You are on page 1of 7

Enciclopédia da Conscienciologia 1

VÍNCULO DE PARAGRATIDÃO
(AGLUTINACIOLOGIA)

I. Conformática

Definologia. O vínculo de paragratidão é o liame gratulatório firmado entre as consciên-


cias a partir de retroexperiências no período intermissivo, sendo potencializador cosmoético,
equilibrado e racional aplicado na edificação dos empreendimentos multidimensionais tarísticos.
Tematologia. Tema central homeostático.
Etimologia. O termo vínculo deriva do idioma Latim, vinculum, “liame; ligame; laço;
atilho; tudo o que serve para atar; relações de amizade; laços de parentesco”. Surgiu no Século
XVII. O elemento de composição para vem do idioma Grego, pará, “por intermédio de; para
além de”. A palavra gratidão procede do idioma Latim, gratitudo, “gratidão”. Surgiu em 1543.
Sinonimologia: 1. Laço de paragratidão. 2. Elo de paragratidão. 3. Liame de paracrédi-
to. 4. Conexão paragratulatória.
Cognatologia. Eis, na ordem alfabética, 20 cognatos derivados do vocábulo gratidão:
agradecer; agradecida; agradecido; agradecimento; agradecível; desagradecer; desagradecida;
desagradecido; grata; grato; gratula; gratulação; gratular; gratulatória; gratulatório; gratulo;
ingrata; ingratidão; ingrato; paragratidão.
Neologia. As 4 expressões compostas vínculo de paragratidão, minivínculo de paragra-
tidão, maxivínculo de paragratidão e megavínculo de paragratidão são neologismos técnicos da
Aglutinaciologia.
Antonimologia: 1. Laço de obrigação. 2. Elo de interprisão. 3. Liame anticosmoético.
Estrangeirismologia: a recorrente consulta ao aide-mémoire pessoal; o Global Positio-
ning System (GPS) sintonizado à paragratidão aglutinadora; o ato de gratias agere, ad infinitum.
Atributologia: predomínio das faculdades mentais, notadamente do autodiscernimento
quanto à contribuição cosmoética.
Megapensenologia. Eis 9 megapensenes trivocabulares relativos ao tema: Paragratidão:
atributo holomnemônico. Rememoremos vínculos paragratulatórios. Paragratidão reaproxima
grupos. Paragratidão potencializa intercooperações. Paragratidão aglutina consciências. Grati-
dão exige discernimento. Acumpliciamento, não. Gratidão. Inexiste ingratidão perpétua. Grati-
dão: evolutividade inevitável.
Ortopensatologia. Eis 3 ortopensatas, listadas em ordem alfabética, pertinentes ao tema:
1. “Gratidão. A quem você deve manter o maior preito de gratidão é a consciex que
levou você ao Curso Intermissivo (CI)”.
2. “Megavínculos. A amizade raríssima cria os megavínculos evolutivos entre as cons-
ciências”.
3. “Raízes. Os contextos vivenciados pela conscin, em diferentes áreas, têm raízes mais
profundas do que aparentam, às vezes, até multimilenares”.

II. Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da paragratidão; o holopensene pessoal do cultivo


da memória, indispensável nos atos de gratidão; os mnemopensenes; a mnemopensenidade; o ho-
lopensene pessoal da intercooperação; o holopensene pessoal da sinceridade evolutiva; os evolu-
ciopensenes; a evoluciopensenidade; os conviviopensenes; a conviviopensenidade; o ato de rela-
cionar o holopensene pessoal à existência grupal; os grupopensenes; a grupopensenidade; o ato de
relacionar a autopensenização à procedência intermissiva; os autopensenes; a autopensenidade;
o ato de relacionar o holopensene pessoal à existência gratulatória cosmoética; o holopensene
pessoal da retidão cosmoética da autoconduta; os cosmoeticopensenes; a cosmoeticopensenidade.
2 Enciclopédia da Conscienciologia

Fatologia: a constatação de o sentimento de gratidão depender de atributos mentais;


a possibilidade de a memória poder conduzir aos primórdios do vínculo de gratidão; a gratidão
imorredoura; a índole consciencial edificando o mérito gratulatório evolutivo; o indício de o laço
de gratidão poder iniciar com o pré-perdão assistencial antecipado; o fato de o dever de ressarci-
mento vir antes do vínculo de gratidão; a essência da gratidão no ato de redimir; a inteligência em
identificar o vínculo de gratidão cotidianamente; a ação profilática de conviver com os desafetos
buscando a recomposição grupocármica; o valor da reconciliação; a superação de ressentimentos
servindo de assistência exemplarista aos assediadores; o estudo da História Pessoal possibilitando
a identificação dos vínculos de gratidão; a análise das atividades grupais cotidianas sinalizando
a recognição da raiz gratulatória; o desenvolvimento de pesquisa sobre o tipo de vinculação nos
reencontros de destino; a conscienciometria aplicada ao dever de (re)construir os laços de agrade-
cimento; a gratidão advinda do auxílio a outrem; a análise conscienciométrica reconhecendo
a ação retributiva; a conscienciometria identificando a ação contributiva; a retribuição pela assis-
tência recebida; a contribuição de neoideias gerando paragratidão; a teia contributiva das relações
evolutivas; a retomada da interconfiança; o reinício de amizades; o valor de aceitar auxílio; o al-
cance do ato de auxiliar; a contribuição interassistencial; o apreço pela amizade; o senso de grati-
dão; o engajamento ao trabalho pelo vínculo de gratidão; a gratidão implícita na qualidade do tra-
balho entregue; a serventia da cognição; o ideário verbetográfico individual contributivo para
a Enciclopédia da Conscienciologia; o apoio indispensável às grandes realizações do grupo evo-
lutivo; o reconhecimento da gratidão gerando reforço grupal; o primarismo da gratidão frente
à transafetividade; a acabativa correta das ações grupais e pessoais; a Cognópolis; a Comunidade
Conscienciológica Cosmoética Internacional (CCCI).

Parafatologia: o vínculo de paragratidão; a raiz da gratidão em bases extrafísicas; a con-


solidação da gratidão na intermissão; o fator extrafísico evolutivo aglutinando consciências; a au-
tovivência do estado vibracional (EV) profilático ativo e gratulatório; o mérito construindo a pa-
ragratidão direta e a indireta; o parafato de a gratidão ser refém da holomemória; os laços de para-
mizade conquistados pela singularidade consciencial; a gratidão à equipin e à equipex da paraci-
rurgia; a soma das singularidades de cada consciência evidenciadas na grupalidade; o cultivo da
paragratidão; a autoparagratidão à personalidade consecutiva; a repercussão extrafísica dos regis-
tros nominais no Livro dos Credores Grupocármicos; a irrenunciabilidade da paragratidão; o vín-
culo de gratidão extrafísico alinhando o trabalho tarístico grupal; a paragratidão reunindo os inter-
missivistas no megaempreendimento gesconográfico tarístico da Enciclopédia da Conscienciolo-
gia; o paradever no engajamento interassistencial; a paragratidão advinda do arrimo anônimo e si-
lencioso; a reescrita da Para-História Pessoal a partir da retribuição pela assistência recebida;
a inalienabilidade do resultado das paracondutas; as assistências extrafísicas impenhoráveis; a hi-
poteca de gratidão aos amparadores extrafísicos; o penhor de gratidão ao evoluciólogo; a elegân-
cia de conduta dos evoluciólogos; o heterorrevezamento multiexistencial vincando a gratidão;
a parelencologia pessoal construída há milênios; o parafato de o quadro geral da infinitude evolu-
tiva indicar neovínculos de gratidão; os atos gratulatórios reverberando por séculos na holomemó-
ria pessoal e grupal.

III. Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo do reagrupamento evolutivo; a expansão do sinergismo


evolutivo; o sinergismo inteligência compreensiva–gratidão; o sinergismo existente entre todas
as consciências; o sinergismo dos vínculos interpessoais; o sinergismo dos vínculos intergrupais;
o sinergismo intermissivo; o sinergismo da reciprocidade interassistencial efetiva (faz e recebe).
Principiologia: o princípio da alavanca; o princípio de nada ocorrer, a longo prazo,
pela primeira vez; o princípio da descrença (PD).
Codigologia: a cláusula pétrea do código pessoal de Cosmoética (CPC).
Teoriologia: a teoria do vínculo consciencial.
Enciclopédia da Conscienciologia 3

Tecnologia: a técnica da vivência coexistencial do binômio admiração-discordância;


a técnica da egobiografia proexológica comparada; a técnica da análise da motivação pessoal
nos empreendimentos grupais tarísticos; a técnica da mudança para melhor em todas as circuns-
tâncias; a técnica de considerar empréstimo a assistência recebida; a técnica da tenepes.
Voluntariologia: a equipe técnica dos paravoluntários; os entrosamentos interpessoais no
voluntariado conscienciológico; a equipe multidisciplinar dos voluntários da Conscienciologia.
Laboratoriologia: o autolabcon; o laboratório conscienciológico da Holomnemonicolo-
gia; o laboratório conscienciológico da Parapercepciologia; o laboratório conscienciológico da
Conviviologia; o laboratório conscienciológico da Autoproexologia; o laboratório consciencio-
lógico da Autodespertologia; o laboratório conscienciológico da Autocosmoeticologia; o labora-
tório conscienciológico da Autevoluciologia.
Colegiologia: o Colégio Invisível da Mentalsomatologia; o Colégio Invisível da Holo-
maturologia; o Colégio Invisível dos Intermissivistas; o Colégio Invisível da Holomnemonicolo-
gia; o Colégio Invisível da Para-Historiologia; o Colégio Invisível da Grupocarmologia; o Colé-
gio Invisível dos Evoluciólogos.
Efeitologia: o efeito halo da rede gratulatória.
Neossinapsologia: as neossinapses oriundas de curso conscienciológico.
Ciclologia: o ciclo dos processos evolutivos; o fato de o ciclo do curso grupocármico
levar, inevitavelmente, ao vínculo de gratidão; o ciclo sementeira-colheita; o ciclo dos elos da
corrente evolutiva; o ciclo gratidão–amizade raríssima.
Enumerologia: a paragratidão à família nuclear; a paragratidão à família afetiva; a pa-
ragratidão à família escolar; a paragratidão à família social; a paragratidão à família profissio-
nal; a paragratidão à família grupocármica; a paragratidão à família consciencial.
Binomiologia: o binômio personagens diversos–mesmas consciências; o binômio falta
de memória–ausência de gratidão; o binômio cultivo mnemônico–ação gratulatória; o binômio
gratidão-apoio; o binômio retribuição-contribuição.
Interaciologia: a interação vínculo-paravínculo.
Crescendologia: o crescendo melhor compreensão–melhor cultivo da gratidão.
Trinomiologia: o trinômio flashes–episódios–História Pessoal.
Polinomiologia: o polinômio memória-gratidão-holomemória-paragratidão.
Antagonismologia: o antagonismo espera pelo reconhecimento / renúncia cosmoética;
o antagonismo necessidade de gratidão / retribuição gratulatória; o antagonismo organograma
gratulatório / funcionograma gratulatório; o antagonismo compra de favores / gratidão sincera;
o antagonismo ocorrência benigna / esquecimento de agradecer; o antagonismo memoricídio
/ esquecimento cosmoético; o antagonismo retribuição aos credores / contribuição aos credores.
Paradoxologia: o paradoxo de os trabalhos tarísticos grupais poderem ser motivados
a partir de única consciência; o paradoxo de a união pelos laços de gratidão poder ser pulveri-
zada; o paradoxo de a superação da super ação evolutiva poder significar muito mais a fazer,
sempre; o paradoxo do memoricídio; o paradoxo de a vergonha poder servir de realinhador
proexológico.
Politicologia: a meritocracia; a democracia.
Legislogia: a lei da vinculação cosmoética; a lei do devenir.
Filiologia: a holomnemofilia; a retribuiciofilia; a lucidofilia; a conscienciofilia; a inter-
conscienciofilia; a interassistenciofilia; a proexofilia; a maxiproexofilia; a evoluciofilia.
Sindromologia: a síndrome da depressão existencial.
Mitologia: o mito do memoricídio.
Holotecologia: a mentalsomatoteca; a holomnemoteca; a convivioteca; a gregarioteca;
a elencoteca; a parelencoteca; a parapsicoteca.
Interdisciplinologia: a Aglutinaciologia; a Vinculologia; a Holomnemonicologia; a Pa-
rageneticologia; a Retribuiciologia; a Contribuiciologia; a Cosmoeticologia; a Grupocarmologia;
a Interassistenciologia; a Maxiproexologia; a Intermissiologia; a Evoluciologia.
4 Enciclopédia da Conscienciologia

IV. Perfilologia

Elencologia: o grupo evolutivo multidimensional; a primeira geração de intermissivis-


tas; a geração contemporânea de consciências conscienciólogas; a geração contemporânea de
consciências holomemorialistas; a geração contemporânea de consciências tenepessistas; a gera-
ção contemporânea de consciências ofiexistas; a geração contemporânea de consciências neoenci-
clopedistas; a geração contemporânea de consciências verbetógrafas; a geração contemporânea de
consciências tertulianas; a geração contemporânea de consciências teletertulianas; a geração con-
temporânea de consciências paratertulianas; a geração contemporânea de consciências amparado-
ras; a geração contemporânea de consciências evoluciólogas; a geração contemporânea de consci-
ências parapreceptoras; a geração contemporânea de compassageiros evolutivos; o elenco e pare-
lenco da obra Cristo Espera por Ti.

Masculinologia: o compassageiro evolutivo; o estenógrafo holomnemônico; o voluntá-


rio; o tocador de obra; o homem de ação; o aglutinador; a consciex Zéfiro.

Femininologia: a compassageira evolutiva; a estenógrafa holomnemônica; a voluntária;


a tocadora de obra; a mulher de ação; a aglutinadora; a Serenona Monja.

Hominologia: o Homo sapiens vinculatus; o Homo sapiens gratus; o Homo sapiens lu-
cidus; o Homo sapiens convivens; o Homo sapiens gruppalis; o Homo sapiens autolucidus; o Ho-
mo sapiens pangraphicus; o Homo sapiens evolutiologus.

V. Argumentologia

Exemplologia: minivínculo de paragratidão = o reconhecimento entre conscins sem co-


nhecimento do laço multiexistencial; maxivínculo de paragratidão = o reconhecimento imediato
dos componentes do grupo evolutivo pelo laço intermissivo; megavínculo de paragratidão = o re-
conhecimento multiexistencial entre consciências, amigas raríssimas, com parapercepção integra-
tiva e interativa do megaempreendimento maxiproexológico.

Culturologia: a cultura da Conscienciologia; a cultura da Holomnemonicologia; a cul-


tura da Contribuiciologia; a cultura da Megaempreendimentologia; a cultura da Heterorreveza-
mentologia.

Paraprocedenciologia. Segundo a Autocriticologia Cosmoética, eis, por exemplo, em or-


dem alfabética, 10 tendências e / ou talentos conscienciais inatos, convergentes entre si e não exclu-
dentes, a fim de a conscin autopesquisadora, homem ou mulher, investigar, analisar e identificar
a retrorraiz gratulatória:
01. Confiabilidade contributiva.
02. Continuísmo resoluto.
03. Convicção quanto ao paravínculo evolutivo.
04. Criatividade intelectual.
05. Fidelidade às ideias libertárias acima de corporativismos.
06. Generosidade reversa.
07. Posicionamento tarístico.
08. Senso de revezamento grupal.
09. Valorização da singularidade traforista.
10. Volição às tarefas maxiproexológicas policármicas.

Engajamentologia. Segundo a Evoluciologia, eis, por exemplo, listados em ordem alfa-


bética e classificados em 2 grupos de gescons, 23 indicadores dos laços conscienciais de paragra-
tidão, aglutinando consciências para a evolutividade grupal:
Enciclopédia da Conscienciologia 5

A. Verbetes publicados na Enciclopédia da Conscienciologia:


01. Aléia dos Gênios da Humanidade.
02. CEAEC.
03. Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional.
04. Condomínio Cognopolitano.
05. Conscienciologia.
06. Curso Intermissivo.
07. Dinâmica Parapsíquica.
08. Década Tertuliana.
09. ENCYCLOSSAPIENS.
10. Holociclo.
11. Holomemória da Conscienciologia.
12. Holotecologia.
13. Instituição Conscienciocêntrica.
14. Laboratório Conscienciológico.
15. Monumento à Paz (megálito).
16. Radicação Vitalícia na Cognópolis.
17. Tenepes Cognopolitana.
18. Quinquênio da ENCYCLOSSAPIENS.
19. Quinhentos Verbetógrafos.

B. Empreendimentos conscienciológicos:
20. Amigos da Enciclopédia da Conscienciologia. Lançado em outubro de 2004 no
CEAEC, Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil, e aprovado pelo Conselho das Instituições Consciencio-
cêntricas (ICs), na condição de programa suprainstitucional, recebe arrimo financeiro espontâneo
de colaboradores com a finalidade de manter a Enciclopédia da Conscienciologia e as estruturas
fundamentais de apoio: Holociclo, Holoteca e Tertuliarium.
21. Centro de Consciência Contínua (CCC, 1981–1988). Fundado pelo médico, proje-
tor consciente e propositor da Ciência Conscienciologia, foi a base inicial para os estudos da pro-
jetabilidade lúcida até a posterior fundação do Instituto Internacional de Projeciologia (IIP), em
16 de janeiro de 1988. Com a publicação do tratado 700 Experimentos da Conscienciologia em
1994, a instituição amplia a razão social para Instituto Internacional de Projeciologia e Conscien-
ciologia (IIPC).
22. Enciclopédia da Conscienciologia. Iniciada em 1998, no Rio de Janeiro, RJ. Em
2000, o propositor da Enciclopédia da Conscienciologia muda a residência da capital carioca para
o CEAEC, dando continuidade à Enciclopédia nas dependências do Holociclo, com equipe especia-
lizada.
23. Tertuliarium. Primeiro Argumentarium do Planeta, construído a partir do engaja-
mento consciencial e da confluência de recursos financeiros administrados pela Associação Inter-
nacional para Expansão da Conscienciologia (AIEC), energéticos e tecnológicos intra e extrafísi-
cos, inaugurado em 30 de novembro de 2008, tertúlia nº 1.035, verbete Senso de Urgência, com
376 participantes presenciais.

VI. Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabé-


tica, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas cen-
trais, evidenciando relação estreita com o vínculo de paragratidão, indicados para a expansão das
abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
01. Aglutinação interconsciencial: Conviviologia; Neutro.
02. Apoiante: Conviviologia; Neutro.
03. Companhia eletiva: Conviviologia; Neutro.
04. Espiral gratulatória: Autoliberologia; Homeostático.
6 Enciclopédia da Conscienciologia

05. Evoluciólogo: Evoluciologia; Homeostático.


06. Gratidão: Holomaturologia; Homeostático.
07. Megaempreendimento conscienciológico: Conscienciocentrologia; Homeostático.
08. Paradever: Cosmoeticologia; Homeostático.
09. Paravínculo: Psicossomatologia; Homeostático.
10. Prova de gratidão: Verbaciologia; Homeostático.
11. Quebra de vínculo: Interaciologia; Neutro.
12. Reagrupamento evolutivo: Evoluciologia; Homeostático.
13. Reconhecimento: Holomaturologia; Homeostático.
14. Retribuiciologia: Proexologia; Homeostático.
15. Vínculo consciencial: Conscienciocentrologia; Homeostático.

O VÍNCULO DE PARAGRATIDÃO REVELA O ALTO GRAU


INTERCONTRIBUTIVO PRIORIZADO PELAS CONSCIÊNCIAS
LÚCIDAS, DE MODO INCESSANTE, NO LABOR TARÍSTICO
EM PROJETOS AVANÇADOS DA EVOLUTIVIDADE GRUPAL.
Questionologia. Você, leitor ou leitora, identifica o vínculo de paragratidão a fim de
enumerar os megabenfeitores pessoais desta existência? Já analisou o engajamento pessoal, a qua-
lidade e o alcance da paragenerosidade reversa?

Filmografia Específica:

1. Waldo Vieira Vida e Obra. Título Original: Waldo Vieira Vida e Obra. País: Brasil. Data: 2016. Dura-
ção: 56 min. Gênero: Documentário / Biografia. Idade (censura): Livre. Idioma: Português. Cor: Colorido. Legenda-
do: Inglês (em DVD). Direção: Kíria Meurer. Direção Executiva: Paulo André Norberto. Produção: Associação Inter-
nacional de Comunicação Conscienciológica (COMUNICONS); & Associação Internacional para Expansão da Consci-
enciologia (AIEC). Direção de Arte: Renaldo Machado. Roteiro: Kíria Meurer. Fotografia: Jean Carlos. Música: André
Alaniz. Edição: André Alaniz. Efeitos Especiais: Ricardo Pereira Filho. Cinematografia: Jean Carlos. Distribuidora:
Versátil Home Vídeo. Sinopse: Aos 3 anos de idade o sensitivo rememorava vidas passadas e aos 9, saía do corpo com lu-
cidez. A obra de Waldo Vieira (1932–2015) descortina o universo dos fenômenos multidimensionais sob o ponto de vista
científico, sem religiosidade ou misticismo. O parapsíquico propôs a Neociência para estudo da consciência, a Conscienci-
ologia, rompendo as fronteiras da vida antes e depois da morte. Quem é você? Estaríamos na vida humana por simples
obra do acaso? O documentário traz entrevista histórica com Waldo Vieira.

Bibliografia Específica:

1. Buononato, Flávio; Anuário da Conscienciologia: Fatos e Parafatos – 2012; revisores Equipe de Reviso-
res da Editares; 256 p.; 7 cronologias; 23 E-mails; 92 enus.; 19 fotos; 38 gráfs.; 67 ilus.; 14 relatórios; 35 tabs.; 22 websi-
tes; glos. 70 termos; 16 refs.; 12 webgrafias; 28 x 21 cm; br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR;
2013; páginas 137 a 139.
2. Lopes, Adriana; Sensos Evolutivos & Contrassensos Regressivos: O Estudo Contraponteado do Autodis-
cernimento quanto à Maturidade Consciencial; pref. Antonio Pitaguari; revisores Dayane Rossa; et al.; 640 p.; 3 seções;
44 caps.; 391 enus.; 1 foto; 1 microbiografia; glos. 200 termos; 8 tabs.; 135 megapensenes trivocabulares; 232 perguntas;
327 refs. alf.; 56 estrangerismos; 45 frases enfáticas; 46 definições; 327 refs.; 9 citações; 2 apênds.; alf.; 23 x 16 x 3 cm;
br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2017; páginas 255 a 293.
3. Razera, Gisélle; Programa Amigos da Enciclopédia completa 1º Ano; Entrevista: Leonardo Firmato; Jor-
nal do Campus CEAEC; Mensário; 4 p.; Ano 11; N. 123; 1 E-mail; 1 entrevista; 5 fotos; 4 relatos; 1 website; Foz do Igua-
çu, PR; Outurbo, 2005; página 1.
4. Teles, Mabel; Zéfiro: A Paraidentidade Intermissiva de Waldo Vieira; revisores Erotides Louly; et al.; 240
p.; 3 seções; 14 caps.; 113 citações; 22 E-mails; 32 enus.; 37 fotos; 1 linha do tempo; 1 minicurrículo; 2 tabs.; 20 websi-
tes; glos. 210 termos; 45 refs.; alf.; geo.; ono.; 23 x 16 cm; br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR;
2014; página 165.
5. Vieira, Waldo; Cristo Espera por ti – Edição Crítica e Comentada por Osmar Ramos Filho; Romance do
Espírito de Honoré de Balzac; psicografado por Waldo Vieira; revisores Eduardo Ferreira; Erotides Louly; & Waldson
Dias; 370 p.; 4 seções; 76 caps.; 9 cronologias; 1 E-mail; 1 enu.; 1 ilus.; 56 siglas; 1 website; 404 notas comentadas; 56
refs.; 23 x 16 cm; br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2007; páginas 21 a 29 e 326 a 342.
Enciclopédia da Conscienciologia 7

6. Idem; Dicionário de Argumentos da Conscienciologia; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 1.572


p.; 1 blog; 21 E-mails; 551 enus.; 1 esquema da evolução consciencial; 18 fotos; glos. 650 termos; 19 websites; alf.; 28,5
x 21,5 x 7 cm; enc.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2014; página 509, 536, 628.
7. Idem; Homo sapiens reurbanisatus; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 1.584 p.; 24 seções; 479
caps.; 139 abrevs.; 12 E-mails; 413 estrangeirismos; 1 foto; 40 ilus.; 1 microbiografia; 25 tabs.; 4 websites; glos. 241 ter-
mos; 7.663 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; Ed. Princeps; Associação Internacional do Centro de Altos Estu-
dos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2003; página 222.
8. Idem; Léxico de Ortopensatas; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 2 Vols.; 1.800 p.; Vols. 1 e 2; 1 blog;
652 conceitos analógicos; 22 E-mails; 19 enus.; 1 esquema da evolução consciencial; 17 fotos; glos. 6.476 termos; 1.811
megapensenes trivocabulares; 1 microbiografia; 20.800 ortopensatas; 2 tabs.; 120 técnicas lexicográficas; 19 websites;
28,5 x 22 x 10 cm; enc.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2014; páginas 767, 1.064, 1.124, 1.207
e 1.417.

N. M.