You are on page 1of 18

CIMENTO DE ÓXIDO DE ZINCO E EUGENOL

Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Cimento usado desde 1890 Tem como componentes principais: Manipulação:Sistema pó/líquido pó.óxido de zinco liq..eugenol Quantidade de pó é adicionada ao líquido até se obter a consistência desejada .

Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Reação de presa: ZnO + H2O Zn(OH)2 Zn(OH)2 + 2HE eugenol ZnE2 + 2H2O eugenolato de zinco .

Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Tempo de Presa Retarda: -menor relação pó/líquido -placa resfriada Acelera -maior relação pó/líquido -água (?) -maior temperatura .

Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Vantagens -ph 7 -propriedades biológicas -tratamento sedativo .

Cimentação temporária II-Cimentação definitiva III-Restauração temporária e base IV-Forramentos .Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol TIPOS I.

Acredita-se que a espessura ideal varie em torno dos 0. Condutibilidade térmica e elétrica .75 mm.Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol  A função da base colocada sob uma restauração permanente é propiciar a recuperação da polpa que sofreu injúria e protege-la contra inúmeros tipos de agressões aos quais ela poderá ser submetida  A espessura da base é mais importante que a sua composição.

Adição de alumina ao pó e de EBA (ácido ortoetoxi- benzóico) ao líquido com eugenol – 2. Incorporação de polímero Partículas muito finas de polímero são adicionadas e a superfície do pó de óxido de zinco é tratada com um ácido. . como o propiônico.Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol  Vários sistemas foram desenvolvidos para compensar a deficiência das propriedades físicas: – 1.

Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Restauração Restauração Temporária Intermediária -Bom vedamento periférico (adequação bucal) .

.Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol Desvantagens -Baixa tenacidade -Baixa resistência mecânica e abrasiva -Espessura de película -Não pode ser utilizado sob restauração com resina composta.

Cimento de Fosfato de Zinco .

de magnésio e outros Líquido: ácido fosfórico água fosfato de alumínio.  Indicação secundária: restaurações temporárias. intermediárias e bases. de zinco e outros sais metálicos .Indicações  Indicação principal: cimentação de restaurações e aparelhos ortodônticos. COMPOSIÇÃO Pó: óxidos de zinco.

REAÇÃO QUÍMICA 2H2PO4 + 3ZnO Zn3(PO4)2 + 4H2O .

 Líquido dispensado no início da mistura 90  O pó deve ser incorporado gradativamente seg.  Espatulação em ampla área da placa de vidro  A placa de vidro pode estar resfriada ( 18 a 25oC )  A utilização da mistura deve ser imediata Para não perder consistência .MANIPULAÇÃO  Relação pó-líquido pré-estabelecida (consistência)  O pó é dispensado e dividido em 6 porções Ver fig.

1. 6 5 3 4 2 1 . 90 seg. 2.10 seg. -Permitir maior tempo de trabalho ( 5 a 9 minutos) -Diminuir granulometria das partículas do pó.30 seg. 6.10 seg. 4.10 seg.15 seg. 3.15seg. 5.Função -Dissipar o calor da reação -Neutralizar o ácido o ácido -Incorporar maior quantidade de pó ao líquido.

Cimento Tipo II: bases e restaurações temporárias (40 um) Determina a adaptação das fundições aos dentes.tempo e pressão .Cimento Tipo I: cimentações (25 um) 2.consistência do cimento . É influenciada por: -tamanho de partícula do pó -proporção pó/líquido .Espessura de película  Podem ser divididos em : 1.

no 8 da A.:0.2 em 3 min.composição pó/líquido . Dependendo da situação precisa de proteção .0 em 1 hora próximo ao neutro em 24 hs.A.espatulação .temperatura (Esp.D. 6.RESISTÊNCIA SOLUBILIDADE É influenciado por: .06%) Influenciado (desintegração) Depende do ambiente oral (acidez) PROPRIEDADES BIOLÓGICAS Influenciado pH: 4.proporção pó/líquido .

desenho da cavidade .RETENÇÃO  Promovida por embricamento mecânico  É influenciado por: .resistência do cimento .espessura de película .rugosidade superficial .