You are on page 1of 4

Disciplina: Documentação para a Engenharia de Segurança do Trabalho.

Identificação da tarefa: Tarefa 4. Envio de arquivo.


Pontuação: 10 pontos.

Tarefa 4

Avaliação de PPRA

Há na biblioteca da disciplina dois PPRA's. Avalie ambos com relação a NR09, isto é,
confronte os dois PPRA's item a item da NR09, e responda: Quais os problemas (não
conformidades) de cada PPRA frente a Norma Regulamentadora? Os PPRA's (um, os dois ou
nenhum) podem ser considerados como um instrumento de Política de Segurança
ocupacional para a empresa, e por quê?

Item 9.1 – Do objeto e campo de aplicação

O PPRA da Briccal considera apenas os riscos físicos, químicos e biológicos existentes no


campo de trabalho da empresa, enquanto que o PPRA do Hospital das Clinicas da UFMG,
considera também outros tipos de riscos como ergonômicos, de acidente, entre outros.

Item 9.2 – Da estrutura do PPRA

Ambos Programas, tanto da Briccal quanto o PPRA do hospital das clinicas da UFMG estão
bem estruturados, entretanto o PPRA do hospital das clinicas não apresenta um cronograma
indicando claramente os prazos para o desenvolvimento das etapas e cumprimento das metas
do PPRA, inclusive contendo a previsão de análise global do Programa.

Item 9.3 – Etapas do PPRA

Capa

Ambos PPRAs não apresentam as capas em papel timbrado da empresa objeto do PPRA ou
da empresa que está elaborando o serviço, de modo ao não ser possível a identificação visual
de quem é o documento.

Identificação da empresa

No PPRA da Briccal não foram identificados no corpo do PPRA da Briccal os seguintes itens:
Horário de funcionamento da empresa; o telefone; o seu e-mail institucional; seu site na
internet.
No PPRA do Hospital das Clinicas da UFMG não apresenta um quadro completo com as
informações da empresa ao qual e destina este documento, não sendo identificados no corpo
do Programa os seguintes itens: CNPJ; CNAE; Grau do risco a que está
vinculada esta atividade principal; Horário de funcionamento da empresa; o telefone; o seu e-
mail institucional; Data do levantamento de campo; o número de empregados efetivos e o
responsável pela elaboração do documento.

Objetivo

Ambos PPRAs apresentam as atividades desenvolvidas por cada trabalhador identificando os


riscos à as medidas de controle propostas, considerando a saúde e segurança dos
trabalhadores, de modo a atender os objetivos do PPRA quanto ao reconhecimento, a
avaliação, o monitoramento e o controle dos riscos ambientais existente no ambiente de
trabalho.

Avaliação quantitativa dos riscos ambientais

A avaliação quantitativa deverá ser realizada sempre que necessária para comprovar o
controle da exposição ou a inexistência dos riscos identificados.

No PPRA da Briccal não foi identificado no cronograma a previsão de avaliação quantitativa


do agente químico poeira mineral e fumos metálicos, tendo em vista que os mesmos foram
identificados nas etapa anteriores, sendo apenas foi quantificado o agente físico ruído. Não foi
observado indicação sobre a não necessidade de realização das avaliações químicas.

No PPRA do Hospital das Clinicas da UFMG indica em algumas funções não haver a
necessidade de avaliação quantitativa mesmos para os agentes identificados qualitativamente
na etapa de reconhecimento.

Item 9.4 – Das responsabilidades

Devem ser descritas as responsabilidades de cada ator no Programa de Prevenção


de Riscos Ambientais da empresa.

Ambos os PPRAs não contém campo definindo as devidas responsabilidades tanto do


empregador quanto dos trabalhadores, conforme a NR-09, deixando de direcionar as
obrigações de cada parte envolvida no cumprimento do objetivo do PPRA. Entretanto, No final
do PPRA da Briccal há um termo comprometendo o empregador a “desenvolver e alcançar o
sucesso do Programa”, devendo o mesmo assegurar a implantação e execução do Programa.
Item 9.5 – Da informação

Nos dois PPRAs, as informações para os trabalhadores sobre os riscos ambientais a que os
mesmo estão sujeitos, estão descritas para cada função e setor, bem como os meios de
proteção para prevenção dos riscos. Porém no PPRA da Briccal as informações quanto as
medidas de controle desses riscos no ambiente de trabalho estão mais detalhadas e
avaliadas.

O PPRA do Hospital das Clínicas da UFMG não informa o planejamento anual através de um
cronograma definido indicando um plano de ação.

O PPRA da Briccal prevê a elaboração e divulgação do mapa de riscos, previsto na NR-5,


com a participação de maior número de trabalhadores.

Item 9.6 – Das disposições finais

O PPRA da Briccal abrange melhor as condições de planejamento e execução do programa


nas fases de elaboração do PPRA desenvolvendo mecanismos e ações de prevenção de
acidentes e doenças decorrentes do ambiente de trabalho, inclusive com previsão de ações
em conjunto com a CIPA da empresa e elaboração de mapa de risco, obtendo mais garantias
ao trabalhador em decorrência de situações de grave e iminente risco.

O PPRA (um, os dois ou nenhum) podem ser considerados como um instrumento de


Política de Segurança ocupacional para a empresa, e por que?

É importante destacar que ambas empresas se preocupam com a saúde e segurança dos
seus colaboradores, sendo os dois PPRAs importantes para a redução de acidentes e
doenças ocupacionais, mas Ambos os PPRAs tanto da Briccal quanto Hospital das Clínicas
da UFMG se deparam com algumas falhas de informações que seriam importantes para os
trabalhadores, como por exemplo, contemplar outros tipos de riscos além dos físicos,
químicos e biológicos no caso do PPRA da Briccal, ou até a falta de Plano de ação através de
cronograma e avaliação anual no caso do PPRA do Hospital das Clínicas da UFMG.

Entretanto o PPRA da Briccal, com base na NR-09, apresenta uma melhor Gestão da Política
de Segurança ocupacional podendo, entre os dois, ser considerado como um instrumento
para desenvolvimento de ações ligadas a segurança e saúde ocupacional dos trabalhadores,
tendo em vista sua abrangência, possuir mais itens em atendimento a NR-09, sobre
informação do grau de risco, identificação e forma de controle dos riscos, previsão de ações
conjuntas com a CIPA na elaboração do Mapa de Risco, implantação de medidas de
controle, cronograma e plano de ação e previsão de avaliação anual, além do termo de
comprometimento do responsável pela implementação do PPRA.