You are on page 1of 6

Objetivos:

Estes tutoriais trarão uma série de tópicos sobre montagem, configuração e instalação de hardware em microcomputadores. O leitor aprenderá de forma clara e objetiva o funcionamento, informações e conceitos dos componentes internos do computador, não somente de computadores atuais, mas também de micros mais antigos, pois estes ainda existem no mercado. Serão vistos também, assuntos relacionados a soluções diversas de hardware, configurações e otimizações de registro do sistema operacional Windows, bem como exemplos práticos de montagem de PC. Este tutorial poderá servir como fonte de consulta para usuários iniciantes e avançados, servindo tanto para uso profissional como pessoal. Este tutorial não tem como objetivo ser apenas a única fonte de leitura e solução, sendo necessário o estudo em livros técnicos e um acompanhamento personalizado em questões de maior abrangência.

Montagem e Configuração de PC – Conhecendo o computador III

Os cabos conectores

Como informado no tutorial anterior, faremos uma breve descrição dos principais componentes externos e internos do microcomputador. Assim, colocaremos todos os usuários nivelados em termos de conhecimentos.

Nestes primeiros tutoriais, o leitor descobrirá em um passo a passo como é o funcionamento interno de um computador e como reconhecer as suas partes principais de um computador.

Ao abrir o computador o usuário deve perceber a existência de vários cabos que fazem as conexões internas, tipo:

  • a) HD

  • b) CD-ROM

  • c) Unidade de disquete

É bom observar que os computadores existentes no mercado podem variar das figuras aqui apresentadas, e dependem obviamente do fabricante de cada componente.

E fato também que o usuário poderá não ter todas as peças internas e externas apresentadas nestes tutoriais, porém todas existiram e existem e são usuais. Outras fatalmente serão encontradas no dia a dia de cada um.

Todas as explicações e apresentações de figuras e dispositivos que se seguem, são baseados em microcomputadores comuns.

Observe os cabos

E fato também que o usuário poderá não ter todas as peças internas e externas apresentadas

Observe que, como falado anteriormente, há dentro do computador uma placa “grande”, onde são encaixadas outras placas “menores”. Essa placa é chamada de “placa-mãe”. Geralmente na placa mãe são conectados, com estes cabos, os vários tipos de hardware existentes no computador.

Estes cabos de conexão são chamados de cabos “flats” ou “flat cable”. A tradução do termo para o português é “cabo liso”, não tem muito a ver com sua função, mais é bom saber.

Exemplos de cabos “flats” ou “flat cable”:

E fato também que o usuário poderá não ter todas as peças internas e externas apresentadas
O pino principal Os cabos flats, em sua grande maioria são marcados com um pino chamado

O pino principal

Os cabos flats, em sua grande maioria são marcados com um pino chamado de “pino 1”. Geralmente este pino é um fio do cabo que tem sua cor diferente dos demais fios. Pode estar na cor azul, vermelha e alguns casos rosa ou verde.

Esse fio deverá, obrigatoriamente, ser encaixado plugado.

na marcação

do

“pino

1”

do

conector a ser

Observe a figura abaixo:

O pino principal Os cabos flats, em sua grande maioria são marcados com um pino chamado

Este é caso de um exemplo de conexão de um cabo flat em uma unidade de CD-ROM. O encaixe do “pino 1” deve ser conectado na marcação correta de entrada na unidade conectada.

Veja abaixo, uma forma de conexão:

- Conexão na placa mãe de um dispositivo

Os tipos mais comuns de cable flat Para que serve? O cabo Flat possui três conectores

Os tipos mais comuns de cable flat

Para que serve?

O cabo Flat possui três conectores com espaços padronizados. São fabricados de forma a ter fios finos, unidos, e ficando paralelo uns aos outros. Estes fios são denominados de “vias”. Nestas “vias” é que trafegam os dados. São normalmente utilizados para conectar os leitores/gravadores de CD/DVD e HD na placa-mãe do microcomputador.

Os tipos mais comuns de cable flat Para que serve? O cabo Flat possui três conectores

- Separados: Flat Cable de 40 vias e 80 vias

Os tipos mais comuns de cable flat Para que serve? O cabo Flat possui três conectores
  • - Cabo Flats “40 vias”

O cabo flat de 40 vias pode atingir uma velocidade de transferência de dados de 44Mb/s. O plugue de conexão será sempre igual, ao de 80 vias.

Observe que este cabo contém 39 furos. Um furo está vedado para evitar que pessoas “menos experientes” conectem o cabo de forma errada. Na placa mãe também faltara este pino de conexão.

Este cabo flat possui 18 polegadas de comprimento, o que dá 45 centímetros.

  • - Cabos Flats “80 vias”

O cabo de 80 vias foi desenvolvido para substituir o cabo flat de 40 vias. Porém este cabo flat de 80 fios condutores tem os mesmos conectores do cabo de 40 vias. Este cabo de 80 pinos, é compatível com o modelo anterior de 40 vias. Nenhuma troca foi feita nos conectores IDE/ATA, exceto seu código de cores.

Os 40 fios adicionais não transportam informações; eles apenas separam os demais fios que transportam informações, reduzindo as interferências e outros problemas de sinalização, associados com a transferência de dados em alta velocidade.

Dessa forma, esses 40 fios extras estão aterrados e qualquer sinal perdido que poderia passar de um fio adjacente para outro serão absorvidos e aterrados, melhorando a integridade do sinal.

Um cabo flat de 80 vias possui praticamente a mesma largura do cabo flat de 40 vias, graças à utilização de fios mais finos.

Os cabos flat possuem 18 polegadas de comprimento, o que corresponde a 45 centimetros.

  • - Cabo flat “disquete”

O Cabo flat de disquete é feito de 5 conectores, sendo 2 para drivers de 5

O Cabo

flat

de disquete

é

feito

de 5 conectores, sendo

2

para drivers de

5

¼

(não usuais

atualmente), 2 para unidade de 3 ½ e um para conectar á interface.

O cabo flat para drivers de disquete possui apenas 34 vias e possui um trançamento junto ao conector de sua extremidade. Em cada um desses cabos existe um conector, que dever ser conectado a placa mãe. Nota-se também que por ter menos cabos (34 vias) ele é ligeiramente mais estreito que os cabos de 40 vias e 80 vias.