You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇAO E CONTABILIDADE

DISCIPLINA: CECO 010 – FORMAÇÃO ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA

Código: CECO 110


Disciplina: FORMAÇÃO ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA
Curso de Destino: CIÊNCIAS ECONÔMICAS
Carga Horária: 60 horas
Período Letivo: 2º SEM
Ministrante: Prof. Dr. LUIZ EDUARDO SIMÕES DE SOUZA

Ementa

Raízes históricas da formação latino-americana. Colonização e Ocupação do Território. A


Colonização da América Latina e seu impacto sobre sua formação econômica e social. Estruturas
econômicas e sociais da colonização. A independência e a transferência do eixo de influência. O
modelo primário-exportador. A Crise de 1929 e a Industrialização da América Latina. As correntes
de pensamento econômico latino-americano surgidas no território ao longo de seu
desenvolvimento. Os diferentes nacionalismos e regionalismos versus o pensamento livre-
cambista. A CEPAL como escola de pensamento econômico: suas origens, desenvolvimentos e
conseqüências. As estratégias nacionais e o debate político-ideológico do pós-guerra. O
Neoliberalismo na América Latina. Retorno ao Desenvolvimentismo?

Objetivos

Apresentar ao aluno as características do processo de formação econômica e social da América


Latina. Apresentar ao aluno o desenvolvimento do pensamento econômico na América Latina
desde o início do século XIX até a atualidade. Possibilitar ao aluno o emprego de diversas
concepções teóricas do tema do curso, situadas no tempo e no espaço. Reforçar o estudo
aprofundado e crítico das mesmas.

Metodologia

Aulas expositivas. Debates, Discussão de textos. Consulta ao sítio da CEPAL na internet.

Avaliação

Provas escritas, análise do desempenho nas aulas, leituras dirigidas.

Conteúdo Programático
Item Descrição

1 Origens Coloniais: as raízes do subdesenvolvimento


2 O embate entre diferentes estratégias após o Ciclo de Independências
3 O modelo primário-exportador
4 A crise de 1929 e a Industrialização
5 A economia da América Latina no pós-guerra
6 Pensamento Econômico na América Latina

Referências Bibliográficas

AQUINO, R, LEMOS, N, LOPES, O. Histórias das Sociedades Americanas. Rio de


Janeiro: Record, 9ª. Edição, 2004.

1
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇAO E CONTABILIDADE

DISCIPLINA: CECO 010 – FORMAÇÃO ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA

BETHELL, L. (org.) História da América Latina. São Paulo: Edusp, vários volumes,
2003.
BIELSCHOWSKY, R (org.) Cinquenta Anos de Pensamento Econômico da CEPAL.
São Paulo: Record, dois volumes, 2000.
BIELSCHOWSKY, R. (org.) Sessenta Anos de Pensamento Econômico da CEPAL.
Brasília: CEPAL, 2009.
CANO, W. Soberania e Política Econômica na América Latina. São Paulo: Unesp,
2000.
FURTADO, C. Formação Econômica da América Latina. Rio de Janeiro: Companhia
Editora Nacional, 1968.
FURTADO, C. Teoria e Política do Desenvolvimento Econômico. São Paulo: Abril
Cultural, 1983 (1968).
MITRE, A. O dilema do centauro : ensaios de teoria da história e pensamento latino-
americano. Belo Horizonte: UFMG, 2003.
SUNKEL, O. e PAZ, P. El Subdesarrollo Latinoamericano y La Teoría Del Desarrollo.
Ciudad Del Mexico: Siglo XXI, 1970.
VALDÉS, E. El Pensamiento latinoamericano en el siglo XX. Entre la modernización
y la identidad. Santiago :Biblos, 2 tomos, 2000.
CEPAL, Revista de la CEPAL, vários números, vários anos.
CEPAL, Anuário Estatístico, vários anos.

Filmografia: MARIANI, C. O Longo Amanhecer (2005).