumas
funcionalidades do SAP Standard que poderá ou não ser útil a quem possa
interessar.

www.natsolutions.com.br 54/54