You are on page 1of 3

1

ROTEIRO DE AULA - Prof. Dackson

Legislação relacionada ao Ministério da Justiça


Lei 10.683/03 – Organização da Presidência da República e dos Ministérios

1) Órgãos ESSENCIAIS
2) Órgãos de ASSESSORAMENTO
3) Órgãos de CONSULTA
4) OUTROS órgãos
5) MINISTÉRIOS

1) Art. 1o A Presidência da República é constituída, ESSENCIALMENTE (07 órgãos)

I - CASA CIVIL
Art. 2º - verificação prévia da constitucionalidade e legalidade dos atos presidenciais; promover publicação e
preservação dos atos oficiais; supervisionar e executar as atividades administrativas da Presidência e
supletivamente da Vice-Presidência.

II - SECRETARIA-GERAL
Art. 3º - Elaboração de agenda futura; preparação e formulação de subsídios para os pronunciamentos do
Presidente; formulação, supervisão, coordenação, integração e articulação de políticas públicas para a
juventude.

III - SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS


Art. 2º-A – Coordenação política do Governo; condução do relacionamento do Governo com o Congresso
Nacional e Partidos Políticos; interlocução com Estados, DF e Municípios.

IV - SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL


Art. 2º-B – Formulação e implementação da política de comunicação e divulgação social do Governo;
organização e desenvolvimento de sistemas de informação e pesquisa de opinião pública; coordenação da
comunicação interministerial e das ações de informação e difusão das políticas de governo; convocação de
redes obrigatórias de rádio e televisão.

V - GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL


Art. 6º- Segurança pessoal do Chefe de Estado, do Vice-Presidente e respectivos familiares; segurança dos
titulares dos órgãos essenciais e de outras autoridades e personalidades quando determinadas pelo Presidente;
segurança dos palácios presidenciais e das residências do Presidente e Vice. Agência Brasileira de Inteligência-
ABIN integra a estrutura.

VI - GABINETE PESSOAL
Art. 5º - Coordenação de agenda; secretaria particular; cerimonial; ajudância de ordens e organização de acervo
documental privado do Presidente.

VII - SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.


Art. 24-B – Políticas Públicas de logo prazo voltadas ao desenvolvimento social; discussão de opções
estratégicas do País, considerando a situação presente e as possibilidades de futuro.
2

2) Art. 1o, §1º - Integram a Presidência da República, como ÓRGÃOS DE ASSESSORAMENTO


imediato ao Presidente da República (7 órgãos):

I - CONSELHO DE GOVERNO;
Art. 7º - Diretrizes da ação governamental; Câmaras do Conselho, ato do executivo, com a finalidade de
formular políticas públicas setoriais cujo escopo ultrapasse as competências de um único Ministério.

II - CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL;


Art. 8º- Políticas e diretrizes voltadas ao desenvolvimento econômico e social.

III - CONSELHO NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL;


Art. 9º- Políticas e diretrizes para a garantia do direito humano à alimentação.

IV - CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA ENERGÉTICA;


Art. 10 - Formulação de políticas e diretrizes de energia

V - CONSELHO NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DE POLÍTICAS DE TRANSPORTE;


Art. 11 – Políticas nacionais de integração dos diferentes modos de transporte de pessoas e bens.

VI - ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO;
Art. 12 – Mais elevado órgão de assessoramento jurídico do Poder Executivo; controle interno da legalidade
dos atos da Administração Pública Federal; apresentar ao presidente as informações a ser prestadas ao Poder
Judiciário quando impugnado ato Presidencial.

VII - ASSESSORIA ESPECIAL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA;


Art. 13 – Preparação de material de informação e de apoio, de encontros e audiências com autoridades e
personalidades nacionais e estrangeiras; participar, juntamente com os demais órgãos competentes, do
planejamento, preparação e execução das viagens.

3) Art. 1o, §2º - Junto à Presidência da República funcionarão, como ÓRGÃOS DE CONSULTA do
Presidente da República (02 órgãos)

I - CONSELHO DA REPÚBLICA
Art. 16 – previsto no art. 89 da Constituição Federal

II - CONSELHO DE DEFESA NACIONAL


Art. 16 – previsto no art. 91 da Constituição Federal
4) Art. 1o, §3º - INTEGRAM AINDA a Presidência da República (06 órgãos)
3

I - CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO
Art. 17 – âmbito do Poder Executivo; controle interno, auditoria, correição, prevenção e combate à corrupção,
atividades de incremento da transparência da gestão no âmbito da administração pública federal; titular é o
Ministro de Estado do Controle e da Transparência.

II - SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES


Art.22 – políticas para as Mulheres; campanhas educativas e antidiscriminatórias.

III – SECRETARIA ESPECIAL DE AQUICULTURA E PESCA


Art. 23 - Desenvolvimento da produção pesqueira e aquícola; desenvolvimento da pesca artesanal e industrial.

IV - SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS


Art. 24 – Promoção dos direitos da cidadania, do adolescente, do idoso e das minorias e defesa dos direitos dos
portadores de deficiência.

V - SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL


De que trata a a Lei nº 10.678/03

VI- SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS


Art. 24-A – desenvolvimento do setor dos portos.

5) Art. 25. MINISTÉRIOS


Art. 25, § 1o Em casos de calamidade pública ou de necessidade de especial atendimento à população, o Presidente da
República poderá dispor sobre a colaboração dos Ministérios com os diferentes níveis da Administração Pública.
Art. 25, § 5o A competência relativa aos direitos dos índios, atribuída ao Ministério da Justiça na alínea c do inciso XIV
inclui o acompanhamento das ações de saúde desenvolvidas em prol das comunidades indígenas.
Art. 25, § 7o Caberá ao Departamento de Polícia Federal, inclusive mediante a ação policial necessária, coibir a turbação
e o esbulho possessórios dos bens e dos próprios da União e das entidades integrantes da Administração Pública Federal
indireta, sem prejuízo da responsabilidade das Polícias Militares dos Estados pela manutenção da ordem pública.

Art. 28. Haverá, na estrutura básica de cada Ministério:


I - Secretaria-Executiva, exceto nos Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores;
II - Gabinete do Ministro;
III - Consultoria Jurídica, exceto no Ministério da Fazenda.
§ 1o No Ministério da Fazenda, as funções de Consultoria Jurídica serão exercidas pela Procuradoria-Geral da Fazenda
Nacional, nos termos do art. 13 da Lei Complementar no 73, de 10 de fevereiro de 1993.
§ 2o Caberá ao Secretário Executivo, titular do órgão a que se refere o inciso I, além da supervisão e da coordenação das
Secretarias integrantes da estrutura do Ministério, exercer as funções que lhe forem atribuídas pelo Ministro de Estado.
§ 3o Poderá haver na estrutura básica de cada Ministério, vinculado à Secretaria-Executiva, um órgão responsável pelas
atividades de administração de pessoal, de material, patrimonial, de serviços gerais, de orçamento e finanças, de
contabilidade e de tecnologia da informação e informática.

Art 16, Parágrafo único. O Conselho de Defesa Nacional e o Conselho da República terão como Secretários Executivos,
respectivamente, o Chefe do Gabinete de Segurança Institucional e o Chefe da Casa Civil.